Diretoria do Espírito Santo de Combate às Perdas - DECPDiretoria do Espírito Santo de Combate às Perdas - DECP
Leitor não ...
2
O que são perdas não técnicas?
Transmissão
Distribuição
Geração
Perdas Técnicas:Perdas Técnicas:
-Efeito JouleEfeito Jou...
3
O que causa uma perda não técnica?
- Bypass (Gato)Bypass (Gato)
- Fraudes em MedidoresFraudes em Medidores
- Inversão de...
4
Quais os impactos para a EDP?
 Consumidor Irregular
- Consumo 2,5 vezes maior que o regular
 Bairros com complexidade ...
5
Como combater?
Dificuldade logística:
- Demora na execução do total de inspeções;
. Lentidez no combate → Aumento nas p...
6
Como combater?
 Economia:
- Elevada eficiência nas inspeções: 90%
- Redução de custos (Pré inspeção = 1 eletricista iso...
2. Instalação de Dispositivo Leitor de
Pré-Inspeção
2. Instalação de Dispositivo Leitor de
Pré-Inspeção 3. Tratamento de D...
8
Detalhamento Técnico - Protótipo
Leitor não Invasivo de Baixo Custo para Leitura e Detecção de Furtos Energéticos
via Te...
9
Análise de Viabilidade Econômica
Leitor não Invasivo de Baixo Custo para Leitura e Detecção de Furtos Energéticos
via Te...
12 meses
11.368 inspeções
45,45 reais
X __________________
R$ 5.753.168,26
10
Análise de Viabilidade Econômica
Resultados
...
Resultados
Cenário Atual Valor
Quantidade de Inspeções convencionais 11368
Custo anual das inspeções convencionais R$ 5.75...
.
OBRIGADO!
thiago.lecchi@edpbr.com.br
DECP - Diretoria do Espírito Santo de Combate às Perdas
GE Medição e Serviços Técni...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Leitor não Invasivo de Baixo Custo Para Leitura e Detecção de Furtos Energéticos via Tecnologia Arduíno

422 visualizações

Publicada em

Projeto de construção de um protótipo funcional de fácil instalação, com sistema de medição não intrusivo, utilização de plataforma de processamento de dados Arduíno onde é feita a leitura, o monitoramento e a comunicação de dados via Bluetooth / GPRS para descoberta e rápido regularização/corte de unidades consumidoras em situação real de fraude ou anomalia elétrica.

Publicada em: Engenharia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
422
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • -> Pontos escuros da nova saída lateral dispõe de lâmpadas provisórias.
  • -> Pontos escuros da nova saída lateral dispõe de lâmpadas provisórias.
  • -> Pontos escuros da nova saída lateral dispõe de lâmpadas provisórias.
  • -> Pontos escuros da nova saída lateral dispõe de lâmpadas provisórias.
  • -> Pontos escuros da nova saída lateral dispõe de lâmpadas provisórias.
  • -> Pontos escuros da nova saída lateral dispõe de lâmpadas provisórias.
  • -> Pontos escuros da nova saída lateral dispõe de lâmpadas provisórias.
  • -> Pontos escuros da nova saída lateral dispõe de lâmpadas provisórias.
  • -> Pontos escuros da nova saída lateral dispõe de lâmpadas provisórias.
  • -> Pontos escuros da nova saída lateral dispõe de lâmpadas provisórias.
  • Leitor não Invasivo de Baixo Custo Para Leitura e Detecção de Furtos Energéticos via Tecnologia Arduíno

    1. 1. Diretoria do Espírito Santo de Combate às Perdas - DECPDiretoria do Espírito Santo de Combate às Perdas - DECP Leitor não Invasivo de Baixo Custo Para Detecção de Anomalias eLeitor não Invasivo de Baixo Custo Para Detecção de Anomalias e Furtos de Energia via Tecnologia ArduínoFurtos de Energia via Tecnologia Arduíno Thiago Valfré Lecchi Estagiário de Engenharia Elétrica Universidade Federal do Espírito Santo - UFES
    2. 2. 2 O que são perdas não técnicas? Transmissão Distribuição Geração Perdas Técnicas:Perdas Técnicas: -Efeito JouleEfeito Joule -Perdas no Núcleo dePerdas no Núcleo de TransformadoresTransformadores -Perdas DielétricasPerdas Dielétricas  “A perda não técnica é o montante de energia que é distribuída e consumida sem ser faturada” “A perda não técnica é o montante de energia que é distribuída e consumida sem ser faturada”
    3. 3. 3 O que causa uma perda não técnica? - Bypass (Gato)Bypass (Gato) - Fraudes em MedidoresFraudes em Medidores - Inversão de fasesInversão de fases - Bypass (ligação direta)Bypass (ligação direta) - Disco de leitura presoDisco de leitura preso - Bobina do medidorBobina do medidor desativadadesativada - Condutor (medição)Condutor (medição) desconectadodesconectado - Manuseio do consumo:Manuseio do consumo: retorno de ponteiros,retorno de ponteiros, desconecção dedesconecção de condutores (violação)condutores (violação) - Manuseio do calibradorManuseio do calibrador (medição intermitente)(medição intermitente) IMPUNIDADEFACILIDADE PERDAS NECESSIDADE  Triangulo de Perdas: Motivos que levam o cliente ao furto energético Triangulo de Perdas: Motivos que levam o cliente ao furto energético
    4. 4. 4 Quais os impactos para a EDP?  Consumidor Irregular - Consumo 2,5 vezes maior que o regular  Bairros com complexidade social - 30% das unidades com ligação clandestina - Perdas de 50% a 70% do montante consumido  Montante de Energia Furtada no Espírito Santo - Suficiente para alimentar a cidade de Vila Velha (183 mil unidades consumidoras)  Repasse de perdas - 9,27% máximo (ANEEL) - Cenário atual: 17,26% (EDP) Ligação Clandestina (Bypass ou “gato”) Medidor adulterado
    5. 5. 5 Como combater? Dificuldade logística: - Demora na execução do total de inspeções; . Lentidez no combate → Aumento nas perdas; - Alto gasto em mão de obra e tecnologia; . Alocação de no mínimo 2 eletricistas (NR 10) + veículo e equipamentos especializados. Alto Índice de improdutividade em inspeções: 88%. MÉTODO ATUAL: Inspeções Convencionais Eletricistas em procedimento de inspeção convencional
    6. 6. 6 Como combater?  Economia: - Elevada eficiência nas inspeções: 90% - Redução de custos (Pré inspeção = 1 eletricista isolado) - Redução de perdas não técnicas - Equipamento de pequeno peso e dimensão, de fácil transporte e instalação, baixo investimento e elevado Benefício/Custo.  Precisão: - Grande eficácia na identificação das irregularidades mais incidentes (lig. clandestina, manipulação de medidor e derivações na mureta).  Continuidade: - Não é necessário desligar a UC para realizar a pré-inspeção  Logística: - Direcionamento preciso de equipes de inspeção (maior produtividade). MÉTODO PROPOSTO: Leitor não Invasivo de Baixo Custo para Leitura e Detecção de Furtos Energéticos via Tecnologia Arduíno Sensor Detector de Fraude – Sistema de Shields + Arduíno
    7. 7. 2. Instalação de Dispositivo Leitor de Pré-Inspeção 2. Instalação de Dispositivo Leitor de Pré-Inspeção 3. Tratamento de Dados3. Tratamento de Dados3. Tratamento de Dados3. Tratamento de Dados2. Instalação de Dispositivo Leitor de Pré-Inspeção 2. Instalação de Dispositivo Leitor de Pré-Inspeção 2. Instalação de Dispositivo Leitor de Pré-Inspeção 2. Instalação de Dispositivo Leitor de Pré-Inspeção1. Triagem Computacional1. Triagem Computacional1. Triagem Computacional1. Triagem Computacional1. Triagem Computacional1. Triagem Computacional 7 Como funciona o projeto? 1) Seleção de clientes (banco de dados – SAP) por variação decrescente de consumo (conceito 2σ (sigma)) 2) De maneira rápida e fácil, tem-se o início da leitura, registro e envio de consumo real. 3) Estudo de Resultados -Registro (via cartão SD) e recepção sem fio de log de dados (via bluetooth) e de curva de demanda on-line (memória de massa via GPRS*) -Comparação entre leitura de medidor e do sensor -Avaliação de clientes em possível situação de fraude energética -Designação final de clientes selecionados para processo de inspeção Banco de Dados – EDP Escelsa (Sap – BW) Instalação do Sistema de Medição – Funcionário utilizando garra/bastão de manobra Memória de Massa Padrão EtapasEtapas * Sistema ainda em adaptação Garra de Leitura e Fixação do Sensor
    8. 8. 8 Detalhamento Técnico - Protótipo Leitor não Invasivo de Baixo Custo para Leitura e Detecção de Furtos Energéticos via Tecnologia Arduíno  Plataforma de Processamento Arduíno (microcontrolador Atmel AVR) - Arduino Duemilanove  Módulo Leitor/Gravador SD - SD Card Module LC Studio  Módulo de Temporização - Clock Module RTC 12C  Módulo Bluetooth - JY MCU Bluetooth Module  Garra – TC Sensor de Corrente - Yhdc SCT-013-000 Current Transformer
    9. 9. 9 Análise de Viabilidade Econômica Leitor não Invasivo de Baixo Custo para Leitura e Detecção de Furtos Energéticos via Tecnologia Arduíno Detalhes do Projeto Serviço / Produto / Investimento Valor Custo médio da inspeção convencional de fraude (BT) R$ 45,45 Quantidade atual mensal de inspeções convencionais (2014) 11.368 Índice de sucesso com processo de inspeção atual (BT) 12% Custo médio da pré-inspeção de fraude (BT) utilizando o sistema de medição não invasivo (Arduíno) R$ 9,09 Quantidade de inspeções convencionais por mês (2014) utilizando o sistema de medição não invasivo (Arduíno) 1516 Percentual de Acerto do Dispositivo 90% Custo estimado - unidade do dispositivo de medição não invasivo (Arduíno) R$ 62,67
    10. 10. 12 meses 11.368 inspeções 45,45 reais X __________________ R$ 5.753.168,26 10 Análise de Viabilidade Econômica Resultados Cenário Atual Valor Quantidade de Inspeções convencionais 11368 Custo anual das inspeções convencionais R$ 5.753.168,26 Cenário com Pré-Inspeção (utilização do sensor não invasivo Arduíno) Valor Quantidade mensal de pré-inspeções 11368 Custo anual das pré-inspeções R$ 1.240.021,44 Quantidade necessária de inspeções convencionais 1516 Custo anual das inspeções convencionais R$ 826.826,40 Investimento – Construção do protótipo para realizar as pré- inspeções com sistema de medição não invasivo (Arduíno) R$ 1.424.865,12 Economia total ao fim do 1º Ano de atuação R$ 2.261.455,30 Leitor não Invasivo de Baixo Custo para Leitura e Detecção de Furtos Energéticos via Tecnologia Arduíno 1516 inspeções 45,45 reais 12 meses X __________________ R$ 826.826,40 1516 inspeções 2 (estoque) 62,67 reais X __________________ R$ 1.424.865,12 5.753.168,26 - 1.240.021,44 - 826.826,40 - 1.424.865,12 __________________ R$ 2.261.455,30
    11. 11. Resultados Cenário Atual Valor Quantidade de Inspeções convencionais 11368 Custo anual das inspeções convencionais R$ 5.753.168,26 Cenário com Pré-Inspeção (utilização do sensor não invasivo Arduíno) Valor Quantidade mensal de pré-inspeções 11368 Custo anual das pré-inspeções R$ 1.240.021,44 Quantidade necessária de inspeções convencionais 1516 Custo anual das inspeções convencionais R$ 826.826,40 Investimento – Construção do protótipo para realizar as pré- inspeções com sistema de medição não invasivo (Arduíno) R$ 1.424.865,12 Economia total ao fim do 1º Ano de atuação R$ 2.261.455,30 Resultados Cenário Atual Valor Quantidade de Inspeções convencionais 11368 Custo anual das inspeções convencionais R$ 5.753.168,26 Cenário com Pré-Inspeção (utilização do sensor não invasivo Arduíno) Valor Quantidade mensal de pré-inspeções 11368 Custo anual das pré-inspeções R$ 1.240.021,44 Quantidade necessária de inspeções convencionais 1516 Custo anual das inspeções convencionais R$ 826.826,40 Investimento – Construção do protótipo para realizar as pré- inspeções com sistema de medição não invasivo (Arduíno) R$ 1.424.865,12 Economia total ao fim do 2º Ano de atuação R$ 3.683.320,42 5.753.168,26 - 1.240.021,44 - 826.826,40 __________________ R$ 3.683.320,42 11 Análise de Viabilidade Econômica Leitor não Invasivo de Baixo Custo para Leitura e Detecção de Furtos Energéticos via Tecnologia Arduíno
    12. 12. . OBRIGADO! thiago.lecchi@edpbr.com.br DECP - Diretoria do Espírito Santo de Combate às Perdas GE Medição e Serviços Técnicos Comerciais GO Planejamento e Combate às Perdas 12

    ×