SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
1° Encontro de Formação Continuada
   para Professores Alfabetizadores
             19/03/2013
Professora Carla Brasil regente do 2° ano na E. M. São Domingos na 3 a CRE
da rede Municipal do Rio de Janeiro
Princípios fundamentais
   para alfabetização
Segundo Patricia Corsino (Professora adjunta da faculdade de
                    educação da UFRJ)
1 - Espaço aberto as diferentes
linguagens dialogando entre
elas.
2 – Interação entre o texto e o
interlocutor.
3 – Lançar mão dos textos em
seus diferentes usos e funções.
4 – Trabalhar significativamente,
as palavras, frases e textos no
cotidiano dos alunos.
5 – Mais importante que
preparar a aula é preparar-se
para a aula.
6 – Garantir atividades individuais e
coletivas respeitando os diferentes
ritmos dos alunos.
               ESCRITA
 AUTONOMIA    ESPONTÂNE
     DE           A
 PENSAMENT                 LUDICIDADE
     O

              PARTICIPAÇ
                  ÃO

  DIÁLOGO
                            RESPEITO
              REFLEXÃO
               SOBRE A
               LÍNGUA
               ESCRITA
7 – Proporcionar um ambiente
alfabetizador, em que o aluno possa
interagir com ele.
    Um ambiente que esteja em
constante movimento, onde haja
pesquisas e que possibilite mudanças
sempre que necessário.
8 – É PRECISO QUE A CRIANÇA
CONHEÇA AS CARACTERÍSTICAS
DA LÍNGUA ESCRITA E QUE O
PROFESSOR    SEJA   MEDIADOR
DESSAS INFORMAÇÕES.
9 – PERCEBER O ERRO DA
CRIANÇA COMO UM PROCESSO
CONSTRUTIVO, SENDO ASSIM,
FONTE    DE   ESTUDO     E
ORIENTAÇÃO DO PROFESSOR.
10 –              PENSAMENTO




      ORALIDADE                   ESCRITA




     A criança pensa – fala – registra, mas às
vezes essa oralidade é esquecida por levarmos o
aluno a pensar e logo registrar.
Refletindo

“É interagindo com a escrita,
contemplando seus usos e funções, que
as crianças se apropriam da escrita
alfabética e não a partir da leitura de
textos forjados como os presentes em
diferentes cartilhas de alfabetização.”
“Para o letramento a aprendizagem não
acontece de forma espontânea, mas exige um
trabalho de reflexão sobre as características
do nosso sistema de escrita.”



“A escrita alfabética não é um código, o
qual se aprende à partir de atividades de
repetição e memorização...
... Os alunos precisam entender como esse
sistema funciona.”
“Para Magda Soares, os problemas que
vivemos hoje na alfabetização estão
relacionados à perda de especificidade do
processo de alfabetização, vivenciado nas
duas últimas décadas.”


“Alfabetização e letramento são termos
indissociáveis, mas distintos.”
“Ensinar a ler e a escrever no contexto das
práticas sociais da leitura e da escrita, de
modo que o indivíduo se tornasse ao mesmo
tempo letrado e alfabetizado. ”

“É importante que as crianças possam
vivenciar desde cedo, atividades que as
levem a pensar sobre as características do
nosso sistema de escrita de forma reflexiva,
lúdica, inseridas em atividades de leitura e
escrita de diferentes textos.”
“Para que ocorra o processo de apropriação e
consolidação da leitura e da escrita, é preciso
considerar, para cada ano do ciclo de
alfabetização: o que queremos ensinar, os
conhecimentos já construídos pelos alunos,
a natureza do objeto do conhecimento a ser
enfocado, como se organiza o sistema de
escrita alfabética e como os estudantes se
apropriam dele.”
Fragmentos retirados do material do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade
Certa – PNAIC
S    ALA
de

A    ula
A década de 1990 – Concepções de
        linguagem/Concepções de Alfabetização
Os interlocutores                                O contexto
                        A língua como             social
                          discurso
 As finalidades           interação
                                                 A história
                       ENSINAR PORTUGUÊS
                        LER   E   ESCREVER

           PROCESSOS DE INTERAÇÃO AUTOR-TEXTO-LEITOR
CONSIDERA A ESCRITA, A LEITURA E A LINGUAGEM ORAL COMO PRÁTICAS
DISCURSIVAS E, PORTANTO, SOCIAIS
CONCEPÇÃO DE SUJEITO: ATIVO NA CONSTRUÇÃO DE SEUS
CONHECIMENTOS DA LINGUAGEM EM INTERAÇÃO COM OS OUTROS E COM A
PRÓPRIA LÍNGUA, SITUADO SOCIAL E HISTORICAMENTE
Concepções de Alfabetização descritas por Smolka
(2001):


- Concepção Tradicionalista


- Concepção Construtivista


- Concepção interacionista
Referências bibliográficas:

Material do Pacto Nacional pela Alfabetização na
 Idade Certa – PNAIC

SMOLKA, A. L. B. A criança na fase inicial da
 escrita: a alfabetização como processo
 discursivo. 10 ed. São Paulo: Cortez; Campinas,
 SP: Editora da Universidade Estadual de
 Campinas, 2001.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Power point, leitura é...
Power point, leitura é...Power point, leitura é...
Power point, leitura é...Fan Santos
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escritaPNAIC UFSCar
 
Rotina na Alfabetização
Rotina na AlfabetizaçãoRotina na Alfabetização
Rotina na AlfabetizaçãoShirley Lauria
 
Ludicidade e alfabetização
Ludicidade e alfabetizaçãoLudicidade e alfabetização
Ludicidade e alfabetizaçãoLuci Panucci
 
Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoNailson Rocha
 
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptxRECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptxEsterLeite4
 
Tipos de avaliacao
Tipos de avaliacaoTipos de avaliacao
Tipos de avaliacaoKajdy Ejdy
 
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoPráticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoFernanda Tulio
 
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAICSistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAICVera Marlize Schröer
 
Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Adriana Pereira
 
Planejamento e rotinas nas aulas de matemática
Planejamento e rotinas nas aulas de matemáticaPlanejamento e rotinas nas aulas de matemática
Planejamento e rotinas nas aulas de matemáticaJoelma Santos
 
“ REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR: O REGISTRO DAS EXPERIÊ...
“ REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR: O REGISTRO DAS EXPERIÊ...“ REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR: O REGISTRO DAS EXPERIÊ...
“ REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR: O REGISTRO DAS EXPERIÊ...Aprender com prazer
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoMagda Marques
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontrotlfleite
 
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasSlides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasMarily Oliveira
 
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...Mary Alvarenga
 
1ª formação - Leitura e Escrita
1ª formação - Leitura e Escrita1ª formação - Leitura e Escrita
1ª formação - Leitura e EscritaPNAIC UFSCar
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoCÉSAR TAVARES
 

Mais procurados (20)

Power point, leitura é...
Power point, leitura é...Power point, leitura é...
Power point, leitura é...
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escrita
 
Rotina na Alfabetização
Rotina na AlfabetizaçãoRotina na Alfabetização
Rotina na Alfabetização
 
Slides leitura
Slides leituraSlides leitura
Slides leitura
 
Ludicidade e alfabetização
Ludicidade e alfabetizaçãoLudicidade e alfabetização
Ludicidade e alfabetização
 
Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador Pedagógico
 
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptxRECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
 
Tipos de avaliacao
Tipos de avaliacaoTipos de avaliacao
Tipos de avaliacao
 
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoPráticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
 
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAICSistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
 
Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento
 
Planejamento pedagógico
Planejamento pedagógicoPlanejamento pedagógico
Planejamento pedagógico
 
Planejamento e rotinas nas aulas de matemática
Planejamento e rotinas nas aulas de matemáticaPlanejamento e rotinas nas aulas de matemática
Planejamento e rotinas nas aulas de matemática
 
“ REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR: O REGISTRO DAS EXPERIÊ...
“ REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR: O REGISTRO DAS EXPERIÊ...“ REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR: O REGISTRO DAS EXPERIÊ...
“ REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR: O REGISTRO DAS EXPERIÊ...
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
 
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
Pnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontroPnaic unidade 3   sea - sistema de escrita alfabetica  1º encontro
Pnaic unidade 3 sea - sistema de escrita alfabetica 1º encontro
 
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasSlides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
 
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
 
1ª formação - Leitura e Escrita
1ª formação - Leitura e Escrita1ª formação - Leitura e Escrita
1ª formação - Leitura e Escrita
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação Pedagogo
 

Destaque

Formação Continuada a Professores Alfabetizadores do PBA
Formação Continuada a Professores Alfabetizadores do PBAFormação Continuada a Professores Alfabetizadores do PBA
Formação Continuada a Professores Alfabetizadores do PBAAdilson P Motta Motta
 
Perfil de alfabetizadores
Perfil de alfabetizadoresPerfil de alfabetizadores
Perfil de alfabetizadoresgizaflexa
 
Apresentação pnaic
Apresentação   pnaicApresentação   pnaic
Apresentação pnaicAline Caixeta
 
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Nilcéia Rodrigues
 
Orientações brasil alfabetizado
Orientações brasil alfabetizadoOrientações brasil alfabetizado
Orientações brasil alfabetizadoHumberto Ferreira
 
Apresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramentoApresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramentoVivi Veloso
 
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...Joselaine
 
Eja slides
Eja  slidesEja  slides
Eja slideslks5
 
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentozetesousa
 
Gêneros diversos
Gêneros diversosGêneros diversos
Gêneros diversosLicaraujo
 
Textos da tradição oral
Textos da tradição oralTextos da tradição oral
Textos da tradição oralLicaraujo
 
A formação-do-professor-alfabetizador-e-a-linguistica
A formação-do-professor-alfabetizador-e-a-linguisticaA formação-do-professor-alfabetizador-e-a-linguistica
A formação-do-professor-alfabetizador-e-a-linguisticaFernanda Moliterno
 
O papel-do-professor-na-promocao-da-aprendizagem-significativa-julio-cesar-fu...
O papel-do-professor-na-promocao-da-aprendizagem-significativa-julio-cesar-fu...O papel-do-professor-na-promocao-da-aprendizagem-significativa-julio-cesar-fu...
O papel-do-professor-na-promocao-da-aprendizagem-significativa-julio-cesar-fu...PROIDDBahiana
 
Oficina de formação no programa brasil alfabetizado rs o papel da investigaçã...
Oficina de formação no programa brasil alfabetizado rs o papel da investigaçã...Oficina de formação no programa brasil alfabetizado rs o papel da investigaçã...
Oficina de formação no programa brasil alfabetizado rs o papel da investigaçã...Lukass da Silva
 
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Nilcéia Rodrigues
 

Destaque (20)

Formação Continuada a Professores Alfabetizadores do PBA
Formação Continuada a Professores Alfabetizadores do PBAFormação Continuada a Professores Alfabetizadores do PBA
Formação Continuada a Professores Alfabetizadores do PBA
 
Perfil de alfabetizadores
Perfil de alfabetizadoresPerfil de alfabetizadores
Perfil de alfabetizadores
 
Plano de ação
Plano de açãoPlano de ação
Plano de ação
 
Apresentação pnaic
Apresentação   pnaicApresentação   pnaic
Apresentação pnaic
 
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
 
Orientações brasil alfabetizado
Orientações brasil alfabetizadoOrientações brasil alfabetizado
Orientações brasil alfabetizado
 
Apresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramentoApresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramento
 
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...
 
Brasil Alfabetizado 2013
Brasil Alfabetizado 2013Brasil Alfabetizado 2013
Brasil Alfabetizado 2013
 
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOSEDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
 
Eja slides
Eja  slidesEja  slides
Eja slides
 
Eja
EjaEja
Eja
 
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
 
Jogos
JogosJogos
Jogos
 
Gêneros diversos
Gêneros diversosGêneros diversos
Gêneros diversos
 
Textos da tradição oral
Textos da tradição oralTextos da tradição oral
Textos da tradição oral
 
A formação-do-professor-alfabetizador-e-a-linguistica
A formação-do-professor-alfabetizador-e-a-linguisticaA formação-do-professor-alfabetizador-e-a-linguistica
A formação-do-professor-alfabetizador-e-a-linguistica
 
O papel-do-professor-na-promocao-da-aprendizagem-significativa-julio-cesar-fu...
O papel-do-professor-na-promocao-da-aprendizagem-significativa-julio-cesar-fu...O papel-do-professor-na-promocao-da-aprendizagem-significativa-julio-cesar-fu...
O papel-do-professor-na-promocao-da-aprendizagem-significativa-julio-cesar-fu...
 
Oficina de formação no programa brasil alfabetizado rs o papel da investigaçã...
Oficina de formação no programa brasil alfabetizado rs o papel da investigaçã...Oficina de formação no programa brasil alfabetizado rs o papel da investigaçã...
Oficina de formação no programa brasil alfabetizado rs o papel da investigaçã...
 
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
 

Semelhante a Formação para professores alfabetizadores 19 03-2013

Ii reunião alfabetização_eixos_norteadores
Ii reunião alfabetização_eixos_norteadoresIi reunião alfabetização_eixos_norteadores
Ii reunião alfabetização_eixos_norteadoresRosemary Batista
 
Trabalhando Linguagens nos Anos Iniciais
Trabalhando Linguagens nos Anos IniciaisTrabalhando Linguagens nos Anos Iniciais
Trabalhando Linguagens nos Anos Iniciaisluciany-nascimento
 
Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.anadarc
 
Unidade1 - PNAIC - Currículo
Unidade1 - PNAIC - CurrículoUnidade1 - PNAIC - Currículo
Unidade1 - PNAIC - CurrículoElaine Cruz
 
Encontro do dia 8 e 10 de novembro. PNAIC-2016 Município de Biguaçu
Encontro do dia 8 e  10 de novembro. PNAIC-2016 Município de BiguaçuEncontro do dia 8 e  10 de novembro. PNAIC-2016 Município de Biguaçu
Encontro do dia 8 e 10 de novembro. PNAIC-2016 Município de BiguaçuSoleducador1
 
A leitura numa perspectiva social
A leitura numa perspectiva socialA leitura numa perspectiva social
A leitura numa perspectiva socialUPE
 
A leitura numa perspectiva social
A leitura numa perspectiva socialA leitura numa perspectiva social
A leitura numa perspectiva socialUPE
 
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escritaAlfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escritaJomari
 
ENSINANDO PARA APRENDER, APRENDENDO PARA ENSINAR: EXPERIÊNCIAS DE FORMAÇÃO IN...
ENSINANDO PARA APRENDER, APRENDENDO PARA ENSINAR: EXPERIÊNCIAS DE FORMAÇÃO IN...ENSINANDO PARA APRENDER, APRENDENDO PARA ENSINAR: EXPERIÊNCIAS DE FORMAÇÃO IN...
ENSINANDO PARA APRENDER, APRENDENDO PARA ENSINAR: EXPERIÊNCIAS DE FORMAÇÃO IN...ProfessorPrincipiante
 
Ava competências profissionais
Ava   competências profissionaisAva   competências profissionais
Ava competências profissionaismkbariotto
 
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionaisCp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionaismkbariotto
 
PNAIC - Ano 01 unidade 7
PNAIC - Ano 01 unidade 7PNAIC - Ano 01 unidade 7
PNAIC - Ano 01 unidade 7ElieneDias
 
A descoberta da_escrita
A descoberta da_escritaA descoberta da_escrita
A descoberta da_escritaBruna Lopes
 
A descoberta da escrita
A descoberta da escritaA descoberta da escrita
A descoberta da escritaFilipa Xavier
 
Cirene Sousa E Silva
Cirene Sousa E SilvaCirene Sousa E Silva
Cirene Sousa E Silvawaleri
 
Generos 1 ano
Generos  1 anoGeneros  1 ano
Generos 1 anomiesbella
 
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetizaçãoDireitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetizaçãoValéria Maciel
 
Generos apresentação1
Generos apresentação1Generos apresentação1
Generos apresentação1miesbella
 

Semelhante a Formação para professores alfabetizadores 19 03-2013 (20)

Ii reunião alfabetização_eixos_norteadores
Ii reunião alfabetização_eixos_norteadoresIi reunião alfabetização_eixos_norteadores
Ii reunião alfabetização_eixos_norteadores
 
Trabalhando Linguagens nos Anos Iniciais
Trabalhando Linguagens nos Anos IniciaisTrabalhando Linguagens nos Anos Iniciais
Trabalhando Linguagens nos Anos Iniciais
 
Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.
 
Unidade1 - PNAIC - Currículo
Unidade1 - PNAIC - CurrículoUnidade1 - PNAIC - Currículo
Unidade1 - PNAIC - Currículo
 
Encontro do dia 8 e 10 de novembro. PNAIC-2016 Município de Biguaçu
Encontro do dia 8 e  10 de novembro. PNAIC-2016 Município de BiguaçuEncontro do dia 8 e  10 de novembro. PNAIC-2016 Município de Biguaçu
Encontro do dia 8 e 10 de novembro. PNAIC-2016 Município de Biguaçu
 
A leitura numa perspectiva social
A leitura numa perspectiva socialA leitura numa perspectiva social
A leitura numa perspectiva social
 
A leitura numa perspectiva social
A leitura numa perspectiva socialA leitura numa perspectiva social
A leitura numa perspectiva social
 
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escritaAlfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
 
Tp4
Tp4Tp4
Tp4
 
ENSINANDO PARA APRENDER, APRENDENDO PARA ENSINAR: EXPERIÊNCIAS DE FORMAÇÃO IN...
ENSINANDO PARA APRENDER, APRENDENDO PARA ENSINAR: EXPERIÊNCIAS DE FORMAÇÃO IN...ENSINANDO PARA APRENDER, APRENDENDO PARA ENSINAR: EXPERIÊNCIAS DE FORMAÇÃO IN...
ENSINANDO PARA APRENDER, APRENDENDO PARA ENSINAR: EXPERIÊNCIAS DE FORMAÇÃO IN...
 
Ava competências profissionais
Ava   competências profissionaisAva   competências profissionais
Ava competências profissionais
 
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionaisCp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionais
 
PNAIC - Ano 01 unidade 7
PNAIC - Ano 01 unidade 7PNAIC - Ano 01 unidade 7
PNAIC - Ano 01 unidade 7
 
A descoberta da_escrita
A descoberta da_escritaA descoberta da_escrita
A descoberta da_escrita
 
Descoberta da escrita 1
Descoberta da escrita 1Descoberta da escrita 1
Descoberta da escrita 1
 
A descoberta da escrita
A descoberta da escritaA descoberta da escrita
A descoberta da escrita
 
Cirene Sousa E Silva
Cirene Sousa E SilvaCirene Sousa E Silva
Cirene Sousa E Silva
 
Generos 1 ano
Generos  1 anoGeneros  1 ano
Generos 1 ano
 
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetizaçãoDireitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
 
Generos apresentação1
Generos apresentação1Generos apresentação1
Generos apresentação1
 

Mais de Terc Cre

Razoes escolas fazerem blogs
Razoes escolas fazerem blogsRazoes escolas fazerem blogs
Razoes escolas fazerem blogsTerc Cre
 
7 razoes professor_fazer_blog
7 razoes professor_fazer_blog7 razoes professor_fazer_blog
7 razoes professor_fazer_blogTerc Cre
 
Cartilha riomail
Cartilha riomailCartilha riomail
Cartilha riomailTerc Cre
 
Cartilha riomail
Cartilha riomailCartilha riomail
Cartilha riomailTerc Cre
 
Cartilha abertura chamado
Cartilha abertura chamadoCartilha abertura chamado
Cartilha abertura chamadoTerc Cre
 
2018 cartilhas informatica
2018 cartilhas informatica2018 cartilhas informatica
2018 cartilhas informaticaTerc Cre
 
Muito_prazer_eu_sou
Muito_prazer_eu_souMuito_prazer_eu_sou
Muito_prazer_eu_souTerc Cre
 
Problemas merenda
Problemas merendaProblemas merenda
Problemas merendaTerc Cre
 
Apresentacao cec 2018
Apresentacao cec 2018Apresentacao cec 2018
Apresentacao cec 2018Terc Cre
 
2018 cartilhas de procedimentos de informática
2018  cartilhas de procedimentos de informática2018  cartilhas de procedimentos de informática
2018 cartilhas de procedimentos de informáticaTerc Cre
 
Apresentação dia i 2017
Apresentação dia i 2017Apresentação dia i 2017
Apresentação dia i 2017Terc Cre
 
Regrinhasdeouro
RegrinhasdeouroRegrinhasdeouro
RegrinhasdeouroTerc Cre
 
Regularização de vida escolar 2015
Regularização de vida escolar 2015Regularização de vida escolar 2015
Regularização de vida escolar 2015Terc Cre
 
Cartilhas procedimentos informatica
Cartilhas procedimentos informaticaCartilhas procedimentos informatica
Cartilhas procedimentos informaticaTerc Cre
 
Manual validadores
Manual validadoresManual validadores
Manual validadoresTerc Cre
 
Gratuidades em transportes
Gratuidades em transportesGratuidades em transportes
Gratuidades em transportesTerc Cre
 
Instruções transportes roteiro_sga
Instruções transportes roteiro_sgaInstruções transportes roteiro_sga
Instruções transportes roteiro_sgaTerc Cre
 
Central help desk 02
Central help desk 02Central help desk 02
Central help desk 02Terc Cre
 

Mais de Terc Cre (20)

Razoes escolas fazerem blogs
Razoes escolas fazerem blogsRazoes escolas fazerem blogs
Razoes escolas fazerem blogs
 
7 razoes professor_fazer_blog
7 razoes professor_fazer_blog7 razoes professor_fazer_blog
7 razoes professor_fazer_blog
 
Cartilha riomail
Cartilha riomailCartilha riomail
Cartilha riomail
 
Cartilha riomail
Cartilha riomailCartilha riomail
Cartilha riomail
 
Cartilha abertura chamado
Cartilha abertura chamadoCartilha abertura chamado
Cartilha abertura chamado
 
2018 cartilhas informatica
2018 cartilhas informatica2018 cartilhas informatica
2018 cartilhas informatica
 
Muito_prazer_eu_sou
Muito_prazer_eu_souMuito_prazer_eu_sou
Muito_prazer_eu_sou
 
Problemas merenda
Problemas merendaProblemas merenda
Problemas merenda
 
Merenda
MerendaMerenda
Merenda
 
Apresentacao cec 2018
Apresentacao cec 2018Apresentacao cec 2018
Apresentacao cec 2018
 
2018 cartilhas de procedimentos de informática
2018  cartilhas de procedimentos de informática2018  cartilhas de procedimentos de informática
2018 cartilhas de procedimentos de informática
 
Apresentação dia i 2017
Apresentação dia i 2017Apresentação dia i 2017
Apresentação dia i 2017
 
Regrinhasdeouro
RegrinhasdeouroRegrinhasdeouro
Regrinhasdeouro
 
Regularização de vida escolar 2015
Regularização de vida escolar 2015Regularização de vida escolar 2015
Regularização de vida escolar 2015
 
Cartilhas procedimentos informatica
Cartilhas procedimentos informaticaCartilhas procedimentos informatica
Cartilhas procedimentos informatica
 
Manual validadores
Manual validadoresManual validadores
Manual validadores
 
Gratuidades em transportes
Gratuidades em transportesGratuidades em transportes
Gratuidades em transportes
 
Instruções transportes roteiro_sga
Instruções transportes roteiro_sgaInstruções transportes roteiro_sga
Instruções transportes roteiro_sga
 
Riocard
RiocardRiocard
Riocard
 
Central help desk 02
Central help desk 02Central help desk 02
Central help desk 02
 

Formação para professores alfabetizadores 19 03-2013

  • 1. 1° Encontro de Formação Continuada para Professores Alfabetizadores 19/03/2013 Professora Carla Brasil regente do 2° ano na E. M. São Domingos na 3 a CRE da rede Municipal do Rio de Janeiro
  • 2. Princípios fundamentais para alfabetização Segundo Patricia Corsino (Professora adjunta da faculdade de educação da UFRJ)
  • 3. 1 - Espaço aberto as diferentes linguagens dialogando entre elas.
  • 4. 2 – Interação entre o texto e o interlocutor.
  • 5. 3 – Lançar mão dos textos em seus diferentes usos e funções.
  • 6. 4 – Trabalhar significativamente, as palavras, frases e textos no cotidiano dos alunos.
  • 7. 5 – Mais importante que preparar a aula é preparar-se para a aula.
  • 8. 6 – Garantir atividades individuais e coletivas respeitando os diferentes ritmos dos alunos. ESCRITA AUTONOMIA ESPONTÂNE DE A PENSAMENT LUDICIDADE O PARTICIPAÇ ÃO DIÁLOGO RESPEITO REFLEXÃO SOBRE A LÍNGUA ESCRITA
  • 9. 7 – Proporcionar um ambiente alfabetizador, em que o aluno possa interagir com ele. Um ambiente que esteja em constante movimento, onde haja pesquisas e que possibilite mudanças sempre que necessário.
  • 10. 8 – É PRECISO QUE A CRIANÇA CONHEÇA AS CARACTERÍSTICAS DA LÍNGUA ESCRITA E QUE O PROFESSOR SEJA MEDIADOR DESSAS INFORMAÇÕES.
  • 11. 9 – PERCEBER O ERRO DA CRIANÇA COMO UM PROCESSO CONSTRUTIVO, SENDO ASSIM, FONTE DE ESTUDO E ORIENTAÇÃO DO PROFESSOR.
  • 12. 10 – PENSAMENTO ORALIDADE ESCRITA A criança pensa – fala – registra, mas às vezes essa oralidade é esquecida por levarmos o aluno a pensar e logo registrar.
  • 13. Refletindo “É interagindo com a escrita, contemplando seus usos e funções, que as crianças se apropriam da escrita alfabética e não a partir da leitura de textos forjados como os presentes em diferentes cartilhas de alfabetização.”
  • 14. “Para o letramento a aprendizagem não acontece de forma espontânea, mas exige um trabalho de reflexão sobre as características do nosso sistema de escrita.” “A escrita alfabética não é um código, o qual se aprende à partir de atividades de repetição e memorização... ... Os alunos precisam entender como esse sistema funciona.”
  • 15. “Para Magda Soares, os problemas que vivemos hoje na alfabetização estão relacionados à perda de especificidade do processo de alfabetização, vivenciado nas duas últimas décadas.” “Alfabetização e letramento são termos indissociáveis, mas distintos.”
  • 16. “Ensinar a ler e a escrever no contexto das práticas sociais da leitura e da escrita, de modo que o indivíduo se tornasse ao mesmo tempo letrado e alfabetizado. ” “É importante que as crianças possam vivenciar desde cedo, atividades que as levem a pensar sobre as características do nosso sistema de escrita de forma reflexiva, lúdica, inseridas em atividades de leitura e escrita de diferentes textos.”
  • 17. “Para que ocorra o processo de apropriação e consolidação da leitura e da escrita, é preciso considerar, para cada ano do ciclo de alfabetização: o que queremos ensinar, os conhecimentos já construídos pelos alunos, a natureza do objeto do conhecimento a ser enfocado, como se organiza o sistema de escrita alfabética e como os estudantes se apropriam dele.” Fragmentos retirados do material do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC
  • 18. S ALA de A ula
  • 19. A década de 1990 – Concepções de linguagem/Concepções de Alfabetização Os interlocutores O contexto A língua como social discurso As finalidades interação A história ENSINAR PORTUGUÊS LER E ESCREVER PROCESSOS DE INTERAÇÃO AUTOR-TEXTO-LEITOR CONSIDERA A ESCRITA, A LEITURA E A LINGUAGEM ORAL COMO PRÁTICAS DISCURSIVAS E, PORTANTO, SOCIAIS CONCEPÇÃO DE SUJEITO: ATIVO NA CONSTRUÇÃO DE SEUS CONHECIMENTOS DA LINGUAGEM EM INTERAÇÃO COM OS OUTROS E COM A PRÓPRIA LÍNGUA, SITUADO SOCIAL E HISTORICAMENTE
  • 20. Concepções de Alfabetização descritas por Smolka (2001): - Concepção Tradicionalista - Concepção Construtivista - Concepção interacionista
  • 21. Referências bibliográficas: Material do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC SMOLKA, A. L. B. A criança na fase inicial da escrita: a alfabetização como processo discursivo. 10 ed. São Paulo: Cortez; Campinas, SP: Editora da Universidade Estadual de Campinas, 2001.