Abcr Apresentacao

1.337 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre ABCR Associação Brasileira de Captadores de Recursos, da qual estou presidente (2009)

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.337
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
65
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abcr Apresentacao

  1. 1. TEMA DE HOJE CAPTAÇÃO DE RECURSOS www.captacao.org
  2. 2. <ul><li>AGENDA </li></ul><ul><li>Apresentação institucional: ABCR </li></ul><ul><li>Código de Ética e Padrões da Prática Profissional </li></ul><ul><li>Perfil do profissional de captação de recursos </li></ul><ul><li>Desafios para profissionais e organizações </li></ul><ul><li>Referências internacionais </li></ul>
  3. 3. NOSSA MISSÃO Promover e desenvolver a atividade de captação de recursos, apoiando o Terceiro Setor na construção de uma sociedade mais justa. NOSSA VISÃO Incorporação e disseminação de valores éticos para a conduta de profissionais, voluntários e organizações pelos agentes do Terceiro Setor.
  4. 4. <ul><li>HISTÓRICO </li></ul><ul><li>Início na lista FUNDBR (1999) </li></ul><ul><li>Constituição formal na EAESP-FGV (1999) </li></ul><ul><li>Primeira Gestão (2000 – 2003): Presidente Custódio Pereira </li></ul><ul><li>Composição do Conselho Consultivo Nacional (2000) </li></ul><ul><li>Segunda Gestão (2003 – 2006): Presidente Cristina Murachco </li></ul><ul><li>Composição do Conselho Consultivo Internacional (2005) </li></ul>
  5. 5. <ul><li>PRINCIPAIS REALIZAÇÕES </li></ul><ul><li>Código de Ética e Padrões da Prática Profissional (1999) </li></ul><ul><li>Website com informações e bibliografia sobre captação de recursos www.abcr.com.br (2001) </li></ul><ul><li>Revisão do Código de Ética e Padrões da Prática Profissional (2002) </li></ul><ul><li>Primeira Conferência Nacional de Captação de Recursos (2002: ABCR – Senac) </li></ul><ul><li>11 th Latin American Workshop on Resource Mobilization (2003: ABCR – Resource Alliance – Senac) </li></ul><ul><li>Encontros para devolutiva de conferências internacionais (2002, 2003, 2004 e 2005) </li></ul>
  6. 6. <ul><li>LEGALIDADE : O captador de recursos deve respeitar incondicionalmente a legislação vigente no País. </li></ul><ul><li>REMUNERAÇÃO : O captador de recursos deve receber pelo seu trabalho apenas remuneração pré-estabelecida. </li></ul><ul><li>CONFIDENCIALIDADE E LEALDADE AOS DOADORES : O captador de recursos deve respeitar o sigilo das informações sobre os doadores obtidas em nome da organização em que trabalha. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>TRANSPARÊNCIA NAS INFORMAÇÕES : O captador de recursos deve exigir da organização para a qual trabalha total transparência na gestão dos recursos captados. </li></ul><ul><li>CONFLITOS DE INTERESSE : O captador de recursos deve cuidar para que não existam conflitos de interesse no desenvolvimento de sua atividade. </li></ul><ul><li>DIREITOS DO DOADOR : O captador de recursos deve respeitar e divulgar o Estatuto dos Direitos do Doador . </li></ul>
  8. 8. <ul><li>RELAÇÃO DO CAPTADOR COM AS ORGANIZAÇÕES PARA AS QUAIS ELE MOBILIZA RECURSOS : O captador de recursos, seja funcionário ou autônomo ou voluntário, deve estar comprometido com o progresso das condições de sustentabilidade da organização. </li></ul><ul><li>SANÇÕES : mera advertência até desligamento do quadro associativo – aplicável por comissão designada pela Diretoria mediante denúncia identificada de conduta de associado. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>PERFIL DO PROFISSIONAL DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS </li></ul>
  10. 10. <ul><li>POSTURA EXIGIDA PELO CÓDIGO DE ÉTICA : </li></ul><ul><li>ética </li></ul><ul><li>integridade </li></ul><ul><li>transparência </li></ul><ul><li>respeito à legislação vigente no país </li></ul><ul><li>respeito à confidencialidade das informações </li></ul><ul><li>honestidade em relação à intenção do doador </li></ul><ul><li>compromisso com a missão e a sustentabilidade da organização </li></ul>
  11. 11. <ul><li>POSTURA SUGERIDA POR OUTRAS FONTES : </li></ul><ul><li>paixão pela causa </li></ul><ul><li>gosto por trabalhar com pessoas </li></ul><ul><li>sensibilidade / observação </li></ul><ul><li>entusiasmo / atitude positiva / senso de humor </li></ul><ul><li>persistência / paciência </li></ul><ul><li>criatividade </li></ul><ul><li>facilidade de comunicação oral e escrita </li></ul><ul><li>conhecimento técnico </li></ul><ul><li>disposição para a capacitação pessoal </li></ul><ul><li>profissionalismo / preparo </li></ul>
  12. 12. <ul><li>FONTES : </li></ul><ul><li>ABCR – Código de Ética e Padrões da Prática Profissional (www.captacao.org) </li></ul><ul><li>Association of Fundraising Professionals ( www.afpnet.org ) </li></ul><ul><li>Célia Cruz e Marcelo Estraviz . Captação de Diferentes Recursos para Organizações Sem Fins Lucrativos . São Paulo: Global 2000. </li></ul><ul><li>Simon Collings , The Resource Alliance </li></ul><ul><li>Daniel Yoffe , Indiana University </li></ul>
  13. 13. <ul><li>DESAFIOS </li></ul><ul><li>PARA PROFISSIONAIS </li></ul><ul><li>E ORGANIZA Ç ÕES </li></ul>
  14. 14. <ul><li>DILEMAS FREQÜENTES conflitos de interesses da própria organização: </li></ul><ul><li>Interesse imediato </li></ul><ul><li>X </li></ul><ul><li>Interesse no longo prazo </li></ul>
  15. 15. <ul><ul><li>REMUNERAÇÃO PRÉ-ESTIPULADA </li></ul></ul><ul><ul><li>CRITÉRIOS : </li></ul></ul><ul><ul><li>qualificação do profissional </li></ul></ul><ul><ul><li>responsabilidade atribuída ao profissional </li></ul></ul><ul><ul><li>padrão de remuneração da organização </li></ul></ul><ul><ul><li>FORMAS : </li></ul></ul><ul><ul><li>salário mensal pré-estipulado </li></ul></ul><ul><ul><li>valor pré-estipulado por hora de trabalho </li></ul></ul><ul><ul><li>valor pré-estipulado por tarefa </li></ul></ul><ul><ul><li>trabalho voluntário (sem remuneração) </li></ul></ul>
  16. 16. <ul><ul><li>REMUNERAÇÃO VARIÁVEL </li></ul></ul><ul><ul><li>CONDICIONADA A DESEMPENHO : </li></ul></ul><ul><ul><li>Remuneração variável adicional por cumprimento de metas previamente acordadas – desde que seja uma política organizacional aplicável a todas as áreas </li></ul></ul><ul><ul><li>Contrato de risco (compartilhado) – com valor pré-estipulado e pagamento sujeito à entrada de recursos </li></ul></ul><ul><ul><li>Pelo Código de Ética da ABCR, é proibida a remuneração por comissionamento </li></ul></ul>
  17. 17. <ul><li>REFERÊNCIAS INTERNACIONAIS </li></ul>
  18. 18. <ul><li>CÓDIGOS DE ÉTICA EM OUTROS PAÍSES </li></ul><ul><li>África do Sul (South African Institute of Fundraising – www.saifundraising.org.za ) </li></ul><ul><li>Alemanha (German Fundraisers Association) </li></ul><ul><li>Austrália (Fundraising Institute of Australia Ltd. – FIA – www.fia.org.au ) </li></ul><ul><li>Coréia (Korean Fundraising Association) </li></ul><ul><li>Estados Unidos (Association of Fundraising Professionals – www.afpnet.org ) </li></ul><ul><li>França (Union pour la Générosité – www.uniongenerosite.org ) </li></ul><ul><li>Holanda (Dutch Association of Fundraising Organizations) </li></ul><ul><li>Irlanda (Fundraising Institute of Ireland) </li></ul>
  19. 19. <ul><li>CÓDIGOS DE ÉTICA EM OUTROS PAÍSES ( continuação ) </li></ul><ul><li>Itália (Association of Italian Fundraisers)  </li></ul><ul><li>Nova Zelândia (Fundraising Institute of New Zealand – FINZ – www.finz.org.nz/ScriptContent/Index.cfm ) </li></ul><ul><li>Quênia (Kenya Association of Fundraising Professionals – KAFP) </li></ul><ul><li>Reino Unido (Institute of Fundraising – www.institute-of-fundraising.org.uk ) </li></ul><ul><li>Suécia (Swedish Fundraising Council – www.frii.a.se/index6.shtml ) </li></ul><ul><li>Suíca (Swiss Association for Fundraising Professionals) </li></ul><ul><li>Europa (European Fundraising Association – </li></ul><ul><li>www.efa-net.org ) </li></ul><ul><li>Leste Europeu (Institute of Fundraising in the NIS Countries) </li></ul>
  20. 20. <ul><li>CÓDIGO UNIVERSAL DE ÉTICA NA CAPTAÇÃO DE RECURSOS </li></ul><ul><ul><li>Doações / recursos </li></ul></ul><ul><ul><li>Partes interessadas ( stakeholders ) </li></ul></ul><ul><ul><li>Transparência e comunicação </li></ul></ul><ul><ul><li>Prestação de contas </li></ul></ul><ul><ul><li>Remuneração / custos </li></ul></ul><ul><ul><li>Respeito à legislação </li></ul></ul>
  21. 21. Muito obrigado! www.captacao.org falecom@captacao.org COPYLEFT © ABCR: É permitida a reprodução parcial ou integral deste material desde que citada a fonte.

×