SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
Respeito
Do latim respectus, de
reespicere que significa
olhar.
Sentimento de
consideração àquelas
pessoas ou coisas dignas
de nossa veneração e
gratidão, como aos pais,
aos mais velhos, aos
sentimentos alheios etc.
TOLERÂNCIA
Do latim tolerantia, do
verbo tolerare que
significa suportar.
 É uma atitude de
respeito aos pontos
de vista dos outros e
de compreensão
para com suas
eventuais fraquezas.
 TOLERANDO AS PESSOAS EM SUAS DIFERENÇAS !
“O HOMEM DE BEM”
CAPÍTULO 17 – ÍTEM 3, PARÁGRAFO 7
TOLERAR não significa ENGOLIR SAPOS, aceitando de forma
indiscriminada tudo o que se apresente para nós, não é
conformar-se com abusos, não é ser permissivo- tolerar
aquilo que sabemos ser contrario as leis morais -
aborto,drogas, etc., ou ainda, confundir TOLERÂNCIA COM
ATITUDES de covarde resignação ou passividade servil.
A TOLERÂNCIA É UMA VIRTUDE QUE RECONHECE NOS
OUTROS O DIREITO DE TER OPINIÕES DIFERENTES
RESPEITO ÀS
DIFERENÇAS !
ONDE EXERCITAR A TOLERÂNCIA ?
TRÂNSITO
CONSIGO
PROVOCAÇÕES
BARULHO
TRABALHO
FAMÍLIA
AMIGOS INIMIGOS
-TER COMPAIXÃO DE QUEM ERRA, PORQUE SEU JUIZ É SUA
PRÓPRIA CONSCIÊNCIA.
-AJUDAR O QUE TOMBA, POIS SUA FRAQUEZA JÁ LHE
CONSTITUI PUNIÇÃO.
-COMPREENDER AS DIFICULDADES ALHEIAS, NO SEU
PROCESSO EVOLUTIVO, TANTO QUANTO QUEREMOS QUE OS
OUTROS SEJAM TOLERANTES CONOSCO.
-CAPACIDADE DE SE COLOCAR NO LUGAR DO OUTRO ,
SENTIR SUAS DIFICULDADES, É UM BOM COMEÇO PARA O
EXERCÍCIO DA TOLERÂNCIA. (Sábio)
Se não pretendes partilhar do sofrimento alheio,
ao menos minora-o com migalhas do que te excede.
Se não queres conviver com a dor do teu irmão,
ajuda-o a tê-la diminuída com aquilo que te esteja ao alcance.
Se defrontas multidões de necessitados e não sabes como resolver o
problema,auxilia o primeiro que te apareça, fazendo a tua parte.
Se te irrita a lamentação dos que choram,
silencia-a com o teu contributo de amizade.
Imagina-te no lugar de algum deles e saberás o que fazer,
como efeito natural do que gostarias que alguém fizesse por ti.
JOANNA DE ÂNGELIS
T O L E R A !
A TOLERÂNCIA é uma manifestação de
SABEDORIA, UMA ELEVADA
CONQUISTA DA SENSIBILIDADE
ESPIRITUAL EFETIVADA ATRAVES DA
REFORMA INTIMA.
FRUTO DA COMPREENSÃO E DO
PROFUNDO RESPEITO AS DIFERENTES
EXPRESSÕES DA NATUREZA HUMANA
No final das contas todos nós estamos
aqui para nos conectarmos uns com os
outros e construirmos algo juntos !
Torne-se um bom ouvinte, seja tolerante,
aprecie as diferenças e aprenda com todos.
A importância da tolerância e do respeito às diferenças
A importância da tolerância e do respeito às diferenças
A importância da tolerância e do respeito às diferenças

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direitaCap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direitagmo1973
 
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor JulianoCarvalho29
 
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Famíliaigmateus
 
Aula Perfeição Moral
Aula  Perfeição MoralAula  Perfeição Moral
Aula Perfeição MoralCeile Bernardo
 
Pensamento e vontade
Pensamento e vontadePensamento e vontade
Pensamento e vontadeDalila Melo
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioGraça Maciel
 
Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".Leonardo Pereira
 
Cuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do EspíritoCuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do EspíritoCEENA_SS
 
Estudos do evangelho "O egoísmo"
Estudos do evangelho "O egoísmo"Estudos do evangelho "O egoísmo"
Estudos do evangelho "O egoísmo"Leonardo Pereira
 
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa MãeCap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãegmo1973
 
Bem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiososBem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiososEduardo Ottonelli Pithan
 
O Homem de Bem
O Homem de BemO Homem de Bem
O Homem de Bemigmateus
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)Jorge Luiz dos Santos
 

Mais procurados (20)

Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direitaCap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
 
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
 
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
 
Palestra 22 a força do perdão
Palestra 22 a força do perdãoPalestra 22 a força do perdão
Palestra 22 a força do perdão
 
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
 
Aula Perfeição Moral
Aula  Perfeição MoralAula  Perfeição Moral
Aula Perfeição Moral
 
Pensamento e vontade
Pensamento e vontadePensamento e vontade
Pensamento e vontade
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
 
Perdão
PerdãoPerdão
Perdão
 
Egoismo
EgoismoEgoismo
Egoismo
 
Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".
 
Cuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do EspíritoCuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do Espírito
 
Esperança (Palestra Espirita)
Esperança (Palestra Espirita)Esperança (Palestra Espirita)
Esperança (Palestra Espirita)
 
Estudos do evangelho "O egoísmo"
Estudos do evangelho "O egoísmo"Estudos do evangelho "O egoísmo"
Estudos do evangelho "O egoísmo"
 
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa MãeCap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
 
Bem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiososBem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiosos
 
O Homem de Bem
O Homem de BemO Homem de Bem
O Homem de Bem
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
 
Honrar pai e mãe
Honrar pai e mãeHonrar pai e mãe
Honrar pai e mãe
 

Semelhante a A importância da tolerância e do respeito às diferenças

Você sabe ou você sente - Arthur da Távola
Você sabe ou você sente - Arthur da TávolaVocê sabe ou você sente - Arthur da Távola
Você sabe ou você sente - Arthur da TávolaMima Badan
 
Fora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFernanda Bertotto
 
A gentileza do amor - l ivro
A gentileza do amor -  l ivroA gentileza do amor -  l ivro
A gentileza do amor - l ivroSilvio Dutra
 
12 o perdao na familia
12   o perdao na familia12   o perdao na familia
12 o perdao na familiaPIB Penha
 
Ohomemdebemgrandedesafio 120918080952-phpapp01 (1)
Ohomemdebemgrandedesafio 120918080952-phpapp01 (1)Ohomemdebemgrandedesafio 120918080952-phpapp01 (1)
Ohomemdebemgrandedesafio 120918080952-phpapp01 (1)fabio antonio motta dutra
 
A intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidasA intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidasLisete B.
 
LiçãO 09 A Arte Do PerdãO
LiçãO 09 A Arte Do PerdãOLiçãO 09 A Arte Do PerdãO
LiçãO 09 A Arte Do PerdãOguest06a00c
 
Abordagem de bioética 08.pptx
Abordagem de bioética 08.pptxAbordagem de bioética 08.pptx
Abordagem de bioética 08.pptxJussaraSousa12
 
apresentação sobre Abordagem de bioética 08.pptx
apresentação sobre Abordagem de bioética 08.pptxapresentação sobre Abordagem de bioética 08.pptx
apresentação sobre Abordagem de bioética 08.pptxrosasoares110
 
como podemos mudar a vida de uma pessoa apenas por um ato de compaixao e como...
como podemos mudar a vida de uma pessoa apenas por um ato de compaixao e como...como podemos mudar a vida de uma pessoa apenas por um ato de compaixao e como...
como podemos mudar a vida de uma pessoa apenas por um ato de compaixao e como...AnaLuizaFariasAraujo
 
Apresentação sobre Compaixão
Apresentação sobre CompaixãoApresentação sobre Compaixão
Apresentação sobre CompaixãoDOUGLAS RANGEL
 
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãOFora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãOSergio Menezes
 
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De RosaRosana De Rosa
 
COMPAIXÃO: abordagem à luz da doutrina espírita
COMPAIXÃO: abordagem à luz da doutrina espíritaCOMPAIXÃO: abordagem à luz da doutrina espírita
COMPAIXÃO: abordagem à luz da doutrina espíritaEchacara1
 
Trabalho Dia Internacional da Pessoa com Deficiência - Teresa, Nair, João Coe...
Trabalho Dia Internacional da Pessoa com Deficiência - Teresa, Nair, João Coe...Trabalho Dia Internacional da Pessoa com Deficiência - Teresa, Nair, João Coe...
Trabalho Dia Internacional da Pessoa com Deficiência - Teresa, Nair, João Coe...Alberto Casaca
 

Semelhante a A importância da tolerância e do respeito às diferenças (20)

A INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
A INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITAA INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
A INTOLERÂNCIA NA VISÃO ESPÍRITA
 
Você sabe ou você sente - Arthur da Távola
Você sabe ou você sente - Arthur da TávolaVocê sabe ou você sente - Arthur da Távola
Você sabe ou você sente - Arthur da Távola
 
Simpatia
SimpatiaSimpatia
Simpatia
 
Fora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvação
 
A gentileza do amor - l ivro
A gentileza do amor -  l ivroA gentileza do amor -  l ivro
A gentileza do amor - l ivro
 
12 o perdao na familia
12   o perdao na familia12   o perdao na familia
12 o perdao na familia
 
Ohomemdebemgrandedesafio 120918080952-phpapp01 (1)
Ohomemdebemgrandedesafio 120918080952-phpapp01 (1)Ohomemdebemgrandedesafio 120918080952-phpapp01 (1)
Ohomemdebemgrandedesafio 120918080952-phpapp01 (1)
 
A intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidasA intolerancia em nossas vidas
A intolerancia em nossas vidas
 
LiçãO 09 A Arte Do PerdãO
LiçãO 09 A Arte Do PerdãOLiçãO 09 A Arte Do PerdãO
LiçãO 09 A Arte Do PerdãO
 
Abordagem de bioética 08.pptx
Abordagem de bioética 08.pptxAbordagem de bioética 08.pptx
Abordagem de bioética 08.pptx
 
apresentação sobre Abordagem de bioética 08.pptx
apresentação sobre Abordagem de bioética 08.pptxapresentação sobre Abordagem de bioética 08.pptx
apresentação sobre Abordagem de bioética 08.pptx
 
como podemos mudar a vida de uma pessoa apenas por um ato de compaixao e como...
como podemos mudar a vida de uma pessoa apenas por um ato de compaixao e como...como podemos mudar a vida de uma pessoa apenas por um ato de compaixao e como...
como podemos mudar a vida de uma pessoa apenas por um ato de compaixao e como...
 
Apresentação sobre Compaixão
Apresentação sobre CompaixãoApresentação sobre Compaixão
Apresentação sobre Compaixão
 
empatia.
empatia.empatia.
empatia.
 
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãOFora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
 
Espiritualidade 3
Espiritualidade  3Espiritualidade  3
Espiritualidade 3
 
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITAAUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
 
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
 
COMPAIXÃO: abordagem à luz da doutrina espírita
COMPAIXÃO: abordagem à luz da doutrina espíritaCOMPAIXÃO: abordagem à luz da doutrina espírita
COMPAIXÃO: abordagem à luz da doutrina espírita
 
Trabalho Dia Internacional da Pessoa com Deficiência - Teresa, Nair, João Coe...
Trabalho Dia Internacional da Pessoa com Deficiência - Teresa, Nair, João Coe...Trabalho Dia Internacional da Pessoa com Deficiência - Teresa, Nair, João Coe...
Trabalho Dia Internacional da Pessoa com Deficiência - Teresa, Nair, João Coe...
 

Mais de ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ

Mais de ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ (20)

ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
 
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICASDOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
 
AS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMAAS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMA
 
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdfAUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
 
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docxA PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
 
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITASONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
 
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docxIMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
 
DROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITADROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITA
 
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 BUDA  - HERMANN HESSE.pptx BUDA  - HERMANN HESSE.pptx
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃOO FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
 
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docxNOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
 
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO . PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
 
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMADEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
 
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
 
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptxNIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
 
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptxREFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
 
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADEAUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
 
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um  uma pedra preciosa adormecida. Somos como um  uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
 
REFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIORREFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIOR
 
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTADEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
 

Último

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresAntonino Silva
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalAmaroJunior21
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxCURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxWerquesonSouza
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 

Último (10)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxCURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 

A importância da tolerância e do respeito às diferenças

  • 1.
  • 2. Respeito Do latim respectus, de reespicere que significa olhar. Sentimento de consideração àquelas pessoas ou coisas dignas de nossa veneração e gratidão, como aos pais, aos mais velhos, aos sentimentos alheios etc. TOLERÂNCIA Do latim tolerantia, do verbo tolerare que significa suportar.  É uma atitude de respeito aos pontos de vista dos outros e de compreensão para com suas eventuais fraquezas.  TOLERANDO AS PESSOAS EM SUAS DIFERENÇAS !
  • 3. “O HOMEM DE BEM” CAPÍTULO 17 – ÍTEM 3, PARÁGRAFO 7
  • 4. TOLERAR não significa ENGOLIR SAPOS, aceitando de forma indiscriminada tudo o que se apresente para nós, não é conformar-se com abusos, não é ser permissivo- tolerar aquilo que sabemos ser contrario as leis morais - aborto,drogas, etc., ou ainda, confundir TOLERÂNCIA COM ATITUDES de covarde resignação ou passividade servil. A TOLERÂNCIA É UMA VIRTUDE QUE RECONHECE NOS OUTROS O DIREITO DE TER OPINIÕES DIFERENTES
  • 5. RESPEITO ÀS DIFERENÇAS ! ONDE EXERCITAR A TOLERÂNCIA ? TRÂNSITO CONSIGO PROVOCAÇÕES BARULHO TRABALHO FAMÍLIA AMIGOS INIMIGOS
  • 6. -TER COMPAIXÃO DE QUEM ERRA, PORQUE SEU JUIZ É SUA PRÓPRIA CONSCIÊNCIA. -AJUDAR O QUE TOMBA, POIS SUA FRAQUEZA JÁ LHE CONSTITUI PUNIÇÃO. -COMPREENDER AS DIFICULDADES ALHEIAS, NO SEU PROCESSO EVOLUTIVO, TANTO QUANTO QUEREMOS QUE OS OUTROS SEJAM TOLERANTES CONOSCO. -CAPACIDADE DE SE COLOCAR NO LUGAR DO OUTRO , SENTIR SUAS DIFICULDADES, É UM BOM COMEÇO PARA O EXERCÍCIO DA TOLERÂNCIA. (Sábio)
  • 7.
  • 8. Se não pretendes partilhar do sofrimento alheio, ao menos minora-o com migalhas do que te excede. Se não queres conviver com a dor do teu irmão, ajuda-o a tê-la diminuída com aquilo que te esteja ao alcance. Se defrontas multidões de necessitados e não sabes como resolver o problema,auxilia o primeiro que te apareça, fazendo a tua parte. Se te irrita a lamentação dos que choram, silencia-a com o teu contributo de amizade. Imagina-te no lugar de algum deles e saberás o que fazer, como efeito natural do que gostarias que alguém fizesse por ti. JOANNA DE ÂNGELIS T O L E R A !
  • 9. A TOLERÂNCIA é uma manifestação de SABEDORIA, UMA ELEVADA CONQUISTA DA SENSIBILIDADE ESPIRITUAL EFETIVADA ATRAVES DA REFORMA INTIMA. FRUTO DA COMPREENSÃO E DO PROFUNDO RESPEITO AS DIFERENTES EXPRESSÕES DA NATUREZA HUMANA
  • 10. No final das contas todos nós estamos aqui para nos conectarmos uns com os outros e construirmos algo juntos ! Torne-se um bom ouvinte, seja tolerante, aprecie as diferenças e aprenda com todos.