Suporte Básico à
Vida

Instrutor:João Pedro
 Daniel Alves Melo
Situações em uma
empresa onde os
funcionários estão
sujeitos à uma
situação de risco.
 CASO 1:
 ESCADA;
 Funciona como saída do
almoxarifado para o corte.
 -CORRETO-
• Para um desnível superior a 2,90 m
(dois metros e noventa
centímetros) deve existir um patamar
intermediár...
 Segundo NR-17
18.5.7 -Objetos
pesados ou volumosos devem
ser removidos mediante o
emprego de dispositivos
mecânicos, fic...

6.1.2 Sinalização de alerta
A sinalização de alerta apropriada deve
ser instalada em local visível e a uma
altura de
...
Caso 2:
 Aplicação de adesivo
químico (cola) na
indústria calçadista
 6.2. A empresa é obrigada a
fornecer aos empregados,
gratuitamente, EPI adequado
ao risco e em perfeito estado
de conser...
 Bibliografia
 NORMA TÉCNICA Nº 006/2013 – CBMPB
 Segurança e Medicina do Trabalho
 Nr-6 EPI`S------
 Nr-17 ERGONOMIA...
FIM
SUPORTE BASICO Á VIDA
SUPORTE BASICO Á VIDA
SUPORTE BASICO Á VIDA
SUPORTE BASICO Á VIDA
SUPORTE BASICO Á VIDA
SUPORTE BASICO Á VIDA
SUPORTE BASICO Á VIDA
SUPORTE BASICO Á VIDA
SUPORTE BASICO Á VIDA
SUPORTE BASICO Á VIDA
SUPORTE BASICO Á VIDA
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SUPORTE BASICO Á VIDA

194 visualizações

Publicada em

extintores

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
194
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SUPORTE BASICO Á VIDA

  1. 1. Suporte Básico à Vida  Instrutor:João Pedro  Daniel Alves Melo
  2. 2. Situações em uma empresa onde os funcionários estão sujeitos à uma situação de risco.
  3. 3.  CASO 1:  ESCADA;
  4. 4.  Funciona como saída do almoxarifado para o corte.
  5. 5.  -CORRETO- • Para um desnível superior a 2,90 m (dois metros e noventa centímetros) deve existir um patamar intermediário, com a mesma largura da escada e de comprimento mínimo igual à largura.  ( Fundacentro)
  6. 6.  Segundo NR-17 18.5.7 -Objetos pesados ou volumosos devem ser removidos mediante o emprego de dispositivos mecânicos, ficando proibido o lançamento em queda livre de qualquer material(c=218.116- 9/l=2).
  7. 7.  6.1.2 Sinalização de alerta A sinalização de alerta apropriada deve ser instalada em local visível e a uma altura de 1,8 m medida do piso acabado à base da sinalização, próxima ao risco isolado ou distribuída ao longo da área de risco generalizado, distanciadas entre si em, no máximo, 15 metros NORMA TÉCNICA Nº 006/2013 – CBMPB
  8. 8. Caso 2:  Aplicação de adesivo químico (cola) na indústria calçadista
  9. 9.  6.2. A empresa é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, EPI adequado ao risco e em perfeito estado de conservação e funcionamento
  10. 10.  Bibliografia  NORMA TÉCNICA Nº 006/2013 – CBMPB  Segurança e Medicina do Trabalho  Nr-6 EPI`S------  Nr-17 ERGONOMIA------  Nr-26 SINALIZAÇÃO  Fundacentro -Fundação Jorge Duprat e Figueiredo
  11. 11. FIM

×