SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
A Divida Pública
 Portuguesa




Trabalho de: Honorato Cláudio
 Valor da divida pública Portuguesa


 As medidas da Tróica


 Orçamento de estado português para 2012


 Bibliografia




      Valorda divida

      Pública
Em 2009 o estado português tinha uma divida de 39.133.457€,
mas o valor da divida não ficou por ai, em 2010 o valor aumentou
para 52.132.112€ e este ano prevê-se que no final de agosto a
divida estará no valor de 168.888.465.868,40€. Até ao final do 1º
semestre do ano a dívida acumulada disparou quase 21% mas,
desde então, tem descido. Pode ser um bom indício, juntando às
medidas que têm sido tomadas para diminuir a despesa do
Estado.




                           As 34 medidas
                                  daTróica
Acordo abre porta a subida dos bilhetes dos comboios.

                 - No sector ferroviário, o memorando de entendimento
                 salienta a necessidade de "assegurar a total
                 independência da operadora ferroviária CP do
                 Estado", sem especificar se esta operação pode ser feita
                 através de uma privatização.




Equipas especiais de juízes param processos fiscais acima de um milhão
de euros.

Tabaco e automóveis com mais impostos.

               - O Executivo vai ter de aumentar o imposto sobre
               Veículos e rever o imposto, no que toca a isenções. Será
               o caso, por exemplo, de reduções de taxas aplicadas a
               deficientes.




Empresas vão poder pagar menos por horas extraordinárias.

Acordo impõe aumento da concorrência nas telecomunicações.



Corte na despesa com Saúde chega a 550 milhões de euros.

Bancos de horas negociados directamente com trabalhadores.
"Falsos" trabalhadores independentes passam a ter apoio no
desemprego.



Subsídio de desemprego passa a ser declarado no IRS.


‘Troika' exige cortes na ADSE.
Despedimento individual por justa causa vai ser ajustado.

‘Golden shares' do Estado são para eliminar até Julho.



Taxas moderadoras aumentam e atingem mais portugueses.



‘Troika' quer incentivar arrendamento.


Portugal tem mais tempo para cortar défice mas não evita dois anos de
recessão.

Novo aeroporto sem fundos públicos e TGV Lisboa-Porto suspenso.



‘Troika' quer aumentar IVA na factura da electricidade.




Menos oito mil funcionários públicos por ano.

           - O objectivo destas medidas, segundo revela o documento,
           será aumentar a eficácia e reduzir o tamanho da
           administração pública em todos os níveis do Estado.
Patrões descontam menos para a segurança social.

Proprietários de casa serão penalizados com mais IMI.


Mais cortes na Transtejo e no Metro de Lisboa colocam serviços em
risco.

BPN será vendido até Julho e não tem preço mínimo.



Governo tem 12 mil milhões para injectar nos bancos.

Desempregados só vão ter subsídio durante 18 meses.



TAP, EDP e REN para privatizar na totalidade
este ano.

Redução de pessoal no Estado é para continuar.



Pensões acima de 1.500 euros vão ser cortadas.

Acordo não prevê redução de salários nem corte nos subsídios de férias e
Natal.



Troika cobre 100% das necessidades de financiamento em 2011.



Objectivo do défice para 2011 fixado em 5,9%.

CGD deve aumentar capital com recursos próprios.



‘Troika' quer definir critérios específicos para extensão de portarias.
Eliminação de serviços gera poupança de 500 milhões.

              Empresas do Estado têm que poupar 515 milhões de euros.




         Orçamento deestado
         portuguêspara 2012

A despesa do subsector Estado apresenta uma diminuição de 24,9%, face a 2011 em
virtude do impacto das medidas de contenção orçamental previstas para 2012, bem
como da assunção, no ano de 2011, de encargos com a realização do inquérito Censos
2011 por parte do INE e com a estrutura organizativa das Comemorações do
Centenário da República, extinta a 31 de agosto 2011 nos termos do nº 2 do art.º 7º do
Decreto-Lei n.º 17/2008, de 29 de Janeiro. Em 2012, a despesa total consolidada
aumenta 582 M€ face a 2011, na sequência da alteração da composição do universo de
serviços que integram a Presidência do Conselho de Ministros. A inclusão das EPR no
perímetro das Administrações Públicas, justifica cerca de 59% do valor orçamentado
para 2012, nomeadamente: o Teatro Nacional S. João, EPE, a OPART - Organismo de
Produção Artística, EPE e a Rádio e Televisão de Portugal, SA.




        Bibliografia
http://economico.sapo.pt/noticias/conheca-as-34-medidas-da-troika-que-vao-mudar-
a-sua-vida_117265.html

http://www1.ionline.pt/conteudo/121049-ajuda-externa-acordo-abre-porta-subida-
dos-bilhetes-dos-comboios~

http://dividapublicaportuguesa.blogspot.com/

http://www.portugal.gov.pt/pt/GC19/Documentos/MF/Rel_OE2012.pdf

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As medidas impostas pela troika
As medidas impostas pela troikaAs medidas impostas pela troika
As medidas impostas pela troikaturma11ig2011
 
Orçamento previsto para 2012
Orçamento previsto para 2012Orçamento previsto para 2012
Orçamento previsto para 2012turma11ig2011
 
Informações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a dividaInformações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a dividagigacom
 
Vamos ao 1º maio
Vamos ao 1º maioVamos ao 1º maio
Vamos ao 1º maioSinapsa
 
Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)turam11tv
 
Trabalho de economia
Trabalho de economiaTrabalho de economia
Trabalho de economiagigacom
 
Emily Anderson - A Reforma Tributária em Angola - 7/06/2013
Emily Anderson - A Reforma Tributária em Angola - 7/06/2013Emily Anderson - A Reforma Tributária em Angola - 7/06/2013
Emily Anderson - A Reforma Tributária em Angola - 7/06/2013Development Workshop Angola
 
MAIS AUSTERIDADE ANUNCIADA AUMENTAM AS DESIGUALDADES ENTRE O TRABALHO E O CAP...
MAIS AUSTERIDADE ANUNCIADA AUMENTAM AS DESIGUALDADES ENTRE O TRABALHO E O CAP...MAIS AUSTERIDADE ANUNCIADA AUMENTAM AS DESIGUALDADES ENTRE O TRABALHO E O CAP...
MAIS AUSTERIDADE ANUNCIADA AUMENTAM AS DESIGUALDADES ENTRE O TRABALHO E O CAP...Sinapsa
 
Declaração de voto Contas 2012 (Assembleia Municipal do Cartaxo, 30 abril 2013)
Declaração de voto Contas 2012  (Assembleia Municipal do Cartaxo, 30 abril 2013)Declaração de voto Contas 2012  (Assembleia Municipal do Cartaxo, 30 abril 2013)
Declaração de voto Contas 2012 (Assembleia Municipal do Cartaxo, 30 abril 2013)Psd Cartaxo
 

Mais procurados (13)

O ine
O ineO ine
O ine
 
Ficha
FichaFicha
Ficha
 
Ficha
FichaFicha
Ficha
 
As medidas impostas pela troika
As medidas impostas pela troikaAs medidas impostas pela troika
As medidas impostas pela troika
 
Orçamento previsto para 2012
Orçamento previsto para 2012Orçamento previsto para 2012
Orçamento previsto para 2012
 
Informações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a dividaInformações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a divida
 
Vamos ao 1º maio
Vamos ao 1º maioVamos ao 1º maio
Vamos ao 1º maio
 
Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)
 
Trabalho de economia
Trabalho de economiaTrabalho de economia
Trabalho de economia
 
Emily Anderson - A Reforma Tributária em Angola - 7/06/2013
Emily Anderson - A Reforma Tributária em Angola - 7/06/2013Emily Anderson - A Reforma Tributária em Angola - 7/06/2013
Emily Anderson - A Reforma Tributária em Angola - 7/06/2013
 
Artigo: O Popular - Pinóquio e o déficit
Artigo: O Popular - Pinóquio e o déficitArtigo: O Popular - Pinóquio e o déficit
Artigo: O Popular - Pinóquio e o déficit
 
MAIS AUSTERIDADE ANUNCIADA AUMENTAM AS DESIGUALDADES ENTRE O TRABALHO E O CAP...
MAIS AUSTERIDADE ANUNCIADA AUMENTAM AS DESIGUALDADES ENTRE O TRABALHO E O CAP...MAIS AUSTERIDADE ANUNCIADA AUMENTAM AS DESIGUALDADES ENTRE O TRABALHO E O CAP...
MAIS AUSTERIDADE ANUNCIADA AUMENTAM AS DESIGUALDADES ENTRE O TRABALHO E O CAP...
 
Declaração de voto Contas 2012 (Assembleia Municipal do Cartaxo, 30 abril 2013)
Declaração de voto Contas 2012  (Assembleia Municipal do Cartaxo, 30 abril 2013)Declaração de voto Contas 2012  (Assembleia Municipal do Cartaxo, 30 abril 2013)
Declaração de voto Contas 2012 (Assembleia Municipal do Cartaxo, 30 abril 2013)
 

Destaque

A dívida portuguesa total – canibalização de um povo
A dívida portuguesa total – canibalização de um povoA dívida portuguesa total – canibalização de um povo
A dívida portuguesa total – canibalização de um povoGRAZIA TANTA
 
Porque não é pagável a dívida pública portuguesa
Porque não é pagável a dívida pública portuguesaPorque não é pagável a dívida pública portuguesa
Porque não é pagável a dívida pública portuguesaGRAZIA TANTA
 
Dívida & deficit – estratégia de empobrecimento
Dívida & deficit – estratégia de empobrecimentoDívida & deficit – estratégia de empobrecimento
Dívida & deficit – estratégia de empobrecimentoGRAZIA TANTA
 
Proposta Honesta e Concreta de Reestruturação da Dívida Portuguesa
Proposta Honesta e Concreta de Reestruturação da Dívida PortuguesaProposta Honesta e Concreta de Reestruturação da Dívida Portuguesa
Proposta Honesta e Concreta de Reestruturação da Dívida PortuguesaJorge Barbosa
 
World Development Report 2014
World Development Report 2014 World Development Report 2014
World Development Report 2014 WB_Research
 

Destaque (8)

A dívida portuguesa total – canibalização de um povo
A dívida portuguesa total – canibalização de um povoA dívida portuguesa total – canibalização de um povo
A dívida portuguesa total – canibalização de um povo
 
Grupo 01
Grupo 01Grupo 01
Grupo 01
 
Porque não é pagável a dívida pública portuguesa
Porque não é pagável a dívida pública portuguesaPorque não é pagável a dívida pública portuguesa
Porque não é pagável a dívida pública portuguesa
 
Dívida & deficit – estratégia de empobrecimento
Dívida & deficit – estratégia de empobrecimentoDívida & deficit – estratégia de empobrecimento
Dívida & deficit – estratégia de empobrecimento
 
Proposta Honesta e Concreta de Reestruturação da Dívida Portuguesa
Proposta Honesta e Concreta de Reestruturação da Dívida PortuguesaProposta Honesta e Concreta de Reestruturação da Dívida Portuguesa
Proposta Honesta e Concreta de Reestruturação da Dívida Portuguesa
 
Divida externa
Divida externaDivida externa
Divida externa
 
Modulo 15 - A divida externa
Modulo 15 - A divida externaModulo 15 - A divida externa
Modulo 15 - A divida externa
 
World Development Report 2014
World Development Report 2014 World Development Report 2014
World Development Report 2014
 

Semelhante a Valor da divida pública portuguesa

Crise em potugal
Crise em potugalCrise em potugal
Crise em potugalturma11ig
 
Crise em potugal
Crise em potugalCrise em potugal
Crise em potugalturma11ig
 
Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)turam11tv
 
Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)turam11tv
 
A divida publica
A divida publicaA divida publica
A divida publicaturam11tv
 
Medidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troikaMedidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troikagigacom
 
Medidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troikaMedidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troikagigacom
 
Informações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a dividaInformações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a dividagigacom
 
Informações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a dividaInformações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a dividagigacom
 
Medidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troikaMedidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troikaturma11ig2011
 
Memorandum de entendimento de Portugal com a Troika
Memorandum de entendimento de Portugal com a TroikaMemorandum de entendimento de Portugal com a Troika
Memorandum de entendimento de Portugal com a TroikaArmin Caldas
 
PÁGINA1: "Uma pequena reflexão de Verão"
PÁGINA1: "Uma pequena reflexão de Verão"PÁGINA1: "Uma pequena reflexão de Verão"
PÁGINA1: "Uma pequena reflexão de Verão"pr_afsalbergaria
 
Proposta de lei do Orçamento de Estado para 2015
Proposta de lei do Orçamento de Estado para 2015Proposta de lei do Orçamento de Estado para 2015
Proposta de lei do Orçamento de Estado para 2015UWU Solutions, Lda.
 

Semelhante a Valor da divida pública portuguesa (20)

Edilosn m
Edilosn mEdilosn m
Edilosn m
 
Edilosn m
Edilosn mEdilosn m
Edilosn m
 
Crise em potugal
Crise em potugalCrise em potugal
Crise em potugal
 
Crise em potugal
Crise em potugalCrise em potugal
Crise em potugal
 
Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)
 
Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)Economia(eunice 14 11-2011)
Economia(eunice 14 11-2011)
 
A divida publica
A divida publicaA divida publica
A divida publica
 
Percurso politico
Percurso politicoPercurso politico
Percurso politico
 
Medidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troikaMedidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troika
 
Medidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troikaMedidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troika
 
Informações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a dividaInformações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a divida
 
Informações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a dividaInformações sobre o défice orçamental e a divida
Informações sobre o défice orçamental e a divida
 
Medidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troikaMedidas impostas pela troika
Medidas impostas pela troika
 
Memorandum de entendimento de Portugal com a Troika
Memorandum de entendimento de Portugal com a TroikaMemorandum de entendimento de Portugal com a Troika
Memorandum de entendimento de Portugal com a Troika
 
Memorando troika
Memorando troika Memorando troika
Memorando troika
 
Memorando da "Troika"
Memorando da "Troika"Memorando da "Troika"
Memorando da "Troika"
 
trika tradusido em português
trika tradusido em portuguêstrika tradusido em português
trika tradusido em português
 
PÁGINA1: "Uma pequena reflexão de Verão"
PÁGINA1: "Uma pequena reflexão de Verão"PÁGINA1: "Uma pequena reflexão de Verão"
PÁGINA1: "Uma pequena reflexão de Verão"
 
Conferência sobre “O Regime Fiscal dos Residentes Não Habituais”
Conferência sobre “O Regime Fiscal dos Residentes Não Habituais”Conferência sobre “O Regime Fiscal dos Residentes Não Habituais”
Conferência sobre “O Regime Fiscal dos Residentes Não Habituais”
 
Proposta de lei do Orçamento de Estado para 2015
Proposta de lei do Orçamento de Estado para 2015Proposta de lei do Orçamento de Estado para 2015
Proposta de lei do Orçamento de Estado para 2015
 

Valor da divida pública portuguesa

  • 1. A Divida Pública Portuguesa Trabalho de: Honorato Cláudio
  • 2.  Valor da divida pública Portuguesa  As medidas da Tróica  Orçamento de estado português para 2012  Bibliografia Valorda divida Pública
  • 3. Em 2009 o estado português tinha uma divida de 39.133.457€, mas o valor da divida não ficou por ai, em 2010 o valor aumentou para 52.132.112€ e este ano prevê-se que no final de agosto a divida estará no valor de 168.888.465.868,40€. Até ao final do 1º semestre do ano a dívida acumulada disparou quase 21% mas, desde então, tem descido. Pode ser um bom indício, juntando às medidas que têm sido tomadas para diminuir a despesa do Estado. As 34 medidas daTróica
  • 4. Acordo abre porta a subida dos bilhetes dos comboios. - No sector ferroviário, o memorando de entendimento salienta a necessidade de "assegurar a total independência da operadora ferroviária CP do Estado", sem especificar se esta operação pode ser feita através de uma privatização. Equipas especiais de juízes param processos fiscais acima de um milhão de euros. Tabaco e automóveis com mais impostos. - O Executivo vai ter de aumentar o imposto sobre Veículos e rever o imposto, no que toca a isenções. Será o caso, por exemplo, de reduções de taxas aplicadas a deficientes. Empresas vão poder pagar menos por horas extraordinárias. Acordo impõe aumento da concorrência nas telecomunicações. Corte na despesa com Saúde chega a 550 milhões de euros. Bancos de horas negociados directamente com trabalhadores.
  • 5. "Falsos" trabalhadores independentes passam a ter apoio no desemprego. Subsídio de desemprego passa a ser declarado no IRS. ‘Troika' exige cortes na ADSE. Despedimento individual por justa causa vai ser ajustado. ‘Golden shares' do Estado são para eliminar até Julho. Taxas moderadoras aumentam e atingem mais portugueses. ‘Troika' quer incentivar arrendamento. Portugal tem mais tempo para cortar défice mas não evita dois anos de recessão. Novo aeroporto sem fundos públicos e TGV Lisboa-Porto suspenso. ‘Troika' quer aumentar IVA na factura da electricidade. Menos oito mil funcionários públicos por ano. - O objectivo destas medidas, segundo revela o documento, será aumentar a eficácia e reduzir o tamanho da administração pública em todos os níveis do Estado.
  • 6. Patrões descontam menos para a segurança social. Proprietários de casa serão penalizados com mais IMI. Mais cortes na Transtejo e no Metro de Lisboa colocam serviços em risco. BPN será vendido até Julho e não tem preço mínimo. Governo tem 12 mil milhões para injectar nos bancos. Desempregados só vão ter subsídio durante 18 meses. TAP, EDP e REN para privatizar na totalidade este ano. Redução de pessoal no Estado é para continuar. Pensões acima de 1.500 euros vão ser cortadas. Acordo não prevê redução de salários nem corte nos subsídios de férias e Natal. Troika cobre 100% das necessidades de financiamento em 2011. Objectivo do défice para 2011 fixado em 5,9%. CGD deve aumentar capital com recursos próprios. ‘Troika' quer definir critérios específicos para extensão de portarias.
  • 7. Eliminação de serviços gera poupança de 500 milhões. Empresas do Estado têm que poupar 515 milhões de euros. Orçamento deestado portuguêspara 2012 A despesa do subsector Estado apresenta uma diminuição de 24,9%, face a 2011 em virtude do impacto das medidas de contenção orçamental previstas para 2012, bem como da assunção, no ano de 2011, de encargos com a realização do inquérito Censos 2011 por parte do INE e com a estrutura organizativa das Comemorações do Centenário da República, extinta a 31 de agosto 2011 nos termos do nº 2 do art.º 7º do Decreto-Lei n.º 17/2008, de 29 de Janeiro. Em 2012, a despesa total consolidada aumenta 582 M€ face a 2011, na sequência da alteração da composição do universo de serviços que integram a Presidência do Conselho de Ministros. A inclusão das EPR no perímetro das Administrações Públicas, justifica cerca de 59% do valor orçamentado para 2012, nomeadamente: o Teatro Nacional S. João, EPE, a OPART - Organismo de Produção Artística, EPE e a Rádio e Televisão de Portugal, SA. Bibliografia