case
No que se tratava de uso
governamental das redes
sociais oCase Obama era a principal
                    referência...
...mas não se encaixava em
nossas necessidades nem no
perfil do usuário brasileiro/
sergipano.
Algumas participações em
seminários/debates/reuniões internas
foram nos fazendo entender o que faríamos aqui.
as redes sociais não
  são mídias surdas,
como as tradicionais
as redes sociais não
  são mídias surdas,
como as tradicionais




   ampla possibilidade
    de relacionamento:
     diál...
as redes sociais não
  são mídias surdas,
como as tradicionais




   ampla possibilidade
    de relacionamento:
         ...
as redes sociais não
  são mídias surdas,
como as tradicionais




                                             possibilid...
as redes sociais não                            compartilhamento de
  são mídias surdas,                             conte...
Consultoria do Prof. Claudio manoel deu as bases para a
estrutura da equipe e a sistemática para os primeiros passos:
1.   definir as redes, criar as contas
1.   definir as redes, criar as contas




2.   centralizar em um blog
1.   definir as redes, criar as contas




2.   centralizar em um blog



3.   entender as especificidades de cada meio
1.   definir as redes, criar as contas




2.   centralizar em um blog



3.   entender as especificidades de cada meio


...
Nossa principal
dúvida era: noque seremos diferentes
           da agência de notícias
           do governo?
A resposta veio com
a evolução natural
do trabalho...
A resposta veio com
a evolução natural
do trabalho...




                 ...se a asN é a ascom
                         ...
nós seremos O Governo.
Linha de trabalho
ficou mais clara:
Opinião qualificada
                    de governo
Linha de trabalho
ficou mais clara:
Opinião qualificada
                    de governo
Linha de trabalho
ficou mais clara:   Humanização
Opinião qualificada
                    de governo
Linha de trabalho
ficou mais clara:   Humanização

                    ...
Próximo passo:
Próximo passo:



....era preciso criar uma
sistemática de trabalho,
combater a dispersão.
Monitoramento
Monitoramento
  Avaliação
Monitoramento
     Avaliação
Produção de conteúdo
Monitoramento
     Avaliação
Produção de conteúdo
    Pulverização
Monitoramento
     Avaliação
Produção de conteúdo
    Pulverização
  Relacionamento
Veio então o primeiro desafio:
Veio então o primeiro desafio:

o case Concurso das Fundações
case - Concurso de Saúde
Cenário


Saúde




          +150 posts
Cenário


Saúde




          +150 posts   +160 posts
Cenário


Saúde




          +150 posts   +160 posts   +45 posts
Cenário


Saúde




          +150 posts   +160 posts   +45 posts   +60 posts
interferência
comentários
+47   só neste post




         visualizações
+700     ao vídeo




+1300       acessos ao blog
            e...
comentários
+47   só neste post




         visualizações
+700     ao vídeo




+1300       acessos ao blog
            e...
comentários
+47   só neste post




         visualizações
+700     ao vídeo




+1300       acessos ao blog
            e...
a discussão migrou para o blog
diálogo após intervenção
Interferência
Interferência – Retorno –
Interferência – Retorno – Manutenção do Relacionamento
Uma vez solidificado o trabalho, chegou a hora de ampliar:

    GT com as ascoms do Governo.
1
Discussão
1           2
Discussão   Orientação
1            2
 Discussão    Orientação


   3
Capacitação
1            2
 Discussão    Orientação


   3             4
Capacitação   Integração
e-sergipe na web
nossos números hoje
16
no    29
     tw          se
          it t        gu
                 er
                           id
               ...
16
no    29
     tw          se
          it t        gu
                 er
                           id
               ...
16
no    29
     tw          se
          it t        gu
                 er
                           id
               ...
16
no    29
     tw          se
          it t        gu
                 er
                           id
               ...
Obrigada!


ncd@secOm.se.gOv.br
maira.ezequiel@secOm.se.gOv.br
(79) 3225 9800 | (79) 8807 1274
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Case e-Sergipe
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Case e-Sergipe

748 visualizações

Publicada em

Case do uso de mídias socias/digitais pelo Governo de Sergipe

  • Seja o primeiro a comentar

Case e-Sergipe

  1. 1. case
  2. 2. No que se tratava de uso governamental das redes sociais oCase Obama era a principal referência...
  3. 3. ...mas não se encaixava em nossas necessidades nem no perfil do usuário brasileiro/ sergipano.
  4. 4. Algumas participações em seminários/debates/reuniões internas foram nos fazendo entender o que faríamos aqui.
  5. 5. as redes sociais não são mídias surdas, como as tradicionais
  6. 6. as redes sociais não são mídias surdas, como as tradicionais ampla possibilidade de relacionamento: diálogo governo- sociedade sem filtros
  7. 7. as redes sociais não são mídias surdas, como as tradicionais ampla possibilidade de relacionamento: colaboratividade diálogo governo- sociedade sem filtros
  8. 8. as redes sociais não são mídias surdas, como as tradicionais possibilidade ampla possibilidade de produzir um de relacionamento: conteúdo opinativo colaboratividade diálogo governo- sociedade sem filtros
  9. 9. as redes sociais não compartilhamento de são mídias surdas, conteúdo multimídia como as tradicionais possibilidade ampla possibilidade de produzir um de relacionamento: conteúdo opinativo colaboratividade diálogo governo- sociedade sem filtros
  10. 10. Consultoria do Prof. Claudio manoel deu as bases para a estrutura da equipe e a sistemática para os primeiros passos:
  11. 11. 1. definir as redes, criar as contas
  12. 12. 1. definir as redes, criar as contas 2. centralizar em um blog
  13. 13. 1. definir as redes, criar as contas 2. centralizar em um blog 3. entender as especificidades de cada meio
  14. 14. 1. definir as redes, criar as contas 2. centralizar em um blog 3. entender as especificidades de cada meio 4. estabelecer uma rotina
  15. 15. Nossa principal dúvida era: noque seremos diferentes da agência de notícias do governo?
  16. 16. A resposta veio com a evolução natural do trabalho...
  17. 17. A resposta veio com a evolução natural do trabalho... ...se a asN é a ascom do Governo...
  18. 18. nós seremos O Governo.
  19. 19. Linha de trabalho ficou mais clara:
  20. 20. Opinião qualificada de governo Linha de trabalho ficou mais clara:
  21. 21. Opinião qualificada de governo Linha de trabalho ficou mais clara: Humanização
  22. 22. Opinião qualificada de governo Linha de trabalho ficou mais clara: Humanização Produção multimídia
  23. 23. Próximo passo:
  24. 24. Próximo passo: ....era preciso criar uma sistemática de trabalho, combater a dispersão.
  25. 25. Monitoramento
  26. 26. Monitoramento Avaliação
  27. 27. Monitoramento Avaliação Produção de conteúdo
  28. 28. Monitoramento Avaliação Produção de conteúdo Pulverização
  29. 29. Monitoramento Avaliação Produção de conteúdo Pulverização Relacionamento
  30. 30. Veio então o primeiro desafio:
  31. 31. Veio então o primeiro desafio: o case Concurso das Fundações
  32. 32. case - Concurso de Saúde
  33. 33. Cenário Saúde +150 posts
  34. 34. Cenário Saúde +150 posts +160 posts
  35. 35. Cenário Saúde +150 posts +160 posts +45 posts
  36. 36. Cenário Saúde +150 posts +160 posts +45 posts +60 posts
  37. 37. interferência
  38. 38. comentários +47 só neste post visualizações +700 ao vídeo +1300 acessos ao blog e-sergipe.net
  39. 39. comentários +47 só neste post visualizações +700 ao vídeo +1300 acessos ao blog e-sergipe.net
  40. 40. comentários +47 só neste post visualizações +700 ao vídeo +1300 acessos ao blog e-sergipe.net
  41. 41. a discussão migrou para o blog
  42. 42. diálogo após intervenção
  43. 43. Interferência
  44. 44. Interferência – Retorno –
  45. 45. Interferência – Retorno – Manutenção do Relacionamento
  46. 46. Uma vez solidificado o trabalho, chegou a hora de ampliar: GT com as ascoms do Governo.
  47. 47. 1 Discussão
  48. 48. 1 2 Discussão Orientação
  49. 49. 1 2 Discussão Orientação 3 Capacitação
  50. 50. 1 2 Discussão Orientação 3 4 Capacitação Integração
  51. 51. e-sergipe na web
  52. 52. nossos números hoje
  53. 53. 16 no 29 tw se it t gu er id or es
  54. 54. 16 no 29 tw se it t gu er id or es 40 2f ãs do fa c eb oo k
  55. 55. 16 no 29 tw se it t gu er id or es 40 2f ãs do fa c eb 86 oo 1 k am ig os no or ku t
  56. 56. 16 no 29 tw se it t gu er id or es 40 2f ãs do fa c eb 86 oo 1 k am ig os 40 no no .24 or yo 3 e ku ut xib t ub iç e õ es de ví de o
  57. 57. Obrigada! ncd@secOm.se.gOv.br maira.ezequiel@secOm.se.gOv.br (79) 3225 9800 | (79) 8807 1274

×