O Tribunal de Contas da União e a Auditoria Contínua - 12th CONTECSI 34th WCARS

321 visualizações

Publicada em

O Tribunal de Contas da União e a Auditoria Contínua CONTROLE MAIS EFETIVO, MAIS BENEFÍCIOS PARA O CIDADÃO

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
321
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Tribunal de Contas da União e a Auditoria Contínua - 12th CONTECSI 34th WCARS

  1. 1. O Tribunal de Contas da União e a Auditoria Contínua CONTROLE MAIS EFETIVO, MAIS BENEFÍCIOS PARA O CIDADÃO MINISTRO AROLDO CEDRAZ, PRESIDENTE DO TCU
  2. 2. Educação
  3. 3. Saúde
  4. 4. Segurança
  5. 5. Precisamos construir um Brasil melhor
  6. 6. Transparência
  7. 7. Aprimorar a Administração Pública em benefício da sociedade
  8. 8. PLANO DE CONTROLE EXTERNO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO Vigência: Abril de 2015 a Março de 2017
  9. 9. LINHAS DE AÇÃO TRANSVERSAIS COMUNS A TODAS AS ÁREAS TEMÁTICAS LINHAS DE AÇÃO POR ÁREAS TEMÁTICAS PLANO DE CONTROLE EXTERNO DOCUMENTO COMPLETO PARA LEITURA
  10. 10. Tecnologia e Inovação • Confiabilidade de dados • Diagnósticos sistêmicos • Auditorias contínuas e preditivas • Participação da sociedade
  11. 11. Políticas públicas e programas de governo Processos, sistemas e bases de dados Controle Externo Gestor Público Monitoramento Auditorias Contínuas e Preditivas Auditorias Tradicionais
  12. 12. Políticas públicas e programas de governo Processos, sistemas e bases de dados Controle Externo Gestor Público Monitoramento Auditorias tradicionais Dados abertos Sociedade Controle Social Auditorias Contínuas e Preditivas
  13. 13. Gestão Financeira e Orçamentária Sistema SIAFI R$ 12 trilhões Conta Única do Tesouro Sistema Sisbacen R$ 635 bilhões Receitas Tributárias e Contrib. Sistemas Sief e Clacon R$ 1 trilhão Transferências Voluntárias Sistema Siconv R$ 73 bilhões Dívida Ativa Sistema Sida R$ 1,4 trilhão Empresas Estatais Sistema Siest R$ 291 bilhões Imóveis de Uso Especial Sistema Spiunet R$ 321 bilhões Imóveis Dominiais Sistema Siapa R$ 34 bilhões Obras Rodoviárias Sistema Sicro R$ 197 bilhões Despesas Previdenciárias Sistemas Sub, Sib e Comprev R$ 350 bilhões Passivo Atuarial Prev. Civil Sistema SRPPS R$ 1,1 trilhão Despesas com Pessoal Sistema Siape (Poder Executivo) R$ 184 bilhões Despesas com Serv. de Saúde Sistemas Sisgerf e Siops R$ 83 bilhões Despesas com Ensino Sistemas Simec e Siope R$ 54 bilhões Diárias e Passagens Sistema SCDP (Poder Executivo) R$ 3 bilhões Materiais e Serv. de Terceiros Sistemas Siasg e Comprasnet R$ 70 bilhões Dívida Federal Sistemas SID, DPI e Seorfi R$ 3 trilhões
  14. 14. “Toda longa caminhada começa com o primeiro passo” Lao Tsé
  15. 15. Histórico de obtenção e tratamento de dados para o Controle Externo no TCU Dados abertos: estratégia para aumento da transparência e modernização da gestão Governo aberto: a tecnologia contribuindo para aproximação entre Estado e Sociedade Lei de Benford na Auditoria de Obras Públicas Auditoria financeira na era do Big Data Estratégias de fiscalização no contexto de grandes bases de dados: caso da Previdência Versão eletrônica em www.tcu.gov.br/revista (also available in English version)
  16. 16. O futuro das nações dependerá cada vez mais de sua capacidade de aprender coletivamente. Peter Senge
  17. 17. Colaboração
  18. 18. Compartilhamento
  19. 19. Muito obrigado! AROLDO CEDRAZ PRESIDENTE@TCU.GOV.BR

×