Universidade Estadual de Maringá
               Departamento de Informática
Especialização em Desenvolvimento de Sistemas ...
Maringá
                                       2010
                                      Sumario



Introdução

        N...
Figura 1.1. – Modelo de Brainstorm do Guia do Motorista



2. Entrevistas

       Serve como instrumento para medir a acei...
Figura 3.1. – Visualização das categorias.



3.2. Category x Itens (Websort)
                                           X...
Figura 4.1. – Tela de Cadastro
Figura 4.2. – Tela das rotas.
Figura 4.3. – Tela de avaliação dos serviços dos postos.
Figura 4.4. – Tela de filtragem dos dados.
Figura 4.5. – Tela de Login.
Figura 4.6. – Tela de Reclamações.
Figura 4.7. – Tela de Compartilhamento de Rotas.
Figura 4.8. – Tela de Registro.
Figura 4.9. – Tela de Erro de Login.
Figura 4.10. – Tela para Recuperação de Senha.
Figura 4.11. – Tela de Feedback da Recuperação da Senha.
Figura 4.12. – Tela de Erro para Recuperar Senha.
Figura 4.13. -
Figura 4.14. – Tela de Rotas.

5. Identidade Visual

      Utilizado para marketing do sistema ou produto, este deve conte...
6. Layout

     Desenvolvimento de um protótipo da interface.
7. Postagem em Blog (Portfolio)

      Postagem em blog para fins de divulgação dos trabalhos realizados, o mesmo
pode ser...
veracidade das informações postadas pelos usuários, está também constatada pela
maioria das pessoas entrevistadas.
       ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relatório guiadomotorista (1)

666 visualizações

Publicada em

Guia do Motorista

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
666
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
49
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório guiadomotorista (1)

  1. 1. Universidade Estadual de Maringá Departamento de Informática Especialização em Desenvolvimento de Sistemas para Web Docente: Frederick van Amstel Projeto Guia do Motorista Dicentes: Hercules Gomes Cangussú Leandro Osvaldo Massakazu Kohatsu Reinaldo Thiago Corbari Feldhaus
  2. 2. Maringá 2010 Sumario Introdução No mundo atual, tempo é algo precioso ou de acordo com os capitalistas, tempo é dinheiro. Alguns seguem a linha de raciocínio em que não devemos ter pressa, mas também que não devemos perder tempo. Perdê-lo é algo desagradável. Ganhá-lo é ótimo pois, sobrando tempo, podemos realizar outras tarefas e até mesmo adiantar outros afazeres. Hoje existem ferramentas, e nisso incluímos tanto ferramentas no seu sentido material quanto no sentido das idéias, que nos auxiliam a agilizar nossos afazeres e aumentar nossa eficiência. Além desta praticidade, as pessoas buscam também a comodidade. Algo é dito cômodo quando nos proporciona vantagens, agradabilidade e conforto. Com base neste pensamento, este projeto proporciona os elementos acima mencionados no segmento das viagens e locais de abastecimento. O projeto oferece praticidade e comodidade a seus usuários neste quesito, pois possibilita um planejamento prévio de viagem, minimizando ou evitando possíveis transtornos e imprevistos que poderiam ocorrer numa viagem programada. A seguir alguns dos passos executados no projeto, com uma breve descrição de cada etapa. 1. Brainstorm (Mindmeister) Consiste em uma reunião de no máximo 30 minutos, senão torna-se improdutivo, para idealização de novos projetos, cada pessoa opina sobre o que poderia ser implementado e como seria. Algumas destas idéias podem ser arquivadas para uso posterior, ou para fins de consulta.
  3. 3. Figura 1.1. – Modelo de Brainstorm do Guia do Motorista 2. Entrevistas Serve como instrumento para medir a aceitação do sistema sobre o público alvo. Elaborado alguns ítens a serem abordados, a etapa consiste em entrevistar, e coletar informações de forma dinâmica, sem indução para as respostas. 3. Dendograma (Websort) Auxilia na montagem de menus acessíveis ao usuário final. Consiste no preenchimento de itens e categorias para estes menus, o teste é realizado pelo usuário em potencial, onde este arrasta a tarefa de acordo com a categoria que ele julga ser, no final, é analisado o resultado para verificar se o menu se encaixa no contexto da maioria dos usuários.
  4. 4. Figura 3.1. – Visualização das categorias. 3.2. Category x Itens (Websort) X 4. Wireframe (gomockingbird) Desenho de telas, para visualização num contexto geral da aplicação, uma visão genérica de como deve ficar o site, ou seja, um esboço do site.
  5. 5. Figura 4.1. – Tela de Cadastro
  6. 6. Figura 4.2. – Tela das rotas.
  7. 7. Figura 4.3. – Tela de avaliação dos serviços dos postos.
  8. 8. Figura 4.4. – Tela de filtragem dos dados.
  9. 9. Figura 4.5. – Tela de Login.
  10. 10. Figura 4.6. – Tela de Reclamações.
  11. 11. Figura 4.7. – Tela de Compartilhamento de Rotas.
  12. 12. Figura 4.8. – Tela de Registro.
  13. 13. Figura 4.9. – Tela de Erro de Login.
  14. 14. Figura 4.10. – Tela para Recuperação de Senha.
  15. 15. Figura 4.11. – Tela de Feedback da Recuperação da Senha.
  16. 16. Figura 4.12. – Tela de Erro para Recuperar Senha.
  17. 17. Figura 4.13. -
  18. 18. Figura 4.14. – Tela de Rotas. 5. Identidade Visual Utilizado para marketing do sistema ou produto, este deve conter informações sobre o mesmo, principais funcionalidades, atraindo o público alvo. O mesmo serve para selecionar cores que serão inseridas ao site final. A tipografia foi um dos passos importantes, a seleção de fontes que estejam disponíveis em vários sistemas operacionais, e que seja agradável ao usuário, assim como utilizar no máximo 3 tipos de fontes.
  19. 19. 6. Layout Desenvolvimento de um protótipo da interface.
  20. 20. 7. Postagem em Blog (Portfolio) Postagem em blog para fins de divulgação dos trabalhos realizados, o mesmo pode servir como portfolio pessoal. 8. Conclusão Com este projeto, foi possível interagir com diferentes técnicas para criação de um pré-projeto para desenvolvimento ou remodelagem de um site. Inicialmente a idéia do projeto de mapear os postos de gasolina e marcar informações pertinentes a viajantes pareceu de certa forma, algo rentável, mas ao analisarmos com mais calma, verificamos certas dificuldades quanto ao tratamento da
  21. 21. veracidade das informações postadas pelos usuários, está também constatada pela maioria das pessoas entrevistadas. Algumas técnicas e métodos demonstrados e relizados, apresentarão ser interessantes e válidos, mas somente a projetos de grande porte, pelo custo, tempo e mão de obra qualificada necessária para realização dos mesmos.

×