Novos Programas de Português IX

20.623 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Esportes, Tecnologia
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.623
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10.259
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
375
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Novos Programas de Português IX

  1. 1.
  2. 2. Em jeito de epígrafe…<br />«A gramática, a mesma árida gramática, transforma-se em algo parecido a uma feitiçaria evocatória; as palavras ressuscitam revestidas de carne e osso, o substantivo, em sua majestade substancial, o adjectivo, roupa transparente que o veste e dá cor como um verniz, e o verbo, anjo do movimento que dá impulso à frase.»<br />Charles Beaudelaire<br />
  3. 3. CEL – Conhecimento Explícito da Língua<br />Endereços úteis e de apoio:<br /><ul><li> Dicionário Terminológico </li></ul>http://dt.dgidc.min-edu.pt/<br /><ul><li>Gramática.pt</li></ul>http://area.dgidc.min-edu.pt/GramaTICa/<br /><ul><li> Fórum Gramática.pt</li></ul>http://moodle.dgidc.min-edu.pt/course/view.php?id=2<br /><ul><li> Porto Editora</li></ul>http://www.portoeditora.pt/newsletter/desafioeducacao/flipbooks/ensino_gramatica/index.html<br />
  4. 4. CEL – Conhecimento Explícito da Língua<br />SINTAXE – Funções Sintácticas<br />AO NÍVEL DA FRASE<br />FUNÇÕES<br />SINTÁCTICAS<br />INTERNAS AO <br />GRUPO VERBAL<br />INTERNAS AO <br />GRUPO NOMINAL<br />INTERNAS AO GRUPO ADJECTIVAL<br />
  5. 5. CEL – Conhecimento Explícito da Língua<br />SINTAXE – Funções Sintácticas<br />SIMPLES<br />SUJEITO<br />COMPOSTO<br />NULO<br />PREDICADO<br />AO NÍVEL <br />DA FRASE<br />MODIFICADOR<br />VOCATIVO<br />
  6. 6. EXEMPLOS<br />MODIFICADOR<br />“Função sintáctica desempenhada por constituintes não seleccionados por nenhum elemento do grupo sintáctico de que fazem parte. Por não serem seleccionados, a sua omissão geralmente não afecta a gramaticalidade de uma frase.” DT<br />A Ana cantou ontem.<br />A Ana cantou naquele dia.<br />A Ana cantou quando tu chegaste de França.<br />A Ana cantou naquela sala.<br />Felizmente, a Ana cantou.<br />A Ana cantou daquela maneira.<br />
  7. 7. CEL – Conhecimento Explícito da Língua<br />SINTAXE – Funções Sintácticas<br />DIRECTO<br />INDIRECTO<br />COMPLEMENTO<br />OBLÍQUO<br />AGENTE DA PASSIVA<br />INTERNAS AO <br />GRUPO VERBAL<br />MODIFICADOR<br />DO SUJEITO<br />PREDICATIVO<br />DO COMPLEMENTO DIRECTO<br />
  8. 8. COMPLEMENTO OBLÍQUO – FORMAS E EXEMPLOS<br />Formas do complemento oblíquo:<br />Grupo adverbial<br />A Fada portou-se mal.<br />Se falas depressa ninguém te entende!<br />Moras aí?<br />2. Grupo preposicional<br />Eu ocupo-me das crianças.<br />A Helena pensa em ti.<br />Não renuncio aos meus direitos.<br />Acabas de pactuar com uma injustiça.<br />
  9. 9. EXEMPLOS<br />Predicativodo ComplementoDirecto<br />“Função sintáctica desempenhada pelo constituinte seleccionado por um verbo transitivo predicativo <br />(achar, chamar, considerar, julgar, tratar, eleger, nomear...)<br />(crer, encontrar, fazer, proclamar e sinónimos – Cunha&Cintra)<br />que predica algo acerca do complemento directo.” DT<br />Considero o Zé inteligente.<br />Nomeio a Ana secretária de turma.<br />Proclamo o Brasil independente.<br />
  10. 10. PROBLEMAS<br />Predicativodo Sujeito<br />“O pior é a demora do vapor” (Vitorino Nemésio)<br />A demora do vapor é o pior<br />CIBERDÚVIDAS <br />O sujeito e o nome predicativo do sujeito em «Foram eles os vencedores»<br />
  11. 11. PROBLEMAS<br />Predicativodo ComplementoDirecto<br />Predicativo do CD?<br />Modificador restritivo?<br />«O Diabo condenou o Fidalgo amancebado ao Inferno» Ciberdúvidas<br />C Oblíquo<br />CD<br />
  12. 12. CEL – Conhecimento Explícito da Língua<br />SINTAXE – Funções Sintácticas<br />COMPLEMENTO DO NOME<br />INTERNAS AO <br />GRUPO NOMINAL<br />RESTRITIVO<br />MODIFICADOR<br />APOSITIVO<br />
  13. 13. EXEMPLOS<br />Modificador restritivo<br />O rapaz gordo chegou.<br />O rapaz de barba é meu aluno.<br />O rapaz que tu conheces chegou.<br />Os lobos que vivem no Parque Peneda-Gerês estão em vias de extinção.<br />Complemento do nome<br />A construção do edifício parece-me difícil.<br />A pesca baleeira tem vindo a aumentar.<br />A oferta de livrosàs bibliotecas escolares é importante.<br />Os carros agasolina estão mais caros.<br />
  14. 14. CEL – Conhecimento Explícito da Língua<br />SINTAXE – Funções Sintácticas<br />COMPLEMENTO <br />DO <br />ADJECTIVO<br />INTERNAS AO <br />GRUPO ADJECTIVAL<br />“Complemento seleccionado por um adjectivo. O complemento do adjectivo pode ser um grupo preposicional (oracional ou não oracional). Os complementos do adjectivo são, muitas vezes, de preenchimento opcional.” DT<br />
  15. 15. EXEMPLOS<br />COMPLEMENTO DO ADJECTIVO<br />O João está contentepor te ter convidado.<br />O João está contentecom a situação.<br />
  16. 16. DÚVIDAS DA ÚLTIMA SESSÃO<br />CD <br />Quero que repares nas flores. <br />GV <br />* Quanto à identificação de TODOS os constituintes frásicos, em subdivisões constantes, não se deve ultrapassar o razoável e o possível…<br />
  17. 17. DÚVIDAS DA ÚLTIMA SESSÃO<br />O homem velho permanecena velha casa. <br />A Laura estáaqui. <br />A formação éhoje. <br />PREDICATIVO DO SUJEITO<br />… porque são verbos copulativos. <br />CIBERDÚVIDAS<br />Complementocircunstancial vs. complementooblíquo/modificador<br />Os complementos circunstanciais, mais uma vez<br />
  18. 18. Exercícios <br /> Predicativo do Sujeito ou Predicativo do Complemento Directo?<br />A tua mãe permanece aborrecida.<br />Mas eu não sou uma fada.<br />Tu não estavas aqui. <br />Acho esta história fantástica.<br />O exame é agora.<br />A menina continua sem alegria. <br />A Rainha das Fadas elegeu-a protectora da floresta.<br />
  19. 19. FIM<br />

×