O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Abcr Apresentacao

1.354 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre ABCR Associação Brasileira de Captadores de Recursos, da qual estou presidente (2009)

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Abcr Apresentacao

  1. 1. TEMA DE HOJE CAPTAÇÃO DE RECURSOS www.captacao.org
  2. 2. <ul><li>AGENDA </li></ul><ul><li>Apresentação institucional: ABCR </li></ul><ul><li>Código de Ética e Padrões da Prática Profissional </li></ul><ul><li>Perfil do profissional de captação de recursos </li></ul><ul><li>Desafios para profissionais e organizações </li></ul><ul><li>Referências internacionais </li></ul>
  3. 3. NOSSA MISSÃO Promover e desenvolver a atividade de captação de recursos, apoiando o Terceiro Setor na construção de uma sociedade mais justa. NOSSA VISÃO Incorporação e disseminação de valores éticos para a conduta de profissionais, voluntários e organizações pelos agentes do Terceiro Setor.
  4. 4. <ul><li>HISTÓRICO </li></ul><ul><li>Início na lista FUNDBR (1999) </li></ul><ul><li>Constituição formal na EAESP-FGV (1999) </li></ul><ul><li>Primeira Gestão (2000 – 2003): Presidente Custódio Pereira </li></ul><ul><li>Composição do Conselho Consultivo Nacional (2000) </li></ul><ul><li>Segunda Gestão (2003 – 2006): Presidente Cristina Murachco </li></ul><ul><li>Composição do Conselho Consultivo Internacional (2005) </li></ul>
  5. 5. <ul><li>PRINCIPAIS REALIZAÇÕES </li></ul><ul><li>Código de Ética e Padrões da Prática Profissional (1999) </li></ul><ul><li>Website com informações e bibliografia sobre captação de recursos www.abcr.com.br (2001) </li></ul><ul><li>Revisão do Código de Ética e Padrões da Prática Profissional (2002) </li></ul><ul><li>Primeira Conferência Nacional de Captação de Recursos (2002: ABCR – Senac) </li></ul><ul><li>11 th Latin American Workshop on Resource Mobilization (2003: ABCR – Resource Alliance – Senac) </li></ul><ul><li>Encontros para devolutiva de conferências internacionais (2002, 2003, 2004 e 2005) </li></ul>
  6. 6. <ul><li>LEGALIDADE : O captador de recursos deve respeitar incondicionalmente a legislação vigente no País. </li></ul><ul><li>REMUNERAÇÃO : O captador de recursos deve receber pelo seu trabalho apenas remuneração pré-estabelecida. </li></ul><ul><li>CONFIDENCIALIDADE E LEALDADE AOS DOADORES : O captador de recursos deve respeitar o sigilo das informações sobre os doadores obtidas em nome da organização em que trabalha. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>TRANSPARÊNCIA NAS INFORMAÇÕES : O captador de recursos deve exigir da organização para a qual trabalha total transparência na gestão dos recursos captados. </li></ul><ul><li>CONFLITOS DE INTERESSE : O captador de recursos deve cuidar para que não existam conflitos de interesse no desenvolvimento de sua atividade. </li></ul><ul><li>DIREITOS DO DOADOR : O captador de recursos deve respeitar e divulgar o Estatuto dos Direitos do Doador . </li></ul>
  8. 8. <ul><li>RELAÇÃO DO CAPTADOR COM AS ORGANIZAÇÕES PARA AS QUAIS ELE MOBILIZA RECURSOS : O captador de recursos, seja funcionário ou autônomo ou voluntário, deve estar comprometido com o progresso das condições de sustentabilidade da organização. </li></ul><ul><li>SANÇÕES : mera advertência até desligamento do quadro associativo – aplicável por comissão designada pela Diretoria mediante denúncia identificada de conduta de associado. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>PERFIL DO PROFISSIONAL DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS </li></ul>
  10. 10. <ul><li>POSTURA EXIGIDA PELO CÓDIGO DE ÉTICA : </li></ul><ul><li>ética </li></ul><ul><li>integridade </li></ul><ul><li>transparência </li></ul><ul><li>respeito à legislação vigente no país </li></ul><ul><li>respeito à confidencialidade das informações </li></ul><ul><li>honestidade em relação à intenção do doador </li></ul><ul><li>compromisso com a missão e a sustentabilidade da organização </li></ul>
  11. 11. <ul><li>POSTURA SUGERIDA POR OUTRAS FONTES : </li></ul><ul><li>paixão pela causa </li></ul><ul><li>gosto por trabalhar com pessoas </li></ul><ul><li>sensibilidade / observação </li></ul><ul><li>entusiasmo / atitude positiva / senso de humor </li></ul><ul><li>persistência / paciência </li></ul><ul><li>criatividade </li></ul><ul><li>facilidade de comunicação oral e escrita </li></ul><ul><li>conhecimento técnico </li></ul><ul><li>disposição para a capacitação pessoal </li></ul><ul><li>profissionalismo / preparo </li></ul>
  12. 12. <ul><li>FONTES : </li></ul><ul><li>ABCR – Código de Ética e Padrões da Prática Profissional (www.captacao.org) </li></ul><ul><li>Association of Fundraising Professionals ( www.afpnet.org ) </li></ul><ul><li>Célia Cruz e Marcelo Estraviz . Captação de Diferentes Recursos para Organizações Sem Fins Lucrativos . São Paulo: Global 2000. </li></ul><ul><li>Simon Collings , The Resource Alliance </li></ul><ul><li>Daniel Yoffe , Indiana University </li></ul>
  13. 13. <ul><li>DESAFIOS </li></ul><ul><li>PARA PROFISSIONAIS </li></ul><ul><li>E ORGANIZA Ç ÕES </li></ul>
  14. 14. <ul><li>DILEMAS FREQÜENTES conflitos de interesses da própria organização: </li></ul><ul><li>Interesse imediato </li></ul><ul><li>X </li></ul><ul><li>Interesse no longo prazo </li></ul>
  15. 15. <ul><ul><li>REMUNERAÇÃO PRÉ-ESTIPULADA </li></ul></ul><ul><ul><li>CRITÉRIOS : </li></ul></ul><ul><ul><li>qualificação do profissional </li></ul></ul><ul><ul><li>responsabilidade atribuída ao profissional </li></ul></ul><ul><ul><li>padrão de remuneração da organização </li></ul></ul><ul><ul><li>FORMAS : </li></ul></ul><ul><ul><li>salário mensal pré-estipulado </li></ul></ul><ul><ul><li>valor pré-estipulado por hora de trabalho </li></ul></ul><ul><ul><li>valor pré-estipulado por tarefa </li></ul></ul><ul><ul><li>trabalho voluntário (sem remuneração) </li></ul></ul>
  16. 16. <ul><ul><li>REMUNERAÇÃO VARIÁVEL </li></ul></ul><ul><ul><li>CONDICIONADA A DESEMPENHO : </li></ul></ul><ul><ul><li>Remuneração variável adicional por cumprimento de metas previamente acordadas – desde que seja uma política organizacional aplicável a todas as áreas </li></ul></ul><ul><ul><li>Contrato de risco (compartilhado) – com valor pré-estipulado e pagamento sujeito à entrada de recursos </li></ul></ul><ul><ul><li>Pelo Código de Ética da ABCR, é proibida a remuneração por comissionamento </li></ul></ul>
  17. 17. <ul><li>REFERÊNCIAS INTERNACIONAIS </li></ul>
  18. 18. <ul><li>CÓDIGOS DE ÉTICA EM OUTROS PAÍSES </li></ul><ul><li>África do Sul (South African Institute of Fundraising – www.saifundraising.org.za ) </li></ul><ul><li>Alemanha (German Fundraisers Association) </li></ul><ul><li>Austrália (Fundraising Institute of Australia Ltd. – FIA – www.fia.org.au ) </li></ul><ul><li>Coréia (Korean Fundraising Association) </li></ul><ul><li>Estados Unidos (Association of Fundraising Professionals – www.afpnet.org ) </li></ul><ul><li>França (Union pour la Générosité – www.uniongenerosite.org ) </li></ul><ul><li>Holanda (Dutch Association of Fundraising Organizations) </li></ul><ul><li>Irlanda (Fundraising Institute of Ireland) </li></ul>
  19. 19. <ul><li>CÓDIGOS DE ÉTICA EM OUTROS PAÍSES ( continuação ) </li></ul><ul><li>Itália (Association of Italian Fundraisers)  </li></ul><ul><li>Nova Zelândia (Fundraising Institute of New Zealand – FINZ – www.finz.org.nz/ScriptContent/Index.cfm ) </li></ul><ul><li>Quênia (Kenya Association of Fundraising Professionals – KAFP) </li></ul><ul><li>Reino Unido (Institute of Fundraising – www.institute-of-fundraising.org.uk ) </li></ul><ul><li>Suécia (Swedish Fundraising Council – www.frii.a.se/index6.shtml ) </li></ul><ul><li>Suíca (Swiss Association for Fundraising Professionals) </li></ul><ul><li>Europa (European Fundraising Association – </li></ul><ul><li>www.efa-net.org ) </li></ul><ul><li>Leste Europeu (Institute of Fundraising in the NIS Countries) </li></ul>
  20. 20. <ul><li>CÓDIGO UNIVERSAL DE ÉTICA NA CAPTAÇÃO DE RECURSOS </li></ul><ul><ul><li>Doações / recursos </li></ul></ul><ul><ul><li>Partes interessadas ( stakeholders ) </li></ul></ul><ul><ul><li>Transparência e comunicação </li></ul></ul><ul><ul><li>Prestação de contas </li></ul></ul><ul><ul><li>Remuneração / custos </li></ul></ul><ul><ul><li>Respeito à legislação </li></ul></ul>
  21. 21. Muito obrigado! www.captacao.org falecom@captacao.org COPYLEFT © ABCR: É permitida a reprodução parcial ou integral deste material desde que citada a fonte.

×