GENE PLUS
Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), desenvolvido
APRESENTAÇÃO           P                       Prezados Criadores,                        Uma das mais interessantes carac...
ENTENDENDO AVALIAÇÃO GENÉTICA PARA                                    MELHORAR SEU REBANHO         O                      ...
COMO USAR A INFORMAÇÃO DO RELATÓRIO                                    DE AVALIAÇÃO GENÉTICA         O                    ...
COMO USAR A INFORMAÇÃO DO RELATÓRIO                                   DE AVALIAÇÃO GENÉTICA         A                 Assi...
CONHECENDO MAIS O IQG DO PAMPAPLUS         O                          O Índice de Qualificação Genética (IQG) do PampaPlus...
CONHECENDO MAIS O IQG DO PAMPAPLUS         O          O IQG do PampaPlus valoriza animais de melhor Total Maternal, ou sej...
CONHECENDO MAIS O IQG DO PAMPAPLUS         C               CES ou PE – Circunferência Escrotal ao Sobreano - Dentre as car...
DEMAIS CARACTERÍSTICAS E MEDIDAS                                              CONTIDAS NO RELATÓRIO      P                ...
ESTATÍSTICAS DESCRITIVAS DAS CARACTERÍSTICAS                         AVALIADAS PARA AS RAÇAS          CARACTERÍSTICA      ...
Criatórios participantes das Avaliações em 2012                        ___________                                Pág: 12 ...
RELATÓRIO TOUROS HEREFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 13                                             RELATÓRIO DE ...
RELATÓRIO TOUROS HEREFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 14                                           RELATÓRIO DE AV...
RELATÓRIO TOUROS HEREFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 15                                               RELATÓRIO D...
RELATÓRIO TOUROS HEREFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 16                                               RELATÓRIO D...
RELATÓRIO TOUROS HEREFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 17                                         RELATÓRIO DE AVALIAÇ...
RELATÓRIO TOUROS HEREFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 18                                           RELATÓRIO DE AVALI...
RELATÓRIO TOUROS HEREFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 19                                          RELATÓRIO DE AVALIA...
RELATÓRIO TOUROS HEREFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 20                                         RELATÓRIO DE AVALIAÇ...
RELATÓRIO TOUROS BRAFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 21                                           RELATÓRIO DE AVA...
RELATÓRIO TOUROS BRAFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 22                                            RELATÓRIO DE AV...
RELATÓRIO TOUROS BRAFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 23                                            RELATÓRIO DE AV...
RELATÓRIO TOUROS BRAFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 24                                            RELATÓRIO DE AV...
RELATÓRIO TOUROS BRAFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 25                                            RELATÓRIO DE AV...
RELATÓRIO TOUROS BRAFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 26                                        RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO...
RELATÓRIO TOUROS BRAFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 27                                         RELATÓRIO DE AVALIAÇÃ...
RELATÓRIO TOUROS BRAFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 28                                        RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO...
RELATÓRIO TOUROS BRAFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 29                                        RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO...
RELATÓRIO TOUROS BRAFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 30                                        RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO...
Pág: 31                                                                                         TABELA DE TOUROS PROVADOS ...
TOUROS DO RELATÓRIO COM SÊMEN DISPONÍVEL EM CENTRAIS DE INSEMINAÇÃO                                                       ...
SUGESTÃO DE INFORMAÇÕES DE DADOS DO                 PAMPAPLUS A SEREM COLOCADOS NO CATÁLOGO      RAÇA : POLLED HEREFORD ou...
COMO REGISTRAR ANIMAIS NA ABHB          COMO FAÇO PARA ME ASSOCIAR A ABHB E QUE VANTAGENS EU TENHO?                   Para...
COMO FAÇO PARA ME ASSOCIAR A ABHB E QUE VANTAGENS EU TENHO?            Para se associar à ABHB basta solicitar a proposta ...
ANOTAÇÕES___________Pág: 36   RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA   2012   ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFO...
Relatorio+de+avaliaçao+genetica+pampa plus+embrapa+2012
Relatorio+de+avaliaçao+genetica+pampa plus+embrapa+2012
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relatorio+de+avaliaçao+genetica+pampa plus+embrapa+2012

1.155 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.155
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatorio+de+avaliaçao+genetica+pampa plus+embrapa+2012

  1. 1. GENE PLUS
  2. 2. Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), desenvolvido
  3. 3. APRESENTAÇÃO P Prezados Criadores, Uma das mais interessantes características presentes no ser humano é a de registrar o conhecimento. Essa característica nos diferenciou e proporcionou a nossa evolução, em ritmo acelerado, em relação a outras espécies. O registro escrito do conhecimento, adquirido de nossas experiências, através da observação da natureza e das reações do próprio humano, permitiram uma organização de idéias e pensamentos que promoveram mudanças no meio a nossa volta, e mais, nos levaram a buscar formas de prever as mudanças (metodologias) que poderiam ocorrer mesmo antes de realizarmos qualquer ação. Essas metodologias nos fizeram evoluir coletivamente de forma rápida, porém, algumas delas ainda estão sujeitas a nossa “falta de conhecimento”, o que costumamos chamar de “imponderável”, e este, quando percebido por um indivíduo ou um grupo de indivíduos, simploriamente chamamos de “dom” ou “talento”. E, novamente, ao registrar estes conhecimentos, aprimoramos as metodologias num ciclo evolutivo ininterrupto. O moderno melhoramento genético de bovinos não foge a essa regra. É, em síntese, uma metodologia que nos leva a obter coletivamente e em ritmo mais acelerado a evolução dos nossos rebanhos em características que julgamos necessárias a produção de carne. A Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), como associação representativa dos criadores das raças Hereford e Braford no Brasil, busca com o PampaPlus e o presente relatório de Avaliação Genética de Touros Pais, promover coletivamente o conhecimento sobre o melhoramento genético dessas raças, aprimorando essa genética através do registro sistemático das experiências de nossos criadores e de nossos “talentos”, auxiliando, assim, aos utilizadores da genética Hereford & Braford, a atingir maiores níveis de eficiência produtiva em seus plantéis e, consequentemente, incremento na rentabilidade da atividade pecuária. Fernando Lopa Presidente da ABHB EQUIPE RESPONSÁVEL PELO PAMPAPLUS D. Sc. Antônio do Nascimento Rosa - (Embrapa Gado de Corte) Ph D. Fernando Flores Cardoso - (Embrapa Pecuária Sul) M. Sc. Joal Brazzale Leal - (Embrapa Pecuária Sul) D. Sc. Luiz Otávio Campos da Silva Embrapa – (Embrapa Gado de Corte) D. Sc. Paulo Roberto Costa Nobre - (Fundapam/Geneplus) Ph. D. Roberto Augusto de Almeida Torres Júnior (Embrapa Gado de Corte) D. Sc. Marcos Jun Iti Yokoo (Embrapa Pecuária Sul) M. V. Thais Maria Bento Pires Lopa (ABHB – PampaPlus) M. V. Bruno Borges Teixeira (ABHB – PampaPlus) Analista de Sistemas Andrea Gondo (Embrapa Gado de Corte) COMITÊ TÉCNICO DE ACOMPANHAMENTO DO PAMPAPLUS Coordenadora do Programa de Melhoramento Genético da ABHB CRIADORES INTEGRANTES DO PROGRAMA Thaïs Maria B. Pires Lopa (ELEITOS) Presidente do Conselho Técnico da ABHB Celso Jaloto Ávila Júnior Ricardo Amaral Furtado Eduardo de Souza Soares Membro do Conselho Técnico Coordenador pela raça Hereford Miguel Mário Silveira Ferreira Gedeão Avancini Pereira (SUPLENTES) Luciano Dorneles de Dorneles e Membro do Conselho Técnico Coordenador pela raça Braford Luiz R. Z. Lagreca Eduardo de Souza Soares___________Pág: 3 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  4. 4. ENTENDENDO AVALIAÇÃO GENÉTICA PARA MELHORAR SEU REBANHO O O PampaPlus é o Programa de área de olho, de lombo, aprumos, Avaliação Genética Oficial da Associação características sexuais etc., a ABHB, Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), entendendo a necessidade de se melhorar os realizado com a tecnologia de melhoramento plantéis de bovinos de corte brasileiros, animal mundialmente reconhecida da buscou, ao confeccionar o presente relatório, EMBRAPA. simplificar a leitura dos dados apresentados, Através de medidas, pesagens, de forma a facilitar o trabalho do produtor avaliações visuais e parentesco dos animais que deseja utilizar as informações nele nascidos nas propriedades participantes do contidas para melhorar o seu gado. PampaPlus, são calculados índices para Para geração dos índices do indicar ao criador quais as vantagens PampaPlus 2012, foram avaliados obtidas em usar determinado reprodutor ou diretamente 37938 produtos, pertencentes a matriz. 39 propriedades, e obtidas informações As propriedades participantes estão através de parentesco de mais de 78.000 situadas em diversas regiões do Brasil, e animais. também no Uruguai, sendo os animais Os índices dos 298 touros Hereford e avaliados de forma conjunta sob diferentes Braford, com mais de 20 filhos avaliados, condições de clima, alimentação e manejo. informados neste Relatório de Avaliação Então, ao adquirir reprodutores ou Genética são relativos a avaliação direta de matrizes avaliados pelo Pampaplus, tenha a uma população 20.897 animais da raça certeza de que está somando ao seu plantel, Hereford e 40.017 na raça Braford, animais cujos índices de desempenho foram pertencentes a 44 criatórios, totalizando medidos sob os mais diferenciados sistemas 612.707 medidas válidas realizadas. de produção. Apesar dos participantes do PampaPlus avaliarem cerca de 12 características em cada animal, incluindo “Produtor, não se engane, o verdadeiro Braford tem a marca a fogo “B” na paleta esquerda”___________Pág: 4 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  5. 5. COMO USAR A INFORMAÇÃO DO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA O O relatório de avaliação genética foi elaborado de forma a permitir duas formas de orientação básicas para o produtor que busca melhorar seu rebanho, aumentar sua eficiência produtiva e, conseqüentemente, a rentabilidade na produção da pecuária de corte. Uma forma se apresenta através do Índice de Qualificação Genética do PampaPlus (IQG) e outra através da análise de características específicas para a produção. Para que o criador use efetivamente este relatório como ferramenta de trabalho a ABHB procurou facilitar o máximo dispondo no relatório somente as características de maior relevância para o incremento da produção. As listagens de touros pais avaliados são apresentadas por ordem alfabética e por ordem de IQG. Também são informados os valores das Diferenças Esperada na Progênie para as características selecionadas pela ABHB, expressas em kg para Peso ao Nascer (PN), Peso a Desmama (PD) e Peso ao Sobreano (PS), Total Maternal; em gramas por mês (30 dias) o Ganho de Peso do Desmame ao Sobreano (GPD); em centímetros o Perímetro Escrotal (PE). Os escore de Musculatura, Umbigo e Estrutura Corporal são expressos em um valor que varia de 1 a 5. Todos os valores são acompanhados do seu “Percentil (%)”, que é a classificação do animal entre toda a população de animais avaliada pelo PampaPlus. Cabe ressaltar que a ABHB/EMBRAPA disponibiliza o relatório eletrônico de Avaliação Genética das Raças Hereford e Braford contendo a todas as características medidas pelos participantes do PampaPlus a qualquer criador, de forma gratuita. www.pampaplus.com.br ou www.geneplus.com.br Os participantes do PampaPlus, ainda tem ao seu dispor o software de simulação de acasalamentos, a possibilidade de realizar simulações para seu próprio índice de qualificação genética, realizar comparações entre seu criatório e a média dos criatórios participantes, relatórios e fichas de animais e, também, têm acesso a informação dos 30% melhores touros jovens de cada safra. REALIZANDO O MELHORAMENTO ATRAVÉS DO ÍNDICE DE QUALIFICAÇÃO GENÉTICO DO PAMPAPLUS (IQG) O IQG é uma recomendação da ABHB para melhoramento geral de plantéis, ou seja, se você não sabe o que melhorar, utilize o índice para se orientar. Este índice é avaliado anualmente pela ABHB e no ano de 2012 foi montado de forma a buscar fêmeas mais férteis e capazes de proporcionar ganho de peso a seus filhos e machos com bom peso a desmama, sobreano e que possuam grande velocidade de crescimento. No relatório, foram dispostos todos os Touros pais que tiveram mais de 20 filhos avaliados, sendo que, quanto maior o número de filhos avaliados e o número de rebanhos em que o touro foi usado, maior a precisão no resultado esperado a ser alcançado. Além disso, nesse ano de 2012, estamos disponibilizando uma lista dos touros provados (mais usados nos rebanhos dos participantes do programa). REALIZANDO O MELHORAMENTO ATRAVÉS DAS CARACTERÍSTICAS AVALIADAS O criador, mais familiarizado com o Relatório de Avaliação Genética, deve verificar qual a deficiência de seu rebanho ou, até, de cada fêmea, e buscar animais que tenham diferenças esperadas na progênie (DEPS) capazes de melhorar aquela característica desejada, sendo o IQG o valor meta de melhoramento a ser alcançada.___________Pág: 5 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  6. 6. COMO USAR A INFORMAÇÃO DO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA A Assim, o criador deve buscar animais pode ser útil para produção de animais para com índices que sejam adequados ao seu cruzamento industrial, ou um reprodutor que sistema e objetivos de produção. tenha o IQG muito bom, mas seja TOP 99% para peso a nascer, não deve ser usado em novilhas Para facilitar ainda mais ao criador, o (primíparas), por exemplo. relatório dispõe a colocação do animal na população avaliada (%), também chamado de Para realizar o melhoramento através das Percentil, no PampaPlus, para o IQG e para todos Características Avaliadas é necessário entender as características, ou seja, um animal 10% está melhor o que significa a Diferença Esperada de entre os 10% melhores daquela população para Progênie – DEP e a Acurácia (AC). aquela característica avaliada. DEP – É o indicador que estima a Se você tem dúvidas se o valor para capacidade de um animal em transmitir para aquela característica representa muito ou seus filhos aquela característica avaliada, ou pouco em relação à medida avaliada, você pode seja, um índice de 4,5 de PS (Peso ao Sobreano em se orientar pelo %, às vezes décimos em kg) significa, de maneira em geral, que aquele determinada característica representa 40 animal deve produzir filhos com 4,5 kg a mais de posições percentuais, por exemplo. peso ao sobreano em relação a média de toda a população de animais avaliada pelo PampaPlus. ATENÇÃO: Nem sempre um valor negativo de DEP significa que o animal é ruim Acurácia - Refere-se ao grau de para aquela característica, você deve observar a confiança depositada na precisão da estimativa média da raça. Por exemplo, um animal que tenha da DEP. Quanto maior o número de informações uma dep para Peso a Desmama de -0,2 kg poderá de um determinado animal, ou de seus parentes, ser um animal com boa dep se média da raça para maior será a acurácia de suas DEPs. Está Peso a Desmama for : -0,5 kg. Mais uma vez o % expressa em percentagem (%), com seu valor da é um bom indicador para a Dep. acurácia varia de 01 a 99. Quanto maior seu valor maior a confiabilidade. Um animal com IQG negativo, que seja TOP 0,1% (entre os 0,1% de todos os animais avaliados pelo PampaPlus) para Peso ao Sobreano “É bom lembrar que a DEP que indica o uso ou não de determinado animal como reprodutor, a acurácia deve indicar somente a intensidade de uso deste animal”___________Pág: 6 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  7. 7. CONHECENDO MAIS O IQG DO PAMPAPLUS O O Índice de Qualificação Genética (IQG) do PampaPlus foi desenvolvido, junto a EMBRAPA, sob orientação zootécnica da ABHB, de forma a se buscar animais das raças Hereford e Braford capazes de transmitir a seus filhos uma grande capacidade de engorda, precocidade de acabamento para abate, carcaça com peso e conformação almejado pela indústria frigorífica, e que suas filhas geradas sejam sexualmente precoces e capazes de imprimir ganho de peso a suas crias, com boa capacidade de mantença a campo. Através da avaliação do estágio atual dos rebanhos Hereford e Braford, das tendências futuras do mercado da carne e da situação atual e futura do agronegócio como um todo, foram escolhidas, dentre as diversas características avaliadas pelo PampaPlus, as de maior interesse para que o pecuarista, produtor de carne, obtenha o máximo de eficiência na sua produção ao observar o IQG como orientador na compra de um animal, sêmen ou embrião. O Índice é constituído então dos seguintes ponderações: 30%*TM + 15%*GPD +15%*PS + 12.5%*M + 12.5%*EST + 15%*CES Onde: TM - Total Materno (kg) - Indica primordialmente o potencial que o animal terá de transmitir as características de crescimento e habilidade materna às suas filhas, de forma que elas possam influenciar no peso a desmama de seus netos. O valor é obtido somando o valor da metade da DEP direta para peso a desmama, isto é do índice que mede a capacidade genética de ganho de peso do animal até a desmama, com a DEP maternal da mesma característica, ou seja, do índice que mede a influência que a mãe do animal tem no seu crescimento. DEP Direta Peso à desmama (crescimento) Progênie DEP Direta PD Touro (crescimento) Filhas Netos DEPm + DEPd DEP Materna DEP Materna (leite) Total A par disto, podem ser encontrados touros que suas filhas tenham efeito materno negativo e desmamem boas crias. Isto pode acontecer quando o efeito direto (capacidade genética de desenvolvimento) transmitida do pai aos netos (via filha) compensar o efeito materno negativo. EXEMPLO PRÁTICO _____ Animal _____ DEP D DEP TM A 1,0 kg 1,0 kg B - 0,5 kg 0,1 kg C 3,3 kg -0,3 kg Ex 1 – a diferença entre o animal "A" e o animal "C" é de 1,3 quilos para Total Maternal. Isto significa que podemos esperar que as filhas do animal "A" produzam, em média, filhos com 1,3 Kg a mais em peso ao desmame do que as filhas do animal "C", sob as mesmas condições de reprodução e criação. Em outras palavras, é recomendado o uso de "A" para produzir fêmeas que melhorem a habilidade maternal do rebanho. Ex 2 - é recomendado o uso do animal C para quando se quer utilizar todos os filhos nascidos (machos e fêmeas) animais para abate, não havendo preocupação com a reprodução das fêmeas, então deve se levar em consideração a DEP D do animal.___________Pág: 7 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  8. 8. CONHECENDO MAIS O IQG DO PAMPAPLUS O O IQG do PampaPlus valoriza animais de melhor Total Maternal, ou seja, animais que possam sempre transmitir a seus filhos ganhos de peso superiores do nascimento a desmama e as futuras mães boa capacidade de dar ganho de peso a suas crias enquanto amamentando. GPD - Ganho de Peso Pós Desmama até o SobreAno - O GPD se constitui numa importante característica para produção de carne, sendo de fator essencial no melhoramento dos rebanhos de corte, tendo-se em vista que maior velocidade de ganho de peso significa menos tempo para terminação. Esse índice reflete a capacidade de transmissão de características de ganho de peso, independente do ambiente, ou sistema de produção, ao qual o animal esteja sendo submetido. No IQG a característica é apresentada em gramas/dias, e tem forte relevância na composição do índice, já que variações na casa de décimos de quilos tendem a diferenciar fortemente os animais. Para facilitar a mensuração de valores ao criador, nesse Relatório de Avaliação Genética, os valores de GPD foram convertidos para gramas por mês (utilizando-se como referência o intervalo de 30 dias) . M - Musculatura - Em um rebanho de corte, a seleção para musculosidade é de grande importância para obtermos animais de boa musculatura e consequentemente com mais rendimento de carne ao abate. Os músculos devem ser desenvolvidos, evidenciando a presença de massa muscular com aspecto firme distribuída harmonicamente pelo corpo, sendo a região dorso-lombar e os posteriores de maior importância econômica. O IQG do PampaPlus tem nessa medida, seu único componente subjetivo, pois leva em consideração que características medidas levam a ganhos genéticos e a seleção visual serve para altera o tipo do animal, com isso o índice dá ênfase a animais com boa conformação carniceira de cortes nobres. PS – Peso ao SobreAno - A indústria frigorífica busca animais de carcaça grande, porém com bom acabamento de gordura. Já para o produtor, o tempo para preparar um animal para abate é um fator econômico de extrema importância. Não são desejados por ele animais de porte muito grande que demoram mais a ficarem prontos para abate, e, também, os animais com grande velocidade de acabamento, mas de pouco peso para abate, pois que geram menos receita na hora da venda. O IQG valoriza a medida da capacidade do animal transmitir a seus filhos ganhos genético para peso final de carcaça, porém através das correções de Musculatura e Estatura, busca um animal balanceado, de porte médio, que atenda as necessidades do produtor e da indústria frigorífica. EST - Estatura - A medida de Estatura foi ponderada no IQG de forma a se buscar um animal bem balanceado nas suas características para produção de carne. Ela serve para equilibrar o tamanho do animal que desejamos para as raças Hereford e Braford, descontando pontos dos animais muito altos ou muito baixos, buscando, desta forma que o índice reflita em um animal com alto ganho de peso, com o maior peso final possível e de porte médio, característico de animais de maior comprimento ou largura, maior profundidade e detentores de precocidade na deposição de gordura, evitando também um gigantismo ou nanismo nas raças. Deps para estatura não são dispostas neste Relatório e podem ser encontradas no relatório eletrônico do PampaPlus.___________Pág: 8 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  9. 9. CONHECENDO MAIS O IQG DO PAMPAPLUS C CES ou PE – Circunferência Escrotal ao Sobreano - Dentre as características indicadoras de precocidade sexual nos machos e fêmeas e ainda, na fertilidade das filhas do animal, a medida do perímetro escrotal é de extrema relevância, pois apresenta também uma herdabilidade de média a alta. Sendo o desempenho reprodutivo um dos fatores determinantes da eficiência da produção de bovinos de corte essa característica foi considerada no IQG. DEMAIS CARACTERÍSTICAS E MEDIDAS CONTIDAS NO RELATÓRIO TAMANHO DO UMBIGO PARA O BRAFORD A forma e tamanho do umbigo e prega prepucial pode interferir negativamente na capacidade reprodutiva do touro, inviabilizando muitas vezes a finalização da monta. As avaliações são tomadas a partir de uma referência do tamanho e do posicionamento do umbigo (umbigo, bainha e prepúcio). Os animais são avaliados de acordo com critérios pré-definidos em escores de 1 a 5, sendo os escores 1 e 5 condenáveis. Esta característica é muito importante na raça Braford DEPs negativas significam que o animal tem menos tendência a produzir filhos com menor tamanho do umbigo. --------- 45º ------------------------------------------------------------------------- Traçar uma linha horizontal imaginária do joelho (memb. torácico) em direção ao jarrete (memb. posterior) que auxilia no momento de avaliar A figura acima mostra o formato padrão e tamanho característico de escore 3 para a raça Braford ESTRUTURA CORPORAL PARA A RAÇA HEREFORD A estrutura é a indicação da caixa do animal, cujas dimensões a serem observadas são: comprimento, profundidade, arqueamento de costelas, abertura de peito e o comprimento e largura do quarto (de trás, de lado e de cima). Já desvios de coluna, tais como lordose e xifose, são condenáveis. Os animais são avaliados de acordo com critérios pré-definidos em escores de 1 a 5. COMPRIMENTO DORSAL COMPRIMENTO LARGURA DA BACIA LARGURA DE GARUPA DE BACIA ---------- ---------- ---------- ARQUEAMENTO DE COSTELAS ESTRUTURA DESENV. ÓSSEO Pontos de expressão da estrutura corporal___________Pág: 9 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  10. 10. DEMAIS CARACTERÍSTICAS E MEDIDAS CONTIDAS NO RELATÓRIO P PN - Peso ao Nascer – Característica importante para determinar o uso de um reprodutor. Em rebanhos onde sejam constatados problemas com partos distócicos (trancamento) ou no acasalamento com primíparas, não é aconselhável o uso de touros com DEPs altas para peso ao nascer. PD – Peso a Desmama - Mede a capacidade de um animal transmitir a seus filhos a capacidade de ganho de peso do nascimento a desmama, retirado o efeito da amamentação da mãe. Constitui-se em uma importante característica para criadores que vendem sua produção a desmama. Média de Dep da Raça – Acima de cada coluna de valor de Dep, foi colocada a média da raça para aquela característica. Acurácia (AC) – A acurácia para cada característica, esta disposta no relatório graficamente em 4 barras verticais, onde uma barra escura significa até 15 % de confiabilidade, duas (2) de 15% a 30%, três (3) de 30% a 50% e quatro (4) barras escuras significa mais de 50% de acurácia. Ex: acurácia entre 15 e 30% Registro – É o número do animal no registro genealógico no Brasil ou no país de origem: Na raça Hereford encontraremos: Na raça Braford encontraremos: PO – para animais puros de origem PS – Para animais Puros Sintéticos PC – para animais Puros Controlados CCG – Para animais sob Controle de Genealogia IA – para animais nacionalizados IA-B – para animais nacionalizados Outros números e letras podem ocorrer devido ao controle de genealogia, realizado pelo PampaPlus, e correspondem ao número de registro de ascendentes de animais não nacionalizados, sendo que, registros que começam com UY, dizem respeito a animais Uruguaios que estão sendo avaliados pelo PampaPlus, por acordo de cooperação realizado pela ABHB. Filhos – Corresponde ao número de filhos avaliados do reprodutor. Percentil (%) – Animais que estejam entre os 10% melhores em determinada característica, apresenta a indicação em fundo preto. Ex: 0,1 Animais que estejam entre 10 e 30% melhores em determinada característica apresentam seu percentil em negrito e itálico. Ex: 22 NÃO ESQUEÇA Utilize os índices para selecionar os animais que lhe interessam, depois escolha entre eles o animal que mais lhe agrada visualmente, assim você estará com muita certeza melhorando a produtividade do seu rebanho Mais informações: www.pampaplus.com.br ou pampaplus@pampaplus.com.br___________Pág: 10 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  11. 11. ESTATÍSTICAS DESCRITIVAS DAS CARACTERÍSTICAS AVALIADAS PARA AS RAÇAS CARACTERÍSTICA HEREFORD BRAFORD PN - Peso ao Nascer 34,86 ± 5,05 34,44 ± 4,80 pesodaj - Peso ajustado aos 205 dias 176,99 ± 37,44 192,22 ± 35,29 CCVD - Condição Corporal da Vaca a desmama 3,66 ± 0,86 3,19 ± 0,74 pesosaj - Peso Ajustado aos 550 dias 347,51 ± 92,62 336,96 ± 85,14 GPD - Ganho pós desmama 535,62 ± 331,58 433,04 ± 245,19 PVD - Peso da Vaca a desmama 460,92 ± 64,27 453,87 ± 59,98 PES - Perímetro Escrotal ao sobreano 33,37 ± 2,90 32,18 ± 3,37 MUSS - Musculatura ao sobreano 3,48 ± 1,02 3,30 ± 1,02 ESTS - Estatura ao sobreano 3,42 ± 0,94 3,21 ± 1,08 ECS - Estrutura corporal ao sobreano 3,59 ± 0,99 3,19 ± 1,01 POS - Pigmentação Ocular ao sobreano 2,52 ± 1,23 3,90 ± 1,01 METODOLOGIA UTILIZADA Para composição e análise crítica das amostras, utilizou-se o SAS - Statistical Analysis System (SAS Institute, 2002-2004). As análises, propriamente ditas, utilizaram a Metodologia de Modelos Mistos (Henderson, 1953), sendo adotado o Modelo Animal, considerando características múltiplas. As estimativas dos componentes de variância utilizados nas análises, foram calculadas pela combinação dos resultados da amostra da população analisada e informações constantes na literatura. O software, que possibilitou a obtenção das predições das diferenças esperadas nas progênies (DEPs), foi gentilmente desenvolvido e disponibilizado pelo professor Dr. Lawrence R. Schaeffer (University of Guelph-CA), considerando os efeitos diretos e maternos para as características analisadas. Foi utilizado nestas análises o modelo animal completo, considerando-se a matriz de parentesco entre os animais e incluindo-se os efeitos genéticos aditivo direto, aditivo materno e de ambiente permanente e os efeitos fixos de grupo contemporâneo, de idade da vaca e da interação entre a idade da vaca e o sexo do produto. Considerou-se ainda, como covariáveis, a idade do animal na data da medida e a consangüinidade. Na formação dos grupos contemporâneos foram incluídos os efeitos do sexo, do ano e da estação de nascimento da progênie, da fazenda na qual foi criada, regime alimentar, grupo de manejo, data da medida e os grupos genéticos do produto e da matriz. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRINKS, J. S. Expected progeny differences. Don-Arts Printers, Colorado,1990. 38p BERTRAND, K.; CUNDIFF, L; GOLDEN, B.; KACHMAN, S. D.; QUAAS, R.; VAN VLECK, D.; WILLIAMS, R. E. National cattle evaluation. In: BEEF IMPROVEMENT FEDERATION. Guidelines for uniform improvement programs. 8th. ed. Athens, GA, 2002. p. 50-65. HENDERSON, C. R. Estimation of variance and covariance components. Biometrics, v.9, p. 226- 252, 1953. MISZTAL, I. REMLF90 Manual, 2003. Disponvel em ftp://nce.ads.uga.edu/pub/ignacy/blupf90/. Acessado em 14 de Janeiro de 2008. SAS Institute Inc., Cary, NC, USA. SAS users guide: basics. 9.13 ed. Cary, 2002-2004. Relação de Rebanhos participantes das Avaliações em 2011.___________Pág: 11 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  12. 12. Criatórios participantes das Avaliações em 2012 ___________ Pág: 12 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  13. 13. RELATÓRIO TOUROS HEREFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 13 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  14. 14. RELATÓRIO TOUROS HEREFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 14 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  15. 15. RELATÓRIO TOUROS HEREFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 15 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  16. 16. RELATÓRIO TOUROS HEREFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 16 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  17. 17. RELATÓRIO TOUROS HEREFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 17 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  18. 18. RELATÓRIO TOUROS HEREFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 18 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  19. 19. RELATÓRIO TOUROS HEREFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 19 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  20. 20. RELATÓRIO TOUROS HEREFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 20 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  21. 21. RELATÓRIO TOUROS BRAFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 21 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  22. 22. RELATÓRIO TOUROS BRAFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 22 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  23. 23. RELATÓRIO TOUROS BRAFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 23 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  24. 24. RELATÓRIO TOUROS BRAFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 24 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  25. 25. RELATÓRIO TOUROS BRAFORD POR ORDEM ALFABÉTICA___________Pág: 25 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  26. 26. RELATÓRIO TOUROS BRAFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 26 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  27. 27. RELATÓRIO TOUROS BRAFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 27 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  28. 28. RELATÓRIO TOUROS BRAFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 28 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  29. 29. RELATÓRIO TOUROS BRAFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 29 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  30. 30. RELATÓRIO TOUROS BRAFORD ORDENADOS POR IQG___________Pág: 30 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  31. 31. Pág: 31 TABELA DE TOUROS PROVADOS - BRAFORD (UTILIZADOS EM, NO MÍNIMO, 4 REBANHOS) RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA Nº de Rebanhos Braford: 32 2012 TABELA DE TOUROS PROVADOS - HEREFORD (UTILIZADOS EM, NO MÍNIMO, 4 REBANHOS) Nº de Rebanhos Hereford: 23 - Considera-se como touros provados, aqueles touros mais utilizados dentro do programa, ou seja, que tenham vários filhos em vários rebanhos. - Foram aqui relacionados os que possuem produtos em, no mínimo, 4 rebanhos.ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br ___________ - O uso desses touros assegura uma maior conectibilidade da propriedade ao programa, dando maior precisão aos seus dados.
  32. 32. TOUROS DO RELATÓRIO COM SÊMEN DISPONÍVEL EM CENTRAIS DE INSEMINAÇÃO HEREFORD BRAFORDPág: 32 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  33. 33. SUGESTÃO DE INFORMAÇÕES DE DADOS DO PAMPAPLUS A SEREM COLOCADOS NO CATÁLOGO RAÇA : POLLED HEREFORD ou HEREFORD MEDIDAS RÉGUA DE DEPs* LOTE TAT Nascimento Livro ABHB Mãe PN (Kg) Peso(Kg) PE(cm) IQG PN PD PS PE Pai 38,5 0,56 -0,13 -0,11 3,29 0,05 23564 24/10/07 PC H xxxxx(PO) xxxxx(PC) 34 690 TOP (%) 29 20 1 RECOMENDAÇÃO .... ex: Entre os 20% melhores para peso ao Sobreano. Precocidade de acabamento. Recomendado para cruzamento. -2.792 -15.555 -25.749 -0.312 MIN +2.798 +20.543 +30.195 +0.326 Variação das DEPs Nº TOTAL DE ANIMAIS DA RAÇA HEREFORD AVALIADOS * = 20.897 para a raça* -2.792 -15.555 -25.749 -0.312 MÁX +2.798 +20.543 +30.195 +0.326 RAÇA : BRAFORD MEDIDAS RÉGUA DE DEPs* LOTE TAT Nascimento Livro ABHB Mãe PN (Kg) Peso(Kg) PE(cm) IQG PN PD PS PE Pai 38 -0,14 -0,22 2,68 1,17 -0,14 3258 09/08/08 38 BB xxxxx(38) xxxxx(12) 38 770 TOP (%) 18 36 5 RECOMENDAÇÃO.... ex : Musculatura, estrutura, comprimento e muito osso. Umbigo corrigido. -2.792 -15.555 -25.749 -0.312 MIN +2.798 +20.543 +30.195 +0.326 Variação das DEPs Nº TOTAL DE ANIMAIS DA RAÇA HEREFORD AVALIADOS * = 40.017 para a raça* -2.792 -15.555 -25.749 -0.312 MÁX +2.798 +20.543 +30.195 +0.326 * PAMPAPLUS - Programa de Avaliação Genética Oficial da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) Legendas: IQG - índice de Qualificação Genética do PampaPlus, PN - Peso ao Nascer, PD - Peso a Desmama, PS - Peso ao Sobreano, PE - Perímetro Escrotal. TOP - Colocação do animal (em %) em relação a população para cada característica avaliada (TOP 10 - entre os 10% melhores). IQG - Valor referência, revisado periodicamente, que norteia a seleção sugerida pela ABHB para as raças Hereford e Braford, composto por: 30% Total Maternal a Desmama + 15% Ganho pós-desmama + 15% Peso ao Sobreano + 12,5% Escore da musculatura + 12,5% Escore da estatura + 15% Perímetro Escrotal Para preencher o quadro de Amplitude da DEP (valor mínimo e máximo) para as características informadas copie do quadro abaixo de acordo com a raça do animal do catálogo como está nos exemplos acima. Nº DE ANIMAIS VARIAÇÃO PN PD PS PE RAÇA AVALIADOS DA DEP (kg) (kg) (kg) (cm) MIN -2.792 -15.555 -25.749 -0.312 HEREFORD 20.897 MÁX +2.798 +20.543 +30.195 +0.326 MIN -2.401 -13.097 -21.459 -0.333 BRAFORD 40.017 MÁX +2.217 +17.873 +23.441 +0.376 OBS. 1: As DEPs de Total Maternal a Desmama (que estima o desempenho das futuras filhas), Ganho de Peso Pós-desmama e estatura já são expressas através do IQG do PampaPlus OBS. 2: Régua de DEPs - apresenta as DEPs com características importantes para orientação do produtor, algumas não compõem a formulação do IQG. Associação Brasileira de Hereford e Braford Av. General Osório, 1094 Caixa Postal 483 Cep : 96400-100 Bagé - RS Informações pelo Telefone/Fax : (0xx53) 3312-8726 | (0xx53) 3242 1332 www.abhb.com.br Embrapa Pecuária Sul BR 153 Km 603 - Bagé/RS - Brasil Caixa Postal 242 - Vila Industrial CEP: 96401-970 - Fone/Fax: (53)3240-4650___________Pág: 33 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  34. 34. COMO REGISTRAR ANIMAIS NA ABHB COMO FAÇO PARA ME ASSOCIAR A ABHB E QUE VANTAGENS EU TENHO? Para se associar à ABHB basta solicitar a proposta de sócio a secretaria da entidade, disponível também no site - www.abhb.com.br , enviando a proposta preenchida para aprovação da Diretoria da ABHB. Como sócio você poderá desfrutar de diversos serviços e vantagens: como o programa de bonificação de carne, do programa de melhoramento genético PampaPlus/Embrapa, participação em eventos técnicos e sociais, descontos na divulgação de seus produtos nas mídias da ABHB, desconto de até 65% no registro de animais e outros serviços, do programa de exportação de genética (BHB), ter a disposição técnicos credenciados pela entidade para a realização dos mais diversos serviços de extensão e muito mais. COMO SEI SE O ANIMAL É SELECIONADO PELA ABHB? A marca a fogo na paleta esquerda do animal é a indicação de seleção da ABHB. Os reprodutores e matrizes das raças Hereford e Braford, são selecionados por meio de rigorosos critérios, que asseguram fertilidade, rusticidade, produtividade e desempenho a pasto. A ABHB seleciona os animais com as seguintes marcas P, H e HD para o Hereford e para o Braford, sendo ainda adicionadas às marcas 12, 14, 34, 58 e 0D para os diversos graus de sangue de formação do Braford. PORQUE EXISTEM ANIMAIS COM MARCA DOBRADA OU “DUPLA-MARCA”? A ABHB confere uma distinção especial para animais que, após passarem pelos critérios de seleção racial, características reprodutivas e de desempenho ponderal, se destacaram em programas de a avaliação genética e/ou provas de avaliação a campo (PAC), que é a dupla marca. Por isso, alguns animais das raças Hereford e Braford apresentam na paleta esquerda as marcas PP, HH e COMO POSSO REGISTRAR ANIMAIS? Para iniciar uma criação de animais Hereford ou Braford, o criador tem duas opções; adquirir ventres já registrados e/ou iniciar um plantel a partir de seu rebanho, nesta segunda opção deverá apresentar algum tipo de controle dos acasalamentos (histórico) e seus animais deverão ter um padrão racial já definido para o Hereford (aspado), Polled Hereford (mocho) ou para o Braford. Assim temos: 1. Hereford (mochos e aspados) a. PO – animal puro de origem. Este tem todo o controle da genealogia, só podendo ser adquirido já com registro. A Associação Nacional de Criadores “Herd-Book Collares” (ANC) controla o registro genealógico dos animais PO. A marca a fogo P na paleta esquerda do animal, demonstra que, além de registrado, o animal foi submetido à seleção da ABHB. b. PC – animal puro controlado. Estes podem ter Origem Conhecida ou não, ou seja, se de origem conhecida possui pais registrados pela ABHB (genealogia conhecida), já os de Origem Desconhecida, são somente as fêmeas que passaram por uma seleção do Inspetor técnico de Registro credenciado pela ABHB possuindo um padrão aceitável para formar um Rebanho Base que poderão, então, produzir produtos de Origem Conhecida. A marca a fogo H (origem conhecida) e HD (rebanho base) na paleta esquerda demonstra que o animal foi selecionado pela ABHB e possui registro definitivo. 2. Braford a. PS – animal puro sintético - raça sintética oriunda do cruzamento do Hereford com o Zebu, fixado o grau de sangue 3/8 z. Com genealogia de três gerações conhecidas. A marca a fogo na paleta esquerda demonstra que o animal foi selecionado pela ABHB e possui registro definitivo. a. CCG – cruzamento sob controle de genealogia – animais que tem seu cruzamento controlado pela ABHB visando a formação do 3/8 z (3/8 zebu – 5/8 hereford) . Podem apresentar grau de sangue intermediários de formação da raça ½ z, ¼ z,___________Pág: 34 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  35. 35. COMO FAÇO PARA ME ASSOCIAR A ABHB E QUE VANTAGENS EU TENHO? Para se associar à ABHB basta solicitar a proposta de sócio a secretaria da entidade, disponível também 12 - Grau de sangue 3/8 z - Grau de sangue ½ z 14 34 - Grau de sangue ¼ z - Grau de sangue ¾ z 58 OD - Grau de sangue 5/8 z - Rebanho Base Obs.: Fêmeas Rebanho Base (origem desconhecida para o registro genealógico das raças), não terão seus produtos machos registrados, somente as fêmeas. Caso o produtor tenha adquirido animais já registrados deverá solicitar ao antigo proprietário que faça a transferência de titularidade desses junto a ABHB ou ANC. No caso de Rebanho Base deverá entrar em contato com a ABHB solicitando uma visita de Inspetor Técnico Credenciado. A partir daí, o criador deverá observar sempre os prazos de envio das coberturas e dos nascimentos dos produtos, bem como, solicitar visitas periódicas para seleção de animais de forma que os mesmos possam sempre obter registro junto a ABHB. Consulte a ABHB para saber sobre os prazos, parâmetros mínimos de seleção e custos para registro de animais ou visite www.hereford.com.br / www.braford.com.br DEVO EXIGIR REGISTRO QUANDO ADQUIRO ANIMAIS REGISTRADOS? Todos os animais registrados, para fim de Registro Genealógico, só podem ser comercializados com o Certificado de Registro Genealógico Definitivo ou com Registro de Nascimento (animais Hereford - PC e LA - e Braford) para os animais que ainda não atingiram a idade mínima para a marca a fogo, porém são controlados e inspecionados pela ABHB. Procure adquirir seus reprodutores e matrizes Hereford e Braford em remates e exposições chanceladas pela ABHB, sua garantia de origem, desempenho e produtividade. CUIDADOS APÓS A AQUISIÇÃO DE REPRODUTORES Deve-se ter em mente que o animal adquirido, seja macho ou fêmea, precisa de um período de adaptação ao novo ambiente que foi colocado. Além do tipo de pastagem, tipo de solo, clima, também a qualidade da água, animais estranhos ao convívio e espécies de parasitos são fatores que causam stress ao novo habitante. Por isso, além de mantê-lo por um período de 40 a 50 dias em um potreiro próximo da vista de todos, devemos observar os seguintes cuidados: 1. Ao chegar, observe o estado físico do animal e locomoção. 2. Solicitar ao antigo comprador o histórico do animal – vacinas e vermífugos utilizados recentemente, manejos diversos realizados. 3. Verificar também se ele já entrou em contato com as plantas tóxicas presentes em sua região 4. Verificar se ele entrou em contato ou foi imunizado contra a Tristeza Parasitária 5. Se o animal estava sendo suplementado, faça uma redução gradativa da suplementação até deixálo totalmente a pasto como vai trabalhar. 6. Não misturar com os outros touros, somente após a temporada de monta. 7. Reprodutor de dois anos, ainda em fase de crescimento, deve ser usado moderadamente no primeiro ano, fazendo rodízio, se possível, deixando-os fazer um repouso sexual a cada 15 dias até o final da estação de cobertura. 8. Não utilizar potreiros muito grandes durante o período de monta e se possível juntar os animais no rodeio, duas ou três vezes por semana, para auxiliar o touro na identificação das fêmeas em cio e verificar o estado físico dos reprodutores, principalmente aparelho locomotor e reprodutivo. 9. Fazer os grupos de touros em serviço da mesma idade.___________Pág: 35 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br
  36. 36. ANOTAÇÕES___________Pág: 36 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PAMPAPLUS / EMBRAPA 2012 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HEREFORD E BRAFORD www.abhb.com.br

×