SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA ATUAL DA DENGUE
Situação Epidemiológica População Sergipe: 1.938.970 de habitantes (*)Dados até o mês de março e sujeitos a alteração Font...
SITUAÇÃO ENTOMOLÓGICA POR MUNICIPIO
Situação Entomológica por Município <ul><li>Indicador - Taxa de infestação do Aedes aegypti </li></ul><ul><li>A taxa de in...
Situação Entomológica  <ul><li>Situação da proliferação do vetor  nos municípios </li></ul><ul><li>33(44%)  dos municípios...
Situação por município 44%  dos municípios que se encontram em  Baixo Risco : Riachuelo Itabi Carmopolis São Domingos São ...
Situação por município 41,33% dos municípios que se encontram em  Médio Risco : Aracaju Barra dos Coqueiros Itaporanga São...
Situação por município 14,66% dos municípios que se encontram em  Alto Risco: Santa Rosa de Lima Divina Pastora Tomar do G...
FUNÇÕES DE CADA ESFERA DE GOVERNO
<ul><li>São funções do Governo Federal no Combate a Dengue: </li></ul><ul><li>Coordenar ações nacionais de prevenção e ass...
<ul><li>São funções do Governo do Estado no Combate a Dengue   : </li></ul><ul><li>Fiscalizar e notificar os municípios qu...
<ul><li>São funções do Governo do Estado no Combate a Dengue   : </li></ul><ul><li>Coordenar a rede Estadual de laboratóri...
<ul><li>São atribuições dos governos municipais no Combate a Dengue   : </li></ul><ul><li>Notificar o Estado sobre os caso...
<ul><li>São atribuições dos governos municipais no Combate a Dengue   : </li></ul><ul><li>Executar ações de comunicação e ...
PLANO  ESTADUAL DE CONTINGÊNCIA DA DENGUE - 2010
<ul><li>Plano Estadual de Contingência contra dengue: </li></ul><ul><li>Eixos de intervenção: </li></ul><ul><li>Controle d...
EIXO DO CONTROLE DO VETOR
<ul><li>1. Controle do vetor </li></ul><ul><li>Serão distribuídos 15 mil uniformes (camisa, boné e bolsa) para todos os Ag...
Cronograma de Atuação dos Agentes da Brigada Itinerante para os próximos 60 dias Município Mês Dia(s) Macambira Abril 06 e...
  Cronograma de Aplicação de UBV(fumacê) para os próximos sessenta dias  <ul><li>Municípios que serão  trabalhados: </li><...
EIXO DA ASSISTENCIA AO PACIENTE
2. Assistência aos pacientes <ul><li>Atualização dos profissionais de saúde no manejo clínico de casos suspeitos de Dengue...
EIXO DA COMUNICAÇÃO E MOBILIZAÇÃO
<ul><li>3.  Comunicação e mobilização </li></ul><ul><li>Propagandas de TV e rádio; </li></ul><ul><li>Confecção de 200 mil ...
<ul><li>3.  Comunicação e mobilização </li></ul><ul><li>Produção de lâminas para maçanetas de portas nas ações de mobiliza...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Situação Epidemiológica Atual da Dengue - Março 2010

1.739 visualizações

Publicada em

Uma apresentação completa sobre a situação epidemiológica e entomológica (presença do vetor) da dengue no Estado de Sergipe foi feita nesta quarta, 07/0, 4/2010, pela secretária de Estado da Saúde, Mônica Sampaio. Na ocasião, em que estiveram presentes diversos prefeitos e secretários municipais de Saúde, a secretária deu informações detalhadas sobre a situação em cada cidade. Mais em: http://e-sergipe.net/2010/04/07/secretaria-monica-sampaio-apresenta-dados-sobre-a-dengue-em-sergipe/

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.739
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
125
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Situação Epidemiológica Atual da Dengue - Março 2010

  1. 2. SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA ATUAL DA DENGUE
  2. 3. Situação Epidemiológica População Sergipe: 1.938.970 de habitantes (*)Dados até o mês de março e sujeitos a alteração Fonte: SES/CVE/GNE/SINAN 24.432 34.386 595 3.628 2008 2009 2010* 97 7 Percentual de redução de casos *** 90% 85%
  3. 4. SITUAÇÃO ENTOMOLÓGICA POR MUNICIPIO
  4. 5. Situação Entomológica por Município <ul><li>Indicador - Taxa de infestação do Aedes aegypti </li></ul><ul><li>A taxa de infestação representa a porcentagem de imóveis em um município </li></ul><ul><li>onde foi encontrado o vetor transmissor da dengue e permite classificar o </li></ul><ul><li>risco de epidemia naquele território. </li></ul><ul><li>Classificação de Risco para uma epidemia: </li></ul><ul><li>< 1,0% dos imóveis com presença do vetor - Baixo Risco </li></ul><ul><li>1,0 a 3,9 dos imóveis com presença do vetor - Médio Risco </li></ul><ul><li>>3,9% dos imóveis com presença do vetor - Alto Risco </li></ul>
  5. 6. Situação Entomológica <ul><li>Situação da proliferação do vetor nos municípios </li></ul><ul><li>33(44%) dos municípios de Sergipe se encontram com infestação predial(presença do vetor) em baixo risco </li></ul><ul><li>31(41,33%) dos municípios de Sergipe se encontram com infestação predial (presença do vetor) ‏ de médio risco. </li></ul><ul><li>11(14,66%) dos municípios com infestação predial de alto risco. </li></ul><ul><li>Observação: </li></ul><ul><li>Considerando-se as condições climáticas favoráveis para a Dengue, ter metade dos imóveis com infestação pelo vetor, representa um risco grave para a ocorrência de novas epidemias . </li></ul>
  6. 7. Situação por município 44% dos municípios que se encontram em Baixo Risco : Riachuelo Itabi Carmopolis São Domingos São Miguel do Aleixo Riachão Salgado Gararu General Maynard Japaratuba Maruim N.S. do Socorro Pirambu Rosario do Catete Santo A. das Brotas Siriri A. do São Francisco * Dados entomológicos correspondente as semanas epidemiológicas de 1ª a 8ª (3/01/2010 a 27/02/2010) Boquim Estancia Indiaroba Areia Branca Itabaiana Malhador Moita Bonita N. S.Aparecida Brejo Grande Canhoba Ilha das Flores Malhada dos Bois Pacatuba Santana do São Francisco São Francisco Telha
  7. 8. Situação por município 41,33% dos municípios que se encontram em Médio Risco : Aracaju Barra dos Coqueiros Itaporanga São Cristovão Arauá Cristinapolis Itabaianinha Pedrinhas Santa Luzia Campo do Brito Carira Frei Paulo Pedra Mole Macambira Pinhão Ribeiropolis Lagarto Poço Verde Canindé do São Francisco Feira Nova Graccho Cardoso N. S. da Gloria Poço Redondo Cumbe N. S. das Dores Cedro de São João Japoatã Neopolis N. S. de Lourdes Propriá Umbaúba * Dados entomológicos correspondente as semanas epidemiológicas de 1ª a 8ª (3/01/2010 a 27/02/2010)
  8. 9. Situação por município 14,66% dos municípios que se encontram em Alto Risco: Santa Rosa de Lima Divina Pastora Tomar do Geru Simão Dias Tobias Barreto Monte Alegre Porto da Folha Capela Aquidabã Muribeca Laranjeiras * Dados entomológicos correspondente as semanas epidemiológicas de 1ª a 8ª (3/01/2010 a 27/02/2010)
  9. 10. FUNÇÕES DE CADA ESFERA DE GOVERNO
  10. 11. <ul><li>São funções do Governo Federal no Combate a Dengue: </li></ul><ul><li>Coordenar ações nacionais de prevenção e assistência à dengue; </li></ul><ul><li>Dar assessoria técnica aos Estados e Municípios na resposta à doença complementando suas ações; </li></ul><ul><li>Estabelecer as normas técnicas para o combate a dengue baseadas em estudos científicos e inovações tecnológicas; </li></ul><ul><li>Fornecer inseticidas, equipamentos de proteção para os profissionais de saúde e kits para realização de exames laboratoriais. </li></ul>
  11. 12. <ul><li>São funções do Governo do Estado no Combate a Dengue : </li></ul><ul><li>Fiscalizar e notificar os municípios quando estes não cumprirem com suas obrigações; </li></ul><ul><li>Manter atualizado o sistema de informação sobre a situação da dengue no Estado; </li></ul><ul><li>Divulgação de boletim epidemiológico mensal com a situação de cada município e semanalmente em casos de epidemia; </li></ul><ul><li>Capacitar os profissionais de saúde do Estado – rede básica e hospitalar, vigilância epidemiológica </li></ul>
  12. 13. <ul><li>São funções do Governo do Estado no Combate a Dengue : </li></ul><ul><li>Coordenar a rede Estadual de laboratórios de saúde pública e supervisionar os demais laboratórios de Sergipe; </li></ul><ul><li>Prestar assistência aos pacientes com dengue quando a mesma não puder ser oferecida pelos municípios; </li></ul><ul><li>Executar ações de comunicação e educação no âmbito do Estado; </li></ul>
  13. 14. <ul><li>São atribuições dos governos municipais no Combate a Dengue : </li></ul><ul><li>Notificar o Estado sobre os casos de dengue ocorridos no município investigando os eventuais óbitos; </li></ul><ul><li>Realizar consultas, exames diagnósticos e assistência no município, transferindo apenas os casos aos quais não possa prestar assistência; </li></ul><ul><li>Fazer o combate do vetor transmissor da doença; </li></ul><ul><li>Eliminar os reservatórios onde o mosquito se reproduz; </li></ul><ul><li>Manter o controle dos insumos estratégicos para resposta à dengue e informar com agilidade a necessidade de reposições; </li></ul>
  14. 15. <ul><li>São atribuições dos governos municipais no Combate a Dengue : </li></ul><ul><li>Executar ações de comunicação e educação em seu território; </li></ul><ul><li>Adquirir equipamentos de proteção individual necessários para aplicação de biolarvicidas; </li></ul><ul><li>Informar e justificar ao Estado dificuldades encontradas no controle e assistência à doença, para que medidas complementares sejam tomadas. </li></ul><ul><li>Promover mobilizações conscientizando a população sobre os </li></ul><ul><li>Cuidados e medidas preventivas; </li></ul><ul><li>Promover mutirões de limpeza. </li></ul>
  15. 16. PLANO ESTADUAL DE CONTINGÊNCIA DA DENGUE - 2010
  16. 17. <ul><li>Plano Estadual de Contingência contra dengue: </li></ul><ul><li>Eixos de intervenção: </li></ul><ul><li>Controle do vetor </li></ul><ul><li>Assistência ao Paciente </li></ul><ul><li>Comunicação e Mobilização Social </li></ul>
  17. 18. EIXO DO CONTROLE DO VETOR
  18. 19. <ul><li>1. Controle do vetor </li></ul><ul><li>Serão distribuídos 15 mil uniformes (camisa, boné e bolsa) para todos os Agentes de Saúde e Endemias do estado; </li></ul><ul><li>Distribuição de larvicida biológico menos agressivo à saúde distribuidos para os municipios da região metropolitana que apresentaram resistência ao Temephos; </li></ul><ul><li>Renovação do contrato dos 600 agentes de endemias que formam a Brigada Estadual de Combate a Dengue; </li></ul><ul><li>Em 2010 já foram visitados, com os agentes da brigada itinerante, 16 municípios e já tem programação para os próximos 60 dias para mais 13 municípios ; </li></ul><ul><li>Em 2010, já foram atendidos com o FUMACÊ, 15 municípios incluindo 08 bairros de Aracaju </li></ul><ul><li>Disponibilização de 26 carros fumacê para o controle do vetor na fase </li></ul><ul><li>adulta sendo essa ação avaliada pelo grupo técnico da SES; </li></ul>
  19. 20. Cronograma de Atuação dos Agentes da Brigada Itinerante para os próximos 60 dias Município Mês Dia(s) Macambira Abril 06 e 07 Neópolis Abril 08 Santa do São Francisco Abril 08 Cedro de São João Abril 13 Boquim Abril 14 e 15 Tomar do Geru Abril 22 e 23 Poço Verde Abril 27 e 28 Santa Luzia Abril 29 Porto da Folha Maio 04 e 05 Cristinapolis Maio 11 e 12 Monte Alegre Maio 18, 19 e 20 São Cristovão Maio 17 a 21
  20. 21. Cronograma de Aplicação de UBV(fumacê) para os próximos sessenta dias <ul><li>Municípios que serão trabalhados: </li></ul><ul><li>Tomar do Geru </li></ul><ul><li>Poço Verde </li></ul><ul><li>Porto da Folha </li></ul><ul><li>Cristinapolis </li></ul><ul><li>Monte Alegre </li></ul>Os municípios foram selecionados de acordo com a classificação de risco estabelecida pelo critério entomológico e a situação epidemiológica.
  21. 22. EIXO DA ASSISTENCIA AO PACIENTE
  22. 23. 2. Assistência aos pacientes <ul><li>Atualização dos profissionais de saúde no manejo clínico de casos suspeitos de Dengue; </li></ul><ul><li>Apoio aos municípios no atendimento ao paciente: </li></ul><ul><li>- Distribuição de Soro de reidratação oral </li></ul><ul><li>Suporte técnico na organização dos serviços nas clínicas de saúde da família , nos hospitais locais e regionais e no hospital de referência (HUSE); </li></ul><ul><li>Abertura do Centro de Retaguarda para Epidemias localizado em Aracaju. </li></ul>
  23. 24. EIXO DA COMUNICAÇÃO E MOBILIZAÇÃO
  24. 25. <ul><li>3. Comunicação e mobilização </li></ul><ul><li>Propagandas de TV e rádio; </li></ul><ul><li>Confecção de 200 mil cartilhas para ser distribuídas com população com orientações preventivas para os cuidados com a dengue; </li></ul><ul><li>Reprodução de mais 10 mil adesivos sobre Conduta e Diagnóstico da Dengue para os consultórios públicos e privados de todo o estado; </li></ul><ul><li>Reprodução de protetor de bandejas para distribuição nos shoppings da cidade e restaurantes; </li></ul>
  25. 26. <ul><li>3. Comunicação e mobilização </li></ul><ul><li>Produção de lâminas para maçanetas de portas nas ações de mobilização; </li></ul><ul><li>Produção de adesivos para distribuição nas casas visitadas pelos agentes. </li></ul><ul><li>Produção de outdoor e busdoor nas linhas de transporte da capital e interior; </li></ul><ul><li>Atualização do hotsite da dengue ( www.sergipecontradengue.com.br ) </li></ul>

×