SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
ÁGUA
Nós vivemos num planeta que tem dois terços da superfície cobertos de água (oceanos),
mas cerca de 97% desta água é salgada. Restam, assim, pouco menos de 3% sob a forma
de água doce, mas, deste total, mais de 2,5% estão congelados na Antártica, no Ártico e
em geleiras, indisponíveis para uso imediato. Por fim, do menos de 0,5% que sobra,
grande parte está em aquíferos subterrâneos.
Aproximadamente 1,1 bilhão de habitantes não têm acesso à água tratada e cerca de 1,6
milhão de pessoas morrem no mundo todos os anos em razão de problemas de saúde
decorrentes da falta desse recurso, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).
Nesse contexto, o tratamento da água é fundamental para garantir a saúde da população,
seja nas pequenas ou grandes cidades. No tratamento da água é verificado a dosagem
dos produtos químicos utilizados no processo e também as operações das estações de
tratamento, na filtragem e em outras importantes etapas do processo de tratamento da
água. Toda a água precisa ser tratada, inclusive a dos poços artesianos, obedecendo à
legislação do Ministério da Saúde. Todo esse processo é feito por Engenheiros, Biólogos,
ou outros profissionais de áreas laboratoriais, que seguem várias etapas.
Oxidação: a primeira etapa do processo é misturar cloro na água para oxidar os metais
presentes, principalmente o ferro e o manganês, que se apresentam dissolvidos na água.
Coagulação e Floculação: a água é misturada com o sulfato de alumínio, um coagulante
que possui propriedades que ajudam a formar flocos gelatinosos, que vai servir para unir
as impurezas e facilitar sua remoção. A floculação irá agitar a água, com a ajuda de pás
giratórias.
Decantação: nessa etapa, a água passa lentamente pelos decantadores, permanecendo
assim de duas a três horas. Esse processo facilita que os flocos de impurezas se
depositem no fundo do decantador.
Filtração: após passar pelos decantadores, a água vai para os filtros onde são retiradas as
impurezas que permanecem no líquido. Os filtros são formados por camadas de carvão
ativado, que retira o odor e o sabor das substâncias químicas utilizadas, por areia, que
filtra as impurezas restantes, e por cascalho, que tem a função de sustentar a areia e o
carão.
Desinfecção: o cloro é usado para a destruição de micro-organismos presentes na água. A
ozonização e a exposição à radiação ultravioleta também podem ser usadas nesse
processo.
Fluoretação: após ser filtrada a água já está potável. Nesta etapa, são adicionados cloro e
o flúor para a prevenção de cáries.
Correção do pH: nesta etapa, se necessário, é adicionada mais cal hidratada para a
correção do pH.
Ortopolifosfato de Sódio: é acrescentado na última etapa, para proteger a tubulação
contra a corrosão e a oxidação.
Fonte: https://g1.globo.com/pr/parana/especial-publicitario/crea-pr/engenharias-
geociencias-e-voce/noticia/2019/11/18/como-funciona-o-processo-de-tratamento-da-
agua.ghtml. Acesso em: 3 jul. 2023.
Você, profissional já formado, está fazendo estágio em uma empresa de tratamento de
água de sua região. Como pode ser observado nos itens anteriormente descritos, a
correção do pH da água geralmente se dá por adição de cal hidratada, pois a água
encontra-se com pH abaixo da neutralidade.
Entretanto, por mudanças climáticas locais, a estação de tratamento está com pH alto da
água recebida e, por isso, você é indicado para trazer soluções de neutralização. Sabe-se
que em água com elevado pH, temos a presença de hidróxido de cálcio (Ca(OH)2) e você
sugere que seja feita neutralização com ácido sulfúrico (H2SO4) para produção de sulfato
de cálcio (CaSO4) e água (H2O).
a) Sobre as substâncias a serem utilizadas, faça a correta representação de Lewis para
cada uma, indicando o tipo de ligação que acontece.
b) Discorra sobre estas diferentes ligações atômicas, descrevendo suas principais
características.
c) Escreva a reação química completa e faça o correto balanceamento.
d) Você coletou uma amostra da água bruta e mediu seu pH atual de 11, sabendo que o
pH ideal da água tratada deveria ser próximo a 7. A partir destas informações e dispondo
de uma solução de ácido sulfúrico 0,1 mol/L, quantos mL de ácido devem ser adicionados
para cada Litro de água a ser tratada para o pH diminuir de 11 para 7?
GEOMETRIA ANALITICA E ALGEBRA LINEAR
PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELETRICAS
HIDROLOGIA E DRENAGEM URBANA
QUIMICA GERAL E INORGANICA
ELETRONICA E ELETROTECNICA
MANUTENÇÃO E PATOLOGIA DAS EDIFICAÇÕES
MATERIAIS DA INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO
PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO DE PROJETOS
SANEAMENTO BASICO
ADMINISTRAÇÃO ORÇAMENTÁRIA
COMPUTAÇÃO GRÁFICA
CONTABILIDADE DE CUSTOS
CONTROLE ESTATISTICO DOS PROCESSOS
DESENHO MECANICO E METROLOGIA
FOMENTO FINANCEIRO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS
GESTÃO DE PROJETOS
GESTÃO DE TRANSPORTE E INFRAESTRUTURA
LOGISTICA INTERNACIONAL
MATEMATICA FINANCEIRA
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
PRATICAS DE ENSINO NOVAS TECNOLOGIAS
PROCESSOS DE FABRICAÇÃO E METROLOGIA
MANUTENÇÃO INDUSTRIAL
ENGENHARIA DE TEMPOS E MÉTODOS
ELETROMAGNETISMO
ELETRONICA DE POTENCIA
PROTEÇÃO DE SISTEMAS ELETRICOS
QUIMICA EXPERIMENTAL
ELEMENTOS DE MAQUINAS
ERGONOMIA E SEGURANÇA DO TRABALHO
REFRIGERAÇÃO E AR CONDICIONADO

Mais conteúdo relacionado

Último

LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaLEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaGuilhermeLucio9
 
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptxResistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptxjuliocameloUFC
 
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfPLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfAroldoMenezes1
 
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdfAulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdfMateusSerraRodrigues1
 
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAMMODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAMCassio Rodrigo
 
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalFISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalPauloHenrique154965
 
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraTecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraGuilhermeLucio9
 
Estatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalEstatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalleandroladesenvolvim
 
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréEletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréGuilhermeLucio9
 

Último (9)

LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaLEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
 
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptxResistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptx
 
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfPLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
 
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdfAulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
 
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAMMODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
 
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalFISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
 
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraTecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
 
Estatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalEstatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animal
 
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréEletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
 

Processo de tratamento da água

  • 1.
  • 2.
  • 3. ÁGUA Nós vivemos num planeta que tem dois terços da superfície cobertos de água (oceanos), mas cerca de 97% desta água é salgada. Restam, assim, pouco menos de 3% sob a forma de água doce, mas, deste total, mais de 2,5% estão congelados na Antártica, no Ártico e em geleiras, indisponíveis para uso imediato. Por fim, do menos de 0,5% que sobra, grande parte está em aquíferos subterrâneos. Aproximadamente 1,1 bilhão de habitantes não têm acesso à água tratada e cerca de 1,6 milhão de pessoas morrem no mundo todos os anos em razão de problemas de saúde decorrentes da falta desse recurso, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Nesse contexto, o tratamento da água é fundamental para garantir a saúde da população, seja nas pequenas ou grandes cidades. No tratamento da água é verificado a dosagem dos produtos químicos utilizados no processo e também as operações das estações de tratamento, na filtragem e em outras importantes etapas do processo de tratamento da água. Toda a água precisa ser tratada, inclusive a dos poços artesianos, obedecendo à legislação do Ministério da Saúde. Todo esse processo é feito por Engenheiros, Biólogos, ou outros profissionais de áreas laboratoriais, que seguem várias etapas. Oxidação: a primeira etapa do processo é misturar cloro na água para oxidar os metais presentes, principalmente o ferro e o manganês, que se apresentam dissolvidos na água. Coagulação e Floculação: a água é misturada com o sulfato de alumínio, um coagulante que possui propriedades que ajudam a formar flocos gelatinosos, que vai servir para unir as impurezas e facilitar sua remoção. A floculação irá agitar a água, com a ajuda de pás giratórias. Decantação: nessa etapa, a água passa lentamente pelos decantadores, permanecendo assim de duas a três horas. Esse processo facilita que os flocos de impurezas se depositem no fundo do decantador. Filtração: após passar pelos decantadores, a água vai para os filtros onde são retiradas as impurezas que permanecem no líquido. Os filtros são formados por camadas de carvão ativado, que retira o odor e o sabor das substâncias químicas utilizadas, por areia, que filtra as impurezas restantes, e por cascalho, que tem a função de sustentar a areia e o carão. Desinfecção: o cloro é usado para a destruição de micro-organismos presentes na água. A ozonização e a exposição à radiação ultravioleta também podem ser usadas nesse processo. Fluoretação: após ser filtrada a água já está potável. Nesta etapa, são adicionados cloro e o flúor para a prevenção de cáries. Correção do pH: nesta etapa, se necessário, é adicionada mais cal hidratada para a correção do pH. Ortopolifosfato de Sódio: é acrescentado na última etapa, para proteger a tubulação
  • 4. contra a corrosão e a oxidação. Fonte: https://g1.globo.com/pr/parana/especial-publicitario/crea-pr/engenharias- geociencias-e-voce/noticia/2019/11/18/como-funciona-o-processo-de-tratamento-da- agua.ghtml. Acesso em: 3 jul. 2023. Você, profissional já formado, está fazendo estágio em uma empresa de tratamento de água de sua região. Como pode ser observado nos itens anteriormente descritos, a correção do pH da água geralmente se dá por adição de cal hidratada, pois a água encontra-se com pH abaixo da neutralidade. Entretanto, por mudanças climáticas locais, a estação de tratamento está com pH alto da água recebida e, por isso, você é indicado para trazer soluções de neutralização. Sabe-se que em água com elevado pH, temos a presença de hidróxido de cálcio (Ca(OH)2) e você sugere que seja feita neutralização com ácido sulfúrico (H2SO4) para produção de sulfato de cálcio (CaSO4) e água (H2O). a) Sobre as substâncias a serem utilizadas, faça a correta representação de Lewis para cada uma, indicando o tipo de ligação que acontece. b) Discorra sobre estas diferentes ligações atômicas, descrevendo suas principais características. c) Escreva a reação química completa e faça o correto balanceamento. d) Você coletou uma amostra da água bruta e mediu seu pH atual de 11, sabendo que o pH ideal da água tratada deveria ser próximo a 7. A partir destas informações e dispondo de uma solução de ácido sulfúrico 0,1 mol/L, quantos mL de ácido devem ser adicionados para cada Litro de água a ser tratada para o pH diminuir de 11 para 7?
  • 5. GEOMETRIA ANALITICA E ALGEBRA LINEAR PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELETRICAS HIDROLOGIA E DRENAGEM URBANA QUIMICA GERAL E INORGANICA ELETRONICA E ELETROTECNICA MANUTENÇÃO E PATOLOGIA DAS EDIFICAÇÕES MATERIAIS DA INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO DE PROJETOS SANEAMENTO BASICO ADMINISTRAÇÃO ORÇAMENTÁRIA COMPUTAÇÃO GRÁFICA CONTABILIDADE DE CUSTOS CONTROLE ESTATISTICO DOS PROCESSOS DESENHO MECANICO E METROLOGIA FOMENTO FINANCEIRO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS GESTÃO DE PROJETOS GESTÃO DE TRANSPORTE E INFRAESTRUTURA LOGISTICA INTERNACIONAL MATEMATICA FINANCEIRA PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PRATICAS DE ENSINO NOVAS TECNOLOGIAS PROCESSOS DE FABRICAÇÃO E METROLOGIA MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ENGENHARIA DE TEMPOS E MÉTODOS ELETROMAGNETISMO ELETRONICA DE POTENCIA PROTEÇÃO DE SISTEMAS ELETRICOS QUIMICA EXPERIMENTAL ELEMENTOS DE MAQUINAS ERGONOMIA E SEGURANÇA DO TRABALHO REFRIGERAÇÃO E AR CONDICIONADO