VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
BRASIL
59% DAS MULHERES VÍTIMAS DE
VIOLÊNCIA SÃO AGREDIDAS
DIARIAMENTE
VIOLÊNCIA
VIOLÊNCIA
NO BRASIL, UMA EM CADA DUAS
MULHERES JÁ SOFREU ALGUM
TIPO DE VIOLÊNCIA FÍSICA,
SEXUAL OU ABUSO PRATICADOS
POR UM...
EM 70% DOS CASOS, O
AGRESSOR É O MARIDO
OU O COMPANHEIRO DA
VÍTIMA
VIOLÊNCIA
EM 66% DOS CASOS, OS
FILHOS PRESENCIAM A
CENA DE AGRESSÃO
VIOLÊNCIA
DIAGNÓSTICO
As delegacias estudadas registram, em média, 25
casos por dia, havendo um maior volume de
ocorrências após os ...
DIAGNÓSTICO
Ser objeto de violência pelo fato de ser mulher,
marcada socialmente pelo signo da
subalternidade, é um proces...
“TRANSFORMAR A MULHER
QUE SOFRE VIOLÊNCIA EM
VÍTIMA, TRATANDO-A COM
INDIFERENÇA OU COM
INSENSIBILIDADE, É
PARTICIPAR DESSE...
DIAGNÓSTICO
A violência doméstica é um desafio a ser
enfrentado, considerando os altos índices de
ocorrências registrados ...
SOLUÇÃO
CASA DE PASSAGEM
PROTEÇÃO
ESPECIAL À
MULHER
+ FILHOS
DE ATÉ 14 ANOS
24 HORAS, FINS DE
SEMANA E
FERIADOS
ATÉ 30 DIAS, + 30
DIAS DE
RENOVAÇÃO...
TODO OS CASOS DE
VIOLÊNCIA
DOMÉSTICA
AMBIENTE SEGURO,
SIGILOSO E
ACOLHEDOR
RECÂMBIO PARA
OUTRAS
REGIÕES
MODELO DE
REFERÊNC...
Violência contra a mulher: Casa de Passagem
Violência contra a mulher: Casa de Passagem
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Violência contra a mulher: Casa de Passagem

832 visualizações

Publicada em

Conheça o projeto da TheBridge que propõe a criação de Casas de Passagem para a mulher vítima de violência doméstica.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Violência contra a mulher: Casa de Passagem

  1. 1. VIOLÊNCIA DOMÉSTICA BRASIL
  2. 2. 59% DAS MULHERES VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA SÃO AGREDIDAS DIARIAMENTE VIOLÊNCIA
  3. 3. VIOLÊNCIA NO BRASIL, UMA EM CADA DUAS MULHERES JÁ SOFREU ALGUM TIPO DE VIOLÊNCIA FÍSICA, SEXUAL OU ABUSO PRATICADOS POR UM HOMEM
  4. 4. EM 70% DOS CASOS, O AGRESSOR É O MARIDO OU O COMPANHEIRO DA VÍTIMA VIOLÊNCIA
  5. 5. EM 66% DOS CASOS, OS FILHOS PRESENCIAM A CENA DE AGRESSÃO VIOLÊNCIA
  6. 6. DIAGNÓSTICO As delegacias estudadas registram, em média, 25 casos por dia, havendo um maior volume de ocorrências após os finais de semana. Elas estão abertas de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h. Isso significa que, caso a mulher seja violentada às 20h da sexta-feira, precisa esperar até as 9h da segunda-feira para dar queixa, a não ser que faça a ocorrência numa delegacia comum.
  7. 7. DIAGNÓSTICO Ser objeto de violência pelo fato de ser mulher, marcada socialmente pelo signo da subalternidade, é um processo social que deve ser reconhecido como uma violação de direitos e transformado. Uma mulher violentada aponta para um problema social que afeta a homens e mulheres, pois denota o não reconhecimento da alteridade, pressuposto da condição humana.
  8. 8. “TRANSFORMAR A MULHER QUE SOFRE VIOLÊNCIA EM VÍTIMA, TRATANDO-A COM INDIFERENÇA OU COM INSENSIBILIDADE, É PARTICIPAR DESSE PROCESSO”
  9. 9. DIAGNÓSTICO A violência doméstica é um desafio a ser enfrentado, considerando os altos índices de ocorrências registrados no Brasil, mesmo após a aprovação da Lei da Maria da Penha – que não permite, desde fevereiro de 2012, a realização de audiências de conciliação entre a mulher agredida e seu agressor.
  10. 10. SOLUÇÃO
  11. 11. CASA DE PASSAGEM
  12. 12. PROTEÇÃO ESPECIAL À MULHER + FILHOS DE ATÉ 14 ANOS 24 HORAS, FINS DE SEMANA E FERIADOS ATÉ 30 DIAS, + 30 DIAS DE RENOVAÇÃO CASA DE PASSAGEM
  13. 13. TODO OS CASOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA AMBIENTE SEGURO, SIGILOSO E ACOLHEDOR RECÂMBIO PARA OUTRAS REGIÕES MODELO DE REFERÊNCIA PARA OUTRAS CIDADES CASA DE PASSAGEM

×