SIG - NFR Framework

1.439 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.439
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SIG - NFR Framework

  1. 1. “SIG – Softgoal Interdependency Graphs“ Claudia Cappelli ccappelli@inf.puc-rio.br Aula do Curso de Transparência de Software Prof: Julio Leite © Claudia Cappelli 25/05/2008 1
  2. 2. SIG’s 1. Componentes do NFR Framework 2. Tipos de Softgoals 3. Tipos de Interdependências 4. Tipos de contribuição 5. Passos do processo de avaliação 6. Requisitos Funcionais X Não Funcionais © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 2
  3. 3. SIG’s Componentes do NFR Framework Softgoals – Unidade básica de representação Interdependências – relacionamentos entre os softgoals Processo de avaliação – determina o grau de satisfação de um softgoal Métodos – técnicas de implementação dos softgoals Correlações – interações negativas e positivas entre os softgoals © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 3
  4. 4. SIG’s Tipos de Softgoal NFR softgoals (tipos) Softgoals de operacionalização Softgoals de argumentação © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 4
  5. 5. SIG’s Tipos de Interdependências - Decomposição © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 5
  6. 6. SIG’s Tipos de Interdependências - Operacionalização © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 6
  7. 7. SIG’s Tipos de Interdependências - Argumentação © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 7
  8. 8. SIG’s Tipos de Contribuição – AND e OR © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 8
  9. 9. SIG’s Tipos de Contribuição- Make, Break, Help, Hurt, Some © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 9
  10. 10. SIG’s O Processo de Avaliação – Primeiro Passo Determinar o impacto individual MAKE propaga o próprio sinal BREAK inverte o sinal HELPS mantém a mesma direção mas enfraquece HURTS inverte a direção e enfraquece © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 10
  11. 11. SIG’s Exemplo Catálogo de Avaliação © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 11
  12. 12. SIG’s O Processo de Avaliação – Segundo Passo Determinar o nível de satisfação de um objetivo que já teve todos os seus níveis inferiores avaliados MAKE propaga o próprio sinal BREAK inverte o sinal HELPS mantém a mesma direção mas enfraquece HURTS inverte a direção e enfraquece © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 12
  13. 13. SIG’s Exemplo de Propagação – Parte 1 © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 13
  14. 14. SIG’s Exemplo de Propagação - Parte 2 © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 14
  15. 15. SIG’s Requisitos Funcionais X Não Funcionais © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 15
  16. 16. NFR Framework Resumo Este capítulo apresenta o detalhamento dos elementos do NFR Framework Detalha os tipos de interdependências apresentando os conceitos de BREAK, HURT, HELP, MAKE Apresenta os passos de um procedimento de avaliação Exemplifica a ligação entre requisitos funcionais e não funcionais © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 16
  17. 17. NFR Framework Bibliografia Chung, L.; Nixon, B.; Yu, E.; Mylopoulos, J.; Non-Functional Requirements in Software Engineering – Kluwer Academic Publishers – Massachusetts, USA, 2000. © Grupo de ER - PUC-Rio 25/05/2008 17

×