ESCOLA CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 
SIMULADO UNIFICADO 
NOME:_____________________________nº____SÉRIE 7º EF TURMA:____NOTA:_...
grandes proprietários que não possuem tecnologia 
para captar água no subsolo ou num rio perene 
d) os que vivem do turism...
apetitosa, e caí nela, levado pelo meu desejo. O caçador de 
pássaros levou-me, vendeu-me no mercado, longe da minha 
famí...
- Não, não - disse o pai. – Ele não estava lá na noite anterior. 
Senão eu teria percebido ao voltar para casa. 
- Então –...
fórmula do incêndio para chegarem à liberdade, morreram 
queimados, com o mapa da Liberdade nas mãos! 
São essas coisas tr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SIMULADO UNIFICADO ESCOLA CORNÉLIA. 7º ANO. DOCUMENTO PÚBLICO.

619 visualizações

Publicada em

ESCOLA CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA
SIMULADO UNIFICADO.
DIVULGAÇÃO DE AVALIAÇÕES PARA CONHECIMENTO PÚBLICO E PARA OS INTERESSADOS EM FAZER E TESTAR OS CONHECIMENTOS.
TAKE THE PEACE WHERE IT WILL BE.
LEVE A PAZ ONDE FOR
Antônio Fernandes Neto.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
619
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SIMULADO UNIFICADO ESCOLA CORNÉLIA. 7º ANO. DOCUMENTO PÚBLICO.

  1. 1. ESCOLA CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA SIMULADO UNIFICADO NOME:_____________________________nº____SÉRIE 7º EF TURMA:____NOTA:______ Orientações para fazer o Simulado. 1. Preencha o cabeçalho com seu nome, série, turma e número da chamada. 2. Leia a questões mais de uma vez, não será permitida rasura. 3. Marque apenas um alternativa, caso marque duas ou mais a questão será anulada. 4. Só marque mais de uma alternativa quando a questão assim pedir que faça. 5. Faça o simulado com calma, pois ele é avaliação deste bimestre. 6. Marque o gabarito sem cometer rasuras. MATEMÁTICA PROFESSORA GICELE. QUESTÃO 1) Saresp-D20) Suponha que uma pessoa tinha em sua conta R$280 reais e retirou R$150 em um dia e R$ 210 em outro dia,logo depois ,depositou R$ 90 reais. Qual das expressões seguintes traduz a situação descrita (a) 280-150+210+90 (b) 280+150-210+90 (c) 280-150-210+90 (d) 280+150+210-90 QUESTÃO 2) Saresp –D20) No ano de 1995, uma loja lucrou R$ 3800 reais em outubro, teve prejuízo de R$6500 reais em novembro e lucrou R$5200 reais em dezembro . Considerando-se os três meses juntos, é verdade que essa loja teve: (a) Lucro de R$ 2000 reais (b) Prejuízo de R$ 1500 reais (c) Lucro de R$ 2500 reais (d) Prejuízo de R$ 2400 reais QUESTÃO 3) (ESA) Numa cidade do Sul do Brasil, a temperatura era de 12 graus. Cinco horas depois,o termômetro registrou -7 graus de temperatura . A variação da temperatura nessa cidade foi de: (a) 10 graus (b) 5 graus (c) 12 graus (d) 19 graus QUESTÃO 4) Assinale o número correspondente a diferença entre o dobro de 25 e a terça parte de 90. (a) 10 (b) 20 (c) 30 (d) 35 GEOGRAFIA PROFESORA MARISE QUESTÃO 5) O litoral nordestino foi economicamente explorado desde a chegada dos primeiros portugueses ao Brasil. Durante o período colonial a principal atividade econômica nordestina foi: a) a policultura da cana-de-açúcar e do algodão que se estenderam do Rio Grande do Norte até a Bahia b) a monocultura da cana-de-açúcar que se estendeu do Rio Grande do Norte até a Bahia c) a indústria artesanal e os moinhos de café que se estenderam do Ceará até Sergipe d) a criação de gado leiteiro que se estendeu do Piauí até a Bahia QUESTÃO 6) - O problema da seca geralmente é maior para: a) os que vivem da agricultura, em especial, os pequenos proprietários que não possuem tecnologia para captar água no subsolo ou num rio perene b) os que vivem da indústria, em especial, os pequenos proprietários que não possuem tecnologia para captar água no subsolo ou num rio perene c) os que vivem da monocultura, em especial, os
  2. 2. grandes proprietários que não possuem tecnologia para captar água no subsolo ou num rio perene d) os que vivem do turismo, em especial, os pequenos hotéis que não possuem tecnologia para captar água no subsolo ou num rio perene. QUESTÃO 7) O Nordeste foi colonizado com base na economia do : a) O algodão b) Cacau c) Cana –de –açúcar d) Coco QUESTÃO 8) A mão de obra utilizada na economia canavieira foi a dos: a) Indígenas b) Escravos c) Migrantes italianos d) Migrantes portugueses QUESTÃO 9) A ocupação colonial, voltada somente para o enriquecimento de Portugal, deixou no Nordeste características marcantes, com algumas consequências, como: a) Pouca vegetação original e a grande presença da etnia negra na região. b) Pouca vegetação original e etnia indígena c) Muita vegetação original e etnia indígena d) Muita vegetação e grande presença da etnia negra. INGLÊS PROFESSORA SABRINA FERNANDES QUESTÃO 10) Marque a alternativa que completa corretamente a frase abaixo. ___________cars is there in São Paulo. a)how much b)how many c)many d)much 2-Look at the pictures. Write C for countable and U for uncountable . ( ) ( ) ( ) ( ) a)U,C,U,U b)C,U,U,C c)U,U,U,C d)C,C,C,U QUESTÃO 11) Marque a alternativa em que I tem som de [ai] a)list b)indicates c)price d)shopping Para responder a questão 12 Observe a imagem e responda QUESTÃO 12) The professional is: a) Cardiologist b) Dentist c) Dermatologist d) Gastroenterologist QUESTÃO 13) Observe a imagem e marque a alternativa correta. a)He is a fever b)He is a runny nose c)He is a sore throat d)He is a cough Língua portuguesa Professora Andreia Leia o texto abaixo para responder às questões 14, 15 e 16 O silêncio do rouxinol /.../ Na época de Salomão. O melhor dos reis, um homem comprou um rouxinol que possuía uma voz excepcional. Colocou-o numa gaiola em que nada faltava ao pássaro e na qual ele cantava, horas a fio, para encanto da vizinhança. Certo dia, em que a gaiola havia sido transportada para uma varanda, outro pássaro se aproximou, disse qualquer coisa ao rouxinol e voou. A partir desse momento, o incomparável rouxinol emudeceu. Desesperado, o homem levou seu pássaro à presença do profeta Salomão, que conhecia a linguagem dos animais, e lhe pediu que perguntasse ao pássaro o motivo de seu silêncio. O rouxinol disse a Salomão: - Antigamente eu não conhecia nem caçador, nem gaiola. Depois me apresentaram a uma armadilha, com uma isca bem
  3. 3. apetitosa, e caí nela, levado pelo meu desejo. O caçador de pássaros levou-me, vendeu-me no mercado, longe da minha família, e fui parar na gaiola deste homem que aqui está. Comecei a me lamentar noite e dia , lamentos que este homem tomava por cantos de gratidão e alegria. Até o dia em que outor pássaro veio me dizer: ¨Pare de chorar, porque é por causa dos seus gemidos que eles o mant~em nessa gaiola¨. Então, decidi me calar. Salomão traduziu essas poucas frases para o proprietário do pássaro. O homem se perguntou: ¨ De que adianta manter preso um rouxinol, se ele não canta? ¨. E se devolveu a liberdade. ( Carriére. Jean Claude ) QUESTÃO 14) O fato que gera o conflito na história é o pássaro: a) possuir uma voz excepcional. b) ter emudecido. c) ser um rouxinol. d) encantar a vizinhança. QUESTÃO 15) No trecho¨ ... cantava, horas a fio, para encanto da multidão¨, a expressão ¨horas a fio¨ tem o sentido de: a) de vez em quando. b) durante muito tempo. c) pousado em um fio. d) sem cobrar por i sso. QUESTÃO 16) A decisão de não mais cantar, comunicada pelo rouxinol a Salomão, que a traduziu para o homem, teve, como conseqüência, o homem: a) não entender a tradução. b) ficar desesperado. c) libertar o rouxinol. d) silenciar o rouxinol. Leia o texto abaixo para responder a questão 17 Dedé reconhece erro no clássico Zagueiro vascaíno pede desculpas a Willians e aos torcedores pela expulsão O Zagueiro vascaíno pediu desculpas a Willians, do Flamengo, pela entrada violenta que deu no adversário no empate em 1 a 1 no clássico de domingo, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. - ( ...) Peço desculpas ao companheiro de profissão e ao torcedor do Vasco, pois não queria te deixado o time ( ...) . Mas o zagueiro seguiu a linha do técnico Paulo César Gusmão de culpar o juiz (... ): - Deixando de lado minha expulsão, o árbitro estava visivelmente nervoso e atrapalhado. Inverteu muitas faltas, irritando noss time, me deu um cartão amarelo, após eu ter levado o vermelho. ( O Globo – 26/10/2010 ) QUESTÃO 17) O trecho do texto que expressa uma opinião é: a) ¨ Peço desculpas ao companheiro de profissão...¨ b) ¨... O árbitro estava visivelmente nervoso e atrapalhado. ¨ c) ¨ Deixando de lado minha expulsão...¨ d) ¨ ... me deu um cartão amarelo...¨ Leia o texto abaixo para responder a questão 18 O Último Computador ( Luís Fernando Veríssimo ) Um dia, todos os computadores do mundo estarão ligados num único e definitivo sistem, e o centro do sistema será na cidade de Duluth, nos Estados Unidos . Toda memória e toda informação da humanidade estarão no Último Computador. As pessoas não precisarão ter relógios individuais , calculadoras portáteis, livros, etc. Tudo o que quiserem fazer – compras, contas, reservas – e tudo que desejarem saber estará ao alcance de um dedo. Todos os lares do mundo terão terminais do Último Computador. Haverá telas e botões do Último computador em todos os lugares freqüentados pelo homem, desde o mictório ao espaço. E um dia, um garoto perguntará a seu pai: - Pai, quanto é dois mais dois? - Não pergunte a mim, pergunte a Ele. O garoto apertará o botão e, num milésimo de segundo, a resposta aparecerá na tela mais próxima./.../. QUESTÃO 18) No trecho: O garoto apertará o botão e, num milésimo de segundo, a resposta aparecerá na tela mais próxima. A expressão destacada significa o mesmo que: a) depois de muito tempo. b) em um minuto. c) muito rápido. d) durante mil anos. Leia o texto abaixo para responder a questão 19 Vamos imaginar que a indústria farmacêutica desenvolveu uma pílula que pudesse prevenir doenças do coração, obesidade, diabetes e reduzir o risco de câncer, osteoporose, hipertensão e depressão. Já temos esse remédio. E não custa nada. Está a serviço de ricos e pobres, jovens e idosos.É a atividade física. ( Gro Harlem Brundtland, diretora geral da OMS – Organização Mundial da Saúde ) Folha de São Paulo, 6 abr. 2002. QUESTÃO 19) De acordo com o texto, o remédio que não custa nada e está a serviço de ricos e pobres, jovens e idosos. a) é uma pílula fabricada pela indústria farmacêutica. b) só é encontrado nas farmácias. c) é a atividade física. d) ainda não existe. Leia o texto abaixo para responder a questão 20 É preciso se levantar cedo? A partir do momento em que a lógica popular desenrola diante de nós sua seqüência de surpresas, é inevitável que vejamos surgir a figura do grande contador de histórias turco, Nasreddin Hodja. Ele é o mestre nessa matéria. Aos seus olhos a vida é um despropósito coerente, ao qual é fundamental que nós nos acomodemos. Deste modo, quando era jovem ainda, seu pai um dia lhe disse: - Você devia se levantar cedo, meu filho. - E por quê, pai? - Porque é um hábito muito bom.Um dia eu me levantei ao amanhecer e encontrei um saco de ouro no meu caminho. - Alguém o tinha perdido na véspera, à noite?
  4. 4. - Não, não - disse o pai. – Ele não estava lá na noite anterior. Senão eu teria percebido ao voltar para casa. - Então – disse Narreddin -, o homem que perdeu o ouro tinha se levantado ainda mais cedo. Você está vendo que esse negócio de levantar cedo não é bom para todo mundo. ( Carriérre, Jean Claude. O círculo dos mentirosos: contos filosóficos do mundo inteiro. São Paulo: Códex, 2004.) QUESTÃO 20) O diálogo entre pai e filho permite entender que: a) pai e filho não se dão bem. b) pai e filho têm os mesmos hábitos. c) pai e filho encontraram um saco de ouro. d) pai e filho pensam de forma diferente. CIÊNCIAS PROFESSORA ELISÂNGELA QUESTÃO 21) Os animais podem ser classificados em invertebrados ou vertebrados. Marque a opção que traz apenas nomes de animais invertebrados: a) minhoca, peixe, caracol. b) cobra, sapo, cachorro. c) lombriga, lesma, caramujo. d) rã, ser humano, estrela-do-mar. e) jacaré, leão, zebra. QUESTÃO 22) Existem animais que podem ser transmissores de doenças como a Dengue, Febre Amarela e Malária. Assinale a alternativa que traz o nome do grupo ao qual pertencem os organismos citados: a) mamíferos. b) equinodermos. c) anelídeos. d) insetos. e) vertebrados. QUESTÃO 23) A cada ano é observado o aumento do número de casos de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) na população brasileira. Assinale a al ternativa que apresenta nomes de DSTs: a) Aids e Herpes. b) Gonorréia e paralisia infantil c) Herpes e varíola. d) Caxumba e Catapora. e) Catapora e sarampo. QUESTÃO 24) Para evitar e diminuir o número de casos de DSTs podemos adotar medidas de proteção entre as quais podemos citar: a) o compartilhamento de agulhas e seringas. b) o uso de camisinha durante as relações sexuais. c) a realização de transfusão de sangue com material contaminado. d) o aumento do número de parceiros sexuais. e) a prática de relação sexual sem o uso de preservativo. QUESTÃO 25) Os métodos contraceptivos são usados por pessoas das mais variadas idades. O objetivo do método contraceptivo é: a) evitar a gravidez não planejada. b) dar força ao organismo. c) impedir a relação sexual. d) regular a temperatura corporal. e) provocar sono. ENSINO RELIGIOSO PROFESSOR AUGUSTO Leia o texto abaixo para responder às questões 26, 27, 28, 29 e 30. Liberdade Deve existir nos homens um sentimento profundo que corresponde a essa palavra LIBERDADE, pois sobre ela se têm escrito poemas e hinos, a ela se têm levantado estátuas e monumentos, por ela se tem até morrido com alegria e felicidade. Diz-se que o homem nasceu livre, que a liberdade de cada um acaba onde começa a liberdade de outrem; que onde não há liberdade não há pátria; que a morte é preferível à falta de liberdade; que renunciar à liberdade é renunciar à própria condição humana; que a liberdade é o maior bem do mundo; que a liberdade é o oposto à fatalidade e à escra vidão; nossos bisavós gritavam "Liberdade, Igualdade e Fraternidade! "; nossos avós cantaram: "Ou ficar a Pátria livre/ ou morrer pelo Brasil!"; nossos pais pediam: "Liberdade! Liberdade!/ abre as asas sobre nós", e nós recordamos todos os dias que "o sol da liberdade em raios fúlgidos/ brilhou no céu da Pátria..." em certo instante. Somos, pois, criaturas nutridas de liberdade há muito tempo, com disposições de cantá-la, amá-la, combater e certamente morrer por ela. Ser livre como diria o famoso conselheiro... é não ser escravo; é agir segundo a nossa cabeça e o nosso coração, mesmo tendo de partir esse coração e essa cabeça para encontrar um caminho... Enfim, ser livre é ser responsável, é repudiar a condição de autômato e de teleguiado é proclamar o triunfo luminoso do espírito. (Suponho que seja isso.) Ser livre é ir mais além: é buscar outro espaço, outras dimensões, é ampliar a órbita da vida. É não estar acorrentado. É não viver obrigatoriamente entre quatro paredes. Por isso, os meninos atiram pedras e soltam papagaios. A pedra inocentemente vai até onde o sonho das crianças deseja ir. (As vezes, é certo, quebra alguma coisa, no seu percurso...) Os papagaios vão pelos ares até onde os meninos de outrora (muito de outrora!...) não acreditavam que se pudesse chegar tão simplesmente, com um fio de linha e um pouco de vento! Acontece, porém, que um menino, para empinar um papagaio, esqueceu-se da fatalidade dos fios elétricos e perdeu a vida. E os loucos que sonharam sair de seus pavilhões, usando a
  5. 5. fórmula do incêndio para chegarem à liberdade, morreram queimados, com o mapa da Liberdade nas mãos! São essas coisas tristes que contornam sombriamente aquele sentimento luminoso da LIBERDADE. Para alcançá -la estamos todos os dias expostos à morte. E os tímidos preferem ficar onde estão, preferem mesmo prender melhor suas correntes e não pensar em assunto tão ingrato. Mas os sonhadores vão para a frente, soltando seus papagaios, morrendo nos seus incêndios, como as crianças e os loucos. E cantando aqueles hinos, que falam de asas, de raios fúlgidos linguagem de seus antepassados, estranha linguagem humana, nestes andaimes dos construtores de Babel... (MEIRELES, Cecília. Escolha o seu sonho:crônicas Editora Record Rio de Janeiro, 2002, pág. 07.) QUESTÃO 26) O texto afirma que: (A) a escravidão depende das escolhas das pessoas. (B) a liberdade de um acaba onde começa a liberdade de outrem. (C) as criaturas combatem a liberdade com entusiasmo juvenil. (D) os sentimentos sombrios deslumbram a liberdade. QUESTÃO 27) O resultado de ser livre é: (A) ampliar a órbita da vida. (B) cantar a liberdade como nossos avós. (C) viver sem sonhar. (D) viver sem qualquer obrigação. QUESTÃO 28) A liberdade é tão fundamental ao homem que: (A) certamente se prefere a morte à liberdade. (B) com liberdade tudo se consegue na vida. (C) onde não há liberdade não há pátria. (D) sem liberdade não se constrói coisa alguma. QUESTÃO 29) Em “Ser livre é ser responsável, é repudiar a condição de autômato e de teleguiado (...) "os termos destacados se referem a pessoas que: (A) comportam-se de forma imprevisível. (B) desobedecem às regras e às convenções. (C) fazem só o que os outros lhes determinam. (D) sabem muito bem o que devem realizar. QUESTÃO 30) No segundo parágrafo do texto, entende-se que a Liberdade é modernos. (A) a inspiração para cantos antigos e (B) o bem mais precioso do homem. (C) um bem esquecido por nossos parentes. (D) uma luta que, às vezes, vale a pena travar. HISTÓRIA PROFESSORA FATINHA QUESTÃO 31) A reforma religiosa foi um processo que começou quando o Monge Martinho Lutero apresentou suas 95 teses condenando uma série de práticas da igreja católica. A principal causa da reforma foi: a) A venda de indulgências b)Castidade do clero c) Culto a várias religiões d) Preparo do clero. QUESTÃO 32) Quem foram os principais financiadores dos empreendimentos marítimos da época das Grandes Navegações? A - Reis e burgueses B - Integrantes do clero católico e pequenos comerciantes C - Marinheiros e profissionais liberais D - Artistas e engenheiros de caravelas QUESTÃO 33) Qual era o principal objetivo dos empreendimentos marítimos dos séculos XV e XVI? A - Fazer a navegação ao redor do mundo passando por todos os oceanos. B - Descobrir e controlar uma rota marítima para as Índias para comprar especiarias diretamente na fonte e vender com elevados lucros na Europa. C - Chegar até o extremo norte do continente americano para iniciar o povoamento da região. D - Estabelecer e controlar novas rotas marítimas para a Oceania com o objetivo de explorar os recursos minerais da região. Leia o poema, abaixo, sobre a conquista dos mares no início da era moderna, PARA RESPONDER À QUESTÃO 34. Ó mar salgado, quanto do teu sal São lágrimas de Portugal! Por te cruzamos, quantas mães choraram, Quantos filhos em vão rezaram! Quantas noivas ficaram sem casar Para que fosses nosso ó mar! Valeu a pena? Tudo vale a pena Se a alma não é pequena. Quem, quer passar além do Bojador Tem que passar além da dor. Deus ao mar o perigo e o abismo deu. Mas nele é que espelhou o céu. PESSOA, Fernando. Mar português. Rio de Janeiro: José Aguilar, 1960 QUESTÃO 34) De acordo com esse poema, a expansão marítima está relacionada à: a) aliança com as cidades italianas. b) busca de uma rota comercial para as Índias. c) conquista de Portugal pelos mouros. d) descentralização do governo de Portugal.

×