É um movimento periódico linear em torno de uma posição de
equilíbrio.
A
0-A
A, -A: amplitude do MHS
0 é a posição de equi...
Enquanto uma partícula descreve um MCU,
sua projeção descreve um MHS.
x
y
x
θ
A
A
x
cos
cos.Ax 
Mas:
Θ=ω.t
EQUAÇÃO HORÁRIA DA POSIÇÃO NO MHS
).cos(. 0  tAx
ω é a velocidade angular
Θ0 é a fase inicial.
).(. 0  tAsenV
).cos(. 0
2
  tAa
EQUAÇÃO HORÁRIA DA VELOCIDADE NO MHS
EQUAÇÃO HORÁRIA DA ACELERAÇÃO NO MHS













).cos(.
).(.
).cos(.
0
2
0
0



tAa
tAsenv
tAx













Aa
v
Ax
....
ENERGIAS NO MHS
Considere um sistema massa-mola, de constante elástica k.
-A 0 +A
xkF .
 cos.cos. 2
AmAk 
Aplicando a 2ª lei de Newton (F=m.a):
m
k

2
.
2
.
2
2
xk
E
vm
E
P
c


pcM EEE 
2
. 2
Ak
EM 
A
0-A





















2
.
2
.
0
2
2
Ak
E
Ak
E
E
M
P
c





















...
Slides da aula de Física (André) sobre Movimento Harmônico Simples II
Slides da aula de Física (André) sobre Movimento Harmônico Simples II
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slides da aula de Física (André) sobre Movimento Harmônico Simples II

897 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
897
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides da aula de Física (André) sobre Movimento Harmônico Simples II

  1. 1. É um movimento periódico linear em torno de uma posição de equilíbrio. A 0-A A, -A: amplitude do MHS 0 é a posição de equilíbrio. MOVIMENTO HARMÔNICO SIMPLES (MHS)
  2. 2. Enquanto uma partícula descreve um MCU, sua projeção descreve um MHS.
  3. 3. x y x θ A A x cos cos.Ax  Mas: Θ=ω.t EQUAÇÃO HORÁRIA DA POSIÇÃO NO MHS
  4. 4. ).cos(. 0  tAx ω é a velocidade angular Θ0 é a fase inicial.
  5. 5. ).(. 0  tAsenV ).cos(. 0 2   tAa EQUAÇÃO HORÁRIA DA VELOCIDADE NO MHS EQUAÇÃO HORÁRIA DA ACELERAÇÃO NO MHS
  6. 6.              ).cos(. ).(. ).cos(. 0 2 0 0    tAa tAsenv tAx              Aa v Ax . 0 2              Aa v Ax . 0 2  A 0-A              0 . 0 a Av x  VALORES MÁXIMOS DE x, V e a
  7. 7. ENERGIAS NO MHS Considere um sistema massa-mola, de constante elástica k. -A 0 +A
  8. 8. xkF .  cos.cos. 2 AmAk  Aplicando a 2ª lei de Newton (F=m.a): m k 
  9. 9. 2 . 2 . 2 2 xk E vm E P c   pcM EEE  2 . 2 Ak EM 
  10. 10. A 0-A                      2 . 2 . 0 2 2 Ak E Ak E E M P c                      2 . 2 . 0 2 2 Ak E Ak E E M P c                    2 . 0 2 . 2 2 Ak E E vm E M P c

×