O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

TDC2016POA | Trilha Ruby - 5 Boas práticas para se aplicar em Testes de Aceitação

140 visualizações

Publicada em

5 Boas práticas para se aplicar em Testes de Aceitação

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

TDC2016POA | Trilha Ruby - 5 Boas práticas para se aplicar em Testes de Aceitação

  1. 1. 5 Boas práticas para se aplicar em testes de aceitação Indo além dos testes de unidade
  2. 2. # 2 O que são testes de aceitação?
  3. 3. # 2 Pirâmide de testes
  4. 4. Pirâmide de testes (Mike Cohn)
  5. 5. Quadrante de testes (Crispin)
  6. 6. # 3 Boas práticas
  7. 7. Separe responsabilidades
  8. 8. Teste sem Page Object
  9. 9. Page Object
  10. 10. Teste com Page Object
  11. 11. #1 Centraliza o código #2 Facilita a manutenção #3 Melhora o entendimento
  12. 12. Dependa de elementos estáveis
  13. 13. #1 ID #2 Name #3 Seletor CSS #4 XPath (Evitar)
  14. 14. Seja objetivo
  15. 15. Testes acoplados
  16. 16. Testes separados
  17. 17. #1 Acelera a resolução de problemas #2 Melhora o entendimento
  18. 18. Construa cenários independentes
  19. 19. #1 Facilita a manutenção #2 Evita problemas com ordenação #3 Permite a execução dos testes em paralelo
  20. 20. Revise constantemente
  21. 21. #1 Move testes para níveis abaixo da pirâmide #2 Remove testes desnecessários/duplicados #3 Mantêm a pirâmide “equilibrada”
  22. 22. # 4 Conclusão
  23. 23. # 5 Referências
  24. 24. shipit.resultadosdigitais.com.br
  25. 25. Obrigado! Lindomar Reitz lindomar.reitz@gmail.com br.linkedin.com/in/lindomarreitz we’re hiring

×