Apresentação de Governança

1.041 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada na Semana da Gestão e Governança da TI.

Evento realizado pelo Instituto Infnet entre os dias 25/10/2010 e 29/10/2010.

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Apresentação de Governança

  1. 1. Semana de Gestão e Governança da TI Vídeo de Abertura
  2. 2. A Visão Estratégica No Planejamento e nas Iniciativas de Governança de TI – Inovar para Sobreviver por Vanderlei Martinianos
  3. 3. Governança Corporativa
  4. 4. Conceituação Básica Governança corporativa é compreendida como o sistema de administração e de tomada de decisões que as empresas adotam.
  5. 5. Governança de TI
  6. 6. Conceituação Básica Governança de TI é uma das disciplinas da Governança Corporativa Focada na Tecnologia da Informação
  7. 7. Principal objetivo É que a prática da governança deve observar é o de propiciar, ao longo do tempo, o maior nível de transparência e desenvolvimento da empresa, tendo como objetivo a maximização de seu valor de mercado e retorno aos acionistas ou investidores.
  8. 8. PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS:  Transparência (disclosure)  Eqüidade (fairness)  Prestação de Contas (accountability)  Cumprimento das Leis (compliance)  Ética
  9. 9. Governança Corporativa significa:  Maior valor de mercado;  Maior facilidade de captação; e  Mais eficiência na gestão da empresa.
  10. 10. Desenvolvimento da empresa pode ser enfocado segundo dois vetores: o quantitativo e o qualitativo
  11. 11. Desenvolvimento quantitativo podemos evidenciar o crescimento:  das receitas,  da quantidade de bens e serviços vendida,  dos lucros,  da capacidade produtiva,  da força de trabalho, etc.
  12. 12. Desenvolvimento qualitativo, pode-se destacar :  a imagem da empresa nos mercados e nas comunidades onde atua  o reconhecimento de sua(s) marca(s) pelo mercado,  o nível tecnológico de seus processos produtivos e de seus produtos  a qualidade de seus produtos e serviços,  a inserção internacional das atividades (globalização),  a sustentabilidade de seu desempenho,  a ética de suas atividades,  a responsabilidade com o meio ambiente
  13. 13. Casos BARINGS ENRON WORDCOM
  14. 14. Principais ocorrências: • Práticas de gestão informais pelo Gerente Geral – Nicholas Leeson (alta confiança); • Linhas de comando e supervisão nebulosas (desenho organizacional inadequado); • Acumulava as funções de chefe do pregão (mesa de operações) e também do back office (registro das operações e do seu margeamento) (ausência de segregação de funções); • limites operacionais diários eram desrespeitados, operações não autorizadas e sem sanção (ausência de controle); • Auditoria Interna (aderência das transações às normas) realizada por funcionários incapacitados (ausência de capacitação e compliance). • Necessidade de falsificação de documentos para encobrir as fraudes (objeto da prisão).
  15. 15. Principais ocorrências: • Gestão temerária – elevado risco assumido; • Valorização artificial de opções de ações (stock options) recebidas como bonificação por desempenho, que proporcionaram distribuições excessivas de lucros; • Conflito de interesses com a Andersen (Auditoria/Consultoria); • Manipulação contábil dos resultados e sonegação de impostos – restituição indevida de impostos no valor de US$ 386 milhões, por conta de atividades/exclusão de dívidas de aproximadamente 900 empresas que operavam em paraísos fiscais.
  16. 16. Maior fraude contabilística da história norte-americana Principal responsável – Bernard Ebbers (Fundador e Presidente); Principais ocorrências: • Valorização artificial de ações, por meio de compra das próprias ações; • Omissão de dívidas, resultando num inchaço artificial do Lucro; • Envio de comunicados falsos à SEC - órgão regulador do mercado de capitais americano
  17. 17. A Ética e a Governança Corporativa andam sempre juntas. Uma empresa pode ter os melhores princípios de Ética e não ter boa Governança Corporativa. A Recíproca não é verdadeira.
  18. 18. Você Pode não ter un Einstein em sua Empresa
  19. 19. Mas você tem um Time
  20. 20. Mas muitas vezes a situação que você se encontra é esta….
  21. 21. E você está perdendo marketshare por não entender bem o que se passa.
  22. 22. Parece que o que você vê não está tão claro
  23. 23. E por mais que você tente o Quadro não se modifica.
  24. 24. E você continua a perder Receita e não consegue ver um futuro muito brilhante para seus negócios
  25. 25. Você sabe que as inovações que o mercado demanda de seu business não são implementadas
  26. 26. E você acredita que pode estar sendo ludibriado pela sua falta de visão ou pela falta de visão de quem está em seu entorno.
  27. 27. Por mais que você tente …..
  28. 28. Você sabe que há um problema: Suas Visão precisará mudar para fazer frente à demanda de inovações. Sua governança faz uso de várias ferramentas de controle mas ainda lhe falta algo.
  29. 29. Mas você tem as ferramentas corretas, Seu time é perfeito, você está preparado, Porém os números em seu balanço contábil não refletem isso.
  30. 30. É hora de tomar uma decisão, mas qual?
  31. 31. Vamos então ao ponto: temos metas
  32. 32. E talvez precisemos renascer de alguma forma
  33. 33. Exemplo de Inovadores Eles falharam porém não desistiram e hoje são modelo
  34. 34. Temos Modelos e vencedores a seguir. Ray Kurzweil é um inventor, milionário e agora lídera o movimento que ele chama de Singularity.
  35. 35. Mas o que eles tem a nos dizer sobre governança? Richard Branson, criou um império com as empresas Virgin no Inglaterra.
  36. 36. Jimmy Wales é o executivo à Frente da Wikipedia.
  37. 37. Talvez sejam nossos modelos e possamos aprenser com as falha deles e com seus sucessos.
  38. 38. Modelos Inovadores, que certamente estão amparados na boa governança.
  39. 39. Eike Batista é um dos homens mais ricos do mundo.
  40. 40. O Facebook hoje tem quase 1 bilhão de usuários.
  41. 41. Vamos Falar das Ferramentas de Governança Sua empresa certamente usa uma delas como apoio para gerir a governança
  42. 42. Balanced Score Cards - BSC
  43. 43. Seis Sigma (6σ)
  44. 44. Esta técnica procura eliminar defeitos em Serviços ou linha de Produção
  45. 45. O percentual de defeitos ou reclamações por milhão de produção aceitos em cada nível
  46. 46. Six Sigma
  47. 47. Instituto de Gestão de Projetos
  48. 48. Para gerir os projetos em sua organização, eis o PMBok Para aqueles que buscam certificação este guia é mandatório.
  49. 49. Afinal sem planejar seus custos e escopo, você não vai longe.
  50. 50. Aqui uma visão geral do PMBOK versão 4 As áreas apregoadas pelo PMI
  51. 51. Project in Controlled Environments 2
  52. 52. Itil
  53. 53. Não se esqueça das armadilhas, você pode estar com a visão errada das coisas ou mesmo precisando ver as coisas por outro ótica.
  54. 54. COBIT
  55. 55. Capability Maturity Model
  56. 56. Tudo isso parece um quebra-cabeça
  57. 57. E você parece ter de se tornar um super-herói para gerir tudo isso, para controlar. Sua organiação precisa de superpoderes.
  58. 58. Você tem de treinar pessoas…
  59. 59. Incentivar e liderar times
  60. 60. Mas parece não haver tempo pra isso.
  61. 61. Modelo de Governança
  62. 62. Cultura Organizacional
  63. 63. Aqui temos alguns estilo de Cultura. Você sabe qual é a do seu negócio?
  64. 64. Estilo de Liderança
  65. 65. Você não sabe trabalha em time?
  66. 66. Ou Centraliza todas as decisão e não é de estilo participativo.?
  67. 67. Exponencialidade
  68. 68. Seus produtos, serviços e negócios podem ficar obsoletos antes se solidificarem prontos como foi o caso do FAX, Do ZIP Drive, etc…
  69. 69. Gordon Moore – autor da Lei de Moore
  70. 70. Lei de Moore exemplificando a evolução exponencial da Tecnologia
  71. 71. Lei de Moore
  72. 72. Esta é a Lei de Bob MetCalf…. Mas não iremos discutí-la aqui.
  73. 73. Este é o Bob Metcalf ,
  74. 74. A onda Wiki veio pra Ficar
  75. 75. Você em breve irá cuidar da governança gerir algum tipo de projeto baseado nesta nova forma de organização.
  76. 76. Sustentabilidade
  77. 77. Este é o triângulo da Sustentabilidade
  78. 78. Sua Governança Precisa ser inovadora a ponto de considerar a sustentabilidade dos negócios e do planeta, assegurando a sua própria sustentabilidade e o futuro das gerações.
  79. 79. Inovação
  80. 80. Estratégia
  81. 81. Planejamento Estratégico e de Tecnologia
  82. 82. Visão Empreendedora
  83. 83. Conclusão Há método para Gerir a governaça e em última instância para se Gerir a inovação. Ter visão de estragista (longo prazo) para as atividades de planejamento corporativo e tecnológico irá demandar algumas adaptações para que seu negócio sobreviva nos próximos anos. A mudança começa em você e agora.
  84. 84. Obrigado pela Sua participação Vanderlei Martinianos , MBA ( Consultor da FGV Projetos) Tel 21 – 9891-0600 martinianos@martinianos.com

×