Velhice no activo

706 visualizações

Publicada em

Trabalho no âmbito da disciplina de Psicologia do Desenvolimento subordinado ao tema da Velhice e a forma como esta é vista pela sociedade actual.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
706
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Velhice no activo

  1. 1. “Velhice no Activo”<br />… porque velhos são os trapos!<br />Psicologia do Desenvolvimento<br />Teresa Margarida Santos nº: 900900 Turma: 3<br />
  2. 2. Actualmente , em Portugal, o grupo etário dominante é o idoso. <br />Razões que levam a esta situação:<br /><ul><li>Melhor alimentação;
  3. 3. Evolução das técnicas de saúde e farmacêutica;
  4. 4. Actividade física regular;
  5. 5. …</li></ul>Consequências:<br /><ul><li>Aumento da esperança média de vida;
  6. 6. As pessoas mantêm-se saudáveis e produtivas </li></ul>até mais tarde.<br />
  7. 7. Como são vistos os velhos aos olhos da população activa?<br /><ul><li>Doentes;
  8. 8. Incapacitados;
  9. 9. Dementes;
  10. 10. Com declínio das capacidades cognitivas e emocionais;
  11. 11. Deteriorados;
  12. 12. Inúteis
  13. 13. …</li></ul>Como a sociedade os trata?<br /><ul><li>Marginaliza;
  14. 14. Desvaloriza;
  15. 15. Isola;
  16. 16. Humilha;
  17. 17. …</li></li></ul><li>Qual a real situação da velhice na sociedade actual? <br />“O envelhecimento é universal e inevitável.”<br />Esta é uma verdade incontestável!<br />Contudo: <br />Esta concepção negativa da velhice está longe de ser racional e fundamentada.<br />É verdade que:<br />Algumas capacidades sofrem um processo de deterioração, no entanto, muitas <br />outras mantém-se ou até evoluem, ficando mais aprimoradas.<br />
  18. 18. Como se desenrola o processo de envelhecimento?<br />Cada indivíduo vive este processo de forma diferente, consoante:<br /><ul><li> os estilos de vida;
  19. 19. acidentes;
  20. 20. predisposições genéticas;
  21. 21. doenças;
  22. 22. …</li></li></ul><li>Como se caracteriza a pessoa idosa?<br /><ul><li> As pessoas de idade caracterizam-se pela sua sabedoria - conquistada </li></ul>através da sua vasta experiência de vida, compensando assim alguma <br />perda das suas capacidades cognitivas.<br /><ul><li> Se for valorizada, a pessoa idosa, pode ser ainda muito útil à sociedade</li></ul>contribuindo activamente para o crescimento económico do país e/ ou para <br />um saudável ambiente social.<br />
  23. 23. Quais as consequências da desvalorização do idoso que é necessário combater?<br /><ul><li> O peso excessivo das reformas no sistema nacional de pensões;
  24. 24. Os encargos com a saúde e assistência social – por motivos de isolamento, </li></ul>depressões, a pobreza extrema, a falta de valorização, marginalização;<br /><ul><li> …</li></li></ul><li>Como pode a sociedade intervir para o desenvolvimento de estratégias de intervenção adequadas à integração plena da velhice no plano social e económico do país?<br /><ul><li>Através da incrementação do idoso no mundo do trabalho após a idade da reforma;
  25. 25. Valorização das suas competências técnicas e cognitivas adquiridas ao longo da sua </li></ul>vasta experiência profissional e de vida – que se traduz em sabedoria;<br /><ul><li> Avaliação positiva do seu desempenho profissional, ajudando à sua auto-estima e </li></ul>valorização pessoal;<br /><ul><li> Integração do idoso em colectividades de lazer e recreio de forma a evitar o </li></ul>isolamento e a solidão;<br /><ul><li> Permitir a troca de experiências entre gerações, estimulando o apoio do idoso às </li></ul>camadas mais jovens – nomeadamente na transmissão de conhecimentos e valores;<br />
  26. 26. …porque: “Velhos são os trapos.”<br />

×