Palestra: Marcas no Facebook

3.777 visualizações

Publicada em

Apresentação utilizada na palestra "Marcas no Facebook", ministrada por Eden Wiedemann no dia 17/05/12.

Publicada em: Educação
0 comentários
19 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.777
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.598
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
19
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • Palestra: Marcas no Facebook

    1. 1. AS MARCAS NOFACEBOOKCOMO EXTRAIR O MÁXIMO DA PLATAFORMAEden Wiedemann | @realeden EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    2. 2. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    3. 3. “Mídia Social é como sexo entre adolescentes. Todomundo ouve falar que é bom, quer fazer, mas não sabe como.” Kaushick, Auvinash EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    4. 4. Mídia social éa novidade maisvelha dapropaganda. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    5. 5. Em tempos deMarketing 3.0 e web2.0 eis que surge onovo boca-a-boca. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    6. 6. Eu odeio sua marca! EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    7. 7. Eu odeio sua marca! EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    8. 8. EUODEIO SUA MARCA! INTERNET EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    9. 9. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    10. 10. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    11. 11. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    12. 12. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    13. 13. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    14. 14. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    15. 15. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    16. 16. Marketing de RedeMarketing Multi NívelMarketing Piramidal EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    17. 17. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    18. 18. 1 3 EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    19. 19. 1Fonte: IBOPE EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    20. 20. 1 273 Média de amigos dos brasileiros nas redes sociaisFonte: IBOPE EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    21. 21. “Quando acesso as redes sociais não me sinto só” 1 273 Média de amigos dos brasileiros nas redes sociaisFonte: IBOPE EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    22. 22. Adeus, vertical.Olá, multidirecional. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    23. 23. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    24. 24. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    25. 25. INTERNET EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    26. 26. MEIO INTERNET EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    27. 27. EMISSOR MEIO INTERNET EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    28. 28. EMISSOR MENSAGEM MEIO INTERNET EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    29. 29. EMISSOR MENSAGEM TARGET MEIO INTERNET EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    30. 30. MENSAGEM EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    31. 31. TARGET TARGET TARGET TARGET TARGET TARGET TARGET MENSAGEM TARGETTARGET TARGET TARGET TARGET TARGET TARGET TARGET EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    32. 32. TARGETTARGET TARGET TARGET MENSAGEM TARGET TARGET TARGET TARGET TARGET EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    33. 33. VEÍCULOVEÍCULO VEÍCULO VEÍCULO MENSAGEM VEÍCULO VEÍCULO VEÍCULO VEÍCULO VEÍCULO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    34. 34. VEÍCULOVEÍCULO VEÍCULO V V VEÍCULO V V V V MENSAGEM VEÍCULO V V VEÍCULO V V VEÍCULO V VEÍCULO VEÍCULO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    35. 35. O ogro e sua turma.Filipe, 13 anos, fanático por memes, anime e COMPLETAMENTE digital. VOCÊ OGRO O ogro, ou seja, Assiste TV Assiste Youtube meu filho Lê revista Baixa revistas Eu Ouve rádio Ouve MP3 Lê jornal Jornal? O que é isso? Vê outdoor Joga Gameboy Clica em banner É cego pra banners Visita portais Lê blogs EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    36. 36. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    37. 37. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    38. 38. Um em cadacinco casais seconheceramna internet. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    39. 39. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    40. 40. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    41. 41. Três em cadacinco casais gaysse conhecerampela internet. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    42. 42. O Facebook é aprincipal causa deum em cada cincodivórcios. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    43. 43. Crianças estãoaprendendo comtablets, não comlousas. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    44. 44. Uma revoluçãoglobal envolvendo 2.459.646.518 de pessoas. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    45. 45. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    46. 46. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    47. 47. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    48. 48. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    49. 49. Somos o sétimomaior mercado de internet.MovimentamosR$ 5,39 bilhões. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    50. 50. 90% 28% pesquisam na web antes de comprar fecharam a negociação baseados nos relatos de outros consumidores 76% 50% pesquisam em blogs e forúns. já mudaram de opinião sobre uma compraFonte: TNS RESEARCH INTERNATIONAL | OH! PANEL EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    51. 51. 79% 71% Confiam na opinião de amigos. Encontram as informações que precisam em canais de terceiros 72% 61% Confiam mais em amigos que em especialistas Buscam as informações em redes sociais antes de comprarFonte: OH! PANEL EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    52. 52. O poder está na mão do consumidor. Além de ummeio de reputação elevada,hoje ele escolhe o conteúdo que quer consumir. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    53. 53. 78% dos consumidores confiam nos comentários dos outros,enquanto apenas 14% confiam publicidade. Enquanto issoapenas 18% das campanhas de TV geram ROI positivo. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    54. 54. Social Media tem como objetivo transformar otarget em veículo. PARA VENDER MAIS. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    55. 55. x Social ADs Posts espontâneos CONVERSÕES. em redes sociaisPosts da marcaem seus canais 3.8x1.8x CONVERSÕES. CONVERSÕES. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    56. 56. Mas comorealizar essatransformação?A pergunta certa é:porque indicamos umproduto ou serviço semganhar nada por isso? EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    57. 57. Errado. Nós SEMPREganhamos alguma coisa. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    58. 58. Status O status de ter encontrado algo primeiro, de serreconhecido como entendedor de determinado assunto, de ter sido a solução pro problema de alguém etc. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    59. 59. Status O status de ter encontrado algo primeiro, de ser reconhecido como entendedor de determinado assunto, de ter sido a solução pro problema de alguém etc. Ter um sentimento positivo.Ter segurança sobre o produto. Acreditar na promessa. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    60. 60. Status O status de ter encontrado algo primeiro, de ser reconhecido como entendedor de determinado assunto, de ter sido a solução pro problema de alguém etc. Pode ser fruto de uma experiência anterior, da identificação com a marca, do relacionamento. Ter um sentimento positivo.Ter segurança sobre o produto. Acreditar na promessa. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    61. 61. Status O status de ter encontrado algo primeiro, de ser reconhecido como entendedor de determinado assunto, de ter sido a solução pro problema de alguém etc. Pode ser fruto de uma experiência anterior, da identificação com a marca, do relacionamento. Ter um sentimento positivo.Ter segurança sobre o produto. Fruto de experiência de consumo e de informação sobre o produto e seu universo. Acreditar na promessa. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    62. 62. Status O status de ter encontrado algo primeiro, de ser reconhecido como entendedor de determinado assunto, de ter sido a solução pro problema de alguém etc. Pode ser fruto de uma experiência anterior, da identificação com a marca, do relacionamento. Ter um sentimento positivo.Ter segurança sobre o produto. Fruto de experiência de consumo e de informação sobre o produto e seu universo. Acreditar na promessa. Fruto de experiência de consumo e da informação de terceiros. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    63. 63. Empatia Compartilhar um sentimento, seja ele positivo ounegativo, com sua rede. Uma vez impactado a reação gerada é passada à frente. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    64. 64. Empatia Compartilhar um sentimento, seja ele positivo ou negativo, com sua rede. Uma vez impactado a reação gerada é passada à frente. Ser impactado por um conteúdo que o faça rir, chorar, pensar,descobrir, que gere uma epifania ou um mero sentimento urgente de mudança. Despertar orgulho ou culpa. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    65. 65. Empatia Compartilhar um sentimento, seja ele positivo ou negativo, com sua rede. Uma vez impactado a reação gerada é passada à frente. Ser impactado por um conteúdo que o faça rir, chorar, pensar,descobrir, que gere uma epifania ou um mero sentimento urgente de mudança. Despertar orgulho ou culpa. Apresentar uma campanha ou conteúdo de qualidade, alinhada com o planejamento e com o posicionamento da marca. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    66. 66. PrêmioNão preciso explicar, preciso? EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    67. 67. Sentimento,relacionamento, engajamento. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    68. 68. PAQUERAPrecisa chamar atenção, se fazer notar, causar alguma impressão. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    69. 69. PAQUERA SEDUZPrecisa chamar atenção, Conversa, encanta, se fazer notar, causar mostra interesse, se alguma impressão. mostra interessante. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    70. 70. PAQUERA SEDUZ CONQUISTAPrecisa chamar atenção, Conversa, encanta, Cria um laço, gera uma se fazer notar, causar mostra interesse, se relação, alimenta essa alguma impressão. mostra interessante. relação. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    71. 71. PAQUERA SEDUZ CONQUISTAPrecisa chamar atenção, Conversa, encanta, Cria um laço, gera uma se fazer notar, causar mostra interesse, se relação, alimenta essa alguma impressão. mostra interessante. relação. GERA UM SENTIMENTO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    72. 72. PAQUERA SEDUZ CONQUISTAPrecisa chamar atenção, Conversa, encanta, Cria um laço, gera uma se fazer notar, causar mostra interesse, se relação, alimenta essa alguma impressão. mostra interessante. relação. GERA UM SENTIMENTO INICIA UM RELACIONAMENTO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    73. 73. PAQUERA SEDUZ CONQUISTAPrecisa chamar atenção, Conversa, encanta, Cria um laço, gera uma se fazer notar, causar mostra interesse, se relação, alimenta essa alguma impressão. mostra interessante. relação. GERA UM SENTIMENTO INICIA UM RELACIONAMENTO GERA ENGAJAMENTO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    74. 74. SENTIMENTO RELACIONAMENTO ENGAJAMENTO Causar uma boa Mostrar que tem Ser parceiro, cúmplice, impressão, gerar um conteúdo, que é colaborar, construirsentimento positivo, se inteligente, que tem algo juntos. Passar a mostrar interessante. assunto. ter uma história. Mostrar que tem afinidade. Mostrar que escuta, que entende, que busca o díalogo. Mostrar que é especial de alguma forma. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    75. 75. Significado de Engajamentos.m. Ato ou efeito de engajar ou engajar-se. Ato pelo qual umcidadão declara querer servir nas forças armadas durante tempodeterminado. Participação em batalha: o engajamento das reservas.Participação, posição em face das questões políticas e sociais. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    76. 76. O ENGAJADO É MILITAR... OU CHATO. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    77. 77. Significado de Engajamento emmídias sociaisEngajamento é a tradução literal de engagement, que em inglês temum significado diferente mas que faz mais sentindo para mídiassociais: noivado, ou seja, um relacionamento sério.UM RELACIONAMENTO SÉRIO ENTRE UM USUÁRIO COMUMA ATIVO NA WEB. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    78. 78. Ok, entendi o conceito, mas eo processo? EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    79. 79. MÍDIA SOCIALIMPACTA E ATIVA SEDUZ E CONVERTE EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    80. 80. MÍDIA SOCIALIMPACTA E ATIVA SEDUZ E CONVERTE RESULTADO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    81. 81. MÍDIACONTEÚDO PROMO
    82. 82. MÍDIA
    83. 83. MÍDIA É o verdadeiro herói aos olhos da agência e do cliente,já o profissional de social acha ele meio babacão. Sua superforça permite queele movimente muita gente ao mesmo tempo. Chamativo, não é lá muito discreto. Por ser overpower não funciona muito bem em trabalhos que precisam de maior precisão.
    84. 84. PROMOChama tanta atenção quanto a mídia mas diferente dela éapontada pelos amigos. “Você viu????”Está longe de ser discreta enem é esse o objetivo dela.Como toda mulher bonita écara de se manter e dá um trabalho do cão.É fundamental para qualquerestratégia (defenda dizendo que é cota).
    85. 85. CONTEÚDO É bem mais cool que os demais. Muita gente ouviu falar mas sabe quase nada a respeito.Discreto, não chama tanta atenção.Sim, tem fãs, mas está longe de ser mainstream.É o inteligente, ou devia ser, e pode atuar em qualquer nicho. Precisou de muito treinamento e estudo para ser eficiente e gastauma grana pra ser bom no que faz.
    86. 86. Fluxo Ideal EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    87. 87. Fluxo Ideal IMPACTA EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    88. 88. Fluxo Ideal IMPACTA GERA UM SENTIMENTO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    89. 89. Fluxo Ideal IMPACTA GERA UM SENTIMENTO ALIMENTA UM RELACIONAMENTO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    90. 90. Fluxo Ideal IMPACTA GERA UM CRIA SENTIMENTO ENGAJAMENTO ALIMENTA UM RELACIONAMENTO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    91. 91. Fluxo Ideal IMPACTA GERA UM CRIA SENTIMENTO ENGAJAMENTO ALIMENTA UM RELACIONAMENTO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    92. 92. Fluxo Ideal IMPACTA INVESTE EM MÍDIA GERA UM CRIA SENTIMENTO ENGAJAMENTO ALIMENTA UM RELACIONAMENTO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    93. 93. Fluxo Ideal IMPACTA INVESTE EM CONQUISTA MÍDIA MÍDIA GERA UM CRIA SENTIMENTO ENGAJAMENTO Processo de médio e longo prazo com maior capacidade de fidelização. ALIMENTA UM RELACIONAMENTO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    94. 94. Diagnóstico CLIENTE PRÉ DIGITAL PRESENÇA RELEVÂNCIA RELACIONAMENTO DNA DIGITALAs marcas usam os Um site institucional Marcas com Estimula A marca vive os meios meios digitais estabelece uma presença constantemente digitais em suas apenas para presença contínua consolidada na o consumidor a máximas possibilidades. suportar as da marca nos web. Oferecem relacionar com a Intervenções urbanas, campanhas e os meios digitais. ferramentas marca. Além de mobile, conteúdo, lançamentos de Apresenta sua ou conteúdos de conteúdo Relevante relacionamento etc. novos produtos. linha de produtos, interesse do e ferramentas Todas as ações e suporta campanhas, target. Provocam os interativas, a marca movimentos da marca lançamentos e consumidores a permite que o são pensados promoções em um voltarem no site usuário gere o seu digitalmente. único espaço. para interagir ou próprio conteúdo. É absorver o conteúdo o consumidor ofertado pela marca. definindo os caminhos que a marca deve seguir.INFORMATIVO INTERATIVO EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    95. 95. Você éanalistade mídiasocial? Hum, conte-me sobre as diferentes técnicas de fritar pastel. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    96. 96. Analista, RP, mídia, planner, operação,tecnologia, gestor de conteúdo, editor,coordenador, criativo, diretor de arte... EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    97. 97. Faça como oWilly: PLANEJE.De preferência melhor que ele. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    98. 98. Identifique sua necessidade. Identifique o target. Entenda o target. Desenvolva a estratégia. Identifique os meios. Planeje o tático. Identifique as falhas. Crie planos de contigência. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    99. 99. DiagnósticoTARGET EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    100. 100. DiagnósticoTARGET EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    101. 101. Pense naquiloque irá durarmuito.Você já decidiu em que plataformas éimportante a marca estar. É hora depensar que tipo de conteúdo vai serpublicado ali. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    102. 102. Territórios exploradosTente sempre trabalharnas interseções. Conteúdos que reflitam o posicionamento da marca. POSICIONAMENTO Conteúdos que Conteúdos que divulguem os atendam as CATEGORIA PRODUTO produtos do demandas do portfólio e suas consumidor da funcionalidades e categoria. atributos. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    103. 103. Territórios explorados POSICIONAMENTO CATEGORIA PRODUTO QUE ASSUNTO LIGADO A AQUILO QUE SUA CATEGORIA E DE QUAL A ABORDAGEM SOBRE MARCA QUER DIZER INTERESSE DO TARGET O PRODUTO AO PÚBLICO VAMOS PRODUZIR EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    104. 104. PERSONA Descreva a persona de teu TARGET. Tente visualizar, diantedos dados coletados, quem seria seu target. Idade, sexo, classe social, estudo, hábitos, lazer, manias. Relacione todas as características que forem comum a maioria do target, permitindo visualizar com quem irá conversar. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    105. 105. MARCA QUAL O OBJETIVO DA PAPEL DA MARCA NAS REDES MARCA SOCIAIS QUE ESTRATÉGIA ELA IRÁ USAR PARA PREMISSA ALCANÇAR ESSE OBJETIVOENTREGA DE O QUE O CONTEÚDO DEVERÁ ENTREGARCONTEÚDO DE QUE FORMA ESSA ENTREGA DE FORMA CONTEÚDO SERÁ REALIZADA EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    106. 106. TEMAS Agora é hora de determinar que temas serão abordados,definindo o conteúdo que será publicado. Os temas devem pautar o conteúdo. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    107. 107. CORE BRAND CONTEÚDO LIGADO DIRETAMENTE AO PRODUTO PRODUTO CONTEÚDO QUE ENTREGA OS DEMAIS TEMAS.CONTEÚDO LIGADO AOS DEMAIS TEMAS EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    108. 108. NARRATIVA TOM LINGUAGEMA DEFINIÇÃO DA NARRATIVA DEVE ESTAR RELACIONADA A O TOM REFLETE A POSIÇÃO PERSONA DA MARCA. QUEAMARRA TODO CONTEÚDO. DA MARCA FRENTE AO LINGUAGEM ESSA PERSONA INDICA OS CAMINHOS A CONSUMIDOR. DEVE REFLETIR UTILIZARIA PARA SE SEREM SEGUIDOS, A HUMANIZAÇÃO DEFINIDA COMUNICAR MELHOR COM OMOSTRANDO O QUE SE QUER DURANTE O PLANEJAMENTO. TARGET, ATINGIR. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    109. 109. Pense em entregas criativas pro conteúdo. Ações pontuais, usointeligente da ferramenta e afins. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    110. 110. Produzo, logo existo, mas ninguém sabe disso. :( EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    111. 111. É hora de ativar.Mídia, promo oucrescimento orgânico? EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    112. 112. MídiaO crescimento gerado pelo conteúdo, também chamado de crescimentoorgânico, é, na maioria dos casos, orgânico (dah!). Ele é proporcional ao tamanho da basee de sua identificação com aquilo que é publicado.O crescimento gerado por mídia está ligado a fatores como verba,segmentação e mensagem, mas vai muito além da base da marca em qualquer ambientesocial.A segmentação da mídia é fundamental para garantir um enxerto de fãs dequalidade, que tenham real interesse no consumo de conteúdo da marca. Umenxerto mal feito irá derrubar todas as métricas do canal. Normalmentea mídia é utilizada em waves, com o objetivo de incrementar a base. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    113. 113. PromoA promoção tem que ser direcionada. Se sua fanpage é relacionada com moda umcarro como prêmio irá sujar sua base. Que tal uma viagem para um evento de moda em Paris?A mecânica não pode ser restritiva. Quantos mais steps para participar maior adesistência. Precisa subir vídeo? Eliminou quem não tem câmera. Precisa por CPF? Eliminouum bocado de medrosos. Não afunile.Estimule a colaboração. Pedir ajuda a amigos ou espalhar uma mensagem éinteressante para gerar aumento da base mas cuidado para não tornar-se chato.Você será fraudado, proteja-se. As chances de ter uma promoção fraudada sãoimensas e causam uma crise impressionante. Estresse todas as possibilidades, avalie todas asfraquezas, não deixe brechas. E, claro, envolva o jurídico.O engajamento é proporcional ao valor percebido do prêmio. Valor érelativo. Antes de escolher um prêmio procure saber o que é valioso para seu target. Paraalgumas pessoas jantar com seu ídolo pode ser mais valioso que um carro. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    114. 114. Qual o objetivo do cliente?Tanto o tipo de conteúdo quanto as métricas para avaliá-lovão variar de acordo com o objetivo do cliente. Criar umanova cultura ou reposicionar uma marca é bem maiscomplexo que fornecer brand fun.
    115. 115. O que seu target quer ouvir?É preciso muito esforço para ganhar atenção sobre um assuntoque não é de interesse do target. É preciso saber que assuntossão de interesse dele e como incluií-los em sua estratégia.
    116. 116. Sobre o que ele quer falar?É caro e trabalhoso tentar controlar a conversa. O ideal é seincluir na conversação que já está acontecendo e tentardiracioná-la para onde se quer.
    117. 117. Conte histórias.Sempre que puder contextualize a mensagem, conceito ouproduto. Aprendam com os contos de fada.
    118. 118. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    119. 119. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    120. 120. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    121. 121. Abuse de imagens.Informação demais. Rápida demais. É preciso chamar atenção,imagens fazem um bom serviço. Produza-as, capriche. Faz todadiferença.
    122. 122. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    123. 123. Surfe os memes.Aproveitar um meme não é replicá-lo, é pegar o que importa eembalar de forma que faça sentido pra marca. O uso de memesamplia o alcance da mensagem e humaniza a marca.
    124. 124. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    125. 125. 47 mil seguidoresAlcance de 14.100 seguidoresConversão esperada de 705 EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    126. 126. Não fale apenas de si.Explore, tente, experimente. Apele para nostalgia. Use call to actions. Não ponha pontos finais. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    127. 127. Planeje. Crie.Implemente. Ative. Monitore. Ajuste. EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012
    128. 128. Obrigado :) EDEN WIEDEMANN | MAIO 2012

    ×