3º ano – Prof. João Luís
 A primeira característica da atitude filosófica é
negativa;
 É um dizer não ao senso comum, aos pré -conceitos,
aos pré...
 A segunda característica é positiva;
 É uma interrogação sobre o que são as coisas, as ideias,
os fatos as situações, o...
 A face negativa e a face positiva da atitude filosófica
constituem a atitude crítica e pensamento crítico.
 "O que é Filosofia?"
 poderia ser:
A decisão de não aceitar como óbvias e evidentes as
coisas, as ideias, os fatos, as ...
Ciência e Filosofia
 Com a crítica de Sócrates nasce a filosofia
propriamente dita;
 No Renascimento, nasce a ciência.
 Táles - considerava a água como a origem de todas as coisas;
 Anaxímenes - o universo era resultado de transformações d...
 INDUÇÃO e DEDUÇÃO são formas opostas de
raciocínio.
 INDUÇÃO: raciocínio em que, de fatos particulares, se
chega a uma ...
 Imagine que, visitando um país estrangeiro, você
conhece uma loja de “frifas” (sem saber o que isso
significa), e perceb...
 A INDUÇÃO:
 É o raciocínio próprio dos investigadores quando faltam
pistas de um crime;
 É o raciocínio próprio de cie...
 SILOGISMO:
 O SILOGISMO é uma espécie de fórmula que representa o
raciocínio DEDUTIVO. Ele é formado por três enunciado...
 Indicadores de conclusão: portanto, logo, segue-se
que, podemos concluir que, pode-se inferir que,
consequentemente, ass...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Atitude Filosófica

1.395 visualizações

Publicada em

Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Atitude Filosófica

Publicada em: Educação
0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
68
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Atitude Filosófica

  1. 1. 3º ano – Prof. João Luís
  2. 2.  A primeira característica da atitude filosófica é negativa;  É um dizer não ao senso comum, aos pré -conceitos, aos pré-juízos.
  3. 3.  A segunda característica é positiva;  É uma interrogação sobre o que são as coisas, as ideias, os fatos as situações, os comportamentos.
  4. 4.  A face negativa e a face positiva da atitude filosófica constituem a atitude crítica e pensamento crítico.
  5. 5.  "O que é Filosofia?"  poderia ser: A decisão de não aceitar como óbvias e evidentes as coisas, as ideias, os fatos, as situações, os valores...  jamais aceitá-los sem antes havê-los investigado e compreendido.
  6. 6. Ciência e Filosofia
  7. 7.  Com a crítica de Sócrates nasce a filosofia propriamente dita;  No Renascimento, nasce a ciência.
  8. 8.  Táles - considerava a água como a origem de todas as coisas;  Anaxímenes - o universo era resultado de transformações de um ar infinito;  Pitágoras – criou um sistema matemático cuja finalidade era descobrir a harmonia que modela o cosmos;  Heráclito – entendia o mundo como uma unidade de tensões opostas.  Demócrito – definia, pela primeira vez na história, o átomo como a menor partícula indivisível.
  9. 9.  INDUÇÃO e DEDUÇÃO são formas opostas de raciocínio.  INDUÇÃO: raciocínio em que, de fatos particulares, se chega a uma conclusão geral;  (vai de uma parte ao todo).  DEDUÇÃO: raciocínio que parte do geral para o particular ;  (vai do todo a uma parte).
  10. 10.  Imagine que, visitando um país estrangeiro, você conhece uma loja de “frifas” (sem saber o que isso significa), e percebe que ela vende bonecas. No dia seguinte, ao ver uma outra loja de “frifas”, você poderá INDUZIR que ela também vende bonecas.  Se você fizer uma pesquisa em TODAS as lojas de “frifas” existentes e descobrir que TODAS vendem bonecas, sempre que encontrar qualquer uma dessas lojas, você poderá DEDUZIR que ela também vende bonecas.
  11. 11.  A INDUÇÃO:  É o raciocínio próprio dos investigadores quando faltam pistas de um crime;  É o raciocínio próprio de cientistas (quando faltam dados concretos sobre uma pesquisa).  A DEDUÇÃO:  é uma forma mais segura de raciocínio, porque é baseada em dados mais abrangentes e já aceitos.
  12. 12.  SILOGISMO:  O SILOGISMO é uma espécie de fórmula que representa o raciocínio DEDUTIVO. Ele é formado por três enunciados:  1-Premissa maior (a que contém a totalidade que se conhece).  2-Premissa menor (a que menciona uma parte dessa totalidade).  3-Conclusão.  EXEMPLO:  1-Todo homem é mortal. (Premissa maior – TODO).  2-Sócrates é homem. (Premissa menor – PARTE).  3-Sócrates é mortal. (Conclusão – DEDUÇÃO).
  13. 13.  Indicadores de conclusão: portanto, logo, segue-se que, podemos concluir que, pode-se inferir que, consequentemente, assim, daí.  Indicadores de premissas: porque, pois que, como, desde que, pela razão de que, uma vez que, já que.

×