SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
Acionamento de motores com inversor de frequência
O acionamento de motores de indução pode consumir elevados níveis de corrente elétrica
durante a partida, que corresponde ao evento transitório entre o repouso e o regime de
funcionamento permanente da máquina a qual o motor está acoplado, assim, técnicas de
acionamento suave se fazem úteis para que apenas a energia necessária ao acionamento seja
consumida, sem desperdícios causados pelos métodos de acionamento convencionais.
A utilização de chaves estáticas eletrônicas provê a opção de um acionamento suave e livre de
picos de corrente que ocorrem em chaves de partida convencionais, onde o motor é acoplado
diretamente à rede. Com o uso de inversores de frequência, por exemplo, o motor é acionado
gradualmente, recebendo parcelas proporcionais de tensão e frequência, a fim de garantir o
torque constante desde as velocidades menores até a velocidade final esperada para o motor
em questão em regime permanente de operação.
Atividade MAPA da disciplina
Uma indústria de rações, onde um triturador de cereais é acoplado à um motor elétrico de
indução trifásico com rotor do tipo gaiola de esquilo com potência de 25 cv, acionado por uma
chave de partida do tipo estrela-triângulo, apresenta corrente de partida de 6.In.
Considerando que este motor possui 2 polos e apresenta corrente nominal de 60,8 A para
operação em regime de serviço com tensão de 220 V em 60 Hz e que o tempo de partida é de
20 s com a chave estrela-triângulo:
Determine para a configuração com a chave estrela-triângulo, qual a corrente máxima
(corrente de pico) de partida para este motor.
Defina em que momento ocorre o pico de corrente na chave do tipo estrela-triângulo e o por
quê deste efeito.
No caso de substituir o atual método de partida por um inversor de frequência, quais seriam
os benefícios em termos de:
corrente de partida,
tempo de partida,
tensão aplicada no motor.
Se o motor da questão estiver sendo acionado por inversor de frequência, quando a rotação
do motor for de 1200 rpm, qual é o valor do escorregamento?
Demonstre qual a influência do uso de inversores de frequência com a eficiência energética
utilizando como exemplo esta questão.
GEOMETRIA ANALITICA E ALGEBRA LINEAR
PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELETRICAS
HIDROLOGIA E DRENAGEM URBANA
QUIMICA GERAL E INORGANICA
ELETRONICA E ELETROTECNICA
MANUTENÇÃO E PATOLOGIA DAS EDIFICAÇÕES
MATERIAIS DA INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO
PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO DE PROJETOS
SANEAMENTO BASICO
ADMINISTRAÇÃO ORÇAMENTÁRIA
COMPUTAÇÃO GRÁFICA
CONTABILIDADE DE CUSTOS
CONTROLE ESTATISTICO DOS PROCESSOS
DESENHO MECANICO E METROLOGIA
FOMENTO FINANCEIRO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS
GESTÃO DE PROJETOS
GESTÃO DE TRANSPORTE E INFRAESTRUTURA
LOGISTICA INTERNACIONAL
MATEMATICA FINANCEIRA
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
PRATICAS DE ENSINO NOVAS TECNOLOGIAS
PROCESSOS DE FABRICAÇÃO E METROLOGIA
MANUTENÇÃO INDUSTRIAL
ENGENHARIA DE TEMPOS E MÉTODOS
ELETROMAGNETISMO
ELETRONICA DE POTENCIA
PROTEÇÃO DE SISTEMAS ELETRICOS
QUIMICA EXPERIMENTAL
ELEMENTOS DE MAQUINAS
ERGONOMIA E SEGURANÇA DO TRABALHO
REFRIGERAÇÃO E AR CONDICIONADO
Acionamento de motores com inversor de frequência O acionamento de motores de indução pode consumir elevados níveis de corrente elétrica durante a partida, que corresponde ao ev.pdf

Mais conteúdo relacionado

Último

AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024
AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024
AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024Consultoria Acadêmica
 
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docx
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docxAE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docx
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docxConsultoria Acadêmica
 
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptxResistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptxjuliocameloUFC
 
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptx
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptxPatrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptx
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptxAssimoIovahale
 
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdfAulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdfMateusSerraRodrigues1
 
Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais Privados
Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais PrivadosGestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais Privados
Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais PrivadosGuilhermeLucio9
 
Banco Sul-Americano do Brasil -2023.pptx
Banco Sul-Americano do Brasil -2023.pptxBanco Sul-Americano do Brasil -2023.pptx
Banco Sul-Americano do Brasil -2023.pptxTherionAkkad2
 

Último (7)

AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024
AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024
AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024
 
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docx
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docxAE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docx
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docx
 
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptxResistencias dos materiais I - Tensao.pptx
Resistencias dos materiais I - Tensao.pptx
 
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptx
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptxPatrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptx
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptx
 
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdfAulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
Aulas Práticas da Disciplina de Desenho Técnico Projetivo _ Passei Direto.pdf
 
Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais Privados
Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais PrivadosGestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais Privados
Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais Privados
 
Banco Sul-Americano do Brasil -2023.pptx
Banco Sul-Americano do Brasil -2023.pptxBanco Sul-Americano do Brasil -2023.pptx
Banco Sul-Americano do Brasil -2023.pptx
 

Acionamento de motores com inversor de frequência O acionamento de motores de indução pode consumir elevados níveis de corrente elétrica durante a partida, que corresponde ao ev.pdf

  • 1.
  • 2.
  • 3. Acionamento de motores com inversor de frequência O acionamento de motores de indução pode consumir elevados níveis de corrente elétrica durante a partida, que corresponde ao evento transitório entre o repouso e o regime de funcionamento permanente da máquina a qual o motor está acoplado, assim, técnicas de acionamento suave se fazem úteis para que apenas a energia necessária ao acionamento seja consumida, sem desperdícios causados pelos métodos de acionamento convencionais. A utilização de chaves estáticas eletrônicas provê a opção de um acionamento suave e livre de picos de corrente que ocorrem em chaves de partida convencionais, onde o motor é acoplado diretamente à rede. Com o uso de inversores de frequência, por exemplo, o motor é acionado gradualmente, recebendo parcelas proporcionais de tensão e frequência, a fim de garantir o torque constante desde as velocidades menores até a velocidade final esperada para o motor em questão em regime permanente de operação. Atividade MAPA da disciplina Uma indústria de rações, onde um triturador de cereais é acoplado à um motor elétrico de indução trifásico com rotor do tipo gaiola de esquilo com potência de 25 cv, acionado por uma chave de partida do tipo estrela-triângulo, apresenta corrente de partida de 6.In. Considerando que este motor possui 2 polos e apresenta corrente nominal de 60,8 A para operação em regime de serviço com tensão de 220 V em 60 Hz e que o tempo de partida é de 20 s com a chave estrela-triângulo: Determine para a configuração com a chave estrela-triângulo, qual a corrente máxima (corrente de pico) de partida para este motor. Defina em que momento ocorre o pico de corrente na chave do tipo estrela-triângulo e o por quê deste efeito. No caso de substituir o atual método de partida por um inversor de frequência, quais seriam os benefícios em termos de: corrente de partida, tempo de partida, tensão aplicada no motor. Se o motor da questão estiver sendo acionado por inversor de frequência, quando a rotação do motor for de 1200 rpm, qual é o valor do escorregamento? Demonstre qual a influência do uso de inversores de frequência com a eficiência energética utilizando como exemplo esta questão.
  • 4. GEOMETRIA ANALITICA E ALGEBRA LINEAR PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELETRICAS HIDROLOGIA E DRENAGEM URBANA QUIMICA GERAL E INORGANICA ELETRONICA E ELETROTECNICA MANUTENÇÃO E PATOLOGIA DAS EDIFICAÇÕES MATERIAIS DA INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO DE PROJETOS SANEAMENTO BASICO ADMINISTRAÇÃO ORÇAMENTÁRIA COMPUTAÇÃO GRÁFICA CONTABILIDADE DE CUSTOS CONTROLE ESTATISTICO DOS PROCESSOS DESENHO MECANICO E METROLOGIA FOMENTO FINANCEIRO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS GESTÃO DE PROJETOS GESTÃO DE TRANSPORTE E INFRAESTRUTURA LOGISTICA INTERNACIONAL MATEMATICA FINANCEIRA PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PRATICAS DE ENSINO NOVAS TECNOLOGIAS PROCESSOS DE FABRICAÇÃO E METROLOGIA MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ENGENHARIA DE TEMPOS E MÉTODOS ELETROMAGNETISMO ELETRONICA DE POTENCIA PROTEÇÃO DE SISTEMAS ELETRICOS QUIMICA EXPERIMENTAL ELEMENTOS DE MAQUINAS ERGONOMIA E SEGURANÇA DO TRABALHO REFRIGERAÇÃO E AR CONDICIONADO