SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
BREVE RESUMO VIDA ARTÍSTICA:
Autodidata e natural de Florianópolis – SC, a artista divide seu
tempo entre exposições e aulas de pintura em seu Ateliê
“ARMAZEM DA ARTE”, onde ensina a arte do pincel e a técnica do
espatulado – em óleo sobre tela.
A Ilha está presente nos casarios açorianos que a artista pinta
desde 1986. Outros temas como: paisagens parisienses também
estão presentes na pintura da artista.
Pissaro, Monet, e Dali são fonte de ideias para os seus trabalhos
que enfatizam a sua marca “ as cores vibrantes”.
A artista já realizou várias exposições coletivas e individuais,
atualmente possui acervos nos Estados Unidos, Arábia Saudita,
Alemanha e Argentina.
www.taniapaupitzartes.blogspot.com
www.taniapaupitz.com.br
www.facebook.com/tpaupitz

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A estética do cangaço
A estética do cangaçoA estética do cangaço
A estética do cangaçoRita Carvalho
 
Júlio resende11
Júlio resende11Júlio resende11
Júlio resende11Maria Gomes
 
Seelinger, helios aristides
Seelinger, helios aristidesSeelinger, helios aristides
Seelinger, helios aristidesdeniselugli2
 
Amadeo de Souza Cardoso
Amadeo de Souza CardosoAmadeo de Souza Cardoso
Amadeo de Souza Cardosoklaudia_vale
 
Trabalho do Curso Superior de Tecnologia em Fotografia - ULBRA
Trabalho do Curso Superior de Tecnologia em Fotografia - ULBRATrabalho do Curso Superior de Tecnologia em Fotografia - ULBRA
Trabalho do Curso Superior de Tecnologia em Fotografia - ULBRAMarta Mendes
 
A Arte de José Malhoa
A Arte de José Malhoa A Arte de José Malhoa
A Arte de José Malhoa BiaEsteves
 
Júlio Resende
Júlio ResendeJúlio Resende
Júlio Resende19699691
 
José malhoa
José malhoaJosé malhoa
José malhoaruca03
 
Trajetos pelo olhar dos artistas
Trajetos pelo olhar dos artistasTrajetos pelo olhar dos artistas
Trajetos pelo olhar dos artistasclanalon
 
Pintora Maluda
Pintora MaludaPintora Maluda
Pintora MaludaBiaEsteves
 
Candido portinari história e obras .
Candido portinari   história e obras .Candido portinari   história e obras .
Candido portinari história e obras .Solange Goulart
 
4) século xx no brasil- o modernismo- emiliano di cavalcanti
4)  século xx no brasil- o modernismo- emiliano di cavalcanti4)  século xx no brasil- o modernismo- emiliano di cavalcanti
4) século xx no brasil- o modernismo- emiliano di cavalcantiArtesElisa
 

Mais procurados (19)

A estética do cangaço
A estética do cangaçoA estética do cangaço
A estética do cangaço
 
Candido Portinari
Candido PortinariCandido Portinari
Candido Portinari
 
Malhoa
MalhoaMalhoa
Malhoa
 
Júlio resende11
Júlio resende11Júlio resende11
Júlio resende11
 
Seelinger, helios aristides
Seelinger, helios aristidesSeelinger, helios aristides
Seelinger, helios aristides
 
Amadeo de Souza Cardoso
Amadeo de Souza CardosoAmadeo de Souza Cardoso
Amadeo de Souza Cardoso
 
Trabalho do Curso Superior de Tecnologia em Fotografia - ULBRA
Trabalho do Curso Superior de Tecnologia em Fotografia - ULBRATrabalho do Curso Superior de Tecnologia em Fotografia - ULBRA
Trabalho do Curso Superior de Tecnologia em Fotografia - ULBRA
 
A Arte de José Malhoa
A Arte de José Malhoa A Arte de José Malhoa
A Arte de José Malhoa
 
Júlio Resende
Júlio ResendeJúlio Resende
Júlio Resende
 
Amadeo de Souza Cardoso vida e obra.
Amadeo de Souza Cardoso  vida e obra.Amadeo de Souza Cardoso  vida e obra.
Amadeo de Souza Cardoso vida e obra.
 
Julio Resende
Julio  ResendeJulio  Resende
Julio Resende
 
José malhoa
José malhoaJosé malhoa
José malhoa
 
Portinari
PortinariPortinari
Portinari
 
Trajetos pelo olhar dos artistas
Trajetos pelo olhar dos artistasTrajetos pelo olhar dos artistas
Trajetos pelo olhar dos artistas
 
Vida e obras de cândido portinari
Vida e obras de cândido portinariVida e obras de cândido portinari
Vida e obras de cândido portinari
 
Maluda
MaludaMaluda
Maluda
 
Pintora Maluda
Pintora MaludaPintora Maluda
Pintora Maluda
 
Candido portinari história e obras .
Candido portinari   história e obras .Candido portinari   história e obras .
Candido portinari história e obras .
 
4) século xx no brasil- o modernismo- emiliano di cavalcanti
4)  século xx no brasil- o modernismo- emiliano di cavalcanti4)  século xx no brasil- o modernismo- emiliano di cavalcanti
4) século xx no brasil- o modernismo- emiliano di cavalcanti
 

Destaque

Enterprise Europe Network | C-Energy 2020 Updates | Christiana Siambekou
Enterprise Europe Network | C-Energy 2020 Updates | Christiana SiambekouEnterprise Europe Network | C-Energy 2020 Updates | Christiana Siambekou
Enterprise Europe Network | C-Energy 2020 Updates | Christiana SiambekouInvest Northern Ireland
 
alin pani 1808 (1)
alin pani 1808 (1)alin pani 1808 (1)
alin pani 1808 (1)alin pani
 
Enterprise Europe Network | C-Energy Input to SG IEE | Piotr Swiatek
Enterprise Europe Network | C-Energy Input to SG IEE | Piotr SwiatekEnterprise Europe Network | C-Energy Input to SG IEE | Piotr Swiatek
Enterprise Europe Network | C-Energy Input to SG IEE | Piotr SwiatekInvest Northern Ireland
 
Enterprise Europe Network | Benefits of dual fuel vehicles for Northern Irela...
Enterprise Europe Network | Benefits of dual fuel vehicles for Northern Irela...Enterprise Europe Network | Benefits of dual fuel vehicles for Northern Irela...
Enterprise Europe Network | Benefits of dual fuel vehicles for Northern Irela...Invest Northern Ireland
 
Leanne Khouri _ Resume
Leanne Khouri _ ResumeLeanne Khouri _ Resume
Leanne Khouri _ ResumeLeanne Kay
 
How to use picmonkey1
How to use picmonkey1How to use picmonkey1
How to use picmonkey1Gobydobido
 
Saula ana bdii_t8
Saula ana bdii_t8Saula ana bdii_t8
Saula ana bdii_t8Any Saula
 
Economia competencias
Economia competencias Economia competencias
Economia competencias Citlally Gomez
 
Enterprise Europe Network | Introduction to the Innovation Health Check Tool ...
Enterprise Europe Network | Introduction to the Innovation Health Check Tool ...Enterprise Europe Network | Introduction to the Innovation Health Check Tool ...
Enterprise Europe Network | Introduction to the Innovation Health Check Tool ...Invest Northern Ireland
 
How bigtop leveraged docker for build automation and one click hadoop provis...
How bigtop leveraged docker for build automation and  one click hadoop provis...How bigtop leveraged docker for build automation and  one click hadoop provis...
How bigtop leveraged docker for build automation and one click hadoop provis...Evans Ye
 

Destaque (15)

Enterprise Europe Network | C-Energy 2020 Updates | Christiana Siambekou
Enterprise Europe Network | C-Energy 2020 Updates | Christiana SiambekouEnterprise Europe Network | C-Energy 2020 Updates | Christiana Siambekou
Enterprise Europe Network | C-Energy 2020 Updates | Christiana Siambekou
 
alin pani 1808 (1)
alin pani 1808 (1)alin pani 1808 (1)
alin pani 1808 (1)
 
Enterprise Europe Network | C-Energy Input to SG IEE | Piotr Swiatek
Enterprise Europe Network | C-Energy Input to SG IEE | Piotr SwiatekEnterprise Europe Network | C-Energy Input to SG IEE | Piotr Swiatek
Enterprise Europe Network | C-Energy Input to SG IEE | Piotr Swiatek
 
Enterprise Europe Network | Benefits of dual fuel vehicles for Northern Irela...
Enterprise Europe Network | Benefits of dual fuel vehicles for Northern Irela...Enterprise Europe Network | Benefits of dual fuel vehicles for Northern Irela...
Enterprise Europe Network | Benefits of dual fuel vehicles for Northern Irela...
 
Wade
Wade Wade
Wade
 
Practica 1
Practica 1Practica 1
Practica 1
 
Leanne Khouri _ Resume
Leanne Khouri _ ResumeLeanne Khouri _ Resume
Leanne Khouri _ Resume
 
How to use picmonkey1
How to use picmonkey1How to use picmonkey1
How to use picmonkey1
 
Aparato reproductor femenino y masculino
Aparato reproductor femenino y masculinoAparato reproductor femenino y masculino
Aparato reproductor femenino y masculino
 
Saula ana bdii_t8
Saula ana bdii_t8Saula ana bdii_t8
Saula ana bdii_t8
 
Economia competencias
Economia competencias Economia competencias
Economia competencias
 
Final-Report
Final-ReportFinal-Report
Final-Report
 
Enterprise Europe Network | Introduction to the Innovation Health Check Tool ...
Enterprise Europe Network | Introduction to the Innovation Health Check Tool ...Enterprise Europe Network | Introduction to the Innovation Health Check Tool ...
Enterprise Europe Network | Introduction to the Innovation Health Check Tool ...
 
Sono e Sonhos na visão Espírita
Sono e Sonhos na visão EspíritaSono e Sonhos na visão Espírita
Sono e Sonhos na visão Espírita
 
How bigtop leveraged docker for build automation and one click hadoop provis...
How bigtop leveraged docker for build automation and  one click hadoop provis...How bigtop leveraged docker for build automation and  one click hadoop provis...
How bigtop leveraged docker for build automation and one click hadoop provis...
 

Mais de ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ

Mais de ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ (20)

ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
 
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICASDOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
 
AS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMAAS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMA
 
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdfAUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
 
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docxA PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
 
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITASONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA
 
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docxIMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
 
DROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITADROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITA
 
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 BUDA  - HERMANN HESSE.pptx BUDA  - HERMANN HESSE.pptx
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃOO FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
 
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docxNOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
 
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO . PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
 
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMADEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
 
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
 
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptxNIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
 
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptxREFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
 
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADEAUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
 
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um  uma pedra preciosa adormecida. Somos como um  uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
 
REFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIORREFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIOR
 
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTADEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
 

Arte vibrante da ilha de Florianópolis

  • 1.
  • 2. BREVE RESUMO VIDA ARTÍSTICA: Autodidata e natural de Florianópolis – SC, a artista divide seu tempo entre exposições e aulas de pintura em seu Ateliê “ARMAZEM DA ARTE”, onde ensina a arte do pincel e a técnica do espatulado – em óleo sobre tela. A Ilha está presente nos casarios açorianos que a artista pinta desde 1986. Outros temas como: paisagens parisienses também estão presentes na pintura da artista. Pissaro, Monet, e Dali são fonte de ideias para os seus trabalhos que enfatizam a sua marca “ as cores vibrantes”. A artista já realizou várias exposições coletivas e individuais, atualmente possui acervos nos Estados Unidos, Arábia Saudita, Alemanha e Argentina.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.