Sequencia didática era uma bruxa

3.382 visualizações

Publicada em

Deixamos o registro de várias atividades de INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA realizadas pela professora LILIAN VEIGA do 1º ano anos iniciais.
Tais atividades podem ser copiadas e usadas por quem se interessar.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.382
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
132
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sequencia didática era uma bruxa

  1. 1. NOME LEIA O POEMINHA ABAIXO E CIRCULE A PRIMEIRA E A ULTIMA PALAVRA DELE: MAS SERÁ QUE TODA BRUXA FAZ SUJEIRA? CRIE UM VERSO COM A BRUXA LIMPINHA: _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ NOME PARA SER BRUXA, NÃO BASTA SER MALVADA E TER UM NARIZ GRANDE! DECIFRE O ENIGMA ABAIXO E DESCUBRA O QUE MAIS É PRECISO PARA SER UMA BRUXA DE VERDADE! PARA SER UMA BRUXA DE VERDADE É PRECISO UM , UMA E UM PONTUDO. É BOM TER UMA FAZENDO CARETA E SAIR SEMPRE EM NOITE DE CHEIA! ESCREVA O NOME DOS OBJETOS QUE SE PRECISA PARA SER UMA BRUXA, ASSIM A GENTE NÃO SE ESQUECE!
  2. 2. NOME VAMOS LER O POEMA ABAIXO COM A TURMA? CALDEIRÃO DA BRUXA RASPUTIN, ATCHIM, AI DE MIM. RESMUNGA A BRUXA, ENQUANTO MEXE E REMEXE O SEU IMENSO CALDEIRÃO. ASAS DE MORCEGO, RABO DE LAGARTIXA, COCÔ DE BALEIA, UNHA DE SEREIA, A BRUXA MEXE REMEXE O SEU PANELÃO. MELECA DE SAPO, BICO DE PINTO, PENA DE PAVÃO, GOIABA BICHADA, MEXE E REMEXE COM PAU DE SEBO O SEU SOPÃO. NABO ESTRAGADO, CASA DE BESOURO, PÓ DE FERRO, PÓ DE OURO, AI DE MIM, ATCHIM, RASPUTIN. SUBLINHE AS PALAVRAS TO TEXTO QUE RIMAM. CIRLUCE NO POEMA A PALAVRAS QUE FOI INVENTADA. SUBSTITUA ESTA PALAVRA POR OUTRAS E QUE EXISTAM E QUE RIMEM: RASPUTIN: _______________________________________________ ________________________________________________ _________________________________________________ NOME NO POEMA CALDEIRÃO DA BRUXA, NÃO APARECE A MEDIDA DOS INGREDIENTES QUE A BRUXA UTILIZOU PARA FAZER O SOPÃO. OBSERVE OS OBJETOS ABAIXO. ELES SERVEM PARA MEDIR INGREDIENTES. A BRUXINHA NÃO DEU AS MEDIDAS DOS INGREDIENTES DO SOPÃO. ENTÃO, QUE TAL VOCÊ INVENTAR? USE, COMO MEDIDAS, XÍCARA, COLHER E BALANÇA. VEJA O MODELO: MEDIDAS INGREDIENTES 2 XÍCARAS ASAS DE MORCEGO RABO DE LAGARTIXA UNHA DE SEREIA BICO DE PINTO GOIABA BICHADA PÓ DE OURO CHEGOU A HORA DE USAR A CRIATIVIDADE! JUNTO COM SEUS COLEGAS, INVENTE UMA RECEITA DE POÇÃO MÁGICA PARA TRANSFORMAR UM SAPO EM PRÍNCIPE. LEMBRE-SE DE CRIAR UMA PALAVRA MÁGICA PARA A POÇÃO FUNCIONAR!
  3. 3. NOME INGREDIENTES: NOME MODO DE PREPARO
  4. 4. NOME VEJA A PARLENDA ABAIXO: REESCREVA A PARLENDA TROCANDO SEMPRE A ULTIMA PALAVRA DE CADA FRASE: NOME O QUE SERÁ QUE UMA BRUXA COME? VAMOS FAZER UMA LISTA DO QUE UMA BRUXA GOSTA DE COMER?

×