Sistemaesqueltico

7.482 visualizações

Publicada em

0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.482
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
195
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistemaesqueltico

  1. 1. CENTRO DE ENSINO TÉCNICO INTENSIVO – CENETI CURSO: TÉC. DE ENFERMAGEM DISCIPLINA: ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA PROFESSOR: REYNALDO RODRIGUES SISTEMA ESQUELÉTICO Grupo 2 • • • • • Débora Santos Denise Frota Gizeli Melo Samira Santos Tarciane Nascimento
  2. 2. SISTEMA ESQUELÉTICO
  3. 3. Conceito  O sistema esquelético é composto de ossos e cartilagens.  Ossos são órgãos esbranquiçados, muito duros, que unindo-se aos outros, por intermédio das junturas ou articulações constituem o esqueleto. É uma forma especializada de tecido conjuntivo cuja a principal característica é a mineralização (cálcio) de sua matriz óssea (fibras colágenas e proteoglicanas). 
  4. 4. Funções do Esqueleto Sustentação do organismo Proteção de estruturas vitais Base mecânica para o movimento Armazenamento de sais Hematopoiética
  5. 5. Número de ossos  Um típico esqueleto humano adulto consiste em 206 ossos. Cabeça = 22 Pescoço = 8  Tórax = 37  Abdômen = 7  Crânio = 08 1 Hioide 24 costelas 5 vértebras lombares Face = 14 7 vértebras cervicais 12 vértebras 1 sacro 1 esterno 1 cóccix
  6. 6. Membro Superior = 32 Membro Inferior = 31 Cintura Escapular = 2 Cintura Pélvica = 1 Braço = 1 Coxa = 1 Antebraço = 2 Joelho = 1 Perna = 2 Mão = 27 Pé = 26 Ossículos do Ouvido  Médio = 3 
  7. 7. Divisão do esqueleto O esqueleto humano pode dividir-se em duas partes principais: Esqueleto Axial Esqueleto Apendicular
  8. 8. Esqueleto AXIAL Cabeça Os ossos do esqueleto axial situam-se em torno do centro Tronco do corpo; compreendem os ossos da cabeça e os ossos do tronco.
  9. 9. Ossos da Cabeça •O esqueleto da cabeça compreende os ossos do crânio e os da face. crânio face •O crânio forma uma caixa resistente onde se encontra alojado o encéfalo, sendo constituído por 8 ossos, uns pares e outros ímpares: os parietais, o frontal, o occipital, os temporais e inferiormente o esfenóide e o etmóide. •A face apresenta as órbitas onde se alojam os olhos, os ossos nasais, os malares, os maxilares superiores e o maxilar inferior ou mandíbula
  10. 10. Ossos da cabeça Parietal Frontal Ossos do crânio Occipital Temporal Esfenóide Orbita Nasal Malar Maxilar superior Maxilar inferior Ossos da face
  11. 11. Ossos do tronco O esqueleto do tronco compreende: Costelas Esterno Coluna vertebral
  12. 12. A coluna vertebral Região cervical (7 vértebras)  É formada pela sobreposição de 33 vértebras, algumas das quais se encontram soldadas formando dois ossos — o sacro e o cóccix. Região dorsal (12 vértebras) Região lombar  Na coluna vertebral podem observar-se cinco regiões: (5 vértebras) Sacro (5 vértebras soldadas) Cóccix (4 vértebras soldadas)
  13. 13. Caixa torácica Costelas verdadeiras (7) Esterno Costelas falsas (3) Vértebras dorsais Costelas flutuantes (2)
  14. 14. Esqueleto apendicular  Inclui os membros superiores, os membros inferiores e os ossos que fazem a ligação dos membros ao esqueleto axial. Membros inferiores Membros superiores
  15. 15. Membros superiores Compreende 4 regiões: Clavícula Omoplata Braço Espádua ou cintura escapular Úmero Cúbito Antebraço Carpo (8 ossos) Rádio Mão Metacarpo (5 ossos) Falanges Mão
  16. 16. Membros inferiores Constituidos por 4 regiões: Ilíaco Coxa Anca ou cintura pélvica Fémur Rótula Tíbia Perna Perónio Pé Tarso (7 ossos) Metatarso (5 ossos) Falanges (2 ossos no dedo grande e 3 nos outros dedos) Pé
  17. 17. Tipos de ossos Quanto à forma os ossos podem classificar-se em: Ossos longos: Ossos chatos: a dimensão predominante é o comprimento e o osso é espesso. Exemplo: fémur a superfície é grande, mas a espessura é pequena. Exemplo: ossos ilíacos Ossos curtos: não há uma dimensão que, nitidamente, Predomine sobre as outras. Exemplo: rótula
  18. 18. Estrutura de um osso longo Epífise Osso esponjoso Canal medular Osso compacto Medula óssea Periósteo Vasos sanguíneos Diáfise
  19. 19. Crescimento dos ossos O Processo de crescimento dos ossos envolve: • Crescimento em comprimento que está ligado à actividade das cartilagens de conjunção. • Crescimento em espessura devido à actividade do periósteo. • Reabsorção óssea na qual células da medula destrõem o osso compacto ao longo de todo o canal medular, fazendo aumentar o diâmetro deste canal, consequentemente a camada de osso compacto, sob o periósteo, conserva a mesma espessura.
  20. 20. Articulações As ligações entre os ossos do esqueleto que permitem a mobilidade são as articulações. Existem 3 tipos de articulações: Articulações imóveis: como os que existem entre os ossos do crânio; não permitem qualquer tipo de movimento. Articulações semimóveis: como as das vértebras entre si, permitindo movimentos pouco amplos. Articulações móveis: como as da anca, joelho e cotovelo, em que os movimentos são amplos.
  21. 21. Articulações Móveis Semimóveis Imóveis
  22. 22. Deformações da coluna vertebral DEFORMAÇÕES CIFOSE (Costas arqueadas) ESCOLIOSE (desvio lateral da coluna) LORDOSE (curvatura excessiva na região lombar
  23. 23. Diferenças entre o Esqueleto Feminino e Masculino.
  24. 24. “A leitura é para o intelecto o que o exercício é para o corpo” Joseph Addison
  25. 25. OBRIGADA!

×