Mapeamento das Iniciativas   Federais   de Formação
Proposta do   Mapeamento Desde o início dos anos 2000, o governo federal implantou  dezenas de projetos  de inclusão digit...
O que  encontramos? Iniciamos a pesquisa online, encontrando sites oficiais e o que estava documentado publicamente. Em se...
O que não  encontramos? Documentação sobre os processos de formação; Documentação sobre escolhas metodológicas e referênci...
Síntese do  Mapeamento
Síntese do  Mapeamento
Síntese do  Mapeamento
Apostas e  Sugestões 1. Ter  materiais específicos  sobre procedimentos de gestão  (como o programa funciona, como registr...
Como faremos o  mapeamento regional? Sugestão para padronização dos dados: 1. Nome da Iniciativa; 2. Site oficial; 3. Regi...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mapeamento das Iniciativas de Formação em Inclusão Digital do Governo Federal - TelecentrosBR

760 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
760
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
59
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mapeamento das Iniciativas de Formação em Inclusão Digital do Governo Federal - TelecentrosBR

  1. 1. Mapeamento das Iniciativas Federais de Formação
  2. 2. Proposta do Mapeamento Desde o início dos anos 2000, o governo federal implantou dezenas de projetos de inclusão digital. Todos eles, com objetivos e métodos variados, realizaram ações de formação. Nossa proposta foi mapear os documentos (apostilas, tutoriais, avaliações, descrições, relatórios, etc.) produzidos para ou a partir dessas ações. O mapeamento funcionaria como uma espécie de ponto de partida, ajudando a conhecer e avaliar o que poderia ser incorporado à construção de uma política pública de inclusão digital.
  3. 3. O que encontramos? Iniciamos a pesquisa online, encontrando sites oficiais e o que estava documentado publicamente. Em seguida, por telefone procuramos identificar os responsáveis pelas iniciativas e pelas áreas de formação. - Encontramos 23 programas de Inclusão Digital; - Encontramos referências de formação em 12 programas; - Material datado e ligado a contextos muito específicos; - Vários tipos de materiais: - Apostilas de gestão e administração do espaço; - Apostilas técnicas sobre hardware e software; - Em menor escala, apostilas mais genéricas, não ligadas a tecnologia. Ex.: Contação de histórias; - Cardápios de cursos sobre temas variados: iniciativas pontuais e, a maioria, sem continuidade.c
  4. 4. O que não encontramos? Documentação sobre os processos de formação; Documentação sobre escolhas metodológicas e referênciais conceituais; Relato de realização de experiências e resultados de avaliação; Análise crítica e comparativa. Reflexões sobre os processos!!! *exceção: projeto Casa Brasil disponibilizou um relatório com suas reflexões.
  5. 5. Síntese do Mapeamento
  6. 6. Síntese do Mapeamento
  7. 7. Síntese do Mapeamento
  8. 8. Apostas e Sugestões 1. Ter materiais específicos sobre procedimentos de gestão (como o programa funciona, como registrar os acessos no telecentros, como obter suporte técnico, etc.). 2. Documentar as apostas, escolhas e princípios construídos nos processos de formação. Cuidar do registro dos pressupostos, das dificuldades, das mudanças, dos erros, das boas ideias. 3. Documentar princípios e processos de avaliação da formação, ou seja, o que se avalia, para que, como e, claro, o que os participantes disseram sobre tudo isso.
  9. 9. Como faremos o mapeamento regional? Sugestão para padronização dos dados: 1. Nome da Iniciativa; 2. Site oficial; 3. Região: Estado, Cidade (quando se aplica); 4. Descrição da formação; 5. Material online: descrever o que for encontrado online; 6. Eixos de formação: a que eixos correspondem; 7. Contato: quando se aplicar, com quem falamos. O Polo Nacional disponibilizará um formulário online para cadastro das iniciativas. O mapeamento ficará online no site da Rede de Formação.

×