Pontuação

628 visualizações

Publicada em

ok

Publicada em: Internet
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
628
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pontuação

  1. 1. PONTUAÇÃO Pontuação é o recurso que permite expressar na língua escrita um espectro de matizes rítmicas e melódicas características da língua falada, pelo uso de um conjunto sistematizado de sinais gráficos e não gráficos. pontuações Existem alguns sinais . São eles:  Ponto (.) — Usa-se no final do período, indicando que o sentido está completo. Também usado nas abreviaturas (Dr., Exa., Sr.). Exemplo: Ele foi ao médico e levou uma injeção.  Vírgula (,) — Marca uma pequena pausa no texto escrito, nem sempre correspondente às pausas (mais arbitrárias) do texto falado. É usada como marca de separação para: o aposto; o vocativo; o atributo; os elementos de um sintagma não ligados pelas conjunções e, ou, nem; as orações coordenadas assindéticas (não ligadas por conjunções); as orações relativas; as orações intercaladas; as orações subordinadas e as adversativas introduzidas por mas, contudo, todavia, entretanto e porém. Deve-se evitar o uso desnecessário da vírgula, pois ela dificulta a leitura do texto. Por outro lado, ela não deve ser esquecida quando obrigatória... Exemplo: Andava pelos cantos, e gesticulava, falava em voz alta, ria e roía as unhas.  Ponto e vírgula (;) — Sinal intermediário entre o ponto e a vírgula, que indica que o sentido da frase será complementado. Representa uma pausa mais longa que a vírgula e mais breve que o ponto. É usado em frases constituídas por várias orações, algumas das quais já contêm uma ou mais vírgulas; também para separar frases subordinadas dependentes de uma subordinante; como substituição da vírgula na separação da oração coordenada adversativa da oração principal.  Dois pontos (:) — Marcam uma pausa para anunciar uma citação, uma fala, uma enumeração, um esclarecimento ou uma síntese.
  2. 2.  Ponto de interrogação (?) — Usa-se no final de uma frase interrogativa direta e indica uma pergunta.  Ponto de exclamação (!) — Usa-se no final de qualquer frase que exprime sentimentos, emoções, dor, ironia, surpresa e estados de espírito.  Reticências (…) — Podem marcar uma interrupção de pensamento, indicando que o sentido da oração ficou incompleto, ou uma introdução de suspense, depois da qual o sentido será completado. No primeiro caso, a sequência virá em maiúscula -- uma vez que a oração foi fechada com um sentido vago proposital e outra será iniciada à parte. No segundo caso, há continuidade do pensamento anterior, como numa longa pausa dentro da mesma oração, o que acarreta o uso normal de minúscula para continuar a oração. Exemplos: Ah, como era verde o meu jardim... Não se fazem mais daqueles. Foi então que Manoel retornou... mas com um discurso bastante diferente!  Aspas (“ ”) — Usam-se para delimitar citações; para referir títulos de obras; para realçar uma palavra ou expressão.  Parênteses ( ( ) ) — Marcam uma observação ou informação acessória intercalada no texto.  Travessão (—) — Marca: o início e o fim das falas em um diálogo, para distinguir cada um dos interlocutores; as orações intercaladas; as sínteses no final de um texto. Também usado para substituir os parênteses.  Meia‐risca (–) — Separa extremidades de intervalos.  Parágrafo — Constitui cada uma das secções de frases de um escritor; começa por letra maiúscula, um pouco além do ponto em que começam as outras linhas.  Colchetes ([]) — utilizados na linguagem científica.  Asterisco (*) — empregado para chamar a atenção do leitor para alguma nota (observação).  Barra (/) — aplicada nas abreviações das datas e em algumas abreviaturas.  Hífen (−) — usado para ligar elementos de palavras compostas e para unir pronomes átonos a verbos ( menor do que a Meia−Risca )
  3. 3. Exemplo: guarda-roupa Críticas ao uso comum da pontuação Teóricos da linguagem contemporâneos, como o francês Henri Meschonnic, consideram que a pontuação, como usada atualmente, tende a organizar logicamente o texto, não por seus elementos rítmicos e melódicos, tendo tal uso origem no chamado Cartesianismo. Com base nesta deformação rítmica produzida pelo uso lógico da pontuação, muitos poetas como Guillaume Apollinaire, Allen Ginsberg e o próprio Meschonnic aboliram a pontuação em sua escrita poética. Outro autor que faz um uso não tradicional de pontuações é o português José Saramago, que faz uso incomum de pontuações em seus textos em formato não-poético, chegando a escrever frases que "duram" mais de uma página. Por: Wikipédia PONTUAÇÃO EXERCÍCIOS 1) (PONTUAÇÃO) A frase em que deveria haver uma vírgula é: a) Comi frutas e legumes. b) Comprei batatas bananas e pastéis. c) Ela tem lábios e nariz vermelhos. d) Não limparam a sala. 2) (PONTUAÇÃO) Indique o erro de pontuação: a) Diga-me quantas horas são? b) Dorme, que eu penso. c) Os soldados agacharam-se, e ele saltou. d) As nuvens, as folhas, os ventos não são deste mundo. 3) Assinale a pontuação errada: a) Falei com ele com tanta segurança, que nem discordou de mim. b) Porque falei com ela, para mim não há mais dúvidas. c) Falei com ela que eu, estaria aqui cedo hoje se tudo corresse bem. d) Falei ao chefe que, se o plano corresse bem, estaríamos salvos. 4) Assinale a alternativa que apresenta redação CORRETA em relação à pontuação.
  4. 4. a) O crescimento econômico é o melhor remédio para as doenças do desemprego, mas, por si só também, não é suficiente para reduzir a pobreza e nem as disparidades sociais. b) O crescimento econômico é o melhor remédio para as doenças do desemprego mas, por si só, também, não é suficiente, para reduzir a pobreza e nem as disparidades sociais. c) O crescimento econômico, é o melhor remédio para as doenças, do desemprego mas por si só também não é suficiente para reduzir a pobreza e nem as disparidades sociais. d) O crescimento econômico, é o melhor remédio para as doenças do desemprego, mas, por si só também, não é suficiente para reduzir a pobreza e, nem as disparidades sociais. 5) A pontuação está inteiramente adequada na frase: a) Recebi, via Internet, de um amigo que há muito não vejo, uma série de fotografias da Terra, tiradas de um satélite. b) Tanto os astrônomos antigos como os teólogos, não erravam, na opinião do autor, quando consideravam que, a Terra, essa poeira ínfima, era o centro do universo. c) Nada mais central na casa para os pais, que o lugar onde está o berço do filhinho, nada tendo a ver esse centro afetivo, com o geométrico da casa edificada. d) Será que Niezstche interrompia a cada belo crepúsculo, suas leituras e seus escritos, sobretudo estes que, tanto peso tiveram nas ideias de seu tempo? 6) (PONTUAÇÃO) Os períodos abaixo apresentam diferenças de pontuação. Assinale a letra que corresponde ao período de pontuação correta: a) A vida como, a antiga Tebas, tem cem portas. b) A vida como a antiga Tebas tem, cem portas. c) A vida, como a antiga Tebas, tem cem portas. d) A vida como a antiga Tebas, tem cem portas. 7) Assinale o período de pontuação correta: a) Se alguém vier com perguntas a que você não sabe responder, será mais honesto dizer que vai estudar o assunto. b) Se alguém, vier com perguntas a que você não sabe, responder, será mais honesto dizer que vai estudar o assunto.
  5. 5. c) Se alguém vier, com perguntas a que você não sabe responder será, mais honesto, dizer que vai estudar o assunto. d) Se, alguém vier com perguntas, a que você não sabe responder, será, mais honesto, dizer que vai estudar o assunto. 8) Assinale a opção em que o trecho apresenta pontuação correta. a) Em um estado com área de 1,2 milhão de quilômetros quadrados, o segundo maior da Federação brasileira, e com 20% da população - de 7 milhões de habitantes - na capital, já destituída de função produtiva de significação, o tema da redivisão territorial deveria ser fundamental. Mas, contrariando a lógica e o bom senso, isso não ocorre no Pará. b) A eventualidade do retalhamento do estado, para a formação de novos estados emerge apenas episodicamente. Quando surge, é tratada como urgência e emergência. Uma vez cessado o risco de mudança, a letargia devolve, o tema, quase à estaca zero, ao ponto de partida. c) À semelhança de quase toda a elite local a imprensa se assustou, mais uma vez com a possibilidade de desmembramento do Pará. Em vez de examinar o problema racionalmente, a mídia, simplesmente se danou a dar gritos de alerta, e a bradar contra a ameaça. d) O mote fundamental da posição contrária ao desmembramento do estado é congênito: quem nasceu no Pará atual, não quer morrer em um Pará diferente. Dificilmente razão desse porte, conseguirá deter o avanço da reivindicação e da mobilização, pela criação de novos estados dentro do que hoje, é área única do Pará. 9) (PONTUAÇÃO) Assinale a alternativa em que o trecho - No entanto, quando a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente. - reescrito, encontra-se corretamente pontuado. a) No entanto, em 1980, quando a Suprema Corte, decidiu ouvir o apelo do caso o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente. b) Quando a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980, no entanto, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente. c) No entanto, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente, quando a Suprema Corte, decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980. d) Quando, no entanto, em 1980, a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, o panorama da biologia molecular, havia mudado radicalmente.
  6. 6. 10) Quanto ao uso da vírgula nos trechos abaixo, assinale a opção que apresenta justificativa de emprego INCORRETA. a) "Hoje, essa visão..." - para separar o adjunto adverbial deslocado. b) "começa a perder força, já que as empresas..." - para separar a oração subordinada da principal. c) "afirma Maria Carlota Boabaid, pedagoga e mestra em Administração de Empresas," - para isolar o aposto. d) "pedagoga e mestra em administração de empresas, que atua na área de Gestão de Pessoas." - para separar a oração subordinada adjetiva restritiva. 1-b 2-a 3-c 4-b 5-a 6-c 7-a 8-a 9.b 10-d EXERCÍCIOS DE PONTUAÇÃO 1) (PONTUAÇÃO) A frase em que deveria haver uma vírgula é: a) Comi frutas e legumes. b) Comprei batatas bananas e pastéis. c) Ela tem lábios e nariz vermelhos. d) Não limparam a sala. 2) (PONTUAÇÃO) Indique o erro de pontuação: a) Diga-me quantas horas são? b) Dorme, que eu penso. c) Os soldados agacharam-se, e ele saltou. d) As nuvens, as folhas, os ventos não são deste mundo. 3) Assinale a pontuação errada: a) Falei com ele com tanta segurança, que nem discordou de mim. b) Porque falei com ela, para mim não há mais dúvidas. c) Falei com ela que eu, estaria aqui cedo hoje se tudo corresse bem. d) Falei ao chefe que, se o plano corresse bem, estaríamos salvos. 4) Assinale a alternativa que apresenta redação CORRETA em relação à pontuação. a) O crescimento econômico é o melhor remédio para as doenças do desemprego, mas, por si só também, não é suficiente para reduzir a pobreza e nem as disparidades sociais. b) O crescimento econômico é o melhor remédio para as doenças do desemprego mas, por si só, também, não é suficiente, para reduzir a pobreza e nem as disparidades sociais. c) O crescimento econômico, é o melhor remédio para as doenças, do desemprego mas por si só também não é suficiente para reduzir a pobreza e
  7. 7. nem as disparidades sociais. d) O crescimento econômico, é o melhor remédio para as doenças do desemprego, mas, por si só também, não é suficiente para reduzir a pobreza e, nem as disparidades sociais. 5) A pontuação está inteiramente adequada na frase: a) Recebi, via Internet, de um amigo que há muito não vejo, uma série de fotografias da Terra, tiradas de um satélite. b) Tanto os astrônomos antigos como os teólogos, não erravam, na opinião do autor, quando consideravam que, a Terra, essa poeira ínfima, era o centro do universo. c) Nada mais central na casa para os pais, que o lugar onde está o berço do filhinho, nada tendo a ver esse centro afetivo, com o geométrico da casa edificada. d) Será que Niezstche interrompia a cada belo crepúsculo, suas leituras e seus escritos, sobretudo estes que, tanto peso tiveram nas ideias de seu tempo? 6) (PONTUAÇÃO) Os períodos abaixo apresentam diferenças de pontuação. Assinale a letra que corresponde ao período de pontuação correta: a) A vida como, a antiga Tebas, tem cem portas. b) A vida como a antiga Tebas tem, cem portas. c) A vida, como a antiga Tebas, tem cem portas. d) A vida como a antiga Tebas, tem cem portas. 7) Assinale o período de pontuação correta: a) Se alguém vier com perguntas a que você não sabe responder, será mais honesto dizer que vai estudar o assunto. b) Se alguém, vier com perguntas a que você não sabe, responder, será mais honesto dizer que vai estudar o assunto. c) Se alguém vier, com perguntas a que você não sabe responder será, mais honesto, dizer que vai estudar o assunto. d) Se, alguém vier com perguntas, a que você não sabe responder, será, mais honesto, dizer que vai estudar o assunto. 8) Assinale a opção em que o trecho apresenta pontuação correta. a) Em um estado com área de 1,2 milhão de quilômetros quadrados, o segundo maior da Federação brasileira, e com 20% da população - de 7 milhões de habitantes - na capital, já destituída de função produtiva de significação, o tema da redivisão territorial deveria ser fundamental. Mas, contrariando a lógica e o bom senso, isso não ocorre no Pará. b) A eventualidade do retalhamento do estado, para a formação de novos estados emerge apenas episodicamente. Quando surge, é tratada como urgência e emergência. Uma vez cessado o risco de mudança, a letargia devolve, o tema, quase à estaca zero, ao ponto de partida. c) À semelhança de quase toda a elite local a imprensa se assustou, mais uma vez com a possibilidade de desmembramento do Pará. Em vez de examinar o problema racionalmente, a mídia, simplesmente se danou a dar gritos de
  8. 8. alerta, e a bradar contra a ameaça. d) O mote fundamental da posição contrária ao desmembramento do estado é congênito: quem nasceu no Pará atual, não quer morrer em um Pará diferente. Dificilmente razão desse porte, conseguirá deter o avanço da reivindicação e da mobilização, pela criação de novos estados dentro do que hoje, é área única do Pará. 9) (PONTUAÇÃO) Assinale a alternativa em que o trecho - No entanto, quando a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente. - reescrito, encontra-se corretamente pontuado. a) No entanto, em 1980, quando a Suprema Corte, decidiu ouvir o apelo do caso o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente. b) Quando a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980, no entanto, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente. c) No entanto, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente, quando a Suprema Corte, decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980. d) Quando, no entanto, em 1980, a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, o panorama da biologia molecular, havia mudado radicalmente. 10) Quanto ao uso da vírgula nos trechos abaixo, assinale a opção que apresenta justificativa de emprego INCORRETA. a) "Hoje, essa visão..." - para separar o adjunto adverbial deslocado. b) "começa a perder força, já que as empresas..." - para separar a oração subordinada da principal. c) "afirma Maria Carlota Boabaid, pedagoga e mestra em Administração de Empresas," - para isolar o aposto. d) "pedagoga e mestra em administração de empresas, que atua na área de Gestão de Pessoas." - para separar a oração subordinada adjetiva restritiva. 1-b 2-a 3-c 4-b 5-a 6-c 7-a 8-a 9.b 10-d Leia mais: http://www.seuconcurso.com.br/pontuacao.htm#ixzz2DfkYqY5v 1. Nas frases que seguem, houve erro intencional no emprego da vírgula. Reescreva-as, corrigindo os erros. a) Os brasileiros contam, como as medidas econômicas do governo
  9. 9. afetam suas vidas. b) – Fique quieto Zé! c) Os estudos antropólogos provam que nas sociedades primitivas, a união entre homem e mulher era vital para a sobrevivência. d) O importante é dar, liberdade às crianças. e) Chocolates e frituras, não provocam acne mas podem favorecer a sua proliferação. 2. (UEL-PR - QUESTÕES DE PONTUAÇÃO ) Assinale a letra que corresponde o período de pontuação correta: a) Se houver tempo cuidaremos de tudo. b) Se, houver tempo, cuidaremos de tudo. c) Se houver tempo, cuidaremos de tudo. d) Se, houver tempo, cuidaremos de tudo. e) Se houver tempo cuidaremos, de tudo. 3. (UFPR) Na oração “Pássaro e lesma, o homem oscila entre o desejo de voar e o desejo de se arrastar.”(Gustavo Corção) empregou-se a vírgula: a) por tratar-se de antíteses b) para indicar a elipse de um termo c) para separar vocativo d) para separar uma oração adjetiva de valor restritivo e) para separar o aposto 4. QUESTÕES DE PONTUAÇÃO (UFV-MG) No texto: “Numa Copa do Mundo, que envolve interesses promocionais e comerciais cada vez mais gigantescos, a FIFA faz tudo para que seus árbitros só tenham uma preocupação quando entrarem em campo para apitar o jogo: a correta aplicação das leis.” a) a pontuação está correta b) a pontuação está incorreta c) a segunda vírgula deve ser omitida d) os dois-pontos foram empregados incorretamente e) a vírgula depois da palavra preocupação é obrigatória 5. (UEPG-PR - PONTUAÇÃO) A opção em que está correto o emprego do ponto-e-vírgula é: a) Solteiro, foi um menino turbulento; casado, era um moço alegre; viúvo, torna-se um macambúzio. b) Solteiro; foi um menino turbulento, casado; era um moço alegre, viúvo; torna-se um macambúzio. c) Solteiro, foi um menino; turbulento, casado; era um moço alegre viúvo, torna-se um macambúzio. d) Solteiro foi um menino turbulento, casado era um moço alegre, viúvo; torna-se um macambúzio.
  10. 10. e) Solteiro, foi um menino turbulento, casado; era um moço alegre, viúvo; torna-se um macambúzio. 6. QUESTÕES DE PONTUAÇÃO (UEMT - PONTUAÇÃO) Os períodos abaixo apresentam diferença de pontuação. Assinale a letra que corresponde ao período de pontuação correta: a) O sinal, estava fechado; os carros, porém não paravam. b) O sinal, estava fechado: os carros porém, não paravam. c) O sinal estava fechado; os carros porém, não paravam. d) O sinal estava fechado: os carros porém não paravam. e) O sinal estava fechado; os carros, porém, não paravam. 7. QUESTÕES DE PONTUAÇÃO (Anac – NCE/UFRJ - PONTUAÇÃO) “O número de doações cresce desde 1997”; a forma inadequada de pontuar as alterações dessa frase é: a) Desde 1997 o número de doações cresce; b) Desde 1997, cresce o número de doações; c) O número de doações, desde 1997, cresce; d) Cresce desde 1997, o número de doações; e) Cresce, desde 1997, o número de doações. 8. (ESAF - PONTUAÇÃO) Assinale a frase correta quanto à pontuação: a) O parágrafo único do artigo 37, também trata da isenção do imposto em caso semelhante ao estudado. b) A mãe do soldado implorara piedade, confidenciou-me o tenente; o general porém, mandou executar a sentença. c) Eu para não ser indiscreto, retirei-me calmamente da sala, quando percebi que o assunto era confidencial. d) Embora o doente não corresse mais perigo, os médicos resolveram mantê-lo em observação durante doze horas. e) É alentador, o que os indicadores econômicos demonstram: uma retomada do desenvolvimento em São Paulo, o maior parque industrial brasileiro. 9. (TACRIM-SP - PONTUAÇÃO) A oração indevidamente pontuada é: a) Crianças venham aqui. b) Crianças, venham aqui. c) As crianças, coisas mais lindas do mundo, vieram aqui. d) As crianças vieram aqui. e) As crianças não vieram aqui. 10. QUESTÕES DE PONTUAÇÃO (TCE-RJ) Assinale o período em que a supressão da(s) vírgula(s) não altera o significado da frase: a) Ontem, a rua estava muito barulhenta.
  11. 11. b) O deputado, que se mudou para a casa ao lado, tem sete filhos. c) A mãe da menina, histérica, pedia que alguém a ajudasse. d) Maria, vem cá mais tarde. e) Perdi a paciência com a secretária, que costuma me desmentir. 11. (MM - PONTUAÇÃO) Assinale a alternativa que contenha período mal pontuado: a) Os jovens buscam a felicidade na novidade; os velhos, nos hábitos. b) Arrumou as malas, saiu, lançou-se na vida. c) Palavras fortes e amargas, indicam uma causa fraca. d) Eu contesto a justiça que mata. e) Preciso ouvir, disse a mãe ao menino, a causa desta briga. 12. QUESTÕES DE PONTUAÇÃO (Cesgranrio-RJ - PONTUAÇÃO) Identifique a oração em que está corretamente indicada a ordem dos sinais de pontuação que devem substituir as lacunas da frase a seguir: Quando se trata de trabalho científico ... duas coisas devem ser consideradas ... uma é a contribuição teórica que o trabalho oferece ... a outra é o valor prático que possa ter. a) dois-pontos, ponto-e-vírgula, ponto-e-vírgula b) dois-pontos, vírgula, ponto-e-vírgula c) vírgula, dois-pontos, ponto-e-vírgula d) ponto-e-vírgula, dois-pontos, ponto-e-vírgula e) ponto-e-vírgula, vírgula, vírgula 13. Use a vírgula onde for possível: a) É necessário lealdade honestidade coragem desprendimento. b) Nós o encontramos alegre bem disposto e descansado. c) Toda criança precisa de carinho de atenção de educação. d) Sandra estava radiante; Rosa eufórica. e) Vera compreendeu tudo; Cláudio quase tudo. f) Na dúvida senhores jurados o réu deve ser favorecido. g) No Primeiro Mundo boicotes costumam dar resultados. h) A televisão na noite de sexta-feira revelou as causas do acidente. i) Esse empresário era casado com Heloísa uma ex-bailarina. j) O mesmo estudo porém mostra que a situação pode melhorar. k) Essa não é contudo a prática na companhia. l) Já vai longe o tempo da censura; direi o que quiser pois. m) José Rafael médico gerente de laboratório criou um manual para emergências. 14. QUESTÕES DE PONTUAÇÃO (MM - PONTUAÇÃO) Assinale a alternativa que contenha período mal pontuado: a) Os jovens buscam a felicidade na novidade; os velhos, nos
  12. 12. hábitos. b) Arrumou as malas, saiu, lançou-se na vida. c) Palavras fortes e amargas, indicam uma causa fraca. d) Preciso ouvir, disse a mãe ao menino, a causa desta briga. Prova BNDES – Cesgranrio Da arte de aceitar Ele não aceitava a moça. Ela foi, foi, conversou, conversou, rodou, rodou, artimanhou, manhou, arte e manha, miou, afinal rendeu. Criança de emoções superficiais, rápidas, espontâneas e passageiras, ele cedeu. Aceitou-a. Fiquei pensando em algo tão definido pelos psicólogos e literatos, porém inesgotável e eterno como o tema humano: a necessidade de ser aceito. 15. O emprego dos dois pontos no 2º parágrafo justifica-se por anteceder um(a) a) esclarecimento. b) enumeração. c) conceituação. d) definição. e) exemplificação. 16. Com base nos exemplos I e II, responda certo ou errado para as afirmações seguintes: I. “Eu sofria já o começo de velhice – esta vida era só o desmoramento.” (Guimarães Rosa) II. “Seu peito, ela recordava, era branco, firme, polido – um marfim.” (Cecília Meireles) a) Em I, o travessão está usado em lugar de uma vírgula e introduz uma explicação. b) Em II, o travessão está introduzindo um resumo das idéias anteriores. c) Esse travessão poderia ser substituído por dois-pontos. GABARITO: GABARITO 1 – a) Os brasileiros contam como as medidas econômicas do governo afetam suas vidas. b) – Fique quieto, Zé! c) Os estudos antropólogos provam que, nas
  13. 13. sociedades primitivas, a união entre homem e mulher era vital para a sobrevivência. d) O importante é dar liberdade às crianças. e) Chocolates e frituras não provocam acne, mas podem favorecer a sua proliferação. 2 – C 3 – E 4 – A 5 – A 6 – E 7 - D 8 – D 9 – A 10 – A 11 – C 12 – C 13 – a) É necessário lealdade, honestidade, coragem, desprendimento. b) Nós o encontramos alegre, bem disposto e descansado. c) Toda criança precisa de carinho, de atenção, de educação. d) Sandra estava radiante; Rosa, eufórica. e) Vera compreendeu tudo; Cláudio, quase tudo. f) Na dúvida, senhores jurados, o réu deve ser favorecido. g) No Primeiro Mundo, boicotes costumam dar resultados.* h) A televisão, na noite de sexta-feira, revelou as causas do acidente.* i) Esse empresário era casado com Heloísa, uma exbailarina. j) O mesmo estudo, porém, mostra que a situação pode melhorar. k) Essa não é, contudo, a prática na companhia. l) Já vai longe o tempo da censura; direi o que quiser, pois. m) José Rafael, médico gerente de laboratório, criou um manual para emergências. * Vírgula facultativa 14 - C 15 – A 16 – C/C/C EXERCÍCIOS DE PONTUAÇÃO 1) (PONTUAÇÃO) A frase em que deveria haver uma vírgula é: a) Comi frutas e legumes. b) Comprei batatas bananas e pastéis. c) Ela tem lábios e nariz vermelhos. d) Não limparam a sala. 2) (PONTUAÇÃO) Indique o erro de pontuação: a) Diga-me quantas horas são? b) Dorme, que eu penso. c) Os soldados agacharam-se, e ele saltou. d) As nuvens, as folhas, os ventos não são deste mundo. 3) Assinale a pontuação errada: a) Falei com ele com tanta segurança, que nem discordou de mim. b) Porque falei com ela, para mim não há mais dúvidas. c) Falei com ela que eu, estaria aqui cedo hoje se tudo corresse bem. d) Falei ao chefe que, se o plano corresse bem, estaríamos salvos.
  14. 14. 4) Assinale a alternativa que apresenta redação CORRETA em relação à pontuação. a) O crescimento econômico é o melhor remédio para as doenças do desemprego, mas, por si só também, não é suficiente para reduzir a pobreza e nem as disparidades sociais. b) O crescimento econômico é o melhor remédio para as doenças do desemprego mas, por si só, também, não é suficiente, para reduzir a pobreza e nem as disparidades sociais. c) O crescimento econômico, é o melhor remédio para as doenças, do desemprego mas por si só também não é suficiente para reduzir a pobreza e nem as disparidades sociais. d) O crescimento econômico, é o melhor remédio para as doenças do desemprego, mas, por si só também, não é suficiente para reduzir a pobreza e, nem as disparidades sociais. 5) A pontuação está inteiramente adequada na frase: a) Recebi, via Internet, de um amigo que há muito não vejo, uma série de fotografias da Terra, tiradas de um satélite. b) Tanto os astrônomos antigos como os teólogos, não erravam, na opinião do autor, quando consideravam que, a Terra, essa poeira ínfima, era o centro do universo. c) Nada mais central na casa para os pais, que o lugar onde está o berço do filhinho, nada tendo a ver esse centro afetivo, com o geométrico da casa edificada. d) Será que Niezstche interrompia a cada belo crepúsculo, suas leituras e seus escritos, sobretudo estes que, tanto peso tiveram nas ideias de seu tempo? 6) (PONTUAÇÃO) Os períodos abaixo apresentam diferenças de pontuação. Assinale a letra que corresponde ao período de pontuação correta: a) A vida como, a antiga Tebas, tem cem portas. b) A vida como a antiga Tebas tem, cem portas. c) A vida, como a antiga Tebas, tem cem portas. d) A vida como a antiga Tebas, tem cem portas. 7) Assinale o período de pontuação correta: a) Se alguém vier com perguntas a que você não sabe responder, será mais honesto dizer que vai estudar o assunto. b) Se alguém, vier com perguntas a que você não sabe, responder, será mais honesto dizer que vai estudar o assunto. c) Se alguém vier, com perguntas a que você não sabe responder será, mais honesto, dizer que vai estudar o assunto. d) Se, alguém vier com perguntas, a que você não sabe responder, será, mais honesto, dizer que vai estudar o assunto. 8) Assinale a opção em que o trecho apresenta pontuação correta. a) Em um estado com área de 1,2 milhão de quilômetros quadrados, o segundo maior da Federação brasileira, e com 20% da população - de 7
  15. 15. milhões de habitantes - na capital, já destituída de função produtiva de significação, o tema da redivisão territorial deveria ser fundamental. Mas, contrariando a lógica e o bom senso, isso não ocorre no Pará. b) A eventualidade do retalhamento do estado, para a formação de novos estados emerge apenas episodicamente. Quando surge, é tratada como urgência e emergência. Uma vez cessado o risco de mudança, a letargia devolve, o tema, quase à estaca zero, ao ponto de partida. c) À semelhança de quase toda a elite local a imprensa se assustou, mais uma vez com a possibilidade de desmembramento do Pará. Em vez de examinar o problema racionalmente, a mídia, simplesmente se danou a dar gritos de alerta, e a bradar contra a ameaça. d) O mote fundamental da posição contrária ao desmembramento do estado é congênito: quem nasceu no Pará atual, não quer morrer em um Pará diferente. Dificilmente razão desse porte, conseguirá deter o avanço da reivindicação e da mobilização, pela criação de novos estados dentro do que hoje, é área única do Pará. 9) (PONTUAÇÃO) Assinale a alternativa em que o trecho - No entanto, quando a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente. - reescrito, encontra-se corretamente pontuado. a) No entanto, em 1980, quando a Suprema Corte, decidiu ouvir o apelo do caso o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente. b) Quando a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980, no entanto, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente. c) No entanto, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente, quando a Suprema Corte, decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980. d) Quando, no entanto, em 1980, a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, o panorama da biologia molecular, havia mudado radicalmente. 10) Quanto ao uso da vírgula nos trechos abaixo, assinale a opção que apresenta justificativa de emprego INCORRETA. a) "Hoje, essa visão..." - para separar o adjunto adverbial deslocado. b) "começa a perder força, já que as empresas..." - para separar a oração subordinada da principal. c) "afirma Maria Carlota Boabaid, pedagoga e mestra em Administração de Empresas," - para isolar o aposto. d) "pedagoga e mestra em administração de empresas, que atua na área de Gestão de Pessoas." - para separar a oração subordinada adjetiva restritiva. 1-b 2-a 3-c 4-b 5-a 6-c 7-a 8-a 9.b 10-d
  16. 16. Leia mais: http://www.seuconcurso.com.br/pontuacao.htm#ixzz2DfkYqY5v 1 - (FCC - TRT/24ª Região - PONTUAÇÃO) Modificando-se a ordem interna de frases do texto, a pontuação estará correta em: (A) Poderíamos lembrar recuando no tempo, que na África do Sul, o regime do apartheid representou um manifesto escárnio contra a Declaração dos Direitos Humanos. (B) Que tal informação não é improcedente por sua própria experiência, qualquer cidadão pode verificar. (D) No Brasil, costuma-se dizer, que há leis que "pegam" e leis que "não pegam". (E) Como deixar de reconhecer, a partir de então, que já "não pega" a arbitragem da própria Organização das Nações Unidas? (F) A contrapelo das decisões da ONU se deu a invasão do Iraque: mas confiná-la, aos limites do território nacional, talvez seja injusto. 2 - (ESAF - MP/ENAP/SPU PONTUAÇÃO) "Memórias do cárcere, (1) na versão cinematográfica, (1) explora mais desenvoltamente a linguagem artística e as possibilidades que estão ao alcance do cinema de fragmentar a realidade para, (2) em seguida, (2) recompor o concreto nos diversos níveis em que ele aparece na percepção, (3) na cabeça e na história dos homens. Quem ama o livro por ele mesmo não vai recuperá-lo no filme. Quem ama as várias verdades que Graciliano Ramos enfrentou com hombridade e coragem irá ver no filme uma engenhosa e íntegra transposição do livro. Seria pouco dizer que ambos se completam. Nelson Pereira dos Santos explora a técnica cinematográfica como Graciliano Ramos, a técnica literária, (4) ou seja, (4) como recurso de descoberta da verdade, (5) arma de denúncia intelectual e instrumento de luta política. Assinale a opção que apresenta justificativa correta para o emprego das vírgulas no texto acima. (A) 1 - isolam aposto explicativo. (B) 2 - isolam termos de mesma função sintática. (C) 3 - isola adjunto adverbial deslocado. (D) 4 - isolam expressão retificativa ou explicativa. (E) 5 - isola aposto explicativo.
  17. 17. 3 - (UnB/CESPE - SEAD/FCPTN, com adaptações) Com base no texto a seguir, assinale a opção correta quanto ao emprego da vírgula (partes destacadas em negrito). "No livro O Dicionário do Futuro, a pesquisadora norte-americana Faith Popcorn afirma que, em 2015, mais da metade da população estará trabalhando em profissões que hoje não existem. Segundo ela, habitarão o mundo dos negócios, por exemplo, os sussurradores, profissionais especializados em lidar com consumidores enraivecidos e cada vez menos tolerantes aos deslizes das empresas, ou especialistas em simplicidade, pessoas cuja missão será reduzir a complexidade dos software e das redes de computadores das companhias. Como o próprio nome sugere, há, no livro de Faith, uma dose de exercício de futurologia. A análise de muitos movimentos sociais e econômicos que estão acontecendo hoje, porém, já aponta, de maneira mais tangível, o surgimento de carreiras cuja valorização se intensificará nos próximos anos." (A) O emprego da vírgula após "Futuro" e "ela" é obrigatório, porque, em ambas as ocorrências, a vírgula indica o deslocamento, por antecipação, de circunstância de tempo. (B) A vírgula após "negócios" poderia ser suprimida sem prejuízo para a correção gramatical do texto. (C) As vírgulas após "sussurradores" e "simplicidade" estão utilizadas para separar termos de mesma função sintática em uma enumeração. (D) A conjunção adversativa "porém" está entre vírgulas por estar em posição deslocada na estrutura do período. 4 - (ESAF - MP/ENAP/SPU - PONTUAÇÃO)Assinale a opção em que o emprego dos sinais de pontuação está correto. (A) Motoristas e montadoras de automóveis, não terão que desembolsar mais recursos com a mudança para o biodiesel, pois esse combustível não exige nenhuma alteração nos motores dos veículos. (B) A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), assegurou a garantia dos motores dos veículos que utilizam o biodiesel misturado ao diesel na proporção de 2%, como foi autorizado. (C) Além disso, o combustível renovável poderá ser usado, em substituição ao óleo diesel em usinas termelétricas, na geração de energia elétrica em comunidades de difícil acesso, como é o caso de
  18. 18. diversas localidades na região Norte. (D) Para autorizar o uso do biodiesel no mercado nacional, o governo, editou um conjunto de atos legais que tratam dos percentuais de mistura do biodiesel ao diesel, da forma de utilização e do regime tributário. (E) Tal regime, considera a diferenciação das alíquotas com base na região de plantio, nas oleaginosas e na categoria de produção (agronegócio e agricultura familiar). O governo cria também o Selo Combustível Social e isenta a cobrança do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). 5 - (FCC - CADEP) "Existe uma ética do trabalho, como existe uma ética da aventura. Assim, o indivíduo do tipo trabalhador só atribuirá valor moral positivo às ações que sente ânimo de praticar e, inversamente, terá por imorais e detestáveis as qualidades próprias do aventureiro — audácia, imprevidência, irresponsabilidade, instabilidade, vagabundagem —, tudo, enfim, quanto se relacione com a concepção espaçosa do mundo, característica desse tipo." "— audácia, imprevidência, irresponsabilidade, instabilidade, vagabundagem —" ( texto acima) Os travessões isolam, considerando o contexto. (A) segmento especificativo e explicativo. (B) redundância, embora com intenção estilística. (C) conclusão necessária da expressão imediatamente anterior. (D) reprodução textual de informações anteriores. (E) emprego de palavras de sentido alheio ao contexto. 6 - (ESAF - MP/ENAP/SPU - PONTUAÇÃO) Assinale a opção que apresenta erro de pontuação. (A) A evolução da arquitetura se caracteriza pelas suas obras mais importantes, aquelas que, especulando na técnica, se fizeram diferentes e inovadoras. (B) E, quando dela nos ocupamos, vale a pena voltar ao passado e sentir como a ideia da obra de arte se integrava nas razões utilitárias da arquitetura, fazendo-a mais rica, mais bela, com suas colunatas, seus ornamentos, pinturas, esculturas. (C) Com o advento do concreto armado, a arquitetura se modificou inteiramente. As paredes, que antes sustentavam os edifícios,
  19. 19. passaram a simples material de vedação, surgindo a estrutura independente, a fachada de vidro. (D) A curva, a curva generosa que os antigos tanto procuravam com seus arcos, cúpulas, voûtes e abóbadas espetaculares assumiu uma nova e surpreendente dimensão e, com ela, os requintes da técnica: o protendido as cascas, os grandes espaços livres e os balanços extraordinários. (E) Uma arquitetura mais livre e vazada se oferecia a todos os arquitetos que quisessem inovar e se aventurar por novos caminhos. 7 - (FCC - TRT-21ª Região) Está inteiramente correta a pontuação do seguinte período: (A) Os romeiros temendo que o barquinho não suportasse a correnteza, que era forte naquele trecho do rio passaram a rezar, evitando de qualquer modo o mínimo movimento do corpo. (B) Se é certo que Deus ajuda — pensavam os romeiros, não custa facilitar as coisas para Ele, razão por que buscavam: não fazer o mínimo movimento — enquanto atravessavam o rio de forte correnteza. (C) Um ato de fé — como o daqueles romeiros atravessando o rio de forte correnteza — não dispensa em todo caso, que se tomem providências facilitando-se assim, as coisas, para a Providência divina. (D) Entre o temor e a fé, dividiam-se os romeiros, pois a confiança na Providência divina não os eximia de se comportarem, com muita cautela, enquanto estavam na perigosa correnteza do rio. (E) Nem mesmo a fé em Deus dispensou os romeiros, preocupados que estavam com a força da correnteza do rio, de tomar providências práticas para que o barquinho, em sua fragilidade, não viesse a naufragar. 8 - (ESAG - TRE/PR - Com adaptações) Assinale a alternativa INCORRETA, quanto à justificativa do emprego dos sinais de pontuação, de fragmentos de textos de autoria de Thiago Medagua. (A) PERÍODO 1: "Manguezais e pântanos costeiros provavelmente foram destruídos", diz o professor da Fundação Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Lauro Calliari. - PERÍODO 2: Os recifes de corais também foram atingidos. "São ambientes muito sensíveis ao depósito de sedimentos (lama) e detritos orgânicos transportados pela série de ondas gigantes e seu refluxo", afirma Lauro Calliari. /
  20. 20. As aspas, nos períodos 1 e 2, distinguem a fala do professor do restante do texto. (B) No Sri Lanka, um programa de proteção às tartarugas marinhas contava com mais de 20 mil filhotes de cinco espécies em extinção. / A vírgula depois de "no Sri Lanka" marca um adjunto adverbial deslocado. (C) Certamente não há dado referente ao maremoto do dia 26 de dezembro de 2004 mais impressionante do que as mais de 250 mil vidas humanas perdidas. Mas outro aspecto começa a despertar a atenção da comunidade internacional. / As duas frases podem ser unidas por vírgula (em substituição ao ponto), sem que o sentido do texto se altere. (D) O azul do mar, a areia branca das praias da Indonésia e o verde dos coqueiros foram rapidamente substituídos por um lamacento quadro marrom. / Em "O azul do mar, a areia branca das praias" a pontuação está errada, pois não se emprega vírgula no sujeito. 9 - (FCC - TRT/20ª Região - PONTUAÇÃO) A frase corretamente pontuada é: (A) A expressão — justiça do trabalho — apareceu pela primeira vez em lei na Constituição de 1934, com a finalidade de "dirimir questões entre empregadores e empregados regidas pela legislação social", dispositivo que se manteve na Constituição de 1937. (B) A expressão "justiça do trabalho", apareceu pela primeira vez em lei na Constituição de 1934 com a finalidade — de dirimir questões entre empregadores e empregados regidas pela legislação social, dispositivo que se manteve na Constituição de 1937. (C) A expressão justiça do trabalho apareceu pela primeira vez em lei — na Constituição de 1934 — com a finalidade de dirimir questões entre empregadores e empregados regidas, pela legislação social, dispositivo que se manteve na Constituição, de 1937. (D) A expressão justiça do trabalho — apareceu, pela primeira vez em lei na Constituição de 1934 com a finalidade, de dirimir questões entre empregadores e empregados regidas pela legislação social dispositivo que se manteve na Constituição de 1937. (E) A expressão justiça do trabalho apareceu pela primeira vez em lei na "Constituição de 1934" com a finalidade de dirimir, questões entre empregadores e empregados regidas pela legislação social dispositivo, que se manteve na "Constituição de 1937".
  21. 21. 10 - (ESAF - MP/ENAP/SPU) Assinale a opção em que há erro de pontuação. (A) Entre março de 2004 e fevereiro de 2005, as exportações brasileiras ultrapassaram a marca dos US$ 100 bilhões, um recorde histórico para o país. (B) A meta do Governo Federal, alcançada com quase dois anos de antecedência mostra o vigor das vendas do país para o mercado externo. (C) Exportação em alta significa favorecer o desenvolvimento do país e, portanto, a geração de emprego de renda. Para o sucesso desse trabalho, as microempresas contam com o apoio do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e da APEX-Brasil (Agência de Promoção de Exportações do Brasil) na capacitação de funcionários e na consultoria técnica. (D) O aumento nas exportações é um dos fatores principais para o saldo positivo referente à criação de postos de trabalho no Brasil. Em 2004, foram 1,5 milhão de novas vagas com carteira assinada, e essa tendência permanece este ano. (E) Em janeiro, foram criadas 115.972 vagas formais, melhor resultado para o período desde 1992. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população ocupada em janeiro deste ano em seis regiões metropolitanas cresceu 4,1% em relação ao mesmo período de 2004. GABARITO: 1 D 2 D 3 D 4 C 5 A 6 D 7 E 8 D 9 A 10 B

×