SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
NOME 
LEIA O POEMINHA ABAIXO E CIRCULE A PRIMEIRA E A ULTIMA PALAVRA DELE: 
MAS SERÁ QUE TODA BRUXA FAZ SUJEIRA? CRIE UM VERSO COM A BRUXA LIMPINHA: 
_______________________________________________________________________ 
_______________________________________________________________________ 
_______________________________________________________________________ 
_______________________________________________________________________ 
_______________________________________________________________________ 
_______________________________________________________________________ 
______________________________________________________________________ 
NOME 
PARA SER BRUXA, NÃO BASTA SER MALVADA E TER UM NARIZ GRANDE! DECIFRE O 
ENIGMA ABAIXO E DESCUBRA O QUE MAIS É PRECISO PARA SER UMA BRUXA DE 
VERDADE! 
PARA SER UMA BRUXA DE VERDADE É PRECISO UM , UMA E UM 
PONTUDO. É BOM TER UMA FAZENDO CARETA E SAIR SEMPRE EM 
NOITE DE CHEIA! 
ESCREVA O NOME DOS OBJETOS QUE SE PRECISA PARA SER UMA BRUXA, ASSIM A 
GENTE NÃO SE ESQUECE!
NOME 
VAMOS LER O POEMA ABAIXO COM A TURMA? 
CALDEIRÃO DA BRUXA 
RASPUTIN, ATCHIM, AI DE MIM. 
RESMUNGA A BRUXA, ENQUANTO 
MEXE E REMEXE O SEU IMENSO CALDEIRÃO. 
ASAS DE MORCEGO, RABO DE LAGARTIXA, 
COCÔ DE BALEIA, UNHA DE SEREIA, 
A BRUXA MEXE REMEXE 
O SEU PANELÃO. 
MELECA DE SAPO, BICO DE PINTO, 
PENA DE PAVÃO, GOIABA BICHADA, 
MEXE E REMEXE COM PAU DE SEBO 
O SEU SOPÃO. 
NABO ESTRAGADO, CASA DE BESOURO, 
PÓ DE FERRO, PÓ DE OURO, 
AI DE MIM, ATCHIM, RASPUTIN. 
SUBLINHE AS PALAVRAS TO TEXTO QUE RIMAM. 
CIRLUCE NO POEMA A PALAVRAS QUE FOI INVENTADA. 
SUBSTITUA ESTA PALAVRA POR OUTRAS E QUE EXISTAM E QUE RIMEM: 
RASPUTIN: 
_______________________________________________ 
________________________________________________ 
_________________________________________________ 
NOME 
NO POEMA CALDEIRÃO DA BRUXA, NÃO APARECE A MEDIDA DOS INGREDIENTES 
QUE A BRUXA UTILIZOU PARA FAZER O SOPÃO. 
OBSERVE OS OBJETOS ABAIXO. ELES SERVEM PARA MEDIR INGREDIENTES. 
A 
BRUXINHA NÃO DEU AS MEDIDAS DOS INGREDIENTES DO SOPÃO. 
ENTÃO, QUE TAL VOCÊ INVENTAR? USE, COMO MEDIDAS, XÍCARA, COLHER E 
BALANÇA. VEJA O MODELO: 
MEDIDAS INGREDIENTES 
2 XÍCARAS ASAS DE MORCEGO 
RABO DE LAGARTIXA 
UNHA DE SEREIA 
BICO DE PINTO 
GOIABA BICHADA 
PÓ DE OURO 
CHEGOU A HORA DE USAR A CRIATIVIDADE! 
JUNTO COM SEUS COLEGAS, INVENTE UMA RECEITA DE POÇÃO MÁGICA PARA 
TRANSFORMAR UM SAPO EM PRÍNCIPE. LEMBRE-SE DE CRIAR UMA PALAVRA MÁGICA 
PARA A POÇÃO FUNCIONAR!
NOME 
INGREDIENTES: 
NOME 
MODO DE PREPARO
NOME 
VEJA A PARLENDA ABAIXO: 
REESCREVA A PARLENDA TROCANDO SEMPRE A ULTIMA PALAVRA DE CADA FRASE: 
NOME 
O QUE SERÁ QUE UMA BRUXA COME? VAMOS FAZER UMA LISTA DO QUE UMA BRUXA 
GOSTA DE COMER?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividade literatura de cordel
Atividade literatura de cordelAtividade literatura de cordel
Atividade literatura de cordeljuditholima
 
1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular
1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular
1ª Sequência Didática - Gênero: Música PopularEleúzia Lins Silva
 
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura  para alfabetização-2023.pdfFichas de leitura  para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdfMary Alvarenga
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variadosIsa ...
 
285864379 caderno-1º-ano-casos-da-leitura
285864379 caderno-1º-ano-casos-da-leitura285864379 caderno-1º-ano-casos-da-leitura
285864379 caderno-1º-ano-casos-da-leituraSónia Pereira
 
Alfabetização_28 palavras completa
Alfabetização_28 palavras completaAlfabetização_28 palavras completa
Alfabetização_28 palavras completaIsa ...
 
Fichas de leitura de A a Z
Fichas de leitura de A a ZFichas de leitura de A a Z
Fichas de leitura de A a ZRose Tavares
 
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música PopularEleúzia Lins Silva
 
Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano Mara Sueli
 
Atividade corre cotia
Atividade corre cotiaAtividade corre cotia
Atividade corre cotiaAmanda Vilela
 
Leitura e interpretação de texto para alfabetização
Leitura e interpretação de texto para alfabetizaçãoLeitura e interpretação de texto para alfabetização
Leitura e interpretação de texto para alfabetizaçãoLorena Lopes
 
Atividades poema-a-casa-e-o-seu-dono
Atividades poema-a-casa-e-o-seu-donoAtividades poema-a-casa-e-o-seu-dono
Atividades poema-a-casa-e-o-seu-donoGilnbiaMendes
 
Avaliação Port 1º ano 2º Bimestre
Avaliação Port 1º ano 2º BimestreAvaliação Port 1º ano 2º Bimestre
Avaliação Port 1º ano 2º BimestreSusana Felix
 
Conto de suspense e atividade.
Conto  de suspense e  atividade.Conto  de suspense e  atividade.
Conto de suspense e atividade.Mary Alvarenga
 
ATIVIDADES O CORVO E A RAPOSA.docx
ATIVIDADES   O CORVO E A RAPOSA.docxATIVIDADES   O CORVO E A RAPOSA.docx
ATIVIDADES O CORVO E A RAPOSA.docxJoao Paulo Souza
 
Coletânea de Poemas
Coletânea de PoemasColetânea de Poemas
Coletânea de PoemasMariGiopato
 

Mais procurados (20)

POESIA INFANTIL
POESIA INFANTIL POESIA INFANTIL
POESIA INFANTIL
 
ATIVIDADES COM PARLENDA
ATIVIDADES COM  PARLENDAATIVIDADES COM  PARLENDA
ATIVIDADES COM PARLENDA
 
Atividade literatura de cordel
Atividade literatura de cordelAtividade literatura de cordel
Atividade literatura de cordel
 
1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular
1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular
1ª Sequência Didática - Gênero: Música Popular
 
Discurso direto e indireto
Discurso direto e indiretoDiscurso direto e indireto
Discurso direto e indireto
 
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura  para alfabetização-2023.pdfFichas de leitura  para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdf
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variados
 
285864379 caderno-1º-ano-casos-da-leitura
285864379 caderno-1º-ano-casos-da-leitura285864379 caderno-1º-ano-casos-da-leitura
285864379 caderno-1º-ano-casos-da-leitura
 
Alfabetização_28 palavras completa
Alfabetização_28 palavras completaAlfabetização_28 palavras completa
Alfabetização_28 palavras completa
 
Fichas de leitura de A a Z
Fichas de leitura de A a ZFichas de leitura de A a Z
Fichas de leitura de A a Z
 
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular
2ª Sequência Didática - Gênero textual - Música Popular
 
Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano Simulado prova-brasil- 2º ano
Simulado prova-brasil- 2º ano
 
Atividade corre cotia
Atividade corre cotiaAtividade corre cotia
Atividade corre cotia
 
Leitura e interpretação de texto para alfabetização
Leitura e interpretação de texto para alfabetizaçãoLeitura e interpretação de texto para alfabetização
Leitura e interpretação de texto para alfabetização
 
Atividades poema-a-casa-e-o-seu-dono
Atividades poema-a-casa-e-o-seu-donoAtividades poema-a-casa-e-o-seu-dono
Atividades poema-a-casa-e-o-seu-dono
 
Avaliação Port 1º ano 2º Bimestre
Avaliação Port 1º ano 2º BimestreAvaliação Port 1º ano 2º Bimestre
Avaliação Port 1º ano 2º Bimestre
 
Avaliação de Matematica 2º ano
Avaliação de Matematica 2º anoAvaliação de Matematica 2º ano
Avaliação de Matematica 2º ano
 
Conto de suspense e atividade.
Conto  de suspense e  atividade.Conto  de suspense e  atividade.
Conto de suspense e atividade.
 
ATIVIDADES O CORVO E A RAPOSA.docx
ATIVIDADES   O CORVO E A RAPOSA.docxATIVIDADES   O CORVO E A RAPOSA.docx
ATIVIDADES O CORVO E A RAPOSA.docx
 
Coletânea de Poemas
Coletânea de PoemasColetânea de Poemas
Coletânea de Poemas
 

Semelhante a Bruxas, poções e encantamentos

Semelhante a Bruxas, poções e encantamentos (13)

Caderno Pedagogico Educação Infantil-1º semestre
Caderno Pedagogico Educação Infantil-1º semestreCaderno Pedagogico Educação Infantil-1º semestre
Caderno Pedagogico Educação Infantil-1º semestre
 
Proverbios
ProverbiosProverbios
Proverbios
 
5 anos2014semestre1versaofinal.pptx
5 anos2014semestre1versaofinal.pptx5 anos2014semestre1versaofinal.pptx
5 anos2014semestre1versaofinal.pptx
 
Caderno pedagogicoeducacaoinfantil1semestre
Caderno pedagogicoeducacaoinfantil1semestreCaderno pedagogicoeducacaoinfantil1semestre
Caderno pedagogicoeducacaoinfantil1semestre
 
Caderno pedagogicoeducacaoinfantil1semestre
Caderno pedagogicoeducacaoinfantil1semestreCaderno pedagogicoeducacaoinfantil1semestre
Caderno pedagogicoeducacaoinfantil1semestre
 
Junto tudo.as-duas-palavras-mágicas-actividade-2.º-ano-1
Junto tudo.as-duas-palavras-mágicas-actividade-2.º-ano-1Junto tudo.as-duas-palavras-mágicas-actividade-2.º-ano-1
Junto tudo.as-duas-palavras-mágicas-actividade-2.º-ano-1
 
O espantalho enamorado
O espantalho enamoradoO espantalho enamorado
O espantalho enamorado
 
Teste de 8 texto poético 8ºa teodora
Teste de 8 texto poético 8ºa   teodoraTeste de 8 texto poético 8ºa   teodora
Teste de 8 texto poético 8ºa teodora
 
A Lebre e a tartaruga
A Lebre e a tartarugaA Lebre e a tartaruga
A Lebre e a tartaruga
 
A fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leituraA fada oriana_guiao_leitura
A fada oriana_guiao_leitura
 
Guião de leitura da obra 6historiasasavessas
Guião de leitura da obra 6historiasasavessasGuião de leitura da obra 6historiasasavessas
Guião de leitura da obra 6historiasasavessas
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Ficha estudo do meio
Ficha estudo do meioFicha estudo do meio
Ficha estudo do meio
 

Mais de Antônio Fernandes

A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATO
A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATOA CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATO
A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATOAntônio Fernandes
 
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...Antônio Fernandes
 
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNERO
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNEROEXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNERO
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNEROAntônio Fernandes
 
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETOAULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETOAntônio Fernandes
 
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-r
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-rResolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-r
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-rAntônio Fernandes
 
PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017
PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017
PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017Antônio Fernandes
 
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR DIGITAL
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR  DIGITALPASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR  DIGITAL
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR DIGITALAntônio Fernandes
 
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016Antônio Fernandes
 
Documentos que devem ser apresentados no ato da designação
Documentos que devem ser apresentados no ato da designaçãoDocumentos que devem ser apresentados no ato da designação
Documentos que devem ser apresentados no ato da designaçãoAntônio Fernandes
 
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.Antônio Fernandes
 
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...Antônio Fernandes
 
Resolução SEE-MG 3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...
Resolução SEE-MG  3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...Resolução SEE-MG  3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...
Resolução SEE-MG 3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...Antônio Fernandes
 
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016Antônio Fernandes
 
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)Antônio Fernandes
 
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018Antônio Fernandes
 
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...Antônio Fernandes
 
Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos
Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicosComo pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos
Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicosAntônio Fernandes
 
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014Antônio Fernandes
 
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS 2011
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS  2011LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS  2011
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS 2011Antônio Fernandes
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015Antônio Fernandes
 

Mais de Antônio Fernandes (20)

A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATO
A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATOA CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATO
A CADA 100 JOVENS NO BRASIL. UM TRISTE RELATO
 
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...
JORNAL DIREÇÃO CERTA. SEU INFORMATIVO SOBRE TUDO O QUE ACONTECE NA ESCOLA COR...
 
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNERO
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNEROEXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNERO
EXEMPLO MAPA TEXTUAL. REDAÇÃO ENEM. TEMA POLÊMICO. IDEOLOGIA DE GÊNERO
 
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETOAULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
AULÃO DE REDAÇÃO PREPARATÓRIO PARA ENEM 2017. PROFESSOR: ANTÔNIO FERNANDES NETO
 
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-r
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-rResolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-r
Resolução SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MG 3118 16-r
 
PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017
PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017
PGE EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA 2017
 
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR DIGITAL
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR  DIGITALPASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR  DIGITAL
PASSO A PASSO PARA TRABALHO COM DIÁRIO ESCOLAR DIGITAL
 
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016
PPP. EE CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA encerrado definitivamente 2016
 
Documentos que devem ser apresentados no ato da designação
Documentos que devem ser apresentados no ato da designaçãoDocumentos que devem ser apresentados no ato da designação
Documentos que devem ser apresentados no ato da designação
 
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
cadê os batedores de panelas? VERGONHA DE SER BRASILEIRO.
 
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...
CATÁLOGO DE AUTORIAS DA DIVERSIDADE. OBRAS ADQUIRIDAS PELA DIREÇÃO ESCOLA COR...
 
Resolução SEE-MG 3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...
Resolução SEE-MG  3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...Resolução SEE-MG  3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...
Resolução SEE-MG 3118 2016-estabelece critérios e define procedimentos para ...
 
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016
PLANTÃO DO ENEM. MANUAL DE REDAÇÃO 2016
 
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)
Escola aberta 2016 escola cornélia portfólio finalizado (1)
 
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
PPP PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO ESCOLA CORNÉLIA 2016-2018
 
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...
ESTÁGIO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PARA ALUNOS MATRICULADOS EM ESCOLAS PÚBLIC...
 
Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos
Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicosComo pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos
Como pedir isenção de taxa de inscrição em concursos públicos
 
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014
LISTAGEM CONCURSO EDUCAÇÃO MG 2014
 
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS 2011
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS  2011LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS  2011
LISTAGEM FINAL CONCURSO EDUCAÇÃO MINAS GERAIS 2011
 
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
RESOLUÇÃO SEE Nº 2836, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015
 

Último

Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSdjgsantos1981
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 

Último (20)

Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 

Bruxas, poções e encantamentos

  • 1. NOME LEIA O POEMINHA ABAIXO E CIRCULE A PRIMEIRA E A ULTIMA PALAVRA DELE: MAS SERÁ QUE TODA BRUXA FAZ SUJEIRA? CRIE UM VERSO COM A BRUXA LIMPINHA: _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ NOME PARA SER BRUXA, NÃO BASTA SER MALVADA E TER UM NARIZ GRANDE! DECIFRE O ENIGMA ABAIXO E DESCUBRA O QUE MAIS É PRECISO PARA SER UMA BRUXA DE VERDADE! PARA SER UMA BRUXA DE VERDADE É PRECISO UM , UMA E UM PONTUDO. É BOM TER UMA FAZENDO CARETA E SAIR SEMPRE EM NOITE DE CHEIA! ESCREVA O NOME DOS OBJETOS QUE SE PRECISA PARA SER UMA BRUXA, ASSIM A GENTE NÃO SE ESQUECE!
  • 2. NOME VAMOS LER O POEMA ABAIXO COM A TURMA? CALDEIRÃO DA BRUXA RASPUTIN, ATCHIM, AI DE MIM. RESMUNGA A BRUXA, ENQUANTO MEXE E REMEXE O SEU IMENSO CALDEIRÃO. ASAS DE MORCEGO, RABO DE LAGARTIXA, COCÔ DE BALEIA, UNHA DE SEREIA, A BRUXA MEXE REMEXE O SEU PANELÃO. MELECA DE SAPO, BICO DE PINTO, PENA DE PAVÃO, GOIABA BICHADA, MEXE E REMEXE COM PAU DE SEBO O SEU SOPÃO. NABO ESTRAGADO, CASA DE BESOURO, PÓ DE FERRO, PÓ DE OURO, AI DE MIM, ATCHIM, RASPUTIN. SUBLINHE AS PALAVRAS TO TEXTO QUE RIMAM. CIRLUCE NO POEMA A PALAVRAS QUE FOI INVENTADA. SUBSTITUA ESTA PALAVRA POR OUTRAS E QUE EXISTAM E QUE RIMEM: RASPUTIN: _______________________________________________ ________________________________________________ _________________________________________________ NOME NO POEMA CALDEIRÃO DA BRUXA, NÃO APARECE A MEDIDA DOS INGREDIENTES QUE A BRUXA UTILIZOU PARA FAZER O SOPÃO. OBSERVE OS OBJETOS ABAIXO. ELES SERVEM PARA MEDIR INGREDIENTES. A BRUXINHA NÃO DEU AS MEDIDAS DOS INGREDIENTES DO SOPÃO. ENTÃO, QUE TAL VOCÊ INVENTAR? USE, COMO MEDIDAS, XÍCARA, COLHER E BALANÇA. VEJA O MODELO: MEDIDAS INGREDIENTES 2 XÍCARAS ASAS DE MORCEGO RABO DE LAGARTIXA UNHA DE SEREIA BICO DE PINTO GOIABA BICHADA PÓ DE OURO CHEGOU A HORA DE USAR A CRIATIVIDADE! JUNTO COM SEUS COLEGAS, INVENTE UMA RECEITA DE POÇÃO MÁGICA PARA TRANSFORMAR UM SAPO EM PRÍNCIPE. LEMBRE-SE DE CRIAR UMA PALAVRA MÁGICA PARA A POÇÃO FUNCIONAR!
  • 3. NOME INGREDIENTES: NOME MODO DE PREPARO
  • 4. NOME VEJA A PARLENDA ABAIXO: REESCREVA A PARLENDA TROCANDO SEMPRE A ULTIMA PALAVRA DE CADA FRASE: NOME O QUE SERÁ QUE UMA BRUXA COME? VAMOS FAZER UMA LISTA DO QUE UMA BRUXA GOSTA DE COMER?