Processo de planejamento

3.903 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Processo de planejamento

  1. 1. Processo dePlanejamentoGrupo: Thomás Freud | M. Creuza | et al. | Disciplina de Fundamentos da Administração
  2. 2. Conceitos• O que é Planejar? É uma ferramenta para administrar as relaçõescom o futuro;• Definir objetivos ou resultados a seremalcançados, bem como os meios para realizá-los;• Imaginar uma situação futura e trabalhar paraconstruí-la;
  3. 3. Atitudes em relação aoplanejamento• Atitude é uma predisposição à assumir determinadocomportamento que poderá, ou não, vir a consumar-se;• Atitudes favoráveis a mudança;• Atitude proativa;• Atitude reativa;
  4. 4. Atitude Proativa• Representada por forças que desejam e impulsionam asmudanças na organização;• Processa de maneira positiva os inputs que vêm doambiente interno e externo;• Dinamismo nas relações com o ambiente; [visãosistêmica]
  5. 5. Atitude Reativa• Representada por forças que desejam e preservam aestabilidade;• Não processam as informações que vêm do ambienteinterno ou externo;• Forças resistentes à mudança;
  6. 6. Equilíbrio de forças• A atitude proativa é importante para o crescimento e amudança;• A atitude reativa é importante para manter a estabilidade eimpedir mudanças abruptas e desnecessárias;• Deve haver um equilíbrio entre as forças;
  7. 7. Processo de Planejamento• O processo pode ser individual ou colaborativo;• Três etapas: Produção ou levantamento de informações; Análise dessas informações; Preparação de um plano ou planos;
  8. 8. (3) TOMADA DE DECISÕES =PREPARAÇÃO DE PLANOSProcesso de Planejamento(1) LEVANTAMENTO OUPRODUÇÃO DEINFORMAÇÕES(2) ANÁLISEDASITUAÇÃO•Produção ouobtenção deinformações sobreuma situação;•Identificar ameaças eOportunidades |Forças e Fraquezas•Descrição da situaçãopresente e a situaçãodesejada;•Identificação e avaliaralternativas;•Escolha do curso deação, objetivos erecursos
  9. 9. Tomada de decisão eelaboração de planos• Registro das decisões resultantes da análise das informações;• É um guia para a ação no futuro;• Estabelece qual situação deverá ser alcançada, o que precisaser feito para alcançá-la e os recursos que serão aplicados paraisso;• Prevê os meios de controle da ação e do consumo derecursos, com a finalidade de assegurar a realização dosobjetivos;
  10. 10. Principais componentes dosplanos: Objetivos e Metas• Objetivos são os resultados desejados, fins, propósitos; Uma situação ou estado futuro; A realização de um produto, físico ou conceitual; A realização de um evento;• São a parte mais importante do plano;• Desdobram-se em outros objetivos: Objetivos intermediários;• Metas: objetivos quantitativos associados a indicadores dedesempenho específicos;
  11. 11. Principais componentes dosplanos: Meios de Realização• Definir um ou mais cursos de ação;• Executar atividades;• Empregar recursos;• Definir cursos de ação, atividades operacionais e osrecursos necessários para realizar os objetivos; Cursos de ação: O caminho a seguir;
  12. 12. Principais componentes dosplanos: Meios de Controle• Meios de Controle são informações para avaliaraté que ponto os objetivos estão sendo atingidose os cursos de ação escolhidos são apropriados;Por exemplo, Indicadores de desempenho.
  13. 13. Tipos de Planos• Segundo o critério da permanência: Planos Temporários: Extinguem-se quando os objetivossão realizados Planos Permanentes: São as decisõesprogramadas, usadas em situações predefinidas; Ex.:Políticas e procedimentos.
  14. 14. Tipos de Planos• Políticas (Diretriz): É uma orientação genérica quedefine em linhas gerais o curso de ação a serseguido quando determinado tipo de problema seapresenta; Orienta o processo de tomar decisões; São feitas e classificadas de acordo com as áreas funcionais daorganização;
  15. 15. Tipos de Planos• Procedimentos (rotinas): Descrições detalhadasde sequências de atividades que devem serrealizadas para que um objetivo possa sercumprido; Definem com precisão o comportamento a ser seguido; Não deixam margem de autonomia; Padronizam a conduta das pessoas;
  16. 16. Técnicas para estudar ofuturo• Consistem em processar informações concretas paraproduzir novas informações concretas;• Destinam-se a lidar com a incerteza e com o futurodesconhecido;• Produzem cenários a partir de informações obtidas;• Baseiam-se na projeção de dados da realidade presente;
  17. 17. Técnicas para estudar ofuturo• ANÁLISE DE SÉRIES TEMPORAIS: Estudo de dados aolongo de determinados períodos; São dispostos em gráficos e estudados estatisticamente, possibilitando aidentificação de tendências; Baseia-se na premissa de que o futuro é continuação do passado;
  18. 18. Técnicas para estudar ofuturo• PROJEÇÕES DERIVADAS: São estudos que procuramidentificar associações entre o comportamento de duasvariáveis; Ex: Elasticidade Renda.• RELAÇÕES DE CAUSA E EFEITO: Procura determinar o que provocadeterminados acontecimentos e a existência de possíveis “leis” decomportamento ou regularidade; Ex.: Lei da oferta e Demanda
  19. 19. Técnicas para estudar ofuturo• PESQUISA DE OPINIÃO E ATITUDE: São úteispara a compreensão das tendências;Eleições, por exemplo.
  20. 20. Lidando com a Incerteza• Técnicas que baseiam-se na tentativa de entender o futurodesconhecido,que não é mostrado pela análise da situação presente;Técnicas de Prospecção• Método de Delfos: É uma forma de pesquisa de opiniões, focalizadanum assunto específico, por meio de questionários;• Construção de Cenários: Baseia-se em perguntas do tipo “e se...?”.Um cenário consiste em especulações sobre eventos possíveis, comalguma base sobre a realidade presente;
  21. 21. Níveis de PlanejamentoOrganizacionalNíveis dePlanejamentoOrganizacionalPlanos EstratégicosPlanos Táticos | FuncionaisPlanos Operacionais
  22. 22. Níveis de PlanejamentoOrganizacional• Planos Estratégicos: Processo de definir a missão ou negócio eos objetivos da organização,considerando as ameaça eoportunidades do ambiente e outros fatores;• Planos Funcionais: São elaborados para possibilitar arealização dos planos estratégicos;• Planos Operacionais: Especificam atividades e recursos quesão necessários para a realização de qualquer espécie deobjetivos;
  23. 23. Bibliografia• MAXIMIANO, A.C.A, Introdução à Administração, São Paulo, Ed.?Atlas;

×