Reds estudo ticeduca2010

623 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
623
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reds estudo ticeduca2010

  1. 1. RECURSOS EDUCATIVOS DIGITAIS: CONTRIBUTOS PARA O DIAGNÓSTICO DA SITUAÇÃO EM PORTUGAL TICEDUCA2010 Lisboa
  2. 2. CONCEITO  “Recurso educativo digital é um artefacto armazenado e acessível num computador, concebido com objectivos educacionais, com identidade e autonomia relativamente a outros objectos e com padrões de qualidade adequados.” [Ramos, J.L.,Teodoro,V.D., Ferreira, F.M., Carvalho, J.M. e Maio,V., 2006]
  3. 3. Enquadramento: o estudo estratégico ESTRATÉGIA DIAGNÓSTICO REPOSITÓRIO MODELOS INTERNACIONAIS
  4. 4. Estratégia de recursos educativos digitais ESTRATÉGIA ORGANIZAÇÃO AVALIAÇÃO PRODUÇÃO
  5. 5. Visão  Existência de recursos educativos digitais em qualidade e quantidade suficiente às necessidades do sistema de ensino
  6. 6. Pergunta de Investigação  Quais são as percepções dos principais actores no que diz respeito aos recursos educativos digitais (existência, partilha e acesso, produção, organização e uso)?
  7. 7. Métodos  GAO : “Gap analysis and opportunities”  Inventário de recursos digitais em Portugal  Focus-group com stakeholders  Entrevistas a alunos
  8. 8. Resultados  Existência de recursos educativos digitais  Acesso e partilha  Produção  Organização e avaliação  Uso de recursos
  9. 9. Existência de recursos educativos digitais Situação actual Falhas e Oportunidades Percepção contraditória sobre a existência de recursos : entre a escassez e a abundância Faltam estudos com dados de maior abrangência Reconhecimento geral da importância dos recursos educativos digitais Faltam estudos sobre os utilizadores dos recursos educativos digitais Percepção geral de que a qualidade dos recursos é muito variável Faltam estudos de mercado, em particular sobre o mercado de recursos educativos digitais, em Portugal Percepção geral de falta de protecção das pessoas mas, também, dos conteúdos e dos recursos existentes
  10. 10. Acesso e partilha Situação actual Falhas e Oportunidades O acesso das famílias àsTIC é uma realidade cada vez mais notória Escassez de repositórios, por falta de infra-estrutura tecnológica, de equipamentos e de recursos humanos devidamente preparados Diversas entidades dedicam-se à produção de recursos educativos digitais. Dificuldades em adoptar e aplicar sistemas de metadados que permitam a pesquisa, a acessibilidade e a partilha dos recursos educativos digitais Alguns dos repositórios de recursos existentes beneficiam de catalogação e de sistemas de indexação As escolas não dispõem de meios e recursos para criar os seus próprios repositórios de recursos educativos.
  11. 11. Produção Situação actual Falhas e Oportunidades O número de entidades que se dedicam à produção de recursos educativos digitais é reduzido O sector produtivo em Portugal, embora com algum crescimento nos últimos anos, é insuficiente (poucas empresas) e fragmentado Os modelos de negócio são igualmente limitados: o número de empresas que tomam como actividade principal a produção de recursos educativos digitais, em exclusivo, é muito restrito. A não existência de uma estratégia de aquisição de recursos educativos digitais por parte do sistema educativo A investigação mostra que, para produzir recursos educativos de qualidade, são necessárias condições (tecnologias, software , formação, etc.) É escassa a cobertura dos recursos educativo. Envolvimento de entidades da sociedade civil na produção de recursos
  12. 12. Organização Situação actual Falhas e Oportunidades Os professores, os alunos e as famílias têm dificuldades em encontrar e em conhecer os conteúdos e os recursos existentes, sobretudo os recursos disponíveis naWeb; Falhas na organização dos recursos existentes o que resulta em conteúdos e recursos difíceis de encontrar Os recursos em formato CD-ROM disponíveis têm um preço que, para muitos portugueses, é elevado. Desenvolvimento de alternativas no domínio dos recursos abertos? Não existe um sistema de avaliação e de certificação de conteúdos e de recursos educativos digitais. SACAUSEF: desenvolvido desde 2005
  13. 13. Uso de recursos Situação actual Falhas e Oportunidades Os Professores deveriam ter acesso a informação de contexto acerca dos recursos, de forma a promover a sua integração na prática pedagógica. Necessidade de mais estudos sobre a utilização educativa de recursos digitais em Portugal. Uma visão dos recursos apenas baseada no produto é uma barreira para a inovação dos próprios recursos e do modo como podem ser integrados no currículo Criação e institucionalização de iniciativas destinadas às escolas (em forma de projecto, v.g.) que forneçam não só os contextos necessários ao apoio dos professores para a integração dasTIC e dos recursos na sua prática educativa, como, também, algumas das condições mínimas de sucesso.
  14. 14. Conclusões  Necessidade de medidas de política educativa que promovam a existência de recursos educativos de qualidade  Implementar sistema de avaliação de recursos educativos digitais  Consolidação e divulgação do Portal das Escolas (Portal das Escolas ou Portal do Ministério?)
  15. 15. Limitações do estudo  Uma abordagem qualitativa, com escasso número de participantes no estudo
  16. 16. FIM

×