Pucsp2001 1dia (1) parte_001

282 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
282
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pucsp2001 1dia (1) parte_001

  1. 1. bLeia a tira abaixo.Calvin, o garotinho assustado da tira, é muito pequenopara entender que pontos situados a diferentes distân-cias do centro de um disco em rotação têma) mesma freqüência, mesma velocidade angular emesma velocidade linear.b) mesma freqüência, mesma velocidade angular ediferentes velocidades lineares.c) mesma freqüência, diferentes velocidades angula-res e diferentes velocidades lineares.d) diferentes freqüências, mesma velocidade angular ediferentes velocidades lineares.e) diferentes freqüências, diferentes velocidadesangulares e mesma velocidade linear.ResoluçãoPara um sólido em rotação uniforme os pontos nãopertencentes ao eixo de rotação têm o mesmo períodoT, a mesma freqüência f e a mesma velocidade angularωω. A velocidade linear V é proporcional à distância R aoeixo de rotação (V = ωR).cAo iniciar a travessia de um túnel retilíneo de 200 me-tros de comprimento, um automóvel de dimensõesdesprezíveis movimenta-se com velocidade de 25 m/s.Durante a travessia, desacelera uniformemente, sain-do do túnel com velocidade de 5 m/s. O módulo de suaaceleração escalar, nesse percurso, foi dea) 0,5 m/s2 b) 1,0 m/s2 c) 1,5 m/s2d) 2,0 m/s2 e) 2,5 m/s2ResoluçãoAplicando-se a equação de Torricelli:V2 = V02 + 2 γ ∆s(5)2 = (25)2 + 2 γ 20025 = 625 + 400 γ400 γ = –600γ = –1,5m/s2Resposta: CdPodemos abrir uma porta aplicando uma força→→F emum ponto localizado próximo à dobradiça (figura 1) ouexercendo a mesma força→→F em um ponto localizadolonge da dobradiça (figura 2). Sobre o descrito, écorreto afirmar quea) a porta abre-se mais facilmente na situação da figura30|γ| = 1,5m/s22928OBJETIVO PUC (1º Dia) Dezembro/200010FÍSICA
  2. 2. 1, porque o momento da força→→F aplicada é menor.b) a porta abre-se mais facilmente na situação da figura1, porque o momento da força→→F aplicada é maior.c) a porta abre-se mais facilmente na situação da figura2, porque o momento da força→→F aplicada é menor.d) a porta abre-se mais facilmente na situação da figura2, porque o momento da força→→F aplicada é maior.e) não há diferença entre aplicarmos a força maisperto ou mais longe da dobradiça, pois o momentode→→F independe da distância d entre o eixo derotação e o ponto de aplicação da força.ResoluçãoO momento da força→F tem módulo M dado por:M = F donde d é o braço da força, isto é, a distância da linha deação da força ao pólo considerado.A porta é aberta mais facilmente na situação da figura2 porque sendo o braço d maior, o respectivo mo-mento de→F também será maior.eO carrinho da figura tem massa 100 g e encontra-seencostado em uma mola de constante elástica 100N/m comprimida de 10 cm (figura 1). Ao ser libertado,o carrinho sobe a rampa até a altura máxima de 30 cm(figura 2). O módulo da quantidade de energiamecânica dissipada no processo, em joules, éFigura 1Figura 2a) 25000 b) 4970 c) 4700d) 0,8 e) 0,2ResoluçãoA energia mecânica dissipada é a diferença entre aenergia mecânica inicial E0 e a energia mecânica finalEf.Para um referencial fixo no plano de apoio temos:E0 = = (0,1)2 (J)Ef = mgH = 0,1 . 10 . 0,3 (J)Nota: Adotamos g = 10m/s2cLeia com atenção a tira do gato Garfield mostradaadiante e analise as afirmativas que se seguem.I- Garfield, ao esfregar suas patas no carpete de lã, ad-quire carga elétrica. Esse processo é conhecido co-mo sendo eletrização por atrito.II- Garfield, ao esfregar suas patas no carpete de lã,adquire carga elétrica. Esse processo é conhecidocomo sendo eletrização por indução.III- O estalo e a eventual faísca que Garfield podeprovocar, ao encostar em outros corpos, sãodevidos à movimentação da carga acumulada nocorpo do gato, que flui de seu corpo para os outroscorpos.Estão certasa) I, II e III. b) I e II. c) I e III.d) II e III. e) apenas I.ResoluçãoI. Verdadeira. Em virtude do atrito há transferência deelétrons de um corpo para outro. O corpo que ga-nha elétrons fica eletrizado com carga negativa e ocorpo que perde elétrons fica eletrizado com cargapositiva.II. Falsa.III. Verdadeira. O gato fica eletrizado com carga nega-tiva que pode ser descarregada ao entrar em con-tato com outros corpos que estejam em potencialdiferente.a3332Ed = E0 – Ef = 0,2JEf = 0,3JE0 = 0,5J100––––2kx2–––231OBJETIVO PUC (1º Dia) Dezembro/200011
  3. 3. Os passarinhos, mesmo pousando sobre fios condu-tores desencapados de alta tensão, não estão sujeitosa choques elétricos que possam causar-lhes algumdano. Qual das alternativas indica uma explicação cor-reta para o fato?a) A diferença de potencial elétrico entre os doispontos de apoio do pássaro no fio (pontos A e B) équase nula.b) A diferença de potencial elétrico entre os doispontos de apoio do pássaro no fio (pontos A e B) émuito elevada.c) A resistência elétrica do corpo do pássaro épraticamente nula.d) O corpo do passarinho é um bom condutor de cor-rente elétrica.e) A corrente elétrica que circula nos fios de alta tensãoé muito baixa.ResoluçãoComo os pontos A e B estão relativamente próximos,a resistência elétrica entre eles é quase nula e a dife-rença de potencial entre A e B é praticamente nula.Não havendo, praticamente, diferença de potencial en-tre A e B não há qualquer problema para o pássaro.eUm aquecedor de imersão (ebulidor) dissipa 200 W depotência, utilizada totalmente para aquecer 100 g deágua, durante 1 minuto. Qual a variação detemperatura sofrida pela água? Considere 1 cal = 4 J ecágua = 1 cal/g°C.a) 120°C b) 100°C c) 70°Cd) 50°C e) 30°CResoluçãoUsando-se a equação fundamental da Calorimetria:Q = m c ∆θComo:Pot = ⇒ Pot ∆t = Qentão:Pot ∆t = m c ∆θSendo:Pot = 200W = cal/s = 50cal/s∆t = 1min = 60svem:50 . 60 = 100 . 1 . ∆θbUma onda senoidal que se propaga por uma corda (co-mo mostra a figura) é produzida por uma fonte quevibra com uma freqüência de 150 Hz. O comprimentode onda e a velocidade de propagação dessa onda sãoa) λ = 0,8 m e v = 80 m/sb) λ = 0,8 m e v = 120 m/sc) λ = 0,8 m e v = 180 m/sd) λ = 1,2 m e v = 180 m/se) λ = 1,2 m e v = 120 m/sResoluçãoλ = . 2 (m)Usando-se a equação fundamental da Ondulatória,vem:V = λ fV = 0,8 . 150 (m/s)V = 120m/sλ = 0,8m1,2––––335∆θ = 30°C200–––4Q–––∆t34OBJETIVO PUC (1º Dia) Dezembro/200012
  4. 4. dUma lâmina de vidro de faces paralelas está imersa naágua. Sabe-se que o vidro é um meio mais refringenteque a água e, portanto, seu índice de refração é maiorque o da água. Para um raio de luz monocromática quepassa da água para o vidro e chega novamente à água(figura), o gráfico que melhor representa a variação desua velocidade de propagação em função do tempo é36OBJETIVO PUC (1º Dia) Dezembro/200013

×