Fernando Pessoa (1888-1935)
Fernando Pessoa (1888-1935)O poeta é por consenso nacional o maior vate nacional no século XX, suaobra multifacetada, e os...
Tenho em mim todos os sonhos domundo
Fernando pessoa na m biblioteca
Vieira da Silva (1908-1992)
Vasco Santana (1898-1958)
No ano de 1958 falecia em Lisboa o actor Vasco SantanaTodos nós recordamos com saudade o divertido actor,.Vasco Santana er...
Vasco Santana
António Variações (1944-1984)
António Variações, cantor e compositor, teve uma carreira muito curta,Mas suficiente para se impor no panorama musical do ...
Herminia Silva (1913-1993)
Herminia Silva, a fadista mais castiça de Portugal, no teatro de RevistaEra ímpar, nos ultimos anos de vida enveredou ( e ...
Al Berto (1948-1997)E AO ANOITECERe ao anoitecer adquires nome de ilha ou de vulcãodeixas viver sobre a pele uma criança d...
Alberto Raposo Pidwell Tavares, pseudónioartístico….AL BERTOAl Berto, poeta, editore animador cultural.É como poeta que se...
EUGÉNIO DE ANDRADE(1923-2005)
Eugénio de Andrade, pseudónio literário de José Fontinhas,natural do Fundão, mas desde 1950 fixou residência na cidade doP...
Este power point foi feito por TimeuBibliografia consultadas:«O Grande livros dos Portugueses»«Larousse, Enciclopédia Mode...
Fernando pessoa (1888 1935)
Fernando pessoa (1888 1935)
Fernando pessoa (1888 1935)
Fernando pessoa (1888 1935)
Fernando pessoa (1888 1935)
Fernando pessoa (1888 1935)
Fernando pessoa (1888 1935)
Fernando pessoa (1888 1935)
Fernando pessoa (1888 1935)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fernando pessoa (1888 1935)

238 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Fernando pessoa (1888 1935)

  1. 1. Fernando Pessoa (1888-1935)
  2. 2. Fernando Pessoa (1888-1935)O poeta é por consenso nacional o maior vate nacional no século XX, suaobra multifacetada, e os seus heterónimos é de génio.É o percursor do modernismo nas letras portuguesas, colaborou nasrevistas Portugal Futurista, Contemporanea, e na revistaOrpheu, vanguarda dos artistas vindouros.Em vida só publicou um livro “MENSAGEM”, publicava versos a vulso nasrevistas citadas.Os seus heterónimos mais badalados são o Ricardo Reis, AlbertoCaeiro, Álvaro de Campos e o Bernardo Soares.Não foi persona bem vista pelo ditador Salazar, por motivos políticos foiimpedido de exercer a função de bibliotecário na Biblioteca Nacional.Timeu
  3. 3. Tenho em mim todos os sonhos domundo
  4. 4. Fernando pessoa na m biblioteca
  5. 5. Vieira da Silva (1908-1992)
  6. 6. Vasco Santana (1898-1958)
  7. 7. No ano de 1958 falecia em Lisboa o actor Vasco SantanaTodos nós recordamos com saudade o divertido actor,.Vasco Santana era cabeça de cartaz nas peças de teatro e nos filmes emQue participava.A Revista à Portuguesa a ele muito deve, ainda hoje as suas rábulas sãohoje imitadas por grandes actores.
  8. 8. Vasco Santana
  9. 9. António Variações (1944-1984)
  10. 10. António Variações, cantor e compositor, teve uma carreira muito curta,Mas suficiente para se impor no panorama musical do seu tempo.Passados 29 anos ainda se sente a sua influência na música portuguesa.
  11. 11. Herminia Silva (1913-1993)
  12. 12. Herminia Silva, a fadista mais castiça de Portugal, no teatro de RevistaEra ímpar, nos ultimos anos de vida enveredou ( e bem ) pelo fado cançãosatírico e crítico com pinceladas de humor.
  13. 13. Al Berto (1948-1997)E AO ANOITECERe ao anoitecer adquires nome de ilha ou de vulcãodeixas viver sobre a pele uma criança de lumea paciência o amor o abandono das palavraso sileêncioe a dificil arte da melancolia
  14. 14. Alberto Raposo Pidwell Tavares, pseudónioartístico….AL BERTOAl Berto, poeta, editore animador cultural.É como poeta que setorna conhecido.Recebeu o prémioPEN CLUB de POESIA em 1987Deixou-nos uma obracomposta de livros de poesia ealguns de prosa e um textopara teatro
  15. 15. EUGÉNIO DE ANDRADE(1923-2005)
  16. 16. Eugénio de Andrade, pseudónio literário de José Fontinhas,natural do Fundão, mas desde 1950 fixou residência na cidade doPorto, e nesta cidade veio a falecer a 13 de Junho de 2005.Sempre foi adverso às vidas mundanas, nunca preveligiou as saídassociais, quiçá venha daí o desconhecimento do grande publico sobre estepoeta.Foi agraciado com alguns prémios literários: O maior foi o Prémio Camões em 2001
  17. 17. Este power point foi feito por TimeuBibliografia consultadas:«O Grande livros dos Portugueses»«Larousse, Enciclopédia Moderna»FotografiaGoogle «Imagens» e do próprio

×