PROPRIEDADES FÍSICAS DO
SOLO
Conceito físico do solo
• Meio poroso.
• Não rígido.
• Partículas com complexidade de forma,
tamanho e estrutura mineralóg...
Características Físicas do Solo

Textura

Proporção relativa das frações
granulométricas (areia, silte e argila)
compõem m...
Características Físicas (Textura)
• Retenção e disponibilidade de H2O;
• Circulação de H2O e Ar;
• Resistência ao crescime...
Influência da textura do solo
• Agregação do solo;
• Temperatura do solo;
• Suscetibilidade do solo à compactação;
• Facil...
Fonte: Embrapa
Escala Textural
Textura
• OBJETIVO:
• Separar as frações constituintes do solo
(areia, silte e argila) de acordo com o seu
diâmetro.
• FIN...
Determinação da textura no campo
• Esfregar uma massa de solo úmida e
homogeneizada entre os dedos:
• Areia: aspereza, não...
Área superficial específica
Área superficial específica
• Relacionada com:
• CTC, retenção de água e nutrientes;
• retenção e liberação de poluentes;
...
Área superficial específica
Consistência do solo
• Resposta do solo às forças externas
que tentam deformá-lo ou rompê-lo.
• Manifestação das forças de...
Consistência do Solo
• Manifestações apresentadas pelo material
do solo, resultantes das forças de coesão
e adesão que atu...
Formas de Consistência do Solo
• Seca: dureza ou tenacidade => solta, macia,
ligeiramente dura, dura, muito dura,
extremam...
Consistência do solo
• SOLO SECO: não há adesão e coesão máxima - DUREZA.
• SOLO ÚMIDO: Coesão e adesão atuam conjuntament...
Cor do Solo
• Fácil determinação.
• Atributos físicos + químicos + mineralógicos
+ alguns constituintes e condições climát...
Características Físicas
(Estrutura) Poros Adequados
• Entrada de Ar e Água no solo;
• Movimentação da Água no solo (dispon...
Características Físicas
(Estrutura)
• Agrupamento e organização das partículas do solo
em agregados.
• Arranjo de poros pe...
Características Físicas
(Estrutura) Degradação
• Preparo intensivo e queima dos resíduos;
• Tráfego intenso de máquinas co...
Características Físicas (Estrutura)
Consequências da Degradação
• Propriedades Físicas afetadas;
• Camadas compactadas sub...
Estrutura

Solo desestruturado (esquerda) e solo bem granulado (direita). Raízes
de plantas e especialmente húmus são fato...
Características Físicas
(Estrutura)
• Granular e Grumosa:
• Agregados arredondados formados mais na
superfície do solo sob...
Características Físicas
(Estrutura)
• Laminar:

• Agregados laminares:
formados por
influência do material de origem ou em...
Características Físicas
(Estrutura)
• Prismática e Colunar:
• Agregados formados em ambientes mal
drenados e horizontes su...
Características Físicas
(Estrutura)
• Blocos Angulares e Subangulares:

• Agregados
cubóides:
formados
em
ambientes modera...
Tipos de Estruturas
GRANULAR

BLOCOS
(SUBANGULAR)

(ANGULAR)

PRISMÁTICA

COLUNAR

LAMINAR

CUNEIFORME (cunha)
Estabilidade dos agregados
• Resistência à desagregação que os
agregados
apresentam
quando
submetidos a forças externas (a...
Densidade do Solo
• Relação: massa de solo seco por unidade de
volume do solo.
• Volume do solo: volume de sólidos e de po...
Densidade do Solo
• Solos arenosos: 1,2 a 1,9 g cm-3.
• Solos argilosos: 0,9 a 1.7 g cm-3.
• Compactação:
restrição
cresci...
Densidade do solo
• Profundidade: ds >.
• < MO, > compactação natural, diferentes
formas de agregados, maiores pressões,
a...
Porosidade
• Espaço poroso: água e ar.
• Proporção: volume de poros e volume total
de um solo.
• Inversamente proporcional...
Argila x Areia: diferença está no
tamanho dos vazios.
Água capilar
SOLO SATURADO

Água gravitacional

ar
Relação Água x Poros
Relação Água x Poros
Relação Água x Poros
• Macroporos: Água Gravitacional;
• Microporos: Água usada pelas plantas Água Capilar;
• Rodeando par...
Compactação do solo
• Não é uma propriedade do solo e
sim o efeito da variação de algumas
de suas propriedades, devido a
a...
Compactação do solo
Compactação do solo
Compactação do solo
Estes slides são concedidos sob uma Licença Creative
Commons. Sob as seguintes condições: Atribuição, Uso NãoComercial e C...
Propriedadesfsicasdosolo 110218164754-phpapp02
Propriedadesfsicasdosolo 110218164754-phpapp02
Propriedadesfsicasdosolo 110218164754-phpapp02
Propriedadesfsicasdosolo 110218164754-phpapp02
Propriedadesfsicasdosolo 110218164754-phpapp02
Propriedadesfsicasdosolo 110218164754-phpapp02
Propriedadesfsicasdosolo 110218164754-phpapp02
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Propriedadesfsicasdosolo 110218164754-phpapp02

708 visualizações

Publicada em

Física do Solo - Prof Luiz Henrique

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Propriedadesfsicasdosolo 110218164754-phpapp02

  1. 1. PROPRIEDADES FÍSICAS DO SOLO
  2. 2. Conceito físico do solo • Meio poroso. • Não rígido. • Partículas com complexidade de forma, tamanho e estrutura mineralógica e algumas partículas finitamente divididas de maneira a apresentar uma grande área superficial. • Minerais e partículas orgânicas são intimamente ligadas, formando vários tipos de agregados.
  3. 3. Características Físicas do Solo Textura Proporção relativa das frações granulométricas (areia, silte e argila) compõem massa do solo (terra fina: f < 2 mm).
  4. 4. Características Físicas (Textura) • Retenção e disponibilidade de H2O; • Circulação de H2O e Ar; • Resistência ao crescimento radicular; • Resistência à mobilização do solo; • Retenção e disponibilidade de nutrientes.
  5. 5. Influência da textura do solo • Agregação do solo; • Temperatura do solo; • Suscetibilidade do solo à compactação; • Facilidade de mecanização; • Erodibilidade.
  6. 6. Fonte: Embrapa
  7. 7. Escala Textural
  8. 8. Textura • OBJETIVO: • Separar as frações constituintes do solo (areia, silte e argila) de acordo com o seu diâmetro. • FINALIDADE: • Classificação dos solos. • Zoneamento agrícola.
  9. 9. Determinação da textura no campo • Esfregar uma massa de solo úmida e homogeneizada entre os dedos: • Areia: aspereza, não plástico, não pegajoso; • Silte: sedosidade, plástico, não pegajoso; • Argila: sedosidade, plástico, pegajoso;
  10. 10. Área superficial específica
  11. 11. Área superficial específica • Relacionada com: • CTC, retenção de água e nutrientes; • retenção e liberação de poluentes; • expansão / contração; • propriedades mecânicas: coesão, resistência, plasticidade.
  12. 12. Área superficial específica
  13. 13. Consistência do solo • Resposta do solo às forças externas que tentam deformá-lo ou rompê-lo. • Manifestação das forças de coesão e adesão sob diferentes condições de umidade.
  14. 14. Consistência do Solo • Manifestações apresentadas pelo material do solo, resultantes das forças de coesão e adesão que atuam sobre ele, em conformidade com seu grau de umidade. • => Coesão - ligações entre componentes do solo. • => Adesão - resulta da tensão superficial.
  15. 15. Formas de Consistência do Solo • Seca: dureza ou tenacidade => solta, macia, ligeiramente dura, dura, muito dura, extremamente dura. • Úmida: friabilidade => solta, muito friável, friável, firme, muito firme, extremamente firme. • Molhada: plasticidade e pegajosidade
  16. 16. Consistência do solo • SOLO SECO: não há adesão e coesão máxima - DUREZA. • SOLO ÚMIDO: Coesão e adesão atuam conjuntamente FRIABILIDADE (solo < compactável). • SOLO MOLHADO: coesão desaparece e adesão atinge máximo - PLASTICIDADE. • MUITO MOLHADO: filmes de água que partículas. Mais espessos - PEGAJOSIDADE. • SOLO SATURADO: FLUIDEZ. recobrem
  17. 17. Cor do Solo • Fácil determinação. • Atributos físicos + químicos + mineralógicos + alguns constituintes e condições climáticas: Matéria orgânica: cor escura. Forma e conteúdo de Fe: hematita (vermelha) ou goetita (amarela). • Drenagem deficiente: cores cinzas. • Critério diagnóstico na classificação de solos.
  18. 18. Características Físicas (Estrutura) Poros Adequados • Entrada de Ar e Água no solo; • Movimentação da Água no solo (disponível para culturas e boa drenagem do solo); • Crescimento das culturas após germinação das sementes (raízes exploram maior volume de solo em busca de ar, água e nutrientes); • Resistência à erosão pela alta agregação.
  19. 19. Características Físicas (Estrutura) • Agrupamento e organização das partículas do solo em agregados. • Arranjo de poros pequenos, médios e grandes (organização das partículas e agregados do solo). • Suprimento de água, aeração, disponibilidade de nutrientes, atividade microbiana e penetração de raízes, são afetados pela estrutura dos solos.
  20. 20. Características Físicas (Estrutura) Degradação • Preparo intensivo e queima dos resíduos; • Tráfego intenso de máquinas com umidade inadequada; • Impacto da gota de chuva; • Dispersão química dos colóides; • Inaptidão agrícola.
  21. 21. Características Físicas (Estrutura) Consequências da Degradação • Propriedades Físicas afetadas; • Camadas compactadas subsuperficiais; • Resistência do solo à penetração; • Erosão: sulcos ou laminar; • Crostas superficiais.
  22. 22. Estrutura Solo desestruturado (esquerda) e solo bem granulado (direita). Raízes de plantas e especialmente húmus são fatores principais na granulação do solos.
  23. 23. Características Físicas (Estrutura) • Granular e Grumosa: • Agregados arredondados formados mais na superfície do solo sob influência da matéria orgânica e atividade microbiológica. • Grumos: poros visíveis. • Soltam-se facilmente dos outros agregados (friabilidade).
  24. 24. Características Físicas (Estrutura) • Laminar: • Agregados laminares: formados por influência do material de origem ou em horizontes muito compactados;
  25. 25. Características Físicas (Estrutura) • Prismática e Colunar: • Agregados formados em ambientes mal drenados e horizontes subsuperficiais (pequena influência da matéria orgânica). • Agregados grandes e adensados. • Topo dos prismas arredondados: Estrutura Colunar.
  26. 26. Características Físicas (Estrutura) • Blocos Angulares e Subangulares: • Agregados cubóides: formados em ambientes moderadamente a bem drenados nos subsolos.
  27. 27. Tipos de Estruturas GRANULAR BLOCOS (SUBANGULAR) (ANGULAR) PRISMÁTICA COLUNAR LAMINAR CUNEIFORME (cunha)
  28. 28. Estabilidade dos agregados • Resistência à desagregação que os agregados apresentam quando submetidos a forças externas (ação implementos agrícolas e impacto gota chuva) ou forças internas (compressão de ar, expansão/contração) que tendem a rompê-los.
  29. 29. Densidade do Solo • Relação: massa de solo seco por unidade de volume do solo. • Volume do solo: volume de sólidos e de poros. • Espaço poroso modificado: altera densidade. • Indica: compactação, alterações da estrutura e porosidade do solo.
  30. 30. Densidade do Solo • Solos arenosos: 1,2 a 1,9 g cm-3. • Solos argilosos: 0,9 a 1.7 g cm-3. • Compactação: restrição crescimento radicular: 1,65 g cm-3 - solos arenosos 1,45 g cm-3 - solos argilosos.
  31. 31. Densidade do solo • Profundidade: ds >. • < MO, > compactação natural, diferentes formas de agregados, maiores pressões, argila iluvial (ocupa espaços). • Manejo inadequado do solo: > compactação, > ds. • Revolvimento: < densidade.
  32. 32. Porosidade • Espaço poroso: água e ar. • Proporção: volume de poros e volume total de um solo. • Inversamente proporcional à densidade. • Importância: crescimento de raízes e movimento de ar, água e solutos no solo. • Textura e estrutura dos solos: tamanho, tipo, quantidade e continuidade dos poros. • Infiltração, retenção e drenagem do solo.
  33. 33. Argila x Areia: diferença está no tamanho dos vazios.
  34. 34. Água capilar SOLO SATURADO Água gravitacional ar
  35. 35. Relação Água x Poros
  36. 36. Relação Água x Poros
  37. 37. Relação Água x Poros • Macroporos: Água Gravitacional; • Microporos: Água usada pelas plantas Água Capilar; • Rodeando partículas: Água Higroscópica. Não congela, nem se move em forma líquida.
  38. 38. Compactação do solo • Não é uma propriedade do solo e sim o efeito da variação de algumas de suas propriedades, devido a ação de cargas externas, tais como o tráfego de máquinas e ferramentas agrícolas.
  39. 39. Compactação do solo
  40. 40. Compactação do solo
  41. 41. Compactação do solo
  42. 42. Estes slides são concedidos sob uma Licença Creative Commons. Sob as seguintes condições: Atribuição, Uso NãoComercial e Compartilhamento pela mesma Licença, com restrições adicionais: • Se você é estudante, você não está autorizado a utilizar estes slides (total ou parcialmente) em uma apresentação na qual você esteja sendo avaliado, a não ser que o professor que está lhe avaliando: a) lhe peça explicitamente para utilizar estes slides; b) ou seja informado explicitamente da origem destes slides e concorde com o seu uso. Mais detalhes sobre a referida licença Creative Commons veja no link: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.5/br/ Autor: Professor Luiz Henrique Fonte: www.luizhenriquebs.com.br

×