Relatório de química

4.866 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.866
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório de química

  1. 1. Relatório de Química (Larissa Paulo,Mariana,Thayrinne Borges)IntroduçãoO trabalho que se segue apresentará uma análise feita em uma amostra nolaboratório de química do Campus II do CEFET-MG. A análise química realizada tem porobjetivo determinar o fator de correção do NaOH e posteriormente determinar aacidez de uma amostra por meio de titulação de hidróxido de sódio.A acidez é a propriedade que um meio tem de, em meio aquoso, reagirquantitativamente com uma base forte a um pH definido. É expressa em miligramaspor litro de carbonato de cálcio, a um determinado pH.Conceitualmente a água é uma necessidade vital para qualquer ser vivo e é utilizadapara inúmeras finalidades. Em função do uso a que se destina deve apresentardeterminadas características. Assim, a água utilizada para beber denomina-se águapotável. A potabilidade de uma água é definida através de um conjunto de parâmetrose padrões estabelecidos por normas e legislações sanitárias. Estabelecer um padrão depotabilidade é definir, para cada parâmetro, um valor ou concentração a partir do qualseu consumo pode induzir a riscos à saúde. As analises de acidez são de grandeimportância para indicar o lançamento de alguns resíduos industriais nos esgotosdomésticos a acidez é determinada pela presença de CO2, ácidos minerais e saishidrolisados.A acidez na água tem pouco significado sanitário, porém águas com acidez mineral sãodesagradáveis ao paladar, sendo recusadas e também são responsáveis pela corrosãode tubulações e materiais. Determinação da acidez da água por titulação de hidróxido de sódioMateriais utilizados: Copo de bécker; Pipeta; Erlenmeyer Bureta e suporte universal (com mufa).Substâncias utilizadas: Fenolftaleína; Solução de NaOH a 0,1 mol/L. Solução de HCl a 0,1 mol/L Amostra
  2. 2. Procedimentos:De início já havíamos uma solução de NaOH preparada com 0,1M , como de esperadoiniciamos com a padronização do hidróxido de sódio determinando o fator decorreção.Para determinar o fator de correção pipetamos 25 ml de HCl 0,1M colocandoem um erlenmeyer de 250 ml.Em seguida enchemos a bureta com a solução preparada de NaOH a 0,1 M,adicionamos duas gotas de fenoftaleína no erlenmayer. Começamos a titulaçãoobtendo o volume de 28 ml de NaOH e em seguida repetimos o experimento obtendo27,5 ml de NaOH na titulação.Após obter o fator de correção do NaOH ,seguimos para a determinação da acidez daamostra. Pipetamos 25 ml de uma amostra dada e colocamos em um erlenmeyer de250 ml. Em seguida, enchemos a bureta com a solução de NaOH que obtemos o fatorde correção. Adicionamos duas gotas de fenoftaleína no erlenmeyer. Fizemos atitulação da solução no bécker da amostra, até que a mesma mudasse de cor, eobservou-se a quantidade de solução de NaOH gasta. Os procedimentos foramrepetidos duas vezes.Resultados e discussões:  Na padronização da solução de NaOH a 0,1 molar, obtemos a seguinte equação: HCl + NaOH  NaCl +H2OTemos que o número de mol de HCl é dado por M xV=0,1 x0,0025  nº de mol de HCl = 0,0025Assim temos que : Nº de mol de NaOH = 0,0025 mol M= nº de mol / Volume titulaçãoObtemos: M1= 0,0025/0,0275 =0,09 M2= 0,0025/0,028=0,089O fator de correção é dado por (Fc) = M real/M teórica Fc 1= 0,089/0,1  Fc1= 0,89 Fc2 =0,09/0,1  0,9Os dois valores são muito aproximados dos valores indicados na embalagem com fatorde correção = 1
  3. 3.  Para a determinação da acidez estabeleceu a seguinte reação: H2CO3 + 2 NaOH  Na2CO3 + H20Temos que a M do NaOH é aproximadamente 0,09 mol / LO volume gasto de NaOH para titular 25 ml da amostra foi de 12 ml na primeiratentativa e 12,5 ml na segunda tentativa.Obtemos então a concentração da solução (nº de mol/ L) x 100000 mg  Unidade deacidez mg/L CaCO3Conclusão:Referências bibliográficas:COLADAWEB. Disponível em < www.coladaweb.com › ... › Química Inorgânica>. Acessoem segunda-feira, 26 de março de 2012.PROFESSOR. Disponível em<professor.ucg.br/.../Parâmetros%20químicos%0de%20qualidade%20da%20água.doc>. Acesso em segunda-feira, 26 de março de 2012

×