Projeções cartográficas ( terceiro ano e pré)

8.031 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.031
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
76
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeções cartográficas ( terceiro ano e pré)

  1. 1. PROJEÇÕESCARTOGRÁFICASTipos de projeções cartográficas
  2. 2. INTRODUÇÃO•Para a prática da ciência cartográfica é de fundamental importância a utilização de recursos técnicos, e o principal deles é a projeção cartográfica.
  3. 3. • Os sistemas de projeções cartográficas foram desenvolvidos para dar uma solução ao problema da transferência de uma imagem da superfície curva da esfera terrestre para um plano da carta, o que sempre vai acarretar deformações.
  4. 4. PROJEÇÃO DE MERCATOR• Nesta projeção os meridianos e os paralelos são linhas retas que se cortam em ângulos retos. Corresponde a um tipo cilíndrico pouco modificado. Nela as regiões polares aparecem muito exageradas.
  5. 5. PROJEÇÃO ORTOGRÁFICA• Ela nos apresenta um hemisfério como se o víssemos a grande distância. Os paralelos mantêm seu paralelismo e os meridianos passam pelos polos, como ocorre na esfera. As terras próximas ao Equador aparecem com forma e áreas corretas, mas os polos apresentam maior deformação.
  6. 6. PROJEÇÃO CÔNICA• Nesta projeção os meridianos convergem para os polos e os paralelos são arcos concêntricos situados a igual distância uns dos outros.
  7. 7. PROJEÇÃO MOLLWEIDE• Nesta projeção os paralelos são linhas retas e os meridianos, linhas curvas. Sua área é proporcional à da esfera terrestre, tendo a forma elíptica. As zonas centrais apresentam grande exatidão, tanto em área como em configuração, mas as extremidades apresentam grandes distorções.
  8. 8. PROJEÇÃO DE GOODE• É uma projeção descontínua, pois tenta eliminar várias áreas oceânicas. Goode coloca os meridianos centrais da projeção correspondendo aos meridianos quase centrais dos continentes para lograr maior exatidão.
  9. 9. PROJEÇÃO AZIMUTAL• O mapa numa projeção azimutal é construído sobre um plano tangente a um ponto qualquer da esfera terrestre. Este ponto ocupa sempre o centro do mapa. A projeção azimutal é usada, em geral, para representar as regiões polares e suas proximidades e para localizar um país na posição central, tornando possível o cálculo de sua distância em relação a qualquer ponto da superfície terrestre. O emblema da ONU é uma projeção azimutal.
  10. 10. PROJEÇÃO DE PETERS• os meridianos estão separados a intervalos crescentes desde os pólos até o Equador e, por isso, os continentes situados entre os meridianos 60º norte e sul apresentam uma deformação (alongamento) no sentido norte-sul, sendo que os continentes que se situam em uma latitude elevada e apresentam um achatamento no sentido norte-sul e um alongamento proposital (para haver correspondência em tamanho) no sentido leste-oeste.
  11. 11. PROJEÇÃO DE HOLZEL• Projeção equivalente, seu contorno elipsoidal faz referência à forma aproximada da Terra que tem um ligeiro achatamento nos polos.
  12. 12. PROJEÇÃO DE ROBINSON• Com Robinson, os meridianos são colocados em linhas curvas, que se aproximam quanto mais se afastam da linha do Equador. É a projeção mais usada nos atlas atuais.
  13. 13. CONCLUSÕES FINAIS• A representação mais precisa da superfície da Terra é o globo. A representação por meio de mapas, sempre acarretará distorções. Não existem projeções melhores ou piores. Cada uma se adapta a determinadas finalidades. Mas nenhuma resolve o problema da representação da curvatura da Terra numa superfície plana.

×