SlideShare uma empresa Scribd logo

Eco111 Aula 09

Thiago Ribeiro
Thiago Ribeiro
Thiago RibeiroEstrategista de Marketing em Thiago Ribeiro| Marketing

Eco111 Aula 09

1 de 17
Baixar para ler offline
Eco111 Aula 09
Eco111 Aula 09
Composição do Capital Total

• Segundo Fontes de Financiamento:
  – Capital Próprio
  – Capital de Terceiros


• Segundo usos (ou aplicação):
  – Capital Fixo
  – Capital Circulante
Capital Fixo

• Montante de capital aplicado na estrutura, durante
  todo o período de análise (máquinas, equipamentos,
  instalações, móveis, veículos, “software", etc.)

• Corresponde ao Ativo Imobilizado da empresa
Capital Fixo (exemplo de cálculo)
Necessidade Líquida de Capital de
          Giro (ou Circulante)
• É essencial conhecer a necessidade líquida de
  Capital de Giro:



                      NLKg = CR – CP + E

         CR = média das contas a receber, em determinado período
          CP = média das contas a pagar , em determinado período
E = Estoques totais (insumos + produtos acabados) , em determinado período
Anúncio

Recomendados

Administracao do capital de giro siglas
Administracao do capital de giro   siglasAdministracao do capital de giro   siglas
Administracao do capital de giro siglasClaudio Parra
 
Fluxo de demonstracao contabil
Fluxo de demonstracao contabilFluxo de demonstracao contabil
Fluxo de demonstracao contabilcontacontabil
 
Exame Suficiência CFC 2018/2 Prova Branca Questão 48
Exame Suficiência CFC 2018/2 Prova Branca Questão 48Exame Suficiência CFC 2018/2 Prova Branca Questão 48
Exame Suficiência CFC 2018/2 Prova Branca Questão 48Thiago Chaim
 
Critérios e métodos de avaliação e depreciação imobiliária e de equipamentos
Critérios e métodos de avaliação e depreciação   imobiliária e de equipamentosCritérios e métodos de avaliação e depreciação   imobiliária e de equipamentos
Critérios e métodos de avaliação e depreciação imobiliária e de equipamentosUniversidade Federal Fluminense
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Proposição de Valor
Modelagem de Negócios Inovadores - Proposição de ValorModelagem de Negócios Inovadores - Proposição de Valor
Modelagem de Negócios Inovadores - Proposição de ValorThiago Ribeiro
 
6 avaliação de investimentos
6   avaliação de investimentos6   avaliação de investimentos
6 avaliação de investimentosJeferson Silva
 
Exercícios+payback,tir,vpl+respostas
Exercícios+payback,tir,vpl+respostasExercícios+payback,tir,vpl+respostas
Exercícios+payback,tir,vpl+respostasCarolina França
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Eco111 Aula 09

Tributos Renda Pessoa Jurídica - Prof. Régis Braga - Novembro e Dezembro 2013
Tributos Renda Pessoa Jurídica - Prof. Régis Braga - Novembro e Dezembro 2013Tributos Renda Pessoa Jurídica - Prof. Régis Braga - Novembro e Dezembro 2013
Tributos Renda Pessoa Jurídica - Prof. Régis Braga - Novembro e Dezembro 2013Sustentare Escola de Negócios
 
Aula de Contabilidade Basica.ppt
Aula de Contabilidade Basica.pptAula de Contabilidade Basica.ppt
Aula de Contabilidade Basica.pptPedro Luis Moraes
 
2 Contabilidade Para Não Contadores
2   Contabilidade Para Não Contadores2   Contabilidade Para Não Contadores
2 Contabilidade Para Não ContadoresBolivar Motta
 
CONCEITOS BÁSICOS DE CONTABILIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONTABILIDADECONCEITOS BÁSICOS DE CONTABILIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONTABILIDADEAsclar Stampa
 
Aula de Teoria da contabilidade - Ativo e sua mensuração
Aula de Teoria da contabilidade - Ativo e sua mensuraçãoAula de Teoria da contabilidade - Ativo e sua mensuração
Aula de Teoria da contabilidade - Ativo e sua mensuraçãoLaylaOlivatti
 
Apostila contabilidade para_nao_contadores
Apostila contabilidade para_nao_contadoresApostila contabilidade para_nao_contadores
Apostila contabilidade para_nao_contadoresMarcus Oliveira
 
Apostila contabilidade para_nao_contadores
Apostila contabilidade para_nao_contadoresApostila contabilidade para_nao_contadores
Apostila contabilidade para_nao_contadoresMVPO
 
Apostila contabilidade facil
Apostila contabilidade facilApostila contabilidade facil
Apostila contabilidade facilapostilacontabil
 
Tc58 demonstraes financeiras.22.10.13 www.tc58n.wordpress.com
Tc58   demonstraes financeiras.22.10.13  www.tc58n.wordpress.comTc58   demonstraes financeiras.22.10.13  www.tc58n.wordpress.com
Tc58 demonstraes financeiras.22.10.13 www.tc58n.wordpress.comClaudio Parra
 
2 siafi op orç, desc cred e emp
2 siafi op orç, desc cred e emp2 siafi op orç, desc cred e emp
2 siafi op orç, desc cred e empmarcos silva
 
Balanco patrimonial estrutura 02
Balanco patrimonial estrutura 02Balanco patrimonial estrutura 02
Balanco patrimonial estrutura 02apostilacontabil
 
Apostila DOAR - Aula Especial - Pró-Cursos
Apostila DOAR - Aula Especial - Pró-CursosApostila DOAR - Aula Especial - Pró-Cursos
Apostila DOAR - Aula Especial - Pró-CursosPró Cursos
 
183 cpc 03_r2_rev 10
183 cpc 03_r2_rev 10183 cpc 03_r2_rev 10
183 cpc 03_r2_rev 10acmartins9
 
Demonstrações contabéis contabilidade para não contadores
Demonstrações contabéis contabilidade para não contadoresDemonstrações contabéis contabilidade para não contadores
Demonstrações contabéis contabilidade para não contadoresRodrigo Cisco
 

Semelhante a Eco111 Aula 09 (20)

Depreciação e Métodos
Depreciação e Métodos Depreciação e Métodos
Depreciação e Métodos
 
Balanco patrimonial
Balanco patrimonialBalanco patrimonial
Balanco patrimonial
 
Tributos Renda Pessoa Jurídica - Prof. Régis Braga - Novembro e Dezembro 2013
Tributos Renda Pessoa Jurídica - Prof. Régis Braga - Novembro e Dezembro 2013Tributos Renda Pessoa Jurídica - Prof. Régis Braga - Novembro e Dezembro 2013
Tributos Renda Pessoa Jurídica - Prof. Régis Braga - Novembro e Dezembro 2013
 
Aula de Contabilidade Basica.ppt
Aula de Contabilidade Basica.pptAula de Contabilidade Basica.ppt
Aula de Contabilidade Basica.ppt
 
2 Contabilidade Para Não Contadores
2   Contabilidade Para Não Contadores2   Contabilidade Para Não Contadores
2 Contabilidade Para Não Contadores
 
Auxiliar administrativo
Auxiliar administrativoAuxiliar administrativo
Auxiliar administrativo
 
CONCEITOS BÁSICOS DE CONTABILIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONTABILIDADECONCEITOS BÁSICOS DE CONTABILIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONTABILIDADE
 
Análise das demonstrações
Análise das demonstraçõesAnálise das demonstrações
Análise das demonstrações
 
Gestão fiscal e orçamentária
Gestão fiscal e orçamentáriaGestão fiscal e orçamentária
Gestão fiscal e orçamentária
 
Palestra capital de giro
Palestra capital de giroPalestra capital de giro
Palestra capital de giro
 
Aula de Teoria da contabilidade - Ativo e sua mensuração
Aula de Teoria da contabilidade - Ativo e sua mensuraçãoAula de Teoria da contabilidade - Ativo e sua mensuração
Aula de Teoria da contabilidade - Ativo e sua mensuração
 
Apostila contabilidade para_nao_contadores
Apostila contabilidade para_nao_contadoresApostila contabilidade para_nao_contadores
Apostila contabilidade para_nao_contadores
 
Apostila contabilidade para_nao_contadores
Apostila contabilidade para_nao_contadoresApostila contabilidade para_nao_contadores
Apostila contabilidade para_nao_contadores
 
Apostila contabilidade facil
Apostila contabilidade facilApostila contabilidade facil
Apostila contabilidade facil
 
Tc58 demonstraes financeiras.22.10.13 www.tc58n.wordpress.com
Tc58   demonstraes financeiras.22.10.13  www.tc58n.wordpress.comTc58   demonstraes financeiras.22.10.13  www.tc58n.wordpress.com
Tc58 demonstraes financeiras.22.10.13 www.tc58n.wordpress.com
 
2 siafi op orç, desc cred e emp
2 siafi op orç, desc cred e emp2 siafi op orç, desc cred e emp
2 siafi op orç, desc cred e emp
 
Balanco patrimonial estrutura 02
Balanco patrimonial estrutura 02Balanco patrimonial estrutura 02
Balanco patrimonial estrutura 02
 
Apostila DOAR - Aula Especial - Pró-Cursos
Apostila DOAR - Aula Especial - Pró-CursosApostila DOAR - Aula Especial - Pró-Cursos
Apostila DOAR - Aula Especial - Pró-Cursos
 
183 cpc 03_r2_rev 10
183 cpc 03_r2_rev 10183 cpc 03_r2_rev 10
183 cpc 03_r2_rev 10
 
Demonstrações contabéis contabilidade para não contadores
Demonstrações contabéis contabilidade para não contadoresDemonstrações contabéis contabilidade para não contadores
Demonstrações contabéis contabilidade para não contadores
 

Mais de Thiago Ribeiro

Apresentação palestra internacionalização startups
Apresentação palestra internacionalização startupsApresentação palestra internacionalização startups
Apresentação palestra internacionalização startupsThiago Ribeiro
 
Mecanismos para dinamização e valoração de startups
Mecanismos para dinamização e valoração de startupsMecanismos para dinamização e valoração de startups
Mecanismos para dinamização e valoração de startupsThiago Ribeiro
 
Transformação digital & Design de Serviços
Transformação digital & Design de ServiçosTransformação digital & Design de Serviços
Transformação digital & Design de ServiçosThiago Ribeiro
 
Marketing para Startups: por onde começar
Marketing para Startups: por onde começarMarketing para Startups: por onde começar
Marketing para Startups: por onde começarThiago Ribeiro
 
Caderno Temático sobre Validações Iniciais
Caderno Temático sobre Validações IniciaisCaderno Temático sobre Validações Iniciais
Caderno Temático sobre Validações IniciaisThiago Ribeiro
 
Palestra Inovação ou Morte!
Palestra Inovação ou Morte!Palestra Inovação ou Morte!
Palestra Inovação ou Morte!Thiago Ribeiro
 
Apresentação Webinar Oportunidades para empreender
Apresentação Webinar   Oportunidades para empreenderApresentação Webinar   Oportunidades para empreender
Apresentação Webinar Oportunidades para empreenderThiago Ribeiro
 
Curso de Modelagem de Negócios Inovadores - Planejamento Estratégico - 2016
Curso de Modelagem de Negócios Inovadores - Planejamento Estratégico - 2016Curso de Modelagem de Negócios Inovadores - Planejamento Estratégico - 2016
Curso de Modelagem de Negócios Inovadores - Planejamento Estratégico - 2016Thiago Ribeiro
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Marketing & Branding para Startups 2016
Modelagem de Negócios Inovadores - Marketing & Branding para Startups 2016Modelagem de Negócios Inovadores - Marketing & Branding para Startups 2016
Modelagem de Negócios Inovadores - Marketing & Branding para Startups 2016Thiago Ribeiro
 
Curso de Modelagem de Projetos Inovadores - Viabilidade do Projeto
Curso de Modelagem de Projetos Inovadores - Viabilidade do ProjetoCurso de Modelagem de Projetos Inovadores - Viabilidade do Projeto
Curso de Modelagem de Projetos Inovadores - Viabilidade do ProjetoThiago Ribeiro
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Lean Startup: Montagem dos Experimentos
Modelagem de Negócios Inovadores - Lean Startup: Montagem dos ExperimentosModelagem de Negócios Inovadores - Lean Startup: Montagem dos Experimentos
Modelagem de Negócios Inovadores - Lean Startup: Montagem dos ExperimentosThiago Ribeiro
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Back-End do Modelo de Negócios
Modelagem de Negócios Inovadores - Back-End do Modelo de NegóciosModelagem de Negócios Inovadores - Back-End do Modelo de Negócios
Modelagem de Negócios Inovadores - Back-End do Modelo de NegóciosThiago Ribeiro
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Front-end do Modelo de Negócios
Modelagem de Negócios Inovadores - Front-end do Modelo de NegóciosModelagem de Negócios Inovadores - Front-end do Modelo de Negócios
Modelagem de Negócios Inovadores - Front-end do Modelo de NegóciosThiago Ribeiro
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Entendimento do Problema
Modelagem de Negócios Inovadores - Entendimento do ProblemaModelagem de Negócios Inovadores - Entendimento do Problema
Modelagem de Negócios Inovadores - Entendimento do ProblemaThiago Ribeiro
 
Modelagem de Negócios Inovadores Aula 02 - Lean Startup - 2016
Modelagem de Negócios Inovadores Aula 02 - Lean Startup - 2016Modelagem de Negócios Inovadores Aula 02 - Lean Startup - 2016
Modelagem de Negócios Inovadores Aula 02 - Lean Startup - 2016Thiago Ribeiro
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Abertura 2016
Modelagem de Negócios Inovadores - Abertura 2016Modelagem de Negócios Inovadores - Abertura 2016
Modelagem de Negócios Inovadores - Abertura 2016Thiago Ribeiro
 
Webinar transformação digital
Webinar transformação digitalWebinar transformação digital
Webinar transformação digitalThiago Ribeiro
 
Webinar Modelo de Negócios Pessoal
Webinar Modelo de Negócios PessoalWebinar Modelo de Negócios Pessoal
Webinar Modelo de Negócios PessoalThiago Ribeiro
 
Apresentação Webinar Marketing & Branding para Startups
Apresentação Webinar Marketing & Branding para StartupsApresentação Webinar Marketing & Branding para Startups
Apresentação Webinar Marketing & Branding para StartupsThiago Ribeiro
 
Webinar 10 Passos para Levantar Recursos para sua ONG usando a Nota Fiscal Pa...
Webinar 10 Passos para Levantar Recursos para sua ONG usando a Nota Fiscal Pa...Webinar 10 Passos para Levantar Recursos para sua ONG usando a Nota Fiscal Pa...
Webinar 10 Passos para Levantar Recursos para sua ONG usando a Nota Fiscal Pa...Thiago Ribeiro
 

Mais de Thiago Ribeiro (20)

Apresentação palestra internacionalização startups
Apresentação palestra internacionalização startupsApresentação palestra internacionalização startups
Apresentação palestra internacionalização startups
 
Mecanismos para dinamização e valoração de startups
Mecanismos para dinamização e valoração de startupsMecanismos para dinamização e valoração de startups
Mecanismos para dinamização e valoração de startups
 
Transformação digital & Design de Serviços
Transformação digital & Design de ServiçosTransformação digital & Design de Serviços
Transformação digital & Design de Serviços
 
Marketing para Startups: por onde começar
Marketing para Startups: por onde começarMarketing para Startups: por onde começar
Marketing para Startups: por onde começar
 
Caderno Temático sobre Validações Iniciais
Caderno Temático sobre Validações IniciaisCaderno Temático sobre Validações Iniciais
Caderno Temático sobre Validações Iniciais
 
Palestra Inovação ou Morte!
Palestra Inovação ou Morte!Palestra Inovação ou Morte!
Palestra Inovação ou Morte!
 
Apresentação Webinar Oportunidades para empreender
Apresentação Webinar   Oportunidades para empreenderApresentação Webinar   Oportunidades para empreender
Apresentação Webinar Oportunidades para empreender
 
Curso de Modelagem de Negócios Inovadores - Planejamento Estratégico - 2016
Curso de Modelagem de Negócios Inovadores - Planejamento Estratégico - 2016Curso de Modelagem de Negócios Inovadores - Planejamento Estratégico - 2016
Curso de Modelagem de Negócios Inovadores - Planejamento Estratégico - 2016
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Marketing & Branding para Startups 2016
Modelagem de Negócios Inovadores - Marketing & Branding para Startups 2016Modelagem de Negócios Inovadores - Marketing & Branding para Startups 2016
Modelagem de Negócios Inovadores - Marketing & Branding para Startups 2016
 
Curso de Modelagem de Projetos Inovadores - Viabilidade do Projeto
Curso de Modelagem de Projetos Inovadores - Viabilidade do ProjetoCurso de Modelagem de Projetos Inovadores - Viabilidade do Projeto
Curso de Modelagem de Projetos Inovadores - Viabilidade do Projeto
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Lean Startup: Montagem dos Experimentos
Modelagem de Negócios Inovadores - Lean Startup: Montagem dos ExperimentosModelagem de Negócios Inovadores - Lean Startup: Montagem dos Experimentos
Modelagem de Negócios Inovadores - Lean Startup: Montagem dos Experimentos
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Back-End do Modelo de Negócios
Modelagem de Negócios Inovadores - Back-End do Modelo de NegóciosModelagem de Negócios Inovadores - Back-End do Modelo de Negócios
Modelagem de Negócios Inovadores - Back-End do Modelo de Negócios
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Front-end do Modelo de Negócios
Modelagem de Negócios Inovadores - Front-end do Modelo de NegóciosModelagem de Negócios Inovadores - Front-end do Modelo de Negócios
Modelagem de Negócios Inovadores - Front-end do Modelo de Negócios
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Entendimento do Problema
Modelagem de Negócios Inovadores - Entendimento do ProblemaModelagem de Negócios Inovadores - Entendimento do Problema
Modelagem de Negócios Inovadores - Entendimento do Problema
 
Modelagem de Negócios Inovadores Aula 02 - Lean Startup - 2016
Modelagem de Negócios Inovadores Aula 02 - Lean Startup - 2016Modelagem de Negócios Inovadores Aula 02 - Lean Startup - 2016
Modelagem de Negócios Inovadores Aula 02 - Lean Startup - 2016
 
Modelagem de Negócios Inovadores - Abertura 2016
Modelagem de Negócios Inovadores - Abertura 2016Modelagem de Negócios Inovadores - Abertura 2016
Modelagem de Negócios Inovadores - Abertura 2016
 
Webinar transformação digital
Webinar transformação digitalWebinar transformação digital
Webinar transformação digital
 
Webinar Modelo de Negócios Pessoal
Webinar Modelo de Negócios PessoalWebinar Modelo de Negócios Pessoal
Webinar Modelo de Negócios Pessoal
 
Apresentação Webinar Marketing & Branding para Startups
Apresentação Webinar Marketing & Branding para StartupsApresentação Webinar Marketing & Branding para Startups
Apresentação Webinar Marketing & Branding para Startups
 
Webinar 10 Passos para Levantar Recursos para sua ONG usando a Nota Fiscal Pa...
Webinar 10 Passos para Levantar Recursos para sua ONG usando a Nota Fiscal Pa...Webinar 10 Passos para Levantar Recursos para sua ONG usando a Nota Fiscal Pa...
Webinar 10 Passos para Levantar Recursos para sua ONG usando a Nota Fiscal Pa...
 

Último

Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...manoelaarmani
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024assedlsam
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfkeiciany
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 

Eco111 Aula 09

  • 3. Composição do Capital Total • Segundo Fontes de Financiamento: – Capital Próprio – Capital de Terceiros • Segundo usos (ou aplicação): – Capital Fixo – Capital Circulante
  • 4. Capital Fixo • Montante de capital aplicado na estrutura, durante todo o período de análise (máquinas, equipamentos, instalações, móveis, veículos, “software", etc.) • Corresponde ao Ativo Imobilizado da empresa
  • 5. Capital Fixo (exemplo de cálculo)
  • 6. Necessidade Líquida de Capital de Giro (ou Circulante) • É essencial conhecer a necessidade líquida de Capital de Giro: NLKg = CR – CP + E CR = média das contas a receber, em determinado período CP = média das contas a pagar , em determinado período E = Estoques totais (insumos + produtos acabados) , em determinado período
  • 7. NLKg (exemplo de cálculo)
  • 8. INDICADORES DECISÓRIOS • Análise da Taxa de Retorno: – Taxa de Lucro (LAJI / KT) – Rotação do Capital ( RT / KT) – Margem de Lucro (LAJI / RT) – LAJIDA (EBITDA) (LAJI + Depreciação + Amortização) • Depreciação = bens físicos / tangíveis • Amortização = direitos, bens intangíveis (recuperação de gastos com serviços que beneficiarão resultados de exercícios futuros da empresa – P&D, organização, estudos, etc.)
  • 9. Análise da Taxa de Retorno (exemplo de cálculo)
  • 10. ANÁLISE DE INDICADORES CONSTRUÍDOS A PARTIR DO FLUXO DE CAIXA • Registros em regime de caixa (quando efetivamente ocorre o movimento de caixa)
  • 12. Indicadores a partir do FC Necessidade Máxima de Recursos Período de Retorno – “Pay back” Valor Presente Líquido Taxa Interna de Retorno
  • 14. VPL e TIR VPL = SCo + [SC1 / (1+TO)] + [(SC2 / (1+TO)2] + [(SC3/ (1+TO)3] + … + [(SCn / (1+TO)n] TIR = Taxa TO que zera o VPL
  • 15. VPL e TIR no Excel Funções Financeiras no Excel (para um período dado) TIR =tir(fluxo de caixa de 0 a p;estimativa ou taxa qualquer) VPL =vpl(taxa de oportunidade;fluxo de caixa de 1 a p) + fluxo de caixa em 0
  • 17. Atividade 10 • Determine a Composição do Capital Total do empreendimento segundo sua aplicação (usos) e calcule a Necessidade Líquida de Capital de Giro; • Analise a Taxa de Retorno, segundo: Taxa de Lucro; Rotação do Capital; Margem de Lucro (LAJI / RT) e LAJIDA (EBITDA) • Construa o Fluxo de Caixa e analise os indicadores calculados a partir dele (Necessidade de Recursos, Pay Back, VPL e TIR), considerando a Análise de Sensibilidade do Fluxo de Caixa.

Notas do Editor

  1. ECO 111 - Plano de Negócios Prof. Giancarlo Ciola Instituto de Economia da Unicamp