SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
FACTORES ABIÓTICOS LUZ ESCOLA E.B.2/3 CIDADE DE CASTELO BRANCO Prof. Teresa Condeixa Monteiro (adaptado de vários autores anónimos) 2010/2011 CIÊNCIAS NATURAIS 8ºANO
Varia com: Latitude Morfologia do terreno Nebulosidade Cobertura vegetal Estações do ano Horas do dia Factores abióticos - LUZ Luz - Quantidade de energia luminosa que atinge uma dada área por unidade de tempo.
A luz é um factor de grande importância para os seres vivos… Factores abióticos - LUZ
[object Object],As plantas e a luz - FOTOSSÍNTESE Na ausência de luz as plantas não se desenvolvem. Factores abióticos - LUZ
Movimento das plantas em resposta a estímulo luminoso. As plantas e a luz - FOTOTROPISMO Fototropismo positivo Fototropismo negativo Factores abióticos - LUZ
Plantas de sol  ou heliófilas: Encontram-se em locais bem iluminados. Ex: girassóis, carvalhos As plantas e a luz Plantas de sombra  ou umbrófitas ou esquiáfilas : Encontram-se em locais sombrios. Ex: musgos, fetos e avencas. Factores abióticos - LUZ
Os animais e as plantas apresentam  fotoperiodismo   capacidade de reagir à duração da luminosidade diária a que estão submetidos. Fotoperíodo  - período de luz em cada 24 horas do dia Factores abióticos - LUZ A luz e as plantas- FOTOPERIODISMO
Plantas de dia curto: Florescem sempre que o fotoperíodo é menor que 12 horas. A luz influencia a floração das plantas… Plantas de dia longo: Florescem quando o fotoperíodo é superior a 12 horas. Plantas indiferentes: Não dependem do fotoperíodo para florir. Factores abióticos - LUZ
Plantas de dia longo: Ex.  centeio, ervilheira, milho A luz influencia a floração das plantas Factores abióticos - LUZ Plantas de dia curto: Ex.macieira, crisântemos, morangueiro Plantas indiferentes: Ex. cravo, sardinheira, malmequeres
Diurnos animais que estão activos de dia.Ex. Galinha Actividade dos animais Nocturnos animais que estão activo de noite.Ex. Coruja Factores abióticos - LUZ Indiferentes animais que estão activos de dia e de noite.Ex. Leões
As trutas desovam no mês de Novembro, altura em que os dias são curtos e as noites longas. A luz influencia o ciclo reprodutivo de alguns animais Factores abióticos - LUZ
Os animais apresentam  fotoperiodismo   capacidade de reagir à duração da luminosidade diária a que estão submetidos. A luz e os animais - FOTOPERIODISMO Hibernação Exemplos de sensibilidade dos animais às variações do fotoperíodo Factores abióticos - LUZ Migração
Um aumento do fotoperíodo leva à migração das aves para Norte, enquanto que o movimento para Sul é determinado pela diminuição do fotoperíodo. A luz influencia a migração Factores abióticos - LUZ
A  andorinha-do-mar  passa a maior parte da sua vida à luz do dia. Encontra-se no Ártico, durante o Verão, e passa o Inverno na Antárctida, época em que há luz durante 24 horas. A luz influencia a migração Factores abióticos - LUZ Percorre cerca de 36 000Km por ano de vigem
A  Baleia azul A luz influencia a migração Factores abióticos - LUZ
A pelagem de Inverno é mais clara que a pelagem de Verão. Ex. Arminho, a Lebre do Ártico e a Raposa do Ártico. A luz influencia a mudança de pelagem Factores abióticos - LUZ
Capacidade de se camuflarem com o meio em que vivem para tirar alguma vantagem. Existem dois tipos de camuflagem: Homocromia , onde o animal tem a cor do meio onde vive; Homotipia , onde o animal tem a forma dos objectos que compõe o meio. Homocromia / Homotipia Camuflagem Urso polar Bicho-pau “ O saber não ocupa espaço”
Devido à escuridão existente nas profundidades dos oceanos, alguns seres vivos capazes de emitir luz através de órgãos apropriados. Bioluminescência Factores abióticos - LUZ http://www.algosobre.com.br/biologia/bioluminescencia.html
[object Object],[object Object],[object Object],Quanto ao habitat Lucífugos  ou fotófobas   fogem à luz Ex: morcego,  minhocas, toupeiras Factores abióticos - LUZ
Distribuição dos seres vivos de acordo com a quantidade de luz Factores abióticos - LUZ
Como ocorre a distribuição deste factor em Portugal? Factores abióticos - LUZ Insolação
fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Factores Bióticos....
Factores Bióticos....Factores Bióticos....
Factores Bióticos....Gabriela Bruno
 
Semente – Anatomia E Morfologia
Semente – Anatomia E MorfologiaSemente – Anatomia E Morfologia
Semente – Anatomia E Morfologiaprofatatiana
 
Transporte no xilema
Transporte no xilemaTransporte no xilema
Transporte no xilemaRita Pereira
 
A influência da temperatura nos seres vivos (2) (v)
A influência da temperatura nos seres vivos (2) (v)A influência da temperatura nos seres vivos (2) (v)
A influência da temperatura nos seres vivos (2) (v)sepb
 
Gimnospermas 1
Gimnospermas 1Gimnospermas 1
Gimnospermas 1Segundao
 
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folha
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folhaMorfologia vegetal, semente raiz caule e folha
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folhaMarcos Albuquerque
 
Aula 8 Folha_anatomia cca312.pdf
Aula 8 Folha_anatomia cca312.pdfAula 8 Folha_anatomia cca312.pdf
Aula 8 Folha_anatomia cca312.pdfJusselioJunior
 
Factores AbióTicos
Factores AbióTicosFactores AbióTicos
Factores AbióTicoscatiacsantos
 
(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivosHugo Martins
 
Poluição - água e solos
Poluição - água e solosPoluição - água e solos
Poluição - água e solosAna Castro
 
Factores Abióticos - Solo
Factores Abióticos - SoloFactores Abióticos - Solo
Factores Abióticos - SoloCatir
 
Ecossistemas em mudança sucessão ecológica
Ecossistemas em mudança   sucessão ecológicaEcossistemas em mudança   sucessão ecológica
Ecossistemas em mudança sucessão ecológicaCélia Figueiredo
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das PlantasIkaro Slipk
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e Fruto
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e FrutoSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e Fruto
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e FrutoTurma Olímpica
 

Mais procurados (20)

Factores Bióticos....
Factores Bióticos....Factores Bióticos....
Factores Bióticos....
 
Sucessão ecológica
Sucessão ecológicaSucessão ecológica
Sucessão ecológica
 
Semente – Anatomia E Morfologia
Semente – Anatomia E MorfologiaSemente – Anatomia E Morfologia
Semente – Anatomia E Morfologia
 
Transporte no xilema
Transporte no xilemaTransporte no xilema
Transporte no xilema
 
A influência da temperatura nos seres vivos (2) (v)
A influência da temperatura nos seres vivos (2) (v)A influência da temperatura nos seres vivos (2) (v)
A influência da temperatura nos seres vivos (2) (v)
 
Gimnospermas 1
Gimnospermas 1Gimnospermas 1
Gimnospermas 1
 
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folha
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folhaMorfologia vegetal, semente raiz caule e folha
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folha
 
Aula 8 Folha_anatomia cca312.pdf
Aula 8 Folha_anatomia cca312.pdfAula 8 Folha_anatomia cca312.pdf
Aula 8 Folha_anatomia cca312.pdf
 
Factores AbióTicos
Factores AbióTicosFactores AbióTicos
Factores AbióTicos
 
(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos(5) sistemática dos seres vivos
(5) sistemática dos seres vivos
 
Poluição - água e solos
Poluição - água e solosPoluição - água e solos
Poluição - água e solos
 
Factores Abióticos - Solo
Factores Abióticos - SoloFactores Abióticos - Solo
Factores Abióticos - Solo
 
Locomoção na agua
Locomoção na aguaLocomoção na agua
Locomoção na agua
 
Insetos
InsetosInsetos
Insetos
 
Ecossistemas em mudança sucessão ecológica
Ecossistemas em mudança   sucessão ecológicaEcossistemas em mudança   sucessão ecológica
Ecossistemas em mudança sucessão ecológica
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das Plantas
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e Fruto
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e FrutoSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e Fruto
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Semente e Fruto
 
Folhas 2012 aula
Folhas 2012 aulaFolhas 2012 aula
Folhas 2012 aula
 
Propagação de plantas ornamentais
Propagação  de plantas ornamentaisPropagação  de plantas ornamentais
Propagação de plantas ornamentais
 
Reino Plantae
Reino PlantaeReino Plantae
Reino Plantae
 

Destaque

04 factores abióticos_solo_tc_20102011
04 factores abióticos_solo_tc_2010201104 factores abióticos_solo_tc_20102011
04 factores abióticos_solo_tc_20102011Teresa Monteiro
 
Factores Abióticos - Luz
Factores Abióticos - LuzFactores Abióticos - Luz
Factores Abióticos - LuzCatir
 
03 factores abióticos_humidade_pluviosidade_tc_20102011
03 factores abióticos_humidade_pluviosidade_tc_2010201103 factores abióticos_humidade_pluviosidade_tc_20102011
03 factores abióticos_humidade_pluviosidade_tc_20102011Teresa Monteiro
 
Manejo de Áreas Silvestres
Manejo de Áreas SilvestresManejo de Áreas Silvestres
Manejo de Áreas SilvestresBrenno Silva
 
Indicadores biológicos de qualidade do solo #SoilScience
Indicadores biológicos de qualidade do solo #SoilScienceIndicadores biológicos de qualidade do solo #SoilScience
Indicadores biológicos de qualidade do solo #SoilScienceJuscélia Ferreira
 
Plano de Manejo Parque Estadual da Serra do Mar
Plano de Manejo Parque Estadual da Serra do MarPlano de Manejo Parque Estadual da Serra do Mar
Plano de Manejo Parque Estadual da Serra do MarRicardo Anderáos
 
Manejo de capivaras no estado de sp
Manejo de capivaras no estado de spManejo de capivaras no estado de sp
Manejo de capivaras no estado de spUFRRJ
 
poluição aquática
poluição aquáticapoluição aquática
poluição aquáticainestavares13
 
Plano de manejo completo
Plano de manejo completoPlano de manejo completo
Plano de manejo completoAMCanastra
 
Ecotoxicologia aquática
Ecotoxicologia aquáticaEcotoxicologia aquática
Ecotoxicologia aquáticaLimnos Ufsc
 
Trabalho sobre Manejo Ambiental
Trabalho sobre Manejo Ambiental Trabalho sobre Manejo Ambiental
Trabalho sobre Manejo Ambiental Maísa Fernandes
 
Poluição das Águas - Problemas Ambientais
Poluição das Águas - Problemas AmbientaisPoluição das Águas - Problemas Ambientais
Poluição das Águas - Problemas AmbientaisPanquecasSIAA
 
Aula 4 ecologia de paisagens
Aula 4   ecologia de paisagensAula 4   ecologia de paisagens
Aula 4 ecologia de paisagensDamis Padilha
 

Destaque (20)

04 factores abióticos_solo_tc_20102011
04 factores abióticos_solo_tc_2010201104 factores abióticos_solo_tc_20102011
04 factores abióticos_solo_tc_20102011
 
Factores Abióticos - Luz
Factores Abióticos - LuzFactores Abióticos - Luz
Factores Abióticos - Luz
 
03 factores abióticos_humidade_pluviosidade_tc_20102011
03 factores abióticos_humidade_pluviosidade_tc_2010201103 factores abióticos_humidade_pluviosidade_tc_20102011
03 factores abióticos_humidade_pluviosidade_tc_20102011
 
Manejo de Áreas Silvestres
Manejo de Áreas SilvestresManejo de Áreas Silvestres
Manejo de Áreas Silvestres
 
Indicadores biológicos de qualidade do solo #SoilScience
Indicadores biológicos de qualidade do solo #SoilScienceIndicadores biológicos de qualidade do solo #SoilScience
Indicadores biológicos de qualidade do solo #SoilScience
 
Plano de Manejo Parque Estadual da Serra do Mar
Plano de Manejo Parque Estadual da Serra do MarPlano de Manejo Parque Estadual da Serra do Mar
Plano de Manejo Parque Estadual da Serra do Mar
 
Manejo de capivaras no estado de sp
Manejo de capivaras no estado de spManejo de capivaras no estado de sp
Manejo de capivaras no estado de sp
 
poluição aquática
poluição aquáticapoluição aquática
poluição aquática
 
Plano de manejo completo
Plano de manejo completoPlano de manejo completo
Plano de manejo completo
 
Catastrofes nat
Catastrofes natCatastrofes nat
Catastrofes nat
 
Ecologia
Ecologia Ecologia
Ecologia
 
Ecotoxicologia aquática
Ecotoxicologia aquáticaEcotoxicologia aquática
Ecotoxicologia aquática
 
Fisiologia animal II fotoperíodo.ppt
Fisiologia animal II fotoperíodo.pptFisiologia animal II fotoperíodo.ppt
Fisiologia animal II fotoperíodo.ppt
 
Poluição das águas
Poluição das águasPoluição das águas
Poluição das águas
 
Influencia solo novo
Influencia solo novoInfluencia solo novo
Influencia solo novo
 
Trabalho sobre Manejo Ambiental
Trabalho sobre Manejo Ambiental Trabalho sobre Manejo Ambiental
Trabalho sobre Manejo Ambiental
 
Unidades de conservação
Unidades de conservaçãoUnidades de conservação
Unidades de conservação
 
Poluição das Águas - Problemas Ambientais
Poluição das Águas - Problemas AmbientaisPoluição das Águas - Problemas Ambientais
Poluição das Águas - Problemas Ambientais
 
Aula 4 ecologia de paisagens
Aula 4   ecologia de paisagensAula 4   ecologia de paisagens
Aula 4 ecologia de paisagens
 
O que é plano de manejo?
O que é plano de manejo?O que é plano de manejo?
O que é plano de manejo?
 

Semelhante a Light Factors Plants Animals

Factoresabiticosluz 1208049288362030-9
Factoresabiticosluz 1208049288362030-9Factoresabiticosluz 1208049288362030-9
Factoresabiticosluz 1208049288362030-9Pelo Siro
 
Factores Abióticos
Factores AbióticosFactores Abióticos
Factores AbióticosSérgio Luiz
 
Factores abióticos - luz
Factores abióticos - luzFactores abióticos - luz
Factores abióticos - luzCatir
 
04.fatores abióticos
04.fatores abióticos04.fatores abióticos
04.fatores abióticosruiricardobg
 
Fatores abioticos teoria
Fatores abioticos teoriaFatores abioticos teoria
Fatores abioticos teoriaJoão Rodrigues
 
Resumos - power point - Interacao entre os seres vivos.pptx
Resumos - power point  - Interacao entre os seres vivos.pptxResumos - power point  - Interacao entre os seres vivos.pptx
Resumos - power point - Interacao entre os seres vivos.pptxCarlaSilva639671
 
Biosfera e factores abióticos
Biosfera e factores abióticosBiosfera e factores abióticos
Biosfera e factores abióticosCristina Vitória
 
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(2003)
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(2003)InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(2003)
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(2003)Ana Reis
 
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(20039
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(20039InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(20039
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(20039Ana Reis
 
1193145948 luz
1193145948 luz1193145948 luz
1193145948 luzPelo Siro
 
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptx
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptxae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptx
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptxmariagrave
 
Ficha_luz_2021.pdf
Ficha_luz_2021.pdfFicha_luz_2021.pdf
Ficha_luz_2021.pdfAna Piano
 
1 factores abioticos-luz
1 factores abioticos-luz1 factores abioticos-luz
1 factores abioticos-luzArtur Melo
 
Resumo ecossistemas fatores bioticos abio
Resumo ecossistemas fatores bioticos abioResumo ecossistemas fatores bioticos abio
Resumo ecossistemas fatores bioticos abioStéphanie Lima
 
Ficha Informativa Ecossistemas E Factores Abioticos
Ficha Informativa   Ecossistemas E Factores AbioticosFicha Informativa   Ecossistemas E Factores Abioticos
Ficha Informativa Ecossistemas E Factores AbioticosRui Jorge
 

Semelhante a Light Factors Plants Animals (20)

Factoresabiticosluz 1208049288362030-9
Factoresabiticosluz 1208049288362030-9Factoresabiticosluz 1208049288362030-9
Factoresabiticosluz 1208049288362030-9
 
Factores AbióTicos Luz
Factores AbióTicos LuzFactores AbióTicos Luz
Factores AbióTicos Luz
 
Luz
LuzLuz
Luz
 
Factores Abióticos
Factores AbióticosFactores Abióticos
Factores Abióticos
 
Factores abióticos - luz
Factores abióticos - luzFactores abióticos - luz
Factores abióticos - luz
 
04.fatores abióticos
04.fatores abióticos04.fatores abióticos
04.fatores abióticos
 
Fatores_abioticos.pptx
Fatores_abioticos.pptxFatores_abioticos.pptx
Fatores_abioticos.pptx
 
Fatores abioticos teoria
Fatores abioticos teoriaFatores abioticos teoria
Fatores abioticos teoria
 
Resumos - power point - Interacao entre os seres vivos.pptx
Resumos - power point  - Interacao entre os seres vivos.pptxResumos - power point  - Interacao entre os seres vivos.pptx
Resumos - power point - Interacao entre os seres vivos.pptx
 
Biosfera e factores abióticos
Biosfera e factores abióticosBiosfera e factores abióticos
Biosfera e factores abióticos
 
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(2003)
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(2003)InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(2003)
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(2003)
 
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(20039
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(20039InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(20039
InfluêNcia Da Temperaturanosseresvivos(20039
 
1193145948 luz
1193145948 luz1193145948 luz
1193145948 luz
 
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptx
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptxae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptx
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptx
 
Ficha_luz_2021.pdf
Ficha_luz_2021.pdfFicha_luz_2021.pdf
Ficha_luz_2021.pdf
 
1 factores abioticos-luz
1 factores abioticos-luz1 factores abioticos-luz
1 factores abioticos-luz
 
Ecologia - conceitos básicos
Ecologia - conceitos básicosEcologia - conceitos básicos
Ecologia - conceitos básicos
 
Resumo ecossistemas fatores bioticos abio
Resumo ecossistemas fatores bioticos abioResumo ecossistemas fatores bioticos abio
Resumo ecossistemas fatores bioticos abio
 
Ficha Informativa Ecossistemas E Factores Abioticos
Ficha Informativa   Ecossistemas E Factores AbioticosFicha Informativa   Ecossistemas E Factores Abioticos
Ficha Informativa Ecossistemas E Factores Abioticos
 
Resumos 8 ano
Resumos 8 anoResumos 8 ano
Resumos 8 ano
 

Mais de Teresa Monteiro

03_CN9_saúde individual_comunitária_promoção_saúde_tc_2011_2012
03_CN9_saúde individual_comunitária_promoção_saúde_tc_2011_201203_CN9_saúde individual_comunitária_promoção_saúde_tc_2011_2012
03_CN9_saúde individual_comunitária_promoção_saúde_tc_2011_2012Teresa Monteiro
 
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_2011201202_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012Teresa Monteiro
 
01_CN9_ Noção de saúde e qualidade de vida_TC_2011_2012
01_CN9_ Noção de saúde e qualidade de vida_TC_2011_201201_CN9_ Noção de saúde e qualidade de vida_TC_2011_2012
01_CN9_ Noção de saúde e qualidade de vida_TC_2011_2012Teresa Monteiro
 
03 fluxo de energia e ciclo de matéria 20102011_tc
03 fluxo de energia e ciclo de matéria 20102011_tc03 fluxo de energia e ciclo de matéria 20102011_tc
03 fluxo de energia e ciclo de matéria 20102011_tcTeresa Monteiro
 
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tcTeresa Monteiro
 
Factores bioticos TC_20102011
Factores  bioticos TC_20102011Factores  bioticos TC_20102011
Factores bioticos TC_20102011Teresa Monteiro
 
Gravidez na adolescência Gravidez e agora!
Gravidez na adolescência   Gravidez e agora!Gravidez na adolescência   Gravidez e agora!
Gravidez na adolescência Gravidez e agora!Teresa Monteiro
 
Gravidez na adolescência namoro relações sexuais
Gravidez na adolescência   namoro relações sexuaisGravidez na adolescência   namoro relações sexuais
Gravidez na adolescência namoro relações sexuaisTeresa Monteiro
 
02 factores abióticos_temperatura_luz_exercicios_tc_20102011
02 factores abióticos_temperatura_luz_exercicios_tc_2010201102 factores abióticos_temperatura_luz_exercicios_tc_20102011
02 factores abióticos_temperatura_luz_exercicios_tc_20102011Teresa Monteiro
 
00 factores abióticos_temperatura_tc_20102011
00 factores abióticos_temperatura_tc_2010201100 factores abióticos_temperatura_tc_20102011
00 factores abióticos_temperatura_tc_20102011Teresa Monteiro
 
Estrutura da Terra_modelos_ 20102011 Tc
Estrutura da Terra_modelos_ 20102011 TcEstrutura da Terra_modelos_ 20102011 Tc
Estrutura da Terra_modelos_ 20102011 TcTeresa Monteiro
 
Estrutura da Terra_metodos_20102011_TC
Estrutura da Terra_metodos_20102011_TCEstrutura da Terra_metodos_20102011_TC
Estrutura da Terra_metodos_20102011_TCTeresa Monteiro
 
01 FormaçãO De SequêNcias De Estratos Tc0910
01 FormaçãO De SequêNcias De Estratos Tc091001 FormaçãO De SequêNcias De Estratos Tc0910
01 FormaçãO De SequêNcias De Estratos Tc0910Teresa Monteiro
 
03 Fosseis Passeios Pais 0910
03 Fosseis Passeios Pais 091003 Fosseis Passeios Pais 0910
03 Fosseis Passeios Pais 0910Teresa Monteiro
 
02 O Que Nos Dizem Os Fosseis Tc 0910
02 O Que Nos Dizem Os Fosseis Tc 091002 O Que Nos Dizem Os Fosseis Tc 0910
02 O Que Nos Dizem Os Fosseis Tc 0910Teresa Monteiro
 
05 Microscopio ConstituiçAo Tc 0809
05 Microscopio ConstituiçAo Tc 080905 Microscopio ConstituiçAo Tc 0809
05 Microscopio ConstituiçAo Tc 0809Teresa Monteiro
 

Mais de Teresa Monteiro (20)

03_CN9_saúde individual_comunitária_promoção_saúde_tc_2011_2012
03_CN9_saúde individual_comunitária_promoção_saúde_tc_2011_201203_CN9_saúde individual_comunitária_promoção_saúde_tc_2011_2012
03_CN9_saúde individual_comunitária_promoção_saúde_tc_2011_2012
 
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_2011201202_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012
 
01_CN9_ Noção de saúde e qualidade de vida_TC_2011_2012
01_CN9_ Noção de saúde e qualidade de vida_TC_2011_201201_CN9_ Noção de saúde e qualidade de vida_TC_2011_2012
01_CN9_ Noção de saúde e qualidade de vida_TC_2011_2012
 
03 fluxo de energia e ciclo de matéria 20102011_tc
03 fluxo de energia e ciclo de matéria 20102011_tc03 fluxo de energia e ciclo de matéria 20102011_tc
03 fluxo de energia e ciclo de matéria 20102011_tc
 
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc
 
Factores bioticos TC_20102011
Factores  bioticos TC_20102011Factores  bioticos TC_20102011
Factores bioticos TC_20102011
 
Gravidez na adolescência Gravidez e agora!
Gravidez na adolescência   Gravidez e agora!Gravidez na adolescência   Gravidez e agora!
Gravidez na adolescência Gravidez e agora!
 
Gravidez na adolescência namoro relações sexuais
Gravidez na adolescência   namoro relações sexuaisGravidez na adolescência   namoro relações sexuais
Gravidez na adolescência namoro relações sexuais
 
02 factores abióticos_temperatura_luz_exercicios_tc_20102011
02 factores abióticos_temperatura_luz_exercicios_tc_2010201102 factores abióticos_temperatura_luz_exercicios_tc_20102011
02 factores abióticos_temperatura_luz_exercicios_tc_20102011
 
00 factores abióticos_temperatura_tc_20102011
00 factores abióticos_temperatura_tc_2010201100 factores abióticos_temperatura_tc_20102011
00 factores abióticos_temperatura_tc_20102011
 
Estrutura da Terra_modelos_ 20102011 Tc
Estrutura da Terra_modelos_ 20102011 TcEstrutura da Terra_modelos_ 20102011 Tc
Estrutura da Terra_modelos_ 20102011 Tc
 
Estrutura da Terra_metodos_20102011_TC
Estrutura da Terra_metodos_20102011_TCEstrutura da Terra_metodos_20102011_TC
Estrutura da Terra_metodos_20102011_TC
 
Beleza Verde
Beleza VerdeBeleza Verde
Beleza Verde
 
00 Historia Da Terra
00 Historia Da Terra00 Historia Da Terra
00 Historia Da Terra
 
01 FormaçãO De SequêNcias De Estratos Tc0910
01 FormaçãO De SequêNcias De Estratos Tc091001 FormaçãO De SequêNcias De Estratos Tc0910
01 FormaçãO De SequêNcias De Estratos Tc0910
 
03 Fosseis Passeios Pais 0910
03 Fosseis Passeios Pais 091003 Fosseis Passeios Pais 0910
03 Fosseis Passeios Pais 0910
 
02 O Que Nos Dizem Os Fosseis Tc 0910
02 O Que Nos Dizem Os Fosseis Tc 091002 O Que Nos Dizem Os Fosseis Tc 0910
02 O Que Nos Dizem Os Fosseis Tc 0910
 
01 Fosseis Tc 0910
01 Fosseis Tc 091001 Fosseis Tc 0910
01 Fosseis Tc 0910
 
05 Microscopio ConstituiçAo Tc 0809
05 Microscopio ConstituiçAo Tc 080905 Microscopio ConstituiçAo Tc 0809
05 Microscopio ConstituiçAo Tc 0809
 
04 CéLula Tc 0910
04 CéLula Tc 091004 CéLula Tc 0910
04 CéLula Tc 0910
 

Último

Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 

Último (20)

Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 

Light Factors Plants Animals

  • 1. FACTORES ABIÓTICOS LUZ ESCOLA E.B.2/3 CIDADE DE CASTELO BRANCO Prof. Teresa Condeixa Monteiro (adaptado de vários autores anónimos) 2010/2011 CIÊNCIAS NATURAIS 8ºANO
  • 2. Varia com: Latitude Morfologia do terreno Nebulosidade Cobertura vegetal Estações do ano Horas do dia Factores abióticos - LUZ Luz - Quantidade de energia luminosa que atinge uma dada área por unidade de tempo.
  • 3. A luz é um factor de grande importância para os seres vivos… Factores abióticos - LUZ
  • 4.
  • 5. Movimento das plantas em resposta a estímulo luminoso. As plantas e a luz - FOTOTROPISMO Fototropismo positivo Fototropismo negativo Factores abióticos - LUZ
  • 6. Plantas de sol ou heliófilas: Encontram-se em locais bem iluminados. Ex: girassóis, carvalhos As plantas e a luz Plantas de sombra ou umbrófitas ou esquiáfilas : Encontram-se em locais sombrios. Ex: musgos, fetos e avencas. Factores abióticos - LUZ
  • 7. Os animais e as plantas apresentam fotoperiodismo capacidade de reagir à duração da luminosidade diária a que estão submetidos. Fotoperíodo - período de luz em cada 24 horas do dia Factores abióticos - LUZ A luz e as plantas- FOTOPERIODISMO
  • 8. Plantas de dia curto: Florescem sempre que o fotoperíodo é menor que 12 horas. A luz influencia a floração das plantas… Plantas de dia longo: Florescem quando o fotoperíodo é superior a 12 horas. Plantas indiferentes: Não dependem do fotoperíodo para florir. Factores abióticos - LUZ
  • 9. Plantas de dia longo: Ex. centeio, ervilheira, milho A luz influencia a floração das plantas Factores abióticos - LUZ Plantas de dia curto: Ex.macieira, crisântemos, morangueiro Plantas indiferentes: Ex. cravo, sardinheira, malmequeres
  • 10. Diurnos animais que estão activos de dia.Ex. Galinha Actividade dos animais Nocturnos animais que estão activo de noite.Ex. Coruja Factores abióticos - LUZ Indiferentes animais que estão activos de dia e de noite.Ex. Leões
  • 11. As trutas desovam no mês de Novembro, altura em que os dias são curtos e as noites longas. A luz influencia o ciclo reprodutivo de alguns animais Factores abióticos - LUZ
  • 12. Os animais apresentam fotoperiodismo capacidade de reagir à duração da luminosidade diária a que estão submetidos. A luz e os animais - FOTOPERIODISMO Hibernação Exemplos de sensibilidade dos animais às variações do fotoperíodo Factores abióticos - LUZ Migração
  • 13. Um aumento do fotoperíodo leva à migração das aves para Norte, enquanto que o movimento para Sul é determinado pela diminuição do fotoperíodo. A luz influencia a migração Factores abióticos - LUZ
  • 14. A andorinha-do-mar passa a maior parte da sua vida à luz do dia. Encontra-se no Ártico, durante o Verão, e passa o Inverno na Antárctida, época em que há luz durante 24 horas. A luz influencia a migração Factores abióticos - LUZ Percorre cerca de 36 000Km por ano de vigem
  • 15. A Baleia azul A luz influencia a migração Factores abióticos - LUZ
  • 16. A pelagem de Inverno é mais clara que a pelagem de Verão. Ex. Arminho, a Lebre do Ártico e a Raposa do Ártico. A luz influencia a mudança de pelagem Factores abióticos - LUZ
  • 17. Capacidade de se camuflarem com o meio em que vivem para tirar alguma vantagem. Existem dois tipos de camuflagem: Homocromia , onde o animal tem a cor do meio onde vive; Homotipia , onde o animal tem a forma dos objectos que compõe o meio. Homocromia / Homotipia Camuflagem Urso polar Bicho-pau “ O saber não ocupa espaço”
  • 18. Devido à escuridão existente nas profundidades dos oceanos, alguns seres vivos capazes de emitir luz através de órgãos apropriados. Bioluminescência Factores abióticos - LUZ http://www.algosobre.com.br/biologia/bioluminescencia.html
  • 19.
  • 20. Distribuição dos seres vivos de acordo com a quantidade de luz Factores abióticos - LUZ
  • 21. Como ocorre a distribuição deste factor em Portugal? Factores abióticos - LUZ Insolação
  • 22. fim