SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Baixar para ler offline
Dívida Técnica
(Technical Debt)
Artefatos imaturos,
incompletos ou
inadequados no ciclo de
desenvolvimento de
software que causam
custos altos e baixa
qualidade.
(SEAMAN e GUO, 2011)
• Dívida Técnica NÃO é somente código e a sua
qualidade. (KRUCHTEN et al., 2012)
• Dívida Técnica pode ser caracterizada por aspectos
relacionados com o desenvolvimento do software
como um todo (KRUCHTEN et al., 2012) :
• Falta de testes automatizados; (STERLING, 2010)
• Documentação desatualizada. (BROWN et al., 2010)
“O único que pode mudar este código é o Fredy!”
“Vamos terminar os testes no próximo Sprint!”
“Nós não temos tempo para atualizar essas duas bases de
dados, por isso, vamos sincronizá-las depois”.
• Dívida Técnica x Métodos Ágeis
• Entregas muito rápidas, o pouco
tempo para projeto ou a falta de rigor
em testes automatizados, levam
alguns software a um nível considerável
de Dívida Técnica.
(KRUCHTEN et al., 2012)
• Definir uma estratégia para reduzir a Dívida
Técnica é difícil, pois é algo que NÃO é parte do
processo de desenvolvimento regular, que se
concentra na implementação das funcionalidades.
(BUCH, 2011)
• Dívida Técnica x Scrum
• Falta da definição do papel responsável pela sua
redução (Time, Dono do Produto, Scrum Master ou todos
eles);
• Dono do Produto frequentemente não entende as
necessidades e benefícios de reduzir a Dívida Técnica;
• Dívida Técnica encontrada nos projetos não se encontra
de uma forma estruturada e documentada, que possa
ser visualizada pelo time.
(BUCH, 2011)
Motivation
• Carolyn Seaman e Yuepu Guo propõem um framework
de gerenciamento da Dívida Técnica.
Fonte: Adaptado de Umbc (2014)
• Lista de DT: atividades não realizadas de forma correta e
que correm o risco de causarem problemas futuros se não
forem concluídas. (SEAMAN e GUO, 2011)
Fonte: Adaptado de Seaman e Guo. (2011) e Oliveira (2011)
Monitoramento da Dívida Técnica ao longo do tempo
Fonte: Adaptado de Seaman e Guo (2011)
Principal Juros
Avaliar a aplicação dos três estágios do
framework de gerenciamento da Dívida
Técnica proposto por Seaman e Guo (2011),
por meio de uma pesquisa-ação, no contexto
real de dois projetos de software que
utilizam Scrum.
• Pesquisa-Ação (DICK, 1993) , (KOCK et. al, 1997), (THIOLLENT, 2011), (O´BRIEN, 1998)
• Pesquisadores e participantes estão envolvidos de modo
cooperativo;
• Problemas reais.
• 4 ciclos
• Identificação;
• Medição;
• Tomada de Decisão;
• Adaptação do framework.
• Seminários
Fonte: Adaptado de Susman (1983)
• SoftOne: Vtiger e Trello
• SoftTwo: Jira
• Diagnosticar
• Primeira dificuldade: três medidas de natureza
probabilística. Não há valor real dos juros acumulados
de uma dívida no projeto.
• Segunda dificuldade: as ferramentas usadas não são
capazes de criar gráficos para comparações entre os
Juros e o Principal.
Agimos na 1ª dificuldade
• Planejamento das Ações e Agir
• Reduzir de 3 para 2 medidas: Principal e Valor
Acumulado dos Juros (VAJ), sendo que o último é:
VAJ = VAJ + novo esforço extra
• Campos a serem preenchidos na identificação e
medição:
Tomada de Decisão (5 passos ficaram 4):
• Passo 3: para cada item do Passo 1, comparar o custo
(Principal) com o benefício (Valor dos Juros) e
considerar aqueles que o valor do benefício é MAIOR
que o custo.
• Passo 4: Repetir o passo 3 até que não seja mais
possível o pagamento da dívida no ciclo.
• Passo 1: extrair os itens da Dívida Técnica associados
aos componentes que estarão sendo feitos no ciclo.
• Passo 2: reavaliar o Principal com base no plano do
próximo ciclo.
• Avaliação e Aprendizagem
• 5 novas dívidas foram criadas.
• Tempo médio gasto no preenchimento dos campos de
identificação e medição: 6 minutos.
• Avaliação e Aprendizagem
Você é a favor ou contra com a continuidade do
framework adaptado no projeto?
84% SIM
16% NÃO
• Apesar da condução de 3 ciclos da pesquisa-ação
considerando o framework original e 1 ciclo para as
adaptações, este estudo ainda não é conclusivo.
• Novos ciclos referentes à nova abordagem devem ser
conduzidos nos projetos escolhidos para este estudo para
validar realmente as mudanças no framework.
• O framework de Seaman e Guo (2011) é um primeiro e
importante passo, porém com as adaptações realizadas é
mais aceito pelos participantes da pesquisa.
Gerenciando dívida técnica com framework adaptado
Gerenciando dívida técnica com framework adaptado

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Resumoderedaooficial 160720154031
Resumoderedaooficial 160720154031Resumoderedaooficial 160720154031
Resumoderedaooficial 160720154031Hallyson Medeiros
 
West of England Rail Electrification Programme, 23 February 2017
West of England Rail Electrification Programme, 23 February 2017West of England Rail Electrification Programme, 23 February 2017
West of England Rail Electrification Programme, 23 February 2017Association for Project Management
 
Pesquisa participante
Pesquisa participantePesquisa participante
Pesquisa participanteGleyton Gomes
 
Apostila pesquisa participante
Apostila pesquisa participanteApostila pesquisa participante
Apostila pesquisa participanteGleyton Gomes
 
2. principios y dimensiones de la intervención con menores en riesgo
2. principios y dimensiones de la intervención con menores en riesgo2. principios y dimensiones de la intervención con menores en riesgo
2. principios y dimensiones de la intervención con menores en riesgoEmagister
 
PESQUISA PARTICIPANTE (seminário)
PESQUISA PARTICIPANTE (seminário)PESQUISA PARTICIPANTE (seminário)
PESQUISA PARTICIPANTE (seminário)Virna Salgado Barra
 
O QUE É PESQUISA-AÇÃO
O QUE É PESQUISA-AÇÃOO QUE É PESQUISA-AÇÃO
O QUE É PESQUISA-AÇÃOMirela Roman
 
Masterclass : Transformation Numérique du Sport
Masterclass : Transformation Numérique du SportMasterclass : Transformation Numérique du Sport
Masterclass : Transformation Numérique du SportJade BEUNOT
 

Destaque (15)

Resumoderedaooficial 160720154031
Resumoderedaooficial 160720154031Resumoderedaooficial 160720154031
Resumoderedaooficial 160720154031
 
Mudança de fase
Mudança de faseMudança de fase
Mudança de fase
 
West of England Rail Electrification Programme, 23 February 2017
West of England Rail Electrification Programme, 23 February 2017West of England Rail Electrification Programme, 23 February 2017
West of England Rail Electrification Programme, 23 February 2017
 
Pesquisa participante
Pesquisa participantePesquisa participante
Pesquisa participante
 
Pesquisa ação
Pesquisa açãoPesquisa ação
Pesquisa ação
 
Sample Resume
Sample ResumeSample Resume
Sample Resume
 
Pesquisa-ação
Pesquisa-açãoPesquisa-ação
Pesquisa-ação
 
Apostila pesquisa participante
Apostila pesquisa participanteApostila pesquisa participante
Apostila pesquisa participante
 
ΕΡΩΤΗΜΑΤΟΛΟΓΙΟ. ΣΥΜΠΕΡΙΦΟΡΑ ΤΟΥ ΠΩΛΗΤΗ MLM
ΕΡΩΤΗΜΑΤΟΛΟΓΙΟ. ΣΥΜΠΕΡΙΦΟΡΑ ΤΟΥ ΠΩΛΗΤΗ MLMΕΡΩΤΗΜΑΤΟΛΟΓΙΟ. ΣΥΜΠΕΡΙΦΟΡΑ ΤΟΥ ΠΩΛΗΤΗ MLM
ΕΡΩΤΗΜΑΤΟΛΟΓΙΟ. ΣΥΜΠΕΡΙΦΟΡΑ ΤΟΥ ΠΩΛΗΤΗ MLM
 
La via lactea
La via lacteaLa via lactea
La via lactea
 
2. principios y dimensiones de la intervención con menores en riesgo
2. principios y dimensiones de la intervención con menores en riesgo2. principios y dimensiones de la intervención con menores en riesgo
2. principios y dimensiones de la intervención con menores en riesgo
 
A Pesquisa Acao
A Pesquisa AcaoA Pesquisa Acao
A Pesquisa Acao
 
PESQUISA PARTICIPANTE (seminário)
PESQUISA PARTICIPANTE (seminário)PESQUISA PARTICIPANTE (seminário)
PESQUISA PARTICIPANTE (seminário)
 
O QUE É PESQUISA-AÇÃO
O QUE É PESQUISA-AÇÃOO QUE É PESQUISA-AÇÃO
O QUE É PESQUISA-AÇÃO
 
Masterclass : Transformation Numérique du Sport
Masterclass : Transformation Numérique du SportMasterclass : Transformation Numérique du Sport
Masterclass : Transformation Numérique du Sport
 

Semelhante a Gerenciando dívida técnica com framework adaptado

Modelo plano de_testes
Modelo plano de_testesModelo plano de_testes
Modelo plano de_testesIsaias Silva
 
Framework para Integração de Metodologias Ágeis com o Controle Estatístico de...
Framework para Integração de Metodologias Ágeis com o Controle Estatístico de...Framework para Integração de Metodologias Ágeis com o Controle Estatístico de...
Framework para Integração de Metodologias Ágeis com o Controle Estatístico de...Ana Pavan
 
GESTÃO DE DEMANDAS DE TESTE E ANÁLISE DE PADRÕES COM TEXT MINING
GESTÃO DE DEMANDAS DE TESTE E ANÁLISE DE PADRÕES COM TEXT MININGGESTÃO DE DEMANDAS DE TESTE E ANÁLISE DE PADRÕES COM TEXT MINING
GESTÃO DE DEMANDAS DE TESTE E ANÁLISE DE PADRÕES COM TEXT MININGMarcos Lottermann
 
dBest - Um Framework para Avaliação de Desempenho de Banco de Dados - SBBD 2011
dBest - Um Framework para Avaliação de Desempenho de Banco de Dados - SBBD 2011dBest - Um Framework para Avaliação de Desempenho de Banco de Dados - SBBD 2011
dBest - Um Framework para Avaliação de Desempenho de Banco de Dados - SBBD 2011Lucas Lemos
 
11 1 --teste_de_software_motivação_e_conceitos_basicos
11 1 --teste_de_software_motivação_e_conceitos_basicos11 1 --teste_de_software_motivação_e_conceitos_basicos
11 1 --teste_de_software_motivação_e_conceitos_basicosFabricio Guimaraes Soares
 
Planejamento de Testes
Planejamento de TestesPlanejamento de Testes
Planejamento de Testeselliando dias
 
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMI
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMIScrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMI
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMIAna Sofia Marçal
 
Desenvolvimento de uma abordagem de programação das atividades de um laborató...
Desenvolvimento de uma abordagem de programação das atividades de um laborató...Desenvolvimento de uma abordagem de programação das atividades de um laborató...
Desenvolvimento de uma abordagem de programação das atividades de um laborató...Luiz H. Pantaleão
 
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane FidelixIntrodução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane FidelixCris Fidelix
 
Seminário de Andamento - Mestrado PPGCC/PUCRS
Seminário de Andamento - Mestrado PPGCC/PUCRSSeminário de Andamento - Mestrado PPGCC/PUCRS
Seminário de Andamento - Mestrado PPGCC/PUCRSEstevão Hess
 
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEE
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEEApresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEE
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEEalexculpado
 
Apresentacao_TestesSW.ppt
Apresentacao_TestesSW.pptApresentacao_TestesSW.ppt
Apresentacao_TestesSW.pptDsAsdasd1
 
Modelo de Implantação para Soluções de Operações
Modelo de Implantação para Soluções de OperaçõesModelo de Implantação para Soluções de Operações
Modelo de Implantação para Soluções de OperaçõesEiji Yamamoto
 

Semelhante a Gerenciando dívida técnica com framework adaptado (20)

Modelo plano de_testes
Modelo plano de_testesModelo plano de_testes
Modelo plano de_testes
 
Framework para Integração de Metodologias Ágeis com o Controle Estatístico de...
Framework para Integração de Metodologias Ágeis com o Controle Estatístico de...Framework para Integração de Metodologias Ágeis com o Controle Estatístico de...
Framework para Integração de Metodologias Ágeis com o Controle Estatístico de...
 
GESTÃO DE DEMANDAS DE TESTE E ANÁLISE DE PADRÕES COM TEXT MINING
GESTÃO DE DEMANDAS DE TESTE E ANÁLISE DE PADRÕES COM TEXT MININGGESTÃO DE DEMANDAS DE TESTE E ANÁLISE DE PADRÕES COM TEXT MINING
GESTÃO DE DEMANDAS DE TESTE E ANÁLISE DE PADRÕES COM TEXT MINING
 
dBest - Um Framework para Avaliação de Desempenho de Banco de Dados - SBBD 2011
dBest - Um Framework para Avaliação de Desempenho de Banco de Dados - SBBD 2011dBest - Um Framework para Avaliação de Desempenho de Banco de Dados - SBBD 2011
dBest - Um Framework para Avaliação de Desempenho de Banco de Dados - SBBD 2011
 
11 1 --teste_de_software_motivação_e_conceitos_basicos
11 1 --teste_de_software_motivação_e_conceitos_basicos11 1 --teste_de_software_motivação_e_conceitos_basicos
11 1 --teste_de_software_motivação_e_conceitos_basicos
 
Planejamento de Testes
Planejamento de TestesPlanejamento de Testes
Planejamento de Testes
 
Subm_SamuelPereira_FINAL
Subm_SamuelPereira_FINALSubm_SamuelPereira_FINAL
Subm_SamuelPereira_FINAL
 
Metodologias Ageis
Metodologias AgeisMetodologias Ageis
Metodologias Ageis
 
Scrum, Qa E VivêNcia Na Globo.Com
Scrum, Qa E VivêNcia Na Globo.ComScrum, Qa E VivêNcia Na Globo.Com
Scrum, Qa E VivêNcia Na Globo.Com
 
Células Que Aprendem
Células Que AprendemCélulas Que Aprendem
Células Que Aprendem
 
Testes de software
Testes de softwareTestes de software
Testes de software
 
Simuladogabarito
SimuladogabaritoSimuladogabarito
Simuladogabarito
 
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMI
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMIScrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMI
Scrummi: Um processo de Gestão Ágil baseado no Scrum e Aderente ao CMMI
 
Desenvolvimento de uma abordagem de programação das atividades de um laborató...
Desenvolvimento de uma abordagem de programação das atividades de um laborató...Desenvolvimento de uma abordagem de programação das atividades de um laborató...
Desenvolvimento de uma abordagem de programação das atividades de um laborató...
 
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane FidelixIntrodução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
Seminário de Andamento - Mestrado PPGCC/PUCRS
Seminário de Andamento - Mestrado PPGCC/PUCRSSeminário de Andamento - Mestrado PPGCC/PUCRS
Seminário de Andamento - Mestrado PPGCC/PUCRS
 
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEE
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEEApresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEE
Apresentação do SCAD, Sistema Académico do DIEE
 
Apresentacao_TestesSW.ppt
Apresentacao_TestesSW.pptApresentacao_TestesSW.ppt
Apresentacao_TestesSW.ppt
 
Modelo de Implantação para Soluções de Operações
Modelo de Implantação para Soluções de OperaçõesModelo de Implantação para Soluções de Operações
Modelo de Implantação para Soluções de Operações
 
Analise sistemas 05
Analise sistemas 05Analise sistemas 05
Analise sistemas 05
 

Mais de tdc-globalcode

TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidadeTDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidadetdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...tdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de SucessoTDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucessotdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPATDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPAtdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVinoTDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVinotdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...tdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devicesTDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devicestdc-globalcode
 
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca PublicaTrilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publicatdc-globalcode
 
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case EasylocusTDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocustdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em GolangTDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golangtdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QATDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QAtdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendenciaTDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendenciatdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR ServiceTDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Servicetdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NETTDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NETtdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net CoreTDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Coretdc-globalcode
 

Mais de tdc-globalcode (20)

TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidadeTDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
 
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
 
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de SucessoTDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
 
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPATDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
 
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVinoTDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
 
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
 
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devicesTDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
 
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca PublicaTrilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
 
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
 
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case EasylocusTDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
 
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
 
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em GolangTDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
 
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QATDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
 
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendenciaTDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR ServiceTDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NETTDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
 
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net CoreTDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Core
 

Último

cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 

Último (20)

cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 

Gerenciando dívida técnica com framework adaptado

  • 1.
  • 2.
  • 3. Dívida Técnica (Technical Debt) Artefatos imaturos, incompletos ou inadequados no ciclo de desenvolvimento de software que causam custos altos e baixa qualidade. (SEAMAN e GUO, 2011)
  • 4. • Dívida Técnica NÃO é somente código e a sua qualidade. (KRUCHTEN et al., 2012) • Dívida Técnica pode ser caracterizada por aspectos relacionados com o desenvolvimento do software como um todo (KRUCHTEN et al., 2012) : • Falta de testes automatizados; (STERLING, 2010) • Documentação desatualizada. (BROWN et al., 2010) “O único que pode mudar este código é o Fredy!” “Vamos terminar os testes no próximo Sprint!” “Nós não temos tempo para atualizar essas duas bases de dados, por isso, vamos sincronizá-las depois”.
  • 5. • Dívida Técnica x Métodos Ágeis • Entregas muito rápidas, o pouco tempo para projeto ou a falta de rigor em testes automatizados, levam alguns software a um nível considerável de Dívida Técnica. (KRUCHTEN et al., 2012) • Definir uma estratégia para reduzir a Dívida Técnica é difícil, pois é algo que NÃO é parte do processo de desenvolvimento regular, que se concentra na implementação das funcionalidades. (BUCH, 2011)
  • 6. • Dívida Técnica x Scrum • Falta da definição do papel responsável pela sua redução (Time, Dono do Produto, Scrum Master ou todos eles); • Dono do Produto frequentemente não entende as necessidades e benefícios de reduzir a Dívida Técnica; • Dívida Técnica encontrada nos projetos não se encontra de uma forma estruturada e documentada, que possa ser visualizada pelo time. (BUCH, 2011)
  • 8.
  • 9. • Carolyn Seaman e Yuepu Guo propõem um framework de gerenciamento da Dívida Técnica. Fonte: Adaptado de Umbc (2014) • Lista de DT: atividades não realizadas de forma correta e que correm o risco de causarem problemas futuros se não forem concluídas. (SEAMAN e GUO, 2011)
  • 10. Fonte: Adaptado de Seaman e Guo. (2011) e Oliveira (2011)
  • 11.
  • 12. Monitoramento da Dívida Técnica ao longo do tempo Fonte: Adaptado de Seaman e Guo (2011) Principal Juros
  • 13. Avaliar a aplicação dos três estágios do framework de gerenciamento da Dívida Técnica proposto por Seaman e Guo (2011), por meio de uma pesquisa-ação, no contexto real de dois projetos de software que utilizam Scrum.
  • 14. • Pesquisa-Ação (DICK, 1993) , (KOCK et. al, 1997), (THIOLLENT, 2011), (O´BRIEN, 1998) • Pesquisadores e participantes estão envolvidos de modo cooperativo; • Problemas reais. • 4 ciclos • Identificação; • Medição; • Tomada de Decisão; • Adaptação do framework. • Seminários Fonte: Adaptado de Susman (1983)
  • 15.
  • 16.
  • 17. • SoftOne: Vtiger e Trello • SoftTwo: Jira
  • 18.
  • 19.
  • 20. • Diagnosticar • Primeira dificuldade: três medidas de natureza probabilística. Não há valor real dos juros acumulados de uma dívida no projeto. • Segunda dificuldade: as ferramentas usadas não são capazes de criar gráficos para comparações entre os Juros e o Principal. Agimos na 1ª dificuldade
  • 21. • Planejamento das Ações e Agir • Reduzir de 3 para 2 medidas: Principal e Valor Acumulado dos Juros (VAJ), sendo que o último é: VAJ = VAJ + novo esforço extra • Campos a serem preenchidos na identificação e medição:
  • 22. Tomada de Decisão (5 passos ficaram 4): • Passo 3: para cada item do Passo 1, comparar o custo (Principal) com o benefício (Valor dos Juros) e considerar aqueles que o valor do benefício é MAIOR que o custo. • Passo 4: Repetir o passo 3 até que não seja mais possível o pagamento da dívida no ciclo. • Passo 1: extrair os itens da Dívida Técnica associados aos componentes que estarão sendo feitos no ciclo. • Passo 2: reavaliar o Principal com base no plano do próximo ciclo.
  • 23. • Avaliação e Aprendizagem • 5 novas dívidas foram criadas. • Tempo médio gasto no preenchimento dos campos de identificação e medição: 6 minutos.
  • 24. • Avaliação e Aprendizagem Você é a favor ou contra com a continuidade do framework adaptado no projeto? 84% SIM 16% NÃO
  • 25. • Apesar da condução de 3 ciclos da pesquisa-ação considerando o framework original e 1 ciclo para as adaptações, este estudo ainda não é conclusivo. • Novos ciclos referentes à nova abordagem devem ser conduzidos nos projetos escolhidos para este estudo para validar realmente as mudanças no framework. • O framework de Seaman e Guo (2011) é um primeiro e importante passo, porém com as adaptações realizadas é mais aceito pelos participantes da pesquisa.