SlideShare uma empresa Scribd logo

User experience design: onde estamos e para onde vamos, numa perspectiva brasileira - FIC (out/2019)

https://fic19.com.br/programacao Quando ouvimos frases aspiracionais como "todos são designers", ou que estamos vivendo na "era da experiência", ficamos empolgados!... mas nem sempre sabemos o que fazer com elas. Claramente, o conceito de Experiência do Usuário (ou UX) por si só não vai salvar nenhuma pátria. De que tipo de profissionais estamos falando, esses que definem ou influenciam as decisões de design? Qual seu limite de atuação? E como as empresas estão lidando com essas pessoas? Pela minha vivência como designer e organizador de evento sobre o assunto, temos uma comunidade vibrante que está disposta a falar sobre o mais importante: o que ainda não sabe. Estamos tateando, mas num cenário onde aprender sem parar não é algo opcional, estamos aproveitando bem a oportunidade de aprendizado em grupo. Usarei exemplos de discussões que vimos tendo na UXConf BR (desde 2015), hoje o evento mais expressivo do Brasil sobre UX. Thiago Esser: Designer com mais de 15 anos na profissão, com experiência em cada etapa do processo de design, e foco em construir produtos digitais, sintetizar ideias visualmente, e participar da comunidade com palestras e organizar um evento, a UXConf BR. É co-criador do evento, além de Product Experience Manager na Linx.

1 de 70
Baixar para ler offline
User Experience Design:
onde estamos e para onde vamos,
numa perspectiva brasileira?
@thiagoesser | Outubro de 2019
Thiago Esser
UX Manager @ Linx | Organizador @ UXConf BR
Meu ponto de vista:
● Designer digital desde 2003 (16 anos)
● Organizador de evento de UX
● Me desenvolvendo como líder
● Formado em PP + Artes + Gestão
Onde estamos?
Começando pelo básico.
Era da experiência
Mais do que vender um produto
Era da experiência
Era dos Serviços (aluguel, cloud, compartilhado)
Consumidor no centro
Valores importam
UXD / IxD
Interações digitais
Design de serviços
Digital + físicoCXD
Percepção do todo
Experiência omni: como faz?
Qual é o limite deatuação de cada um?

Recomendados

TDC2017 | São Paulo - Trilha Design Thinking How we figured out we had a SRE ...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Design Thinking How we figured out we had a SRE ...TDC2017 | São Paulo - Trilha Design Thinking How we figured out we had a SRE ...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Design Thinking How we figured out we had a SRE ...tdc-globalcode
 
Quero ser um designer de interação no Brasil: #comofaz?
Quero ser um designer de interação no Brasil: #comofaz?Quero ser um designer de interação no Brasil: #comofaz?
Quero ser um designer de interação no Brasil: #comofaz?Rodrigo Medeiros
 
Quero trabalhar com visualização de dados no Brasil: #comofaz?
Quero trabalhar com visualização de dados no Brasil: #comofaz?Quero trabalhar com visualização de dados no Brasil: #comofaz?
Quero trabalhar com visualização de dados no Brasil: #comofaz?Rodrigo Medeiros
 
Visualização de dados: o que mudou em 10 anos?
Visualização de dados: o que mudou em 10 anos?Visualização de dados: o que mudou em 10 anos?
Visualização de dados: o que mudou em 10 anos?Rodrigo Medeiros
 
TDC2017 | São Paulo - Trilha Design Thinking How we figured out we had a SRE ...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Design Thinking How we figured out we had a SRE ...TDC2017 | São Paulo - Trilha Design Thinking How we figured out we had a SRE ...
TDC2017 | São Paulo - Trilha Design Thinking How we figured out we had a SRE ...tdc-globalcode
 
Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A trajetória da transf...
Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A trajetória da transf...Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A trajetória da transf...
Indo audaciosamente onde nenhum outro designer esteve: A trajetória da transf...UXConf BR
 
Chatbots e UX: Como os chatbots podem ajudar a entender o que as pessoas real...
Chatbots e UX: Como os chatbots podem ajudar a entender o que as pessoas real...Chatbots e UX: Como os chatbots podem ajudar a entender o que as pessoas real...
Chatbots e UX: Como os chatbots podem ajudar a entender o que as pessoas real...Renata Tonezi
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a User experience design: onde estamos e para onde vamos, numa perspectiva brasileira - FIC (out/2019)

Mercado de UX: onde estamos e pra onde vamos? @ umovmearena (agosto/2019)
Mercado de UX: onde estamos e pra onde vamos? @ umovmearena (agosto/2019)Mercado de UX: onde estamos e pra onde vamos? @ umovmearena (agosto/2019)
Mercado de UX: onde estamos e pra onde vamos? @ umovmearena (agosto/2019)Thiago Esser
 
UXconf 2017 - Review
UXconf 2017 - ReviewUXconf 2017 - Review
UXconf 2017 - ReviewRafael Burity
 
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemas
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemasDesign Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemas
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemasRenata Tonezi
 
O Designer no Mundo da Tecnologia da Informação (TI)
O Designer no Mundo da Tecnologia da Informação (TI)O Designer no Mundo da Tecnologia da Informação (TI)
O Designer no Mundo da Tecnologia da Informação (TI)Thiago Esser
 
User Experience - Por que NÃO projetar com foco no usuário pode ser fatal
User Experience - Por que NÃO projetar com foco no usuário pode ser fatalUser Experience - Por que NÃO projetar com foco no usuário pode ser fatal
User Experience - Por que NÃO projetar com foco no usuário pode ser fatalAtech S.A. | Embraer Group
 
User Experience - Por que não projetar com foco no usuário pode ser fatal
User Experience - Por que não projetar com foco no usuário pode ser fatalUser Experience - Por que não projetar com foco no usuário pode ser fatal
User Experience - Por que não projetar com foco no usuário pode ser fatalRafael Burity
 
UX em Projetos Digitais
UX em Projetos DigitaisUX em Projetos Digitais
UX em Projetos DigitaisLaura Lessa
 
[Ixda campinas]- 1º Encontro de UX - 2017
[Ixda   campinas]- 1º Encontro de UX - 2017[Ixda   campinas]- 1º Encontro de UX - 2017
[Ixda campinas]- 1º Encontro de UX - 2017ixdacampinassp
 
7 motivos pelos quais acredito que é um ótimo momento para ser designer (de i...
7 motivos pelos quais acredito que é um ótimo momento para ser designer (de i...7 motivos pelos quais acredito que é um ótimo momento para ser designer (de i...
7 motivos pelos quais acredito que é um ótimo momento para ser designer (de i...Bruno Duarte
 
Experiência do Usuário: uma introdução
Experiência do Usuário: uma introduçãoExperiência do Usuário: uma introdução
Experiência do Usuário: uma introduçãoJuliana Dorneles
 
TDC2016POA | Trilha UX Design - UX no processo evolutivo de produto
TDC2016POA | Trilha UX Design - UX no processo evolutivo de produtoTDC2016POA | Trilha UX Design - UX no processo evolutivo de produto
TDC2016POA | Trilha UX Design - UX no processo evolutivo de produtotdc-globalcode
 
Ux no processo evolutivo de produto
Ux no processo evolutivo de produtoUx no processo evolutivo de produto
Ux no processo evolutivo de produtoMurilo Bispo
 
Christiane Melcher | UX e Design Thinking no contexto “Agile”
Christiane Melcher | UX e Design Thinking no contexto “Agile”Christiane Melcher | UX e Design Thinking no contexto “Agile”
Christiane Melcher | UX e Design Thinking no contexto “Agile”UXPA-Rio
 
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para AndroidIntrodução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para AndroidNelson Vasconcelos
 
Service Design para o Setor de Investimentos Financeiros
Service Design para o Setor de Investimentos FinanceirosService Design para o Setor de Investimentos Financeiros
Service Design para o Setor de Investimentos FinanceirosKarla Cruz
 
O que pode ser Design de Interação?
O que pode ser Design de Interação?O que pode ser Design de Interação?
O que pode ser Design de Interação?guestb90ef5
 
On UX and UX carrer - Intel Software Day 2013 - portuguese
On UX and UX carrer - Intel Software Day 2013 - portugueseOn UX and UX carrer - Intel Software Day 2013 - portuguese
On UX and UX carrer - Intel Software Day 2013 - portugueseAna Luísa Ponsirenas
 
UX e Tecnologia - Bianca Brancaleone
UX e Tecnologia - Bianca BrancaleoneUX e Tecnologia - Bianca Brancaleone
UX e Tecnologia - Bianca BrancaleoneByte Girl
 
Apresentação - UXConf BR 2017 REDUX - IxDA Curitiba
Apresentação - UXConf BR 2017 REDUX - IxDA CuritibaApresentação - UXConf BR 2017 REDUX - IxDA Curitiba
Apresentação - UXConf BR 2017 REDUX - IxDA CuritibaAdriane Quintas
 

Semelhante a User experience design: onde estamos e para onde vamos, numa perspectiva brasileira - FIC (out/2019) (20)

Mercado de UX: onde estamos e pra onde vamos? @ umovmearena (agosto/2019)
Mercado de UX: onde estamos e pra onde vamos? @ umovmearena (agosto/2019)Mercado de UX: onde estamos e pra onde vamos? @ umovmearena (agosto/2019)
Mercado de UX: onde estamos e pra onde vamos? @ umovmearena (agosto/2019)
 
UXconf 2017 - Review
UXconf 2017 - ReviewUXconf 2017 - Review
UXconf 2017 - Review
 
UX Dos and Dont's
UX  Dos and Dont's UX  Dos and Dont's
UX Dos and Dont's
 
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemas
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemasDesign Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemas
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemas
 
O Designer no Mundo da Tecnologia da Informação (TI)
O Designer no Mundo da Tecnologia da Informação (TI)O Designer no Mundo da Tecnologia da Informação (TI)
O Designer no Mundo da Tecnologia da Informação (TI)
 
User Experience - Por que NÃO projetar com foco no usuário pode ser fatal
User Experience - Por que NÃO projetar com foco no usuário pode ser fatalUser Experience - Por que NÃO projetar com foco no usuário pode ser fatal
User Experience - Por que NÃO projetar com foco no usuário pode ser fatal
 
User Experience - Por que não projetar com foco no usuário pode ser fatal
User Experience - Por que não projetar com foco no usuário pode ser fatalUser Experience - Por que não projetar com foco no usuário pode ser fatal
User Experience - Por que não projetar com foco no usuário pode ser fatal
 
UX em Projetos Digitais
UX em Projetos DigitaisUX em Projetos Digitais
UX em Projetos Digitais
 
[Ixda campinas]- 1º Encontro de UX - 2017
[Ixda   campinas]- 1º Encontro de UX - 2017[Ixda   campinas]- 1º Encontro de UX - 2017
[Ixda campinas]- 1º Encontro de UX - 2017
 
7 motivos pelos quais acredito que é um ótimo momento para ser designer (de i...
7 motivos pelos quais acredito que é um ótimo momento para ser designer (de i...7 motivos pelos quais acredito que é um ótimo momento para ser designer (de i...
7 motivos pelos quais acredito que é um ótimo momento para ser designer (de i...
 
Experiência do Usuário: uma introdução
Experiência do Usuário: uma introduçãoExperiência do Usuário: uma introdução
Experiência do Usuário: uma introdução
 
TDC2016POA | Trilha UX Design - UX no processo evolutivo de produto
TDC2016POA | Trilha UX Design - UX no processo evolutivo de produtoTDC2016POA | Trilha UX Design - UX no processo evolutivo de produto
TDC2016POA | Trilha UX Design - UX no processo evolutivo de produto
 
Ux no processo evolutivo de produto
Ux no processo evolutivo de produtoUx no processo evolutivo de produto
Ux no processo evolutivo de produto
 
Christiane Melcher | UX e Design Thinking no contexto “Agile”
Christiane Melcher | UX e Design Thinking no contexto “Agile”Christiane Melcher | UX e Design Thinking no contexto “Agile”
Christiane Melcher | UX e Design Thinking no contexto “Agile”
 
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para AndroidIntrodução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
 
Service Design para o Setor de Investimentos Financeiros
Service Design para o Setor de Investimentos FinanceirosService Design para o Setor de Investimentos Financeiros
Service Design para o Setor de Investimentos Financeiros
 
O que pode ser Design de Interação?
O que pode ser Design de Interação?O que pode ser Design de Interação?
O que pode ser Design de Interação?
 
On UX and UX carrer - Intel Software Day 2013 - portuguese
On UX and UX carrer - Intel Software Day 2013 - portugueseOn UX and UX carrer - Intel Software Day 2013 - portuguese
On UX and UX carrer - Intel Software Day 2013 - portuguese
 
UX e Tecnologia - Bianca Brancaleone
UX e Tecnologia - Bianca BrancaleoneUX e Tecnologia - Bianca Brancaleone
UX e Tecnologia - Bianca Brancaleone
 
Apresentação - UXConf BR 2017 REDUX - IxDA Curitiba
Apresentação - UXConf BR 2017 REDUX - IxDA CuritibaApresentação - UXConf BR 2017 REDUX - IxDA Curitiba
Apresentação - UXConf BR 2017 REDUX - IxDA Curitiba
 

Mais de Thiago Esser

Falar visualmente é o novo “designers devem programar” (versão ISA e TDC 2017)
Falar visualmente é o novo “designers devem programar” (versão ISA e TDC 2017)Falar visualmente é o novo “designers devem programar” (versão ISA e TDC 2017)
Falar visualmente é o novo “designers devem programar” (versão ISA e TDC 2017)Thiago Esser
 
Falar visualmente é o novo “designers devem programar”
Falar visualmente é o novo “designers devem programar”Falar visualmente é o novo “designers devem programar”
Falar visualmente é o novo “designers devem programar”Thiago Esser
 
Como organizar uma conferência de grande porte: o caso UXConf BR
Como organizar uma conferência de grande porte: o caso UXConf BRComo organizar uma conferência de grande porte: o caso UXConf BR
Como organizar uma conferência de grande porte: o caso UXConf BRThiago Esser
 
3 razões por que a sua palestra não foi aprovada nessa conferência, e a dela/...
3 razões por que a sua palestra não foi aprovada nessa conferência, e a dela/...3 razões por que a sua palestra não foi aprovada nessa conferência, e a dela/...
3 razões por que a sua palestra não foi aprovada nessa conferência, e a dela/...Thiago Esser
 
Design as the art of materializing business decisions (Interaction 16)
Design as the art of materializing business decisions (Interaction 16)Design as the art of materializing business decisions (Interaction 16)
Design as the art of materializing business decisions (Interaction 16)Thiago Esser
 
Design as the art of materializing business decisions @ ISA 2015
Design as the art of materializing business decisions @ ISA 2015Design as the art of materializing business decisions @ ISA 2015
Design as the art of materializing business decisions @ ISA 2015Thiago Esser
 
Interaction design in tech companies: the long way to the top
Interaction design in tech companies: the long way to the topInteraction design in tech companies: the long way to the top
Interaction design in tech companies: the long way to the topThiago Esser
 
A Arte de Materializar as Decisões de Negócios - #TheDevConf 2015
A Arte de Materializar as Decisões de Negócios - #TheDevConf 2015A Arte de Materializar as Decisões de Negócios - #TheDevConf 2015
A Arte de Materializar as Decisões de Negócios - #TheDevConf 2015Thiago Esser
 
UXConfBR - Apresentação
UXConfBR - ApresentaçãoUXConfBR - Apresentação
UXConfBR - ApresentaçãoThiago Esser
 
Where do great products come from?
Where do great products come from?Where do great products come from?
Where do great products come from?Thiago Esser
 
User Experience & User Stories
User Experience & User StoriesUser Experience & User Stories
User Experience & User StoriesThiago Esser
 
Minicurso de UX Design (Resumo)
Minicurso de UX Design (Resumo)Minicurso de UX Design (Resumo)
Minicurso de UX Design (Resumo)Thiago Esser
 
Design Centrado em Usuários (UCD) em grandes e pequenas empresas
Design Centrado em Usuários (UCD) em grandes e pequenas empresasDesign Centrado em Usuários (UCD) em grandes e pequenas empresas
Design Centrado em Usuários (UCD) em grandes e pequenas empresasThiago Esser
 
As pessoas e a Tecnologia (ou vice-versa)
As pessoas e a Tecnologia (ou vice-versa)As pessoas e a Tecnologia (ou vice-versa)
As pessoas e a Tecnologia (ou vice-versa)Thiago Esser
 
Design para UX Mobile
Design para UX MobileDesign para UX Mobile
Design para UX MobileThiago Esser
 
Oficina Design Centrado no Usuário
Oficina Design Centrado no UsuárioOficina Design Centrado no Usuário
Oficina Design Centrado no UsuárioThiago Esser
 
User Experience Design
User Experience DesignUser Experience Design
User Experience DesignThiago Esser
 
Coisas que um UX Designer sabe (ou precisa saber)
Coisas que um UX Designer sabe (ou precisa saber)Coisas que um UX Designer sabe (ou precisa saber)
Coisas que um UX Designer sabe (ou precisa saber)Thiago Esser
 

Mais de Thiago Esser (19)

Falar visualmente é o novo “designers devem programar” (versão ISA e TDC 2017)
Falar visualmente é o novo “designers devem programar” (versão ISA e TDC 2017)Falar visualmente é o novo “designers devem programar” (versão ISA e TDC 2017)
Falar visualmente é o novo “designers devem programar” (versão ISA e TDC 2017)
 
Falar visualmente é o novo “designers devem programar”
Falar visualmente é o novo “designers devem programar”Falar visualmente é o novo “designers devem programar”
Falar visualmente é o novo “designers devem programar”
 
Como organizar uma conferência de grande porte: o caso UXConf BR
Como organizar uma conferência de grande porte: o caso UXConf BRComo organizar uma conferência de grande porte: o caso UXConf BR
Como organizar uma conferência de grande porte: o caso UXConf BR
 
3 razões por que a sua palestra não foi aprovada nessa conferência, e a dela/...
3 razões por que a sua palestra não foi aprovada nessa conferência, e a dela/...3 razões por que a sua palestra não foi aprovada nessa conferência, e a dela/...
3 razões por que a sua palestra não foi aprovada nessa conferência, e a dela/...
 
Design as the art of materializing business decisions (Interaction 16)
Design as the art of materializing business decisions (Interaction 16)Design as the art of materializing business decisions (Interaction 16)
Design as the art of materializing business decisions (Interaction 16)
 
Design as the art of materializing business decisions @ ISA 2015
Design as the art of materializing business decisions @ ISA 2015Design as the art of materializing business decisions @ ISA 2015
Design as the art of materializing business decisions @ ISA 2015
 
Interaction design in tech companies: the long way to the top
Interaction design in tech companies: the long way to the topInteraction design in tech companies: the long way to the top
Interaction design in tech companies: the long way to the top
 
A Arte de Materializar as Decisões de Negócios - #TheDevConf 2015
A Arte de Materializar as Decisões de Negócios - #TheDevConf 2015A Arte de Materializar as Decisões de Negócios - #TheDevConf 2015
A Arte de Materializar as Decisões de Negócios - #TheDevConf 2015
 
UXConfBR - Apresentação
UXConfBR - ApresentaçãoUXConfBR - Apresentação
UXConfBR - Apresentação
 
Where do great products come from?
Where do great products come from?Where do great products come from?
Where do great products come from?
 
User Experience & User Stories
User Experience & User StoriesUser Experience & User Stories
User Experience & User Stories
 
Minicurso de UX Design (Resumo)
Minicurso de UX Design (Resumo)Minicurso de UX Design (Resumo)
Minicurso de UX Design (Resumo)
 
Design Centrado em Usuários (UCD) em grandes e pequenas empresas
Design Centrado em Usuários (UCD) em grandes e pequenas empresasDesign Centrado em Usuários (UCD) em grandes e pequenas empresas
Design Centrado em Usuários (UCD) em grandes e pequenas empresas
 
As pessoas e a Tecnologia (ou vice-versa)
As pessoas e a Tecnologia (ou vice-versa)As pessoas e a Tecnologia (ou vice-versa)
As pessoas e a Tecnologia (ou vice-versa)
 
Design Thinking
Design ThinkingDesign Thinking
Design Thinking
 
Design para UX Mobile
Design para UX MobileDesign para UX Mobile
Design para UX Mobile
 
Oficina Design Centrado no Usuário
Oficina Design Centrado no UsuárioOficina Design Centrado no Usuário
Oficina Design Centrado no Usuário
 
User Experience Design
User Experience DesignUser Experience Design
User Experience Design
 
Coisas que um UX Designer sabe (ou precisa saber)
Coisas que um UX Designer sabe (ou precisa saber)Coisas que um UX Designer sabe (ou precisa saber)
Coisas que um UX Designer sabe (ou precisa saber)
 

Último

ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024dl assessoria
 
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...Dl assessoria 20
 
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...Dl assessoria 20
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...DL assessoria 28
 
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...DL assessoria 28
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024AaAssessoriadll
 
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...DL assessoria 29
 
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024DL assessoria 27
 
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...Prime Assessoria
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024Assessoria DL s2
 
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...assessoria dl 10
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...DL assessoria 31
 
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024dl assessoria
 
Não percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdfNão percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdfsmaria01964
 
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...DL assessoria 29
 
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...assessoria dl 10
 
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024DL assessoria 30
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...assessoria dl 10
 
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...DassessoriaAa
 
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024DL assessoria 30
 

Último (20)

ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - MUSCULAÇÃO E EXERCÍCIOS RESISTIDOS - 51/2024
 
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
 
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
 
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
 
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
 
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
 
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
 
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
 
Não percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdfNão percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdf
 
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
 
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...
 
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
 
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
 
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
 

User experience design: onde estamos e para onde vamos, numa perspectiva brasileira - FIC (out/2019)