Fitoterápicos
    Perus
Fitoterápicos
   Onde queremos chegar?                                      Perus


Um bairro modelo no manejo e no uso da...
Meio     Geração
ambiente   de Renda
Vizinhança
                   PSF
  Governo



            Comércio




Desenvolvimento Local
Por que Saúde da Família?

                 Agentes de Saúde já acompanham a
                 vida dos mais necessitados d...
Através dos dados fornecidos pela Organização Mundial de      Fitoterápicos
Saúde (OMS), constata-se que o uso de plantas ...
A primeira turma
montará a escola e
passará por todo o
ciclo. Da formação até
a comercialização.
Fase 1: Viveiro
Plantio de 3 a 6 meses
Curso mais curto (varia em
relação a quantas vezes por
semana)
Definição do Espaço ...
Fase 2: Ervanario
 Armagenagem,         secagem,
 desidratação e trituração.
 Esta fase, que exige técnicas
 especiais, ne...
Fase 3: Comércio
   Farmácia Viva.
   Momento de embalagem
   (com técnicas de design e
   promoção)
   Preparação do esco...
Terceira
           Turma



Segunda
 turma

                 Primeira
                  turma
Programa
                                                                                                                 ...
Fitoperus
Fitoperus
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fitoperus

556 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
556
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fitoperus

  1. 1. Fitoterápicos Perus
  2. 2. Fitoterápicos Onde queremos chegar? Perus Um bairro modelo no manejo e no uso das plantas fitoterápicas . Um bairro responsável que se preocupa com o meio ambiente. Um bairro que atua na ampliação das oportunidades de geração de renda. Um bairro que faz boa utilização do equipamento público. Um bairro que se desenvolve localmente e se relaciona com os demais de forma sustentável.
  3. 3. Meio Geração ambiente de Renda
  4. 4. Vizinhança PSF Governo Comércio Desenvolvimento Local
  5. 5. Por que Saúde da Família? Agentes de Saúde já acompanham a vida dos mais necessitados de Perus. É uma estratégia para envolver a comunidade com algo que não lide com problemas e sim com soluções. Será um convívio que fará uma retomada da sabedoria tradicional, empoderando a população envolvida. É uma resposta do governo à demanda por mais saúde.
  6. 6. Através dos dados fornecidos pela Organização Mundial de Fitoterápicos Saúde (OMS), constata-se que o uso de plantas medicinais Perus pela população mundial tem sido muito significativo nos últimos anos, sendo que este uso tem sido incentivado pela própria OMS. As diretrizes emanadas pela Organização Mundial de Saúde, Agenda 21, Conferência Nacional de Saúde e Conferência Nacional de Meio Ambiente orientam para que a fitoterapia seja incluída no sistema oficial de cuidados da saúde e, portanto no Sistema Único de Saúde, o SUS. É por isso que o Ministério da Saúde aprova o Programa Nacional de Plantas Medicinais portaria interministerial n. 2.960, de 9 de Dezembro de 2008, Aprova o Programa Nacional de Planta Medicinais e Fitoterápicos e cria o Comitê Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos.
  7. 7. A primeira turma montará a escola e passará por todo o ciclo. Da formação até a comercialização.
  8. 8. Fase 1: Viveiro Plantio de 3 a 6 meses Curso mais curto (varia em relação a quantas vezes por semana) Definição do Espaço onde será o viveiro comunitário Garantir transporte para a comunidade. O primeiro grupo irá construir o próprio viveiro, que será útil para os demais grupos (o mesmo ocorrerá com as demais fases) Como o curso tem duração menor que o período de colheita, este grupo terá uma logística diferenciada.
  9. 9. Fase 2: Ervanario Armagenagem, secagem, desidratação e trituração. Esta fase, que exige técnicas especiais, necessitará de um espaço a ser construído ou ocupado pelo projeto. Este espaço fará parte do Complexo de Plantas Medicinais de Perus (e o único do Município) Recomenda-se um espaço de aproximadamente 200m2. Nesse mesmo espaço pode- se trabalhar com a extração de óleos essenciais.
  10. 10. Fase 3: Comércio Farmácia Viva. Momento de embalagem (com técnicas de design e promoção) Preparação do escoamento de vendas Comercialização propriamente dita
  11. 11. Terceira Turma Segunda turma Primeira turma
  12. 12. Programa consolidado 13 Ajustes 11 12 Avaliação Preliminar Início da terceira turma Etapa de 10 9 consolidação interna Articulação junto a Início outros programas da comercialização 8 subprefeitura 7 Segunda turma 6 Construção 5 ervanário Escolha do 4 3 terreno e primeiras ações Início da Formação da primeira turma 1 2 Contratação equipe

×