SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
BLOG MATEMÁTICA & DINHEIRO
www.matematicaedinheiro.blogspot.com.br
CONCURSO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS FUZILEIROS NAVAIS TURMAS I E II/2011
BLOG MATEMÁTICA & DINHEIRO
www.matematicaedinheiro.blogspot.com.br
Resolução da prova de Matemática Fuzileiro Naval 2011
Prof.: Thieres Machado
aulastm@bol.com.br
26.
5 voltas em torno de uma praça circular.
Devemos saber o comprimento da praça, isto é, o comprimento C da circunferência: C 2. .r= π , onde r é o raio.
r = 12 e 3,14π = - Vamos calcular o comprimento da praça circular:
C = 2.3,14.12 = 75,36 m (comprimento de 1 volta), então 5 voltas ×75,36 = 376,8 m. letra C
27.
Notação Científica é a representação de um número através de um produto da forma: a.10n
, onde
1 a 10≤ < e n é um número inteiro.
Observação: o número dado a tem que ficar entre 1(inclusivo) e 10 (exclusivo).
Vejamos:
I) 6.000.000.000 = 6,0 . 109
(CORRETA)
Veja que deslocamos a vírgula 9 casas decimais para a direita, até o número ficar entre 1 e 10, no caso 6.
II) 0,0000000567 = 56,7 . 10-8
(ERRADA)
Veja que 56,7 é maior do que 10 e o deslocamento foi de 9 casas decimais e não 8. O correto deveria ser:
0,0000000567 = 5,67 . 10-8
.
Observação: o expoente ficou negativo, pois estamos aumentando o valor do número, logo devemos diminuir
no expoente.
III) 1.598.000.000 = 1,598 . 107
(ERRADA)
Veja que o deslocamento foi de 9 casas decimais e não 7. O correto deveria ser: 1,598 . 109
. letra A
28.
Em problemas desse tipo, fica mais fácil utilizar a técnica de supor um determinado valor para fazer os
cálculos, esse valor pode ser um número fácil de operar, veja:
Suponhamos um valor de R$ 100,00. Vamos analisar as alternativas:
A) Calculando os descontos sucessivos de 10%:
100 - 10% de 100 = 100 - 10%.100 = 90.
90 - 10% de 90 = 90 - 10%.90 = 81.
Total de desconto = 100 - 81 = 19 e
Como R$ 100,00 equivale ao todo 100%, 19 equivalerá em relação a 100, a 19% e não a 20%. (FALSO)
Por uma regra de três simples encontramos o valor de 19%!
B) Calculando os aumentos sucessivos de 15%:
100 + 15% de 100 = 100 + 15%.100 = 115.
115 + 15% de 115 = 115 + 15%.115 = 132,25
Total de aumento = 132,25 - 100 = 32,25 e
Como R$ 100,00 equivale a 100%, 32,25 equivalerá em relação a 100, a 32,25% e não 30%. (FALSO)
C) Calculando o desconto de 10%:
100 - 10% de 100 = 100 - 10%.100 = 90.
Calculando o aumento de 20%:
90 + 20% de 90 = 90 + 20%.90 = 108.
Total de aumento = 108 - 100 = 8 e
Como R$ 100,00 equivale a 100%, 8 equivalerá em relação a 100, a 8%. (CERTA)
D) Calculando o aumento de 20%:
100 + 20% de 100 = 100 + 20%.100 = 120.
Calculando o desconto de 10%:
120 - 10% de 120 = 120 - 10%.120 = 108.
Total de aumento = 108 - 100 = 8.
Já vimos que esse valor equivale a 8% e não a 10%. (FALSO)
E) Calculando o amento de 15%:
100 + 15%.100 = 115.
Calculando o desconto de 25%:
115 - 25%.115 = 86,25.
Total de desconto = 100 - 86,25 = 28,75, que equivale em relação a 100, a 28,75% e não a 5%. (FALSO)
letra C
29.
(V) 5x2
- 5y2
= 5(x2
- y2
) = 5(x + y)(x - y)
(F) a2
+ x2
+ 2x - 1 = x(x + 2) + a2
- 1 = x(x + 2) + (a + 1)(a - 1)
(V) 3x2
- 6x + 3 = 3(x2
- 2x + 1) = 3(x - 1)(x - 1) = 3(x - 1)2
letra B
30.
1ª Solução: Para comparar frações, vamos reduzi-las ao mesmo denominador, assim comparamos somente os
numeradores. Veja:
13 2 5
p ;q ;r
24 3 8
= = = , calculando o mmc(24,8,3) = 24. Portanto,
13 16 15
p ;q ;r
24 24 24
= = = , temos denominadores iguais, vamos comparar os numeradores, onde
13 < 15 < 16, então p < r < q
2ª Solução: Vamos transformar as frações em números decimais, dividindo o numerador pelo denominador e
depois comparar:
13
p 0,541666...
24
= = ;
2
q 0,666...
3
= = ;
5
r 0,625
8
= = , portanto 0,541666...< 0,625 < 0,666..., logo
p < r < q
letra A
31.
Média aritmética ponderada de dois ou mais números é o quociente da soma dos produtos desse números pela
soma dos respectivos pesos.
No problema os pesos são 5, 6 e 3.
Média Ponderada =
5.1,70 6.1,75 3.1,80
1,74
5 6 3
+ +
≅
+ +
m - letra C
32. am
: an
= am - n
letra B
33.
Número natural primo é aquele que possui somente dois divisores, o 1 e o próprio número.
Analisando as alternativas:
A) Temos o número 10 que não é primo, pois é divisível por 1, 2, 5 e 10.
B) 2, 3 e 7 são números primos.
C) 15 não é primo.
D) 4 não é primo.
E) 4, 10 e 15 não são primos.
letra B
34.
O conjunto A dado é o conjunto dos números inteiros maiores do que ou igual a - 4 e menores do que ou igual
a 1, isto é, A = { }x Z / 4 x 1∈ − ≤ ≤ .
letra C
35.
Para calcularmos a quantidade de litros que cabe no reservatório devemos antes calcular o volume do
paralelepípedo que é dado por V = c.l.h (produto do comprimento pela largura pela altura) e depois
observamos a seguinte equivalência: 1m3
~ 1000 l (1000 l de água ocupam um espaço de 1m3
). Mas antes
observe também que: 80 cm = 0,80 m e 60 cm = 0,60 m.
Cálculo do volume: C = 1,2 . 0,8 . 0,6 = 0,576 m3
Cálculo da capacidade:
1m3
~ 1000 l
0,576 m3
~ x
x = 576 l (capacidade do reservatório)
letra D
36.
Transcrevendo o problema para a "linguagem Matemática":
30% da 1/4 de 6400 =
1 30 1 30 6400
30% 6400 6400 480
4 100 4 400
×
× × = × × = = .
letra A
37.
Perímetro é a soma das medidas dos lados, portanto, devemos saber as
medidas dos lados da figura, sendo que duas já sabemos 7m e 4m, o problema
se encontra nos degraus. Mas observe que: projetamos a parte horizontal dos
degraus no lado que mede 7 m e veremos que a somas das partes também
medirá 7m e fazemos o mesmo com a parte vertical dos degraus, projetando
sobre o lado vertical 4m, observamos que a soma das partes também medirá
4m. Assim, Perímetro = 7m + 7m + 4m + 4m = 22m.
letra D
38.
letra E
39.
29
1
3 13 1 12 65 10 87
87 1 295 4 2 20 20M 1,45
3 3 3 20 3 20
+ +
+ +
= = = = × = = .
letra B
40.
Observe que como os pelotões fazem adestramento de 15 em 15 e de 18 em 18 dias, a quantidade de dias que
realizarão um novo adestramento juntos deve ser um número múltiplo de 15 e de 18 ao mesmo tempo, isto é,
para coincidir o mesmo dia para ambos os pelotões.
Devemos então, calcular o mmc(15,18).
15 = 3.5
18 = 2.32
Observe os fatores não comuns e comuns e de maior expoente: 32
, 2 e 5. Fazendo o produto deles, vem:
mmc(15,18) = 2.32
.5 = 90 (menor múltiplo comum entre 15 e 18).
O adestramento coincidirá após 90 dias.
letra E
41.
42.
Sabemos que a tangente de um ângulo é a razão entre o cateto
oposto e o cateto adjacente a esse ângulo, portanto:
tg 30° =
L 3 L 150 1,73
3L 150 3 L 86,5m
150 3 150 3
×
⇔ = ⇔ = ⇔ = = .
Observe que a área sombreada será obtida pela diferença entre a área do
quadrado e a área do círculo de raio 2 m, pois o centro do círculo inscrito coincide
com o centro do quadrado. Temos diâmetro do círculo igual ao lado do quadrado,
daí o raio = 2m.
Asombreada = Aquadrado - Acírculo = 42
- 3,14.22
= 3,44 m2
.
letra E
Temos: ˆ ˆ ˆAOB 40 ;BOC 80 ;AOD ?= ° = ° = e OD é bissetriz.
ˆ ˆ ˆAOC AOB BOC 40 80 120 .= + = °+ ° = ° Como OD é bissetriz (divide o
ângulo em outros dois ângulos congruentes), vem:
ˆAOC 120ˆ ˆCOD AOD 60 .
2 2
°
= = = = °
letra D
43.
Sendo f : N R→ , temos que seu domínio é N (natural), portanto x só poderá assumir valores naturais, isto é,
o conjunto de partida da função f é N (natural), valores que a variável x poderá assumir.
f(x) = 2x2
- 7x + 5
f(x) = 0
2x2
- 7x + 5 = 0
( ) ( )( )
2
7 4 2 5 9∆ = − = , logo
5
x N( 7) 9 7 3
x 2
2.2 4
x 1

= ∉− − ± ± 
= = ⇔ 
 =
. Observamos que x = 5/2 não pertence ao
conjunto dos números naturais, então x não poderá assumir este valor, temos x =1.
letra B
44.
1ª Solução: utilizando o algoritmo das divisões sucessivas.
Primeiro calculamos o mdc(56,40).
Agora calculamos o mdc(8,36), isto é, o mdc entre o mdc(56,40) = 8 e 36:
Obtendo assim o mdc (36,40,56) = 4
2ª Solução: utilizando decomposição em fatores primos.
Primeiro decompomos os números em fatores primos.
36 = 22
.32
40 = 23
.5
56 = 23
.7
Agora, fazemos o produto entre os fatores comuns elevados ao menor expoente. Neste caso só temos o fator 2
comum e o de menor expoente é 22
, portanto mdc(36,40,56) = 22
= 4.
letra A
45.
0,2 toneladas = 200 kg (1tonelada = 1000 kg) = 200000 g (1kg = 1000 g).
500 sacos de 100 g cada = 500 . 100 = 50000 g.
200000 g - 50000 g = 150000 g (sobraram após encher os sacos de 100 g).
150000 g = 150 kg.
Precisamos encher x sacos de 1 kg e dispomos de 150 kg, portanto x =
150kg
150
1kg
= sacos.
letra D
46.
Na figura temos um pentágono, cuja soma S dos ângulos internos é dada pela expressão S = 180°.(n - 2), onde
n representa o número de lados do polígono. Calculamos, portanto a soma dos ângulos internos de um
pentágono (5 lados): S = 180°.(5 - 2) = 180°.3 = 540°. daí, vem que:
x + 25° + x + 25° + x + x + x = 540°, logo x = 98° e x + y = 180° (ângulos suplementares), então y = 82°,
também x + z = 180° (ângulos suplementares), então z = 57°. letra B
47.
Vamos resolver o sistema pelo método da soma, então antes devemos fazer algumas substituições.
2
6x 2y 23x y 1
2x 2y 12x 2y 1
×
+ = + = → 
⊕ 
− =− = 
3
8x 3 x
8
= ⇔ = e 3x + y = 1
3 9 1
y 1 3x y 1 3. 1 .
8 8 8
⇔ = − → = − = − = −
x + y =
2
2
3 1 3 1 2 1
.
8 8 8 8 8 4
÷
÷
 
+ − = − = = 
 
letra C
48.
( )
2
7 1,25 0,2 7 0,25 6,75
3.
2 0,25 2,253,6 1,8 0,5
− × −
= = =
+÷ +
letra D
49.
Juros = J = ?
Capital = C = 5000
Taxa = i = 90% a.a. = 90/100
Período = t = 2 anos
letra C
50.
Como só temos decimais periódicos podemos proceder do seguinte modo antes:
7
0,0707...
99
= e
8
0,888...
9
= .
7
0,2929... 0,222... 0,0707... 7 9 799 . .
80,555... 0,333... 0,888... 99 8 88
9
−
= = = =
+
letra E
Observação: a subtração e soma acima só foram possíveis, pois os números são decimais periódicos
(números racionais), sabemos que o período (29, 22, 5 e 3) irá se repetir infinitamente, logo teremos o mesmo
período para a parte decimal do resultado da subtração (0707...) e da soma (888...).
Agradecemos a Gabriel Paiva pelo envio da prova.
Blog Matemática & Dinheiro
J = c.i.t
J =
90
5000. .2
100
= 9000 reais de juros

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

9 ano-lista-02-areas-volumes
9 ano-lista-02-areas-volumes9 ano-lista-02-areas-volumes
9 ano-lista-02-areas-volumesElizabeth Correia
 
Restrição e prolongamento de uma função: Exercícios resolvidos
Restrição e prolongamento de uma função:  Exercícios resolvidosRestrição e prolongamento de uma função:  Exercícios resolvidos
Restrição e prolongamento de uma função: Exercícios resolvidosnumerosnamente
 
Razões trigonométricas no triângulo retângulo
Razões trigonométricas no triângulo retânguloRazões trigonométricas no triângulo retângulo
Razões trigonométricas no triângulo retânguloSandra Barreto
 
Cap 7-ângulos e triângulos
Cap 7-ângulos e triângulosCap 7-ângulos e triângulos
Cap 7-ângulos e triângulosFelipe Ferreira
 
Exercícios 01 PA - Aluno
Exercícios 01  PA - AlunoExercícios 01  PA - Aluno
Exercícios 01 PA - AlunoAna Paula Silva
 
Cesgranrio banco do brasil 2018
Cesgranrio banco do brasil 2018Cesgranrio banco do brasil 2018
Cesgranrio banco do brasil 2018Arthur Lima
 
Sistemas Lineares 2equacoes 2incognitas
Sistemas Lineares 2equacoes 2incognitasSistemas Lineares 2equacoes 2incognitas
Sistemas Lineares 2equacoes 2incognitastioheraclito
 
Prova do 8º ano do auzanir
Prova do 8º ano do auzanirProva do 8º ano do auzanir
Prova do 8º ano do auzaniralunosderoberto
 
87996543 conicas-exercicios-resolvidos
87996543 conicas-exercicios-resolvidos87996543 conicas-exercicios-resolvidos
87996543 conicas-exercicios-resolvidosPatricia Oliveira
 
1 atividade 9 ano 21 conjunto dos numeros reais
1 atividade 9 ano 21 conjunto dos numeros reais1 atividade 9 ano 21 conjunto dos numeros reais
1 atividade 9 ano 21 conjunto dos numeros reaisWashington Rocha
 
Ap geometria plana resolvidos
Ap geometria plana resolvidosAp geometria plana resolvidos
Ap geometria plana resolvidostrigono_metrico
 
Exercicios de trigonometria 9 ano
Exercicios  de trigonometria 9 anoExercicios  de trigonometria 9 ano
Exercicios de trigonometria 9 anoElisabete Ferreira
 
Perguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maiorPerguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maiorFábio Brito
 
Geometria Plana - Exercícios
Geometria Plana - ExercíciosGeometria Plana - Exercícios
Geometria Plana - ExercíciosEverton Moraes
 
Lista 01 exercícios de função do 1º grau
Lista 01 exercícios de função do 1º grauLista 01 exercícios de função do 1º grau
Lista 01 exercícios de função do 1º grauManoel Silva
 

Mais procurados (20)

05 area das figuras planas
05 area das figuras planas05 area das figuras planas
05 area das figuras planas
 
9 ano-lista-02-areas-volumes
9 ano-lista-02-areas-volumes9 ano-lista-02-areas-volumes
9 ano-lista-02-areas-volumes
 
Ângulos (8º ano)
Ângulos (8º ano)Ângulos (8º ano)
Ângulos (8º ano)
 
Restrição e prolongamento de uma função: Exercícios resolvidos
Restrição e prolongamento de uma função:  Exercícios resolvidosRestrição e prolongamento de uma função:  Exercícios resolvidos
Restrição e prolongamento de uma função: Exercícios resolvidos
 
Razões trigonométricas no triângulo retângulo
Razões trigonométricas no triângulo retânguloRazões trigonométricas no triângulo retângulo
Razões trigonométricas no triângulo retângulo
 
Cap 7-ângulos e triângulos
Cap 7-ângulos e triângulosCap 7-ângulos e triângulos
Cap 7-ângulos e triângulos
 
Exercícios 01 PA - Aluno
Exercícios 01  PA - AlunoExercícios 01  PA - Aluno
Exercícios 01 PA - Aluno
 
9 ano trigonometria
9 ano trigonometria9 ano trigonometria
9 ano trigonometria
 
Cesgranrio banco do brasil 2018
Cesgranrio banco do brasil 2018Cesgranrio banco do brasil 2018
Cesgranrio banco do brasil 2018
 
Sistemas Lineares 2equacoes 2incognitas
Sistemas Lineares 2equacoes 2incognitasSistemas Lineares 2equacoes 2incognitas
Sistemas Lineares 2equacoes 2incognitas
 
Prova do 8º ano do auzanir
Prova do 8º ano do auzanirProva do 8º ano do auzanir
Prova do 8º ano do auzanir
 
87996543 conicas-exercicios-resolvidos
87996543 conicas-exercicios-resolvidos87996543 conicas-exercicios-resolvidos
87996543 conicas-exercicios-resolvidos
 
1 atividade 9 ano 21 conjunto dos numeros reais
1 atividade 9 ano 21 conjunto dos numeros reais1 atividade 9 ano 21 conjunto dos numeros reais
1 atividade 9 ano 21 conjunto dos numeros reais
 
Ap geometria plana resolvidos
Ap geometria plana resolvidosAp geometria plana resolvidos
Ap geometria plana resolvidos
 
Análise combinatória II - exercícios - AP 20
Análise combinatória II - exercícios - AP 20 Análise combinatória II - exercícios - AP 20
Análise combinatória II - exercícios - AP 20
 
Exercicios de trigonometria 9 ano
Exercicios  de trigonometria 9 anoExercicios  de trigonometria 9 ano
Exercicios de trigonometria 9 ano
 
Perguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maiorPerguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maior
 
Geometria Plana - Exercícios
Geometria Plana - ExercíciosGeometria Plana - Exercícios
Geometria Plana - Exercícios
 
DESCRITORES/ 9º ANO
DESCRITORES/ 9º ANODESCRITORES/ 9º ANO
DESCRITORES/ 9º ANO
 
Lista 01 exercícios de função do 1º grau
Lista 01 exercícios de função do 1º grauLista 01 exercícios de função do 1º grau
Lista 01 exercícios de função do 1º grau
 

Destaque

Gabarito colegio naval_2011_2_fase_comentado_1
Gabarito colegio naval_2011_2_fase_comentado_1Gabarito colegio naval_2011_2_fase_comentado_1
Gabarito colegio naval_2011_2_fase_comentado_12marrow
 
Apostila Fuzileiro Naval 2015 - Saiba Como Conseguir Apostila Completa
Apostila Fuzileiro Naval 2015 - Saiba Como Conseguir Apostila CompletaApostila Fuzileiro Naval 2015 - Saiba Como Conseguir Apostila Completa
Apostila Fuzileiro Naval 2015 - Saiba Como Conseguir Apostila CompletaDaniel Alex Xavier
 
Resolução prova matematica naval 2008 2009
Resolução prova matematica naval 2008   2009Resolução prova matematica naval 2008   2009
Resolução prova matematica naval 2008 2009cavip
 
Formação do oficial fuzileiro naval
Formação do oficial fuzileiro navalFormação do oficial fuzileiro naval
Formação do oficial fuzileiro navalFalcão Brasil
 
CGCFN-1003 - Manual Básico do Fuzileiro Naval
CGCFN-1003 - Manual Básico do Fuzileiro NavalCGCFN-1003 - Manual Básico do Fuzileiro Naval
CGCFN-1003 - Manual Básico do Fuzileiro NavalFalcão Brasil
 
340 questões de raciocínio lógico
340 questões de raciocínio lógico340 questões de raciocínio lógico
340 questões de raciocínio lógicoMARIOJR2013
 

Destaque (6)

Gabarito colegio naval_2011_2_fase_comentado_1
Gabarito colegio naval_2011_2_fase_comentado_1Gabarito colegio naval_2011_2_fase_comentado_1
Gabarito colegio naval_2011_2_fase_comentado_1
 
Apostila Fuzileiro Naval 2015 - Saiba Como Conseguir Apostila Completa
Apostila Fuzileiro Naval 2015 - Saiba Como Conseguir Apostila CompletaApostila Fuzileiro Naval 2015 - Saiba Como Conseguir Apostila Completa
Apostila Fuzileiro Naval 2015 - Saiba Como Conseguir Apostila Completa
 
Resolução prova matematica naval 2008 2009
Resolução prova matematica naval 2008   2009Resolução prova matematica naval 2008   2009
Resolução prova matematica naval 2008 2009
 
Formação do oficial fuzileiro naval
Formação do oficial fuzileiro navalFormação do oficial fuzileiro naval
Formação do oficial fuzileiro naval
 
CGCFN-1003 - Manual Básico do Fuzileiro Naval
CGCFN-1003 - Manual Básico do Fuzileiro NavalCGCFN-1003 - Manual Básico do Fuzileiro Naval
CGCFN-1003 - Manual Básico do Fuzileiro Naval
 
340 questões de raciocínio lógico
340 questões de raciocínio lógico340 questões de raciocínio lógico
340 questões de raciocínio lógico
 

Semelhante a Matemática e Finanças

36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho
36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho
36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junhoAndre Somar
 
Solu‡æo da prova de rq anpad 2009 junho
Solu‡æo da prova de rq anpad 2009 junhoSolu‡æo da prova de rq anpad 2009 junho
Solu‡æo da prova de rq anpad 2009 junhoAndre Somar
 
Prova do Colégio Militar do Rio de Janeiro, COMENTADA
Prova do Colégio Militar do Rio de Janeiro, COMENTADAProva do Colégio Militar do Rio de Janeiro, COMENTADA
Prova do Colégio Militar do Rio de Janeiro, COMENTADAthieresaulas
 
6935889 anpadfev2003
6935889 anpadfev20036935889 anpadfev2003
6935889 anpadfev2003Andre Somar
 
Solucoes comentadas matematica_uerj_univ
Solucoes comentadas matematica_uerj_univSolucoes comentadas matematica_uerj_univ
Solucoes comentadas matematica_uerj_univOswaldo Stanziola
 
Cesgranrio transpetro resolvida
Cesgranrio transpetro resolvidaCesgranrio transpetro resolvida
Cesgranrio transpetro resolvidaArthur Lima
 
prof.Calazans(Mat. e suas tecnologias)-Simulado comentado 01
prof.Calazans(Mat. e suas tecnologias)-Simulado comentado 01prof.Calazans(Mat. e suas tecnologias)-Simulado comentado 01
prof.Calazans(Mat. e suas tecnologias)-Simulado comentado 01ProfCalazans
 

Semelhante a Matemática e Finanças (20)

36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho
36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho
36489696 solucao-da-prova-de-rq-anpad-2009-junho
 
Solu‡æo da prova de rq anpad 2009 junho
Solu‡æo da prova de rq anpad 2009 junhoSolu‡æo da prova de rq anpad 2009 junho
Solu‡æo da prova de rq anpad 2009 junho
 
Prova do Colégio Militar do Rio de Janeiro, COMENTADA
Prova do Colégio Militar do Rio de Janeiro, COMENTADAProva do Colégio Militar do Rio de Janeiro, COMENTADA
Prova do Colégio Militar do Rio de Janeiro, COMENTADA
 
Fin a01
Fin a01Fin a01
Fin a01
 
Resolvida 2.1 pagina 5
Resolvida 2.1 pagina 5Resolvida 2.1 pagina 5
Resolvida 2.1 pagina 5
 
Matematica 2015
Matematica 2015Matematica 2015
Matematica 2015
 
Fin a01
Fin a01Fin a01
Fin a01
 
6935889 anpadfev2003
6935889 anpadfev20036935889 anpadfev2003
6935889 anpadfev2003
 
Solucoes comentadas matematica_uerj_univ
Solucoes comentadas matematica_uerj_univSolucoes comentadas matematica_uerj_univ
Solucoes comentadas matematica_uerj_univ
 
Anpad fev-2003
Anpad fev-2003Anpad fev-2003
Anpad fev-2003
 
Gv economia 1fase_2010
Gv economia 1fase_2010Gv economia 1fase_2010
Gv economia 1fase_2010
 
Sf1n3 2018
Sf1n3 2018Sf1n3 2018
Sf1n3 2018
 
10052014
1005201410052014
10052014
 
Cesgranrio transpetro resolvida
Cesgranrio transpetro resolvidaCesgranrio transpetro resolvida
Cesgranrio transpetro resolvida
 
Matemática - Tipo C
Matemática - Tipo CMatemática - Tipo C
Matemática - Tipo C
 
24052014
2405201424052014
24052014
 
prof.Calazans(Mat. e suas tecnologias)-Simulado comentado 01
prof.Calazans(Mat. e suas tecnologias)-Simulado comentado 01prof.Calazans(Mat. e suas tecnologias)-Simulado comentado 01
prof.Calazans(Mat. e suas tecnologias)-Simulado comentado 01
 
Matemática - Tipo A
Matemática - Tipo AMatemática - Tipo A
Matemática - Tipo A
 
03052014
0305201403052014
03052014
 
08022014
0802201408022014
08022014
 

Mais de thieresaulas

Prova, Questões do Concurso para Soldado da Polícia Militar do Espírito Santo
Prova, Questões do Concurso para Soldado da Polícia Militar do Espírito SantoProva, Questões do Concurso para Soldado da Polícia Militar do Espírito Santo
Prova, Questões do Concurso para Soldado da Polícia Militar do Espírito Santothieresaulas
 
Resolução EsSA 2013-14
Resolução EsSA 2013-14Resolução EsSA 2013-14
Resolução EsSA 2013-14thieresaulas
 
Exercícios: TRIÂNGULOS
Exercícios: TRIÂNGULOSExercícios: TRIÂNGULOS
Exercícios: TRIÂNGULOSthieresaulas
 
Apostila de Geometria Espacial - Prismas
Apostila de Geometria Espacial - PrismasApostila de Geometria Espacial - Prismas
Apostila de Geometria Espacial - Prismasthieresaulas
 
Exercícios: noções de conjuntos e conjuntos numéricos
Exercícios: noções de conjuntos e conjuntos numéricosExercícios: noções de conjuntos e conjuntos numéricos
Exercícios: noções de conjuntos e conjuntos numéricosthieresaulas
 
Testes de Raciocínio Lógico: "suficiência lógica"
Testes de Raciocínio Lógico: "suficiência lógica"Testes de Raciocínio Lógico: "suficiência lógica"
Testes de Raciocínio Lógico: "suficiência lógica"thieresaulas
 
Vestibular UERJ 2013 - 1º exame de qualificação
Vestibular UERJ 2013 - 1º exame de qualificaçãoVestibular UERJ 2013 - 1º exame de qualificação
Vestibular UERJ 2013 - 1º exame de qualificaçãothieresaulas
 
Vestibular Matemática cederj 2012.2
Vestibular Matemática cederj 2012.2Vestibular Matemática cederj 2012.2
Vestibular Matemática cederj 2012.2thieresaulas
 
Simulado de Matemática
Simulado de MatemáticaSimulado de Matemática
Simulado de Matemáticathieresaulas
 
Exercícios de Análise Combinatória
Exercícios de Análise CombinatóriaExercícios de Análise Combinatória
Exercícios de Análise Combinatóriathieresaulas
 
Exercícios de progressões: Aritmética e Geométrica
Exercícios de progressões: Aritmética e GeométricaExercícios de progressões: Aritmética e Geométrica
Exercícios de progressões: Aritmética e Geométricathieresaulas
 
Potências - Vestibular
Potências - VestibularPotências - Vestibular
Potências - Vestibularthieresaulas
 
Exercícios para concurso - V1
Exercícios para concurso - V1Exercícios para concurso - V1
Exercícios para concurso - V1thieresaulas
 

Mais de thieresaulas (14)

Prova, Questões do Concurso para Soldado da Polícia Militar do Espírito Santo
Prova, Questões do Concurso para Soldado da Polícia Militar do Espírito SantoProva, Questões do Concurso para Soldado da Polícia Militar do Espírito Santo
Prova, Questões do Concurso para Soldado da Polícia Militar do Espírito Santo
 
Resolução EsSA 2013-14
Resolução EsSA 2013-14Resolução EsSA 2013-14
Resolução EsSA 2013-14
 
Exercícios: TRIÂNGULOS
Exercícios: TRIÂNGULOSExercícios: TRIÂNGULOS
Exercícios: TRIÂNGULOS
 
Apostila de Geometria Espacial - Prismas
Apostila de Geometria Espacial - PrismasApostila de Geometria Espacial - Prismas
Apostila de Geometria Espacial - Prismas
 
Exercícios: noções de conjuntos e conjuntos numéricos
Exercícios: noções de conjuntos e conjuntos numéricosExercícios: noções de conjuntos e conjuntos numéricos
Exercícios: noções de conjuntos e conjuntos numéricos
 
Testes de Raciocínio Lógico: "suficiência lógica"
Testes de Raciocínio Lógico: "suficiência lógica"Testes de Raciocínio Lógico: "suficiência lógica"
Testes de Raciocínio Lógico: "suficiência lógica"
 
Vestibular UERJ 2013 - 1º exame de qualificação
Vestibular UERJ 2013 - 1º exame de qualificaçãoVestibular UERJ 2013 - 1º exame de qualificação
Vestibular UERJ 2013 - 1º exame de qualificação
 
Vestibular Matemática cederj 2012.2
Vestibular Matemática cederj 2012.2Vestibular Matemática cederj 2012.2
Vestibular Matemática cederj 2012.2
 
Simulado de Matemática
Simulado de MatemáticaSimulado de Matemática
Simulado de Matemática
 
Exercícios de Análise Combinatória
Exercícios de Análise CombinatóriaExercícios de Análise Combinatória
Exercícios de Análise Combinatória
 
Exercícios de progressões: Aritmética e Geométrica
Exercícios de progressões: Aritmética e GeométricaExercícios de progressões: Aritmética e Geométrica
Exercícios de progressões: Aritmética e Geométrica
 
Porcentagem
Porcentagem  Porcentagem
Porcentagem
 
Potências - Vestibular
Potências - VestibularPotências - Vestibular
Potências - Vestibular
 
Exercícios para concurso - V1
Exercícios para concurso - V1Exercícios para concurso - V1
Exercícios para concurso - V1
 

Último

Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzAlexandrePereira818171
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 

Último (20)

Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 

Matemática e Finanças

  • 1. BLOG MATEMÁTICA & DINHEIRO www.matematicaedinheiro.blogspot.com.br CONCURSO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS FUZILEIROS NAVAIS TURMAS I E II/2011
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5. BLOG MATEMÁTICA & DINHEIRO www.matematicaedinheiro.blogspot.com.br Resolução da prova de Matemática Fuzileiro Naval 2011 Prof.: Thieres Machado aulastm@bol.com.br 26. 5 voltas em torno de uma praça circular. Devemos saber o comprimento da praça, isto é, o comprimento C da circunferência: C 2. .r= π , onde r é o raio. r = 12 e 3,14π = - Vamos calcular o comprimento da praça circular: C = 2.3,14.12 = 75,36 m (comprimento de 1 volta), então 5 voltas ×75,36 = 376,8 m. letra C 27. Notação Científica é a representação de um número através de um produto da forma: a.10n , onde 1 a 10≤ < e n é um número inteiro. Observação: o número dado a tem que ficar entre 1(inclusivo) e 10 (exclusivo). Vejamos: I) 6.000.000.000 = 6,0 . 109 (CORRETA) Veja que deslocamos a vírgula 9 casas decimais para a direita, até o número ficar entre 1 e 10, no caso 6. II) 0,0000000567 = 56,7 . 10-8 (ERRADA) Veja que 56,7 é maior do que 10 e o deslocamento foi de 9 casas decimais e não 8. O correto deveria ser: 0,0000000567 = 5,67 . 10-8 . Observação: o expoente ficou negativo, pois estamos aumentando o valor do número, logo devemos diminuir no expoente. III) 1.598.000.000 = 1,598 . 107 (ERRADA) Veja que o deslocamento foi de 9 casas decimais e não 7. O correto deveria ser: 1,598 . 109 . letra A 28. Em problemas desse tipo, fica mais fácil utilizar a técnica de supor um determinado valor para fazer os cálculos, esse valor pode ser um número fácil de operar, veja: Suponhamos um valor de R$ 100,00. Vamos analisar as alternativas: A) Calculando os descontos sucessivos de 10%: 100 - 10% de 100 = 100 - 10%.100 = 90. 90 - 10% de 90 = 90 - 10%.90 = 81. Total de desconto = 100 - 81 = 19 e Como R$ 100,00 equivale ao todo 100%, 19 equivalerá em relação a 100, a 19% e não a 20%. (FALSO) Por uma regra de três simples encontramos o valor de 19%! B) Calculando os aumentos sucessivos de 15%: 100 + 15% de 100 = 100 + 15%.100 = 115. 115 + 15% de 115 = 115 + 15%.115 = 132,25 Total de aumento = 132,25 - 100 = 32,25 e Como R$ 100,00 equivale a 100%, 32,25 equivalerá em relação a 100, a 32,25% e não 30%. (FALSO)
  • 6. C) Calculando o desconto de 10%: 100 - 10% de 100 = 100 - 10%.100 = 90. Calculando o aumento de 20%: 90 + 20% de 90 = 90 + 20%.90 = 108. Total de aumento = 108 - 100 = 8 e Como R$ 100,00 equivale a 100%, 8 equivalerá em relação a 100, a 8%. (CERTA) D) Calculando o aumento de 20%: 100 + 20% de 100 = 100 + 20%.100 = 120. Calculando o desconto de 10%: 120 - 10% de 120 = 120 - 10%.120 = 108. Total de aumento = 108 - 100 = 8. Já vimos que esse valor equivale a 8% e não a 10%. (FALSO) E) Calculando o amento de 15%: 100 + 15%.100 = 115. Calculando o desconto de 25%: 115 - 25%.115 = 86,25. Total de desconto = 100 - 86,25 = 28,75, que equivale em relação a 100, a 28,75% e não a 5%. (FALSO) letra C 29. (V) 5x2 - 5y2 = 5(x2 - y2 ) = 5(x + y)(x - y) (F) a2 + x2 + 2x - 1 = x(x + 2) + a2 - 1 = x(x + 2) + (a + 1)(a - 1) (V) 3x2 - 6x + 3 = 3(x2 - 2x + 1) = 3(x - 1)(x - 1) = 3(x - 1)2 letra B 30. 1ª Solução: Para comparar frações, vamos reduzi-las ao mesmo denominador, assim comparamos somente os numeradores. Veja: 13 2 5 p ;q ;r 24 3 8 = = = , calculando o mmc(24,8,3) = 24. Portanto, 13 16 15 p ;q ;r 24 24 24 = = = , temos denominadores iguais, vamos comparar os numeradores, onde 13 < 15 < 16, então p < r < q 2ª Solução: Vamos transformar as frações em números decimais, dividindo o numerador pelo denominador e depois comparar: 13 p 0,541666... 24 = = ; 2 q 0,666... 3 = = ; 5 r 0,625 8 = = , portanto 0,541666...< 0,625 < 0,666..., logo p < r < q letra A 31. Média aritmética ponderada de dois ou mais números é o quociente da soma dos produtos desse números pela soma dos respectivos pesos. No problema os pesos são 5, 6 e 3. Média Ponderada = 5.1,70 6.1,75 3.1,80 1,74 5 6 3 + + ≅ + + m - letra C
  • 7. 32. am : an = am - n letra B 33. Número natural primo é aquele que possui somente dois divisores, o 1 e o próprio número. Analisando as alternativas: A) Temos o número 10 que não é primo, pois é divisível por 1, 2, 5 e 10. B) 2, 3 e 7 são números primos. C) 15 não é primo. D) 4 não é primo. E) 4, 10 e 15 não são primos. letra B 34. O conjunto A dado é o conjunto dos números inteiros maiores do que ou igual a - 4 e menores do que ou igual a 1, isto é, A = { }x Z / 4 x 1∈ − ≤ ≤ . letra C 35. Para calcularmos a quantidade de litros que cabe no reservatório devemos antes calcular o volume do paralelepípedo que é dado por V = c.l.h (produto do comprimento pela largura pela altura) e depois observamos a seguinte equivalência: 1m3 ~ 1000 l (1000 l de água ocupam um espaço de 1m3 ). Mas antes observe também que: 80 cm = 0,80 m e 60 cm = 0,60 m. Cálculo do volume: C = 1,2 . 0,8 . 0,6 = 0,576 m3 Cálculo da capacidade: 1m3 ~ 1000 l 0,576 m3 ~ x x = 576 l (capacidade do reservatório) letra D 36. Transcrevendo o problema para a "linguagem Matemática": 30% da 1/4 de 6400 = 1 30 1 30 6400 30% 6400 6400 480 4 100 4 400 × × × = × × = = . letra A 37. Perímetro é a soma das medidas dos lados, portanto, devemos saber as medidas dos lados da figura, sendo que duas já sabemos 7m e 4m, o problema se encontra nos degraus. Mas observe que: projetamos a parte horizontal dos degraus no lado que mede 7 m e veremos que a somas das partes também medirá 7m e fazemos o mesmo com a parte vertical dos degraus, projetando sobre o lado vertical 4m, observamos que a soma das partes também medirá 4m. Assim, Perímetro = 7m + 7m + 4m + 4m = 22m. letra D
  • 8. 38. letra E 39. 29 1 3 13 1 12 65 10 87 87 1 295 4 2 20 20M 1,45 3 3 3 20 3 20 + + + + = = = = × = = . letra B 40. Observe que como os pelotões fazem adestramento de 15 em 15 e de 18 em 18 dias, a quantidade de dias que realizarão um novo adestramento juntos deve ser um número múltiplo de 15 e de 18 ao mesmo tempo, isto é, para coincidir o mesmo dia para ambos os pelotões. Devemos então, calcular o mmc(15,18). 15 = 3.5 18 = 2.32 Observe os fatores não comuns e comuns e de maior expoente: 32 , 2 e 5. Fazendo o produto deles, vem: mmc(15,18) = 2.32 .5 = 90 (menor múltiplo comum entre 15 e 18). O adestramento coincidirá após 90 dias. letra E 41. 42. Sabemos que a tangente de um ângulo é a razão entre o cateto oposto e o cateto adjacente a esse ângulo, portanto: tg 30° = L 3 L 150 1,73 3L 150 3 L 86,5m 150 3 150 3 × ⇔ = ⇔ = ⇔ = = . Observe que a área sombreada será obtida pela diferença entre a área do quadrado e a área do círculo de raio 2 m, pois o centro do círculo inscrito coincide com o centro do quadrado. Temos diâmetro do círculo igual ao lado do quadrado, daí o raio = 2m. Asombreada = Aquadrado - Acírculo = 42 - 3,14.22 = 3,44 m2 . letra E Temos: ˆ ˆ ˆAOB 40 ;BOC 80 ;AOD ?= ° = ° = e OD é bissetriz. ˆ ˆ ˆAOC AOB BOC 40 80 120 .= + = °+ ° = ° Como OD é bissetriz (divide o ângulo em outros dois ângulos congruentes), vem: ˆAOC 120ˆ ˆCOD AOD 60 . 2 2 ° = = = = ° letra D
  • 9. 43. Sendo f : N R→ , temos que seu domínio é N (natural), portanto x só poderá assumir valores naturais, isto é, o conjunto de partida da função f é N (natural), valores que a variável x poderá assumir. f(x) = 2x2 - 7x + 5 f(x) = 0 2x2 - 7x + 5 = 0 ( ) ( )( ) 2 7 4 2 5 9∆ = − = , logo 5 x N( 7) 9 7 3 x 2 2.2 4 x 1  = ∉− − ± ±  = = ⇔   = . Observamos que x = 5/2 não pertence ao conjunto dos números naturais, então x não poderá assumir este valor, temos x =1. letra B 44. 1ª Solução: utilizando o algoritmo das divisões sucessivas. Primeiro calculamos o mdc(56,40). Agora calculamos o mdc(8,36), isto é, o mdc entre o mdc(56,40) = 8 e 36: Obtendo assim o mdc (36,40,56) = 4 2ª Solução: utilizando decomposição em fatores primos. Primeiro decompomos os números em fatores primos. 36 = 22 .32 40 = 23 .5 56 = 23 .7 Agora, fazemos o produto entre os fatores comuns elevados ao menor expoente. Neste caso só temos o fator 2 comum e o de menor expoente é 22 , portanto mdc(36,40,56) = 22 = 4. letra A 45. 0,2 toneladas = 200 kg (1tonelada = 1000 kg) = 200000 g (1kg = 1000 g). 500 sacos de 100 g cada = 500 . 100 = 50000 g. 200000 g - 50000 g = 150000 g (sobraram após encher os sacos de 100 g). 150000 g = 150 kg. Precisamos encher x sacos de 1 kg e dispomos de 150 kg, portanto x = 150kg 150 1kg = sacos. letra D 46. Na figura temos um pentágono, cuja soma S dos ângulos internos é dada pela expressão S = 180°.(n - 2), onde n representa o número de lados do polígono. Calculamos, portanto a soma dos ângulos internos de um pentágono (5 lados): S = 180°.(5 - 2) = 180°.3 = 540°. daí, vem que: x + 25° + x + 25° + x + x + x = 540°, logo x = 98° e x + y = 180° (ângulos suplementares), então y = 82°, também x + z = 180° (ângulos suplementares), então z = 57°. letra B
  • 10. 47. Vamos resolver o sistema pelo método da soma, então antes devemos fazer algumas substituições. 2 6x 2y 23x y 1 2x 2y 12x 2y 1 × + = + = →  ⊕  − =− =  3 8x 3 x 8 = ⇔ = e 3x + y = 1 3 9 1 y 1 3x y 1 3. 1 . 8 8 8 ⇔ = − → = − = − = − x + y = 2 2 3 1 3 1 2 1 . 8 8 8 8 8 4 ÷ ÷   + − = − = =    letra C 48. ( ) 2 7 1,25 0,2 7 0,25 6,75 3. 2 0,25 2,253,6 1,8 0,5 − × − = = = +÷ + letra D 49. Juros = J = ? Capital = C = 5000 Taxa = i = 90% a.a. = 90/100 Período = t = 2 anos letra C 50. Como só temos decimais periódicos podemos proceder do seguinte modo antes: 7 0,0707... 99 = e 8 0,888... 9 = . 7 0,2929... 0,222... 0,0707... 7 9 799 . . 80,555... 0,333... 0,888... 99 8 88 9 − = = = = + letra E Observação: a subtração e soma acima só foram possíveis, pois os números são decimais periódicos (números racionais), sabemos que o período (29, 22, 5 e 3) irá se repetir infinitamente, logo teremos o mesmo período para a parte decimal do resultado da subtração (0707...) e da soma (888...). Agradecemos a Gabriel Paiva pelo envio da prova. Blog Matemática & Dinheiro J = c.i.t J = 90 5000. .2 100 = 9000 reais de juros