PARÂMETRO                   DESCRIÇÃO                                 IMAGEM     SÍNTESE            FUNCIONAL             ...
PARÂMETRO                   DESCRIÇÃO                                  IMAGEM                                             ...
PARÂMETRO                   DESCRIÇÃO                                IMAGEM    SÍNTESE                                    ...
PARÂMETRO                   DESCRIÇÃO                                     IMAGEM                                          ...
PARÂMETRO                   DESCRIÇÃO                                    IMAGEM                     SÍNTESE               ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fichafinal

723 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
723
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
100
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fichafinal

  1. 1. PARÂMETRO DESCRIÇÃO IMAGEM SÍNTESE FUNCIONAL O projeto esta implantado em um terreno rodeado por casas de mesma tipologia e ENTORNO IDENTIFICAR A RELAÇÃO DO EDIFÍCIO COM OS medidas. A fachada noroeste volta-se para a rua, ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS já a fachada sudeste é voltada para o Canal de EDIFICADAS, RELAÇÕES DE PROXIMIDADE, Borneo. A edificação utiliza as paredes laterais DIÁLOGO, INTEGRAÇÃO OU AUTONOMIA das casas vizinhas e a partir delas desenvolve suas fachadas. Lote 18 Demais lotes Canal de Borneo Calçada Rua IMPLANTAÇÃO IDENTIFICAR COMO SE DÁ A OCUPAÇÃO DA PARCELA DO LOTE, A DISPOSIÇÃO DO(S) ACESSO(S) AO LOTE; COMO SE ORGANIZA O AGENCIAMENTO, UMA LEITURA DA RUA PARA O LOTE A edificação ocupa cerca de 100% da área do terreno. Sua fachada frontal encontra-se junto a rua, e sua fachada posterior encontra-se junto á um canal. Suas fachadas laterais encontram-se sem recuo em relação às casas vizinhas. Possui dois acessos em sua fachada frontal, um deles com acesso para carros. Área construída Acesso pedestres Acesso automóveis Canal de Borneo Demais moradias TOPOGRAFIA IDENTIFICAR EM QUE MEDIDA A TOPOGRAFIA DO LOTE INTERFERE NA CONFIGURAÇÃO DO PROJETO TANTO NA GEOMETRIA QUANTO NA VOLUMETRIA O terreno possui duas declividades em sua extensão no sentido noroeste-sudeste. Essas declividades são aproveitadas na configuração final do projeto. Volume da edificação TerrenoFAUeD-UFU - Ateliê de Projetos Integrados IIDuas casas in Borneo - MVRDV - Amsterdã - HolandaBárbara Borges - Heloísa Bocchi - Guilherme Bechelli - Thiago Rodrigues
  2. 2. PARÂMETRO DESCRIÇÃO IMAGEM SÍNTESE IDENTIFICAR A INTERFERÊNCIA DA O ORIENTAÇÃO A fachada sudeste se mantém iluminada SOLAR/ ORIENTAÇÃO SOLAR/INSOLAÇÃO NA CONFIGURAÇÃO NO PROJETO, NA constantemente durante o período da manhã, ao INSOLAÇÃO DETERMINAÇÃO DA LOCALIZAÇÃO DOS contrário da noroeste que não recebe incidência SETORES solar durante todo o dia. A iluminação exterior que também permite que o interior deve ser fornecida com qualquer nível desejado de iluminação. O uso de luzes elétricas no interior é evitado. L CIRCULAÇÃO E IDENTIFICAR COMO AS RELAÇÕES DE ACESSO E CIRCULAÇÃO OCORREM NO INTERIOR DO Térreo 1º Piso 2º Piso 3º Piso ACESSOS LOTE, IDENTIFICAR O(S) ACESSO(S) EXTERIOR - INTERIOR E A COMO SE ORGANIZA A A casa possui sua circulação concentrada CIRCULAÇÃO NO INTERIOR DA EDIFICAÇÃO, em um eixo central, onde localizam-se as OS PRINCIPAIS FLUXOS ENTRE OS AMBIENTES escadas, e um corredor no andar térreo que E/OU SETORES inicia-se na entrada principal da casa e estende- se até as escadas. A residência possui dois acessos exterior- interior, um acesso para a garagem, e o acesso principal, para o interior da casa, ambas as Área de circulação entradas são diretas da rua. Acesso garagem Acesso principal ZONEAMENTO/ IDENTIFICAR OS USOS DOS AMBIENTES E AGRUPÁ-LOS SEGUNDO ZONAS/SETORES SETORIZAÇÃO AFINS E ANALISAR A ARTICULAÇÃO ENTRE OS SETORES Térreo 1º Piso 2º Piso 3º Piso Com exceção do térreo, que é um piso diversificado em suas funções, abrangindo tanto área social (sala de jantar, jardim) e a área de Trabalho serviço (cozinha), garagem, há uma setorização Jardim dos espaço, com cada pavimento exercendo uma Serviço função. O primeiro pavimento é reservado para a Social área social, com uma sala de estar. O segundo Íntimo pavimento se encontra a área íntima, reservado Circulação para a suíte do casal. No terceiro pavimento, foi Garagem feito um espaço de trabalho com um terraço.FAUeD-UFU - Ateliê de Projetos Integrados IIDuas casas in Borneo - MVRDV - Amsterdã - HolandaBárbara Borges - Heloísa Bocchi - Guilherme Bechelli - Thiago Rodrigues
  3. 3. PARÂMETRO DESCRIÇÃO IMAGEM SÍNTESE ANALISAR O ESPAÇO NO INTERIOR DO ORGANIZAÇÃO EDIFÍCIO EM PLANTA E CORTE E AS O projeto atinge quatro andares cada qual ESPACIAL IMPLICAÇÕES DAS SOLUÇÕES ESPACIAIS EM estando conectados com o exterior em sua TERMOS DE CONFORTO, FUNCIONALIDADE, LUMINOSIDADE, RELAÇÕES DE própria maneira individual, sendo térreo AMPLIDÃO/CONFINAMENTO, JOGO DE PISOS composto por uma garagem, um pequeno EM NÍVEIS, ETC. depósito localizado de baixo da escada que dá acesso ao primeiro piso, um desnível que leva a cozinha e ao jardim com vista para o canal. O primeiro piso é um ambiente social com guarda- corpo dando vista para o térreo. Já o segundo piso é um volume deslizado para os fundos, possuindo um quarto espaçoso e um banheiro. O ultimo andar é um escritório com um pequeno terraço. FORMAL GEOMETRIA DA IDENTIFICAR COMO SE ORGANIZAM BIDIMENSIONALMENTE OS ESPAÇOS: DE Quanto a disposição do projeto no terreno, FORMA DE FORMA LINEAR, RADIAL, CONCÊNTRICA, ele ocupa toda a área concebida, não possuindo OCUPAÇÃO RELAÇÕES DE HIERARQUIA, ESTANQUEIDADE E CONTINUIDADE ESPACIAL assim nenhum recuo. Internamente seus ambientes organizam-se em formas geométricas cubicas e retângulares, todos ao redor das escadas. Parede divisória Volume VOLUMETRIA IDENTIFICAR OS PRINCÍPIOS ADOTADOS PARA A PROPOSTA DE VOLUMETRIA: ESPAÇOS DELIMITADOS/DEFINIDOS POR PLANOS, VOLUME ÚNICO, JOGO DE VOLUMES, Por ter sido construído dentro de um VOLUMES DIFERENTES PARA CADA BLOCO DE envelope limitado, a volumetria do projeto é ATIVIDADES, EDIFICAÇÃO SOB SOBRE-TETO, “ESTRATÉGIAS COMPOSITIVAS” SIMÉTRICAS composta por volumes retangulares, planos e OU ASSIMÉTRICAS (DINÂMICAS OU formas racionalizadas e simétricas atendendo a ESTÁTICAS), RELAÇÃO CHEIOS/VAZIOS princípios pós-modernos. O projeto contém um (ABERTURAS/FECHAMENTOS). VERIFICAR QUE ELEMENTOS GERAM A PROPOSTA volume principal, retangular, e um secundário VOLUMÉTRICA: O ENTORNO, O PROGRAMA, A que se desloca do principal e avança na fachada ESTRUTURA OU UMA IDIOSSINCRASIA posterior. QUALQUERFAUeD-UFU - Ateliê de Projetos Integrados IIDuas casas in Borneo - MVRDV - Amsterdã - HolandaBárbara Borges - Heloísa Bocchi - Guilherme Bechelli - Thiago Rodrigues
  4. 4. PARÂMETRO DESCRIÇÃO IMAGEM SÍNTESE IDENTIFICAR QUE ELEMENTOS DA PROPOSTA VOLUMÉTRICA CONFORMAM AS A fachada voltada para a rua é composta por “FACHADAS” OU SE AS FACHADAS SÃO planos retangulares e quadrados de metal e "FACHADAS" vidro, que representam em maior parte portas e INDEPENDENTES; SE HÁ OCORRÊNCIA DE ESTRATÉGIAS COMPOSITIVAS (DE janelas ocupando toda sua extensão. Já a ALINHAMENTOS, MATERIAIS, ETC.) E DO USO fachada voltada para o Canal de Borneo contém DE ORNAMENTOS. uma abertura na parte de trás onde se encontram um pequeno jardim, um volume retangular “deslizado” para fora do projeto e um terraço na parte superior, assim ambas fachadas caracterizadas como pós-modernistas. Fachada voltada para a rua Fachada voltada para o Canal de Borneo CONSTRUTIVO MATERIAIS O OBJETIVO DESTE ITEM É IDENTIFICAR OS DIFERENTES MATERIAIS UTILIZADOS E SUAS Os materiais do projeto são o vidro, utilizado RELAÇÕES COM A FORMA DA CASA E A nas janelas, guarda corpo em algumas portas. O LÓGICA CONSTRUTIVA metal e aço são usados nas esquadrias e na estruturação da casa, as paredes são feitas de madeira e revestidas. Escada Portas Metal/Aço Vidro Madeira revestida Placas metálicas ATRAVÉS DE DESENHOS ANALÍTICOS LÓGICA BUSCA-SE ENTENDER QUAIS SÃO OS ESTRUTURAL DIFERENTES COMPONENTES ESTRUTURAIS DO PROJETO (VIGAS, PILARES, ARCOS, PÓRTICOS, PAREDES ESTRUTURAIS, ETC.) E EVIDENCIAR O PAPEL QUE EXERCEM NO A estruturação da casa é feita a partir de dois CONJUNTO planos que alcançam toda a extensão da casa e são colados nas casas vizinhas. Os volumes Parede estrutural dos volumes se apoiam por eles alem do auxilio de vigas de Vigas de sustentação aço que contribuem para a distribuição do peso Paredes de sustentação interna dessas estruturas.FAUeD-UFU - Ateliê de Projetos Integrados IIDuas casas in Borneo - MVRDV - Amsterdã - HolandaBárbara Borges - Heloísa Bocchi - Guilherme Bechelli - Thiago Rodrigues
  5. 5. PARÂMETRO DESCRIÇÃO IMAGEM SÍNTESE PRETENDE-SE IDENTIFICAR A SOLUÇÃO DE COBERTURA (PLANA, INCLINADA, TELHA, CASCA, MISTA, ETC.) E OS DISTINTOS Formada por uma laje inclinada para a COBERTURA ELEMENTOS QUE A COMPÕE frente da casa, proporciona uma maior altura (MADEIRAMENTO, TELHAS, CALHAS, LAJES, VIGAS, PINGADEIRAS, ARREMATES, ETC.) E dessa em relação a padronização das outras COMPREENDER O FUNCIONAMENTO casas na região. Começa pelo ponto mais alto DESTES COMPONENTES COMO PARTE DE UM SISTEMA ÚNICO do plano da fachada frontal e termina apoiando se no acesso ao deck que fica no último andar. Ducto de ventilação Cobertura ELEMENTOS DE PRETENDE-SE DISTINGUIR OS DIFERENTES ADEQUAÇÃO ELEMENTOS DE ADEQUAÇÃO CLIMÁTICOS - Além das esquadrias convencionais, o FILTROS, VEDAÇÕES, BRISES, EMPENAS -, CLIMÁTICOS CADA UM DELES MARCADO POR MATERIAIS arquiteto utiliza-se de um ducto de ventilação. E FORMAS DE FUNCIONAMENTO DIFERENTES Ventos Exaustor Esquadrias SISTEMAS DE O OBJETIVO NESTE ITEM É IDENTIFICAR A ESPECIFICIDADE DAS ESQUADRIAS DA CASA - ABERTURAS MATERIAIS, FORMAS DE ABRIR, TAMANHOS, As esquadrias da casa são de metal e vidro ETC. e permitem uma maior integração com o exterior assim como ventilação e iluminação. Os tamanhos variam se a esquadria for fixa ou Vidro movel, ocupam quase toda a extensão das Esquadrias faces externas da casa. Esquadrias fixas Esquadrias de móveis de correr Elementos de estruturação FRENTE FUNDOSFAUeD-UFU - Ateliê de Projetos Integrados IIDuas casas in Borneo - MVRDV - Amsterdã - HolandaBárbara Borges - Heloísa Bocchi - Guilherme Bechelli - Thiago Rodrigues FONTE: habitarcidade.files.wordpress.com/2012/02/ficha-de-anc3a1lise.pdf

×