Classificações Tradicionais
Reino PROTISTA(moderno)
Relações filogenéticas
Algas verdes
(grupo externo) Briófitas Pteridófitas Gimnospermas Angiospermas
Gametângios revestido...
 Pluricelulares;
 Eucariontes;
 Clorofilados;
 Autótrofos;
 Reproduzem-se por metagênese,com uma fase
haplóide e sexu...
 CRIPTÓGAMAS - kryptos = escondido;
gamós = casamento. Significa “órgãos
reprodutores escondidos ou pouco evidentes”.
SEM...
Criptógamas
 Criptógamas avasculares ( vegetais sem sementes e
sem sistema condutor ).
*Divisão Bryophyta (antóceros, hep...
Complexidade Corporal
Raiz Caule Folha Vasos Flor Semente Fruto
Briófitas
+
(Rizóide)
+
(Caulóide)
+
(Filóide)
- - - -
Pte...
Briófitas
 Vegetais de ambientes
terrestres úmidos e
sombreados, havendo
espécies que vivem em
locais secos;
 São de peq...
Briófitas: divisão
Três divisõesTrês divisões
 Anthocerotophyta
(antóceros);
 Hepatophyta
(hepáticas);
 Bryophyta
(musg...
Características
 Possuem clorofila a e b;
 Possuem AMIDO como polissacarídeo de reserva;
 As células possuem parede cel...
Ciclo de vida: Briófitas
Cápsula (2n)
Meiose no interior da cápsula,
formando esporos (n)
Esporos (n)
eliminados
da cápsul...
 Vegetais criptógamos (sem flor e sem semente);
 Vasculares (traqueófitas);
 Não apresentam flores;
 Possuem vasos con...
Possuem geralmente um caule subterrâneo - rizoma;
A fecundação é dependente da água;
Na época da reprodução, desenvolve...
Pterophyta
Avenca
Samambaia
Licopodíneas
Licopódio Selaginela
Ciclo de vida: Pteridófitas
Esporângio
(2n)
Meiose
Esporo (n)
Germinação
Prótalo
gametófito
(n)
Arquegônio
(n)
Fecundação
...
Prótalo
Esporófito jovem (2N)
Prótalo (N)
Gametófito
germinado
(hermafrodita)
Gimnospermas
 Fanerógamas de sementes nuas;
 Flores em conjuntos chamados estróbilos;
 Apresentam as seguintes inovaçõe...
Divisão
 Coniferophyta (coníferas);
 Cycadophyta (cicadófitas);
 Gnetophyta (gnetófitas);
 Ginkgophyta (gincófitas);
Ciclo de vida:
Gimnospermas
Esporófito
maduro (2n)
Germinação
Pinhão
Grãos de pólen
são liberadosMeiose com formação
de gr...
Angiospermas
 Fanerógamas de sementes imersas no interior de frutos;
 Providas de um perianto (cálice e corola) e de ová...
Estudo das Flores
Verticilos Florais
Protetores
•Cálice – conjuntos de sépalas.
•Corola – conjunto de pétalas.
Reprodutore...
Ciclo de vida:
Angiospermas
Dupla
fecundação
Polinização
Frutos
Antera
Óvulo
Meiose
Meiose
Megásporo
Células que
degeneram...
Dupla FecundaçãoDupla Fecundação
• Só em Angiospermas;
• Ocorre quando 1 dos 2 núcleos espermáticos do tubo polínico
se un...
Núcleos Polares (2)
Antípodas (3)
Sinérgides (2)
Oosfera
Tubo Polínico
Núcleos Espermáticos
Núcleo Generativo
Núcleo do Tu...
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Botânica
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Botânica
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Botânica
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Botânica
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Botânica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Botânica

470 visualizações

Publicada em

Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Botânica

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Botânica

  1. 1. Classificações Tradicionais Reino PROTISTA(moderno)
  2. 2. Relações filogenéticas Algas verdes (grupo externo) Briófitas Pteridófitas Gimnospermas Angiospermas Gametângios revestidos por células estéreis Embrião retido no gametângio feminino Vasos condutores de seiva Sementes Flores e frutos Espermatófitas (plantas que produzem sementes) Traqueófitas (plantas vasculares) Embriófitas
  3. 3.  Pluricelulares;  Eucariontes;  Clorofilados;  Autótrofos;  Reproduzem-se por metagênese,com uma fase haplóide e sexuada chamada gametófito e uma diplóide e assexuada chamada esporófito. Caractéristicas Gerais
  4. 4.  CRIPTÓGAMAS - kryptos = escondido; gamós = casamento. Significa “órgãos reprodutores escondidos ou pouco evidentes”. SEM FLORES  FANERÓGAMAS - phanerós = evidente; gamós = casamento. Significa “órgãos reprodutivos evidentes”. COM FLORES Vegetais Terrestres
  5. 5. Criptógamas  Criptógamas avasculares ( vegetais sem sementes e sem sistema condutor ). *Divisão Bryophyta (antóceros, hepáticas e musgos);  Criptógamas vasculares ( vegetais sem sementes e com sistema condutor). *Divisão Pterophyta (filicíneas e licopodíneas);
  6. 6. Complexidade Corporal Raiz Caule Folha Vasos Flor Semente Fruto Briófitas + (Rizóide) + (Caulóide) + (Filóide) - - - - Pteridófitas + + + + - - - Gimnosper mas + + + + + + - Angiosper mas + + + + + + +
  7. 7. Briófitas  Vegetais de ambientes terrestres úmidos e sombreados, havendo espécies que vivem em locais secos;  São de pequeno porte possuindo poucos centímetros de altura;  Algumas vivem em água doce, nenhuma espécie marinha. II
  8. 8. Briófitas: divisão Três divisõesTrês divisões  Anthocerotophyta (antóceros);  Hepatophyta (hepáticas);  Bryophyta (musgos);
  9. 9. Características  Possuem clorofila a e b;  Possuem AMIDO como polissacarídeo de reserva;  As células possuem parede celular (composta por celulose);  Ausência de cutícula;  *Rizóide (raiz primitiva): função de aderência ao substrato  *Caulóide (caule primitivo);  *Filóide fotossintético (folhas primitivas);  *Reprodução totalmente dependente de água.
  10. 10. Ciclo de vida: Briófitas Cápsula (2n) Meiose no interior da cápsula, formando esporos (n) Esporos (n) eliminados da cápsula Gametófito masculino (n) Gametófito feminino (n) GametófitEsporófito(2n) Pé Haste Cápsula Anterídio (n) (gametângio masculino) Anterozóides (n) (gametas masculinos) Arquegônio (n) (gametângio feminino) Oosfera (n) (gameta feminino) Fecundação e divisão mitótica Arquegônio (n) com embrião (2n) Germinação Caulóide Rizóide Filóides
  11. 11.  Vegetais criptógamos (sem flor e sem semente);  Vasculares (traqueófitas);  Não apresentam flores;  Possuem vasos condutores de seiva (xilema e floema)  Aparelho vegetativo com raiz, caule e folhas bem desenvolvidas;  Apresentam alternância de gerações (ciclo haplodiplobionte);  Fase duradoura representada pelo esporófito;  Fase transitória é representada pelo gametófito que recebe o nome de PRÓTALO; Pteridófitas Samambaia
  12. 12. Possuem geralmente um caule subterrâneo - rizoma; A fecundação é dependente da água; Na época da reprodução, desenvolvem-se soros na porção inferior das folhas; Os soros são grupos de esporângios;
  13. 13. Pterophyta Avenca Samambaia
  14. 14. Licopodíneas Licopódio Selaginela
  15. 15. Ciclo de vida: Pteridófitas Esporângio (2n) Meiose Esporo (n) Germinação Prótalo gametófito (n) Arquegônio (n) Fecundação Zigoto (2n)Esporófito (2n) Oosfera (n) Anterídio (n) Anterozóides (n) Gametófito (n) Esporófito (2n)
  16. 16. Prótalo Esporófito jovem (2N) Prótalo (N) Gametófito germinado (hermafrodita)
  17. 17. Gimnospermas  Fanerógamas de sementes nuas;  Flores em conjuntos chamados estróbilos;  Apresentam as seguintes inovações evolutivas: * formação de grãos de pólen; * óvulos formados sobre macrosporófilos * produção de sementes;
  18. 18. Divisão  Coniferophyta (coníferas);  Cycadophyta (cicadófitas);  Gnetophyta (gnetófitas);  Ginkgophyta (gincófitas);
  19. 19. Ciclo de vida: Gimnospermas Esporófito maduro (2n) Germinação Pinhão Grãos de pólen são liberadosMeiose com formação de grãos de pólen Sacos aéreos Célula do tubo Célula generativa Escama ovulífera Meiose Megásporo funcional (n) Formação do tubo polínico e fecundação Arquegônio (2n) com oosfera (n) Gametófito feminino (n) Embrião (2n) Estróbilo feminino Estróbilo masculino Mitose
  20. 20. Angiospermas  Fanerógamas de sementes imersas no interior de frutos;  Providas de um perianto (cálice e corola) e de ovário;  Flores vistosas e coloridas para maior probabilidade na reprodução;  Apresentam as seguintes inovações evolutivas: * Formação de grãos de pólen; * Óvulos formados sobre macrosporófilos * Produção de sementes; * Produção de frutos;
  21. 21. Estudo das Flores Verticilos Florais Protetores •Cálice – conjuntos de sépalas. •Corola – conjunto de pétalas. Reprodutores •Androceu – conjunto de estames. •Gineceu – Conjunto de carpelos.
  22. 22. Ciclo de vida: Angiospermas Dupla fecundação Polinização Frutos Antera Óvulo Meiose Meiose Megásporo Células que degeneram Célula geradora Célula vegetativa Envoltórios Saco embrionário (gametófito feminino) 1-Oosfera (n) Núcleos polares (n) Células espermáticas Tubo polínico Zigoto Embrião (2n) Parede do óvulo Endosperma Secundário (3n) Semente Grão de pólen (gametófito masculino) 3-Antípodas 2-Sinérgides
  23. 23. Dupla FecundaçãoDupla Fecundação • Só em Angiospermas; • Ocorre quando 1 dos 2 núcleos espermáticos do tubo polínico se une com os 2 núcleos polares do saco embrionário formando o ENDOSPERMA SECUNDÁRIO (3N), que nutre o embrião dentro da semente;
  24. 24. Núcleos Polares (2) Antípodas (3) Sinérgides (2) Oosfera Tubo Polínico Núcleos Espermáticos Núcleo Generativo Núcleo do Tubo Oosfera + núcleo espermático Núcleos polares + núcleo espermático

×