Dicas para você controlar as finanças pessoais

433 visualizações

Publicada em

Ter e acompanhar um orçamento financeiro para as principais áreas de sua vida é uma das principais
Conseguir uma vida financeira saudável é igual construir hábitos de vida saudáveis em qualquer outro plano: dá trabalho, mas deve ser feito com disciplina e dedicação.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
433
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dicas para você controlar as finanças pessoais

  1. 1. Dicas para controlar as finanças pessoais Ter e acompanhar um orçamento financeiro para as principais áreas de sua vida é uma das principais
  2. 2. Conseguir uma vida financeira saudável é igual construir hábitos de vida saudáveis em qualquer outro plano: dá trabalho, mas deve ser feito com disciplina e dedicação. “Sabemos que a natureza do ser humano é essencialmente imediatista, o que deixa ainda mais improvável que as nossas decisões sejam racionais e enfocadas no futuro, mas devemos tentar”, explica o consultor de finanças pessoais especializado no mercado brasileiro Nélio Costa.
  3. 3. “Sabe porque é difícil controlar as finanças pessoais no dia a dia? Pelo mesmo motivo que construir um castelo de cartas é mais difícil que derrubar. O estado natural das coisas é o caos e na vida financeira também é assim”, completa. Pensando nisso, o especialista, com a colaboração dos executivos do Wally+, aplicativo para gerenciamento de finanças pessoais e lifestyle, dá algumas dicas para quem precisa de cuidado para controlar as finanças pessoais:
  4. 4. 5. Tenha um aplicativo de controle de finanças pessoais no celular: Poder saber em qualquer dia do mês o quanto ainda temos de dinheirodisponível para gastar ou que deve ser colocado em uma poupança é essencial. Os aplicativos de finanças pessoais chegaram para deixar esse controle muito mais fácil: antigamente, era preciso andar com um caderninho e passar todos os gastos para uma planilha no computador. “Com estes apps, você consegue registrar o gasto rapidamente. Se você gastou dinheiro seis vezes no dia, terá dedicado um minuto do seu dia para ter controle total sobre suas despesas”, afirma o especialista Nélio Costa.
  5. 5. 6. Pense bem antes de pagar à vista: Se está planejando suas férias de fim de ano, verifique se a agência de viagens dá um desconto à vista do mesmo tamanho da inflação (projetada para 7,7% em 2015), caso a resposta seja positiva, vale a pena pagar à vista. Caso contrário, parcele sem juros. “Do ponto de vista financeiro, não existe parcela sem juros, pois as vendedoras geralmente embutem o preço do juros no produto e, dificilmente, darão desconto à vista. Neste caso, quem paga à vista perde dinheiro, pois poderia deixar o valor investido e no fim do período teria mais do que inicialmente”, explica Nélio.
  6. 6. 10. Invista e fique de olho na inflação Se você está começando sua vida financeira agora, o tempo é seu grande aliado. Investir com regularidade, um pouco por mês, trará um patrimônio interessante em alguns anos. No entanto, acompanhe sempre a inflação e preste atenção em como ela pode corroer seus esforços para o futuro caso você não fique sempre de olho nela. Invista num negócio com estabilidade e que possa ser escalado de modo a ser você a decidir quanto ganhar no fim do mês! Claro, não se esqueça que isso requer dedicação e muito trabalho mas no fim, compensa sempre ;)

×