SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 43
Baixar para ler offline
Cerimônias sem
cerimônias
Como deixar o Planning, a Review, a
Retrospectiva e a Daily mais objetivas?
Porto Alegre - 2015
Cerimônias sem cerimônias
Quem somos nós?
Cristina Otto
Twitter: @TriseCris
LinkedIn: cristinaotto
trise.cris@gmail.com
Ø  Professora, programadora, gerente de
projeto e agilista;
Ø  Apaixonada por música, séries e
chimarrão;
Ø  Praticante do sincericídio e romântica
alienada nas horas vagas.	
  
Ø  Analista de Qualidade e Scrum Master
Ø  Adoro conhecer pessoas e novas culturas
Ø  Desafios me motivam
Ø  Não dispenso uma boa conversa e uma
tigela de açaí	
  
Joyce Bastos
Twitter: @Joyce_bs
LinkedIn: joycebastos
joyce.csb@gmail.com
Agenda
§  O que e quais são as cerimônias abordadas
§  Quais são os problemas mais comuns nas
cerimônias
§  Referências
§  Visão geral, boas práticas e o que deu certo pra
gente
§  Dinâmica
§  Apoiadores – Itens que podem ajudar em qualquer
cerimônia
O que são cerimônias?
“São reuniões formais, ou não, que acontecem em
momentos distintos da Sprint”.
Nessa palestra serão abordadas:
§  Sprint Planning
§  Daily Scrum
§  Sprint Review
§  Sprint Retrospective
Sintomas
Como deixar as cerimônias mais
objetivas?
Paulo Caroli
Ester Lima
Jorge Audy
Luiz Parzianello
O que seria uma cerimônia
objetiva?
Mas espera um pouco, pra você...
Pra você, o que seria uma cerimônia
objetiva?
Objetivo/Subjetivo
≠
Eficiente/Eficaz
Deixar sempre claro
o que estamos fazendo
e por que.
Muitas pessoas participam das cerimônias sem realmente
entender o objetivo de cada uma delas.
Cerimônias
sem
cerimônia
Visão geral, boas práticas e o que deu
certo pra gente
“É uma reunião de planejamento de um ciclo de
desenvolvimento de uma Sprint. É realizada no
primeiro dia e tem como objetivo sair com as
metas da Sprint e o Backlog”
Sprint Planning
Sprint Planning
§  PO
§  Deixar claro para o time o propósito da Sprint
§  O que iremos alcançar?
§  Ele diz “O que”
§  Time de Desenvolvimento
§  Ele defini o “Como”
§  Ele quebra em tarefas
Sprint Planning
§  Com a ajuda do Scrum Master, sempre reforçar
se os valores entre PO e DEV estão alinhados
§  Dividir o Planning em duas partes
§  Planning 1: O PO comunica para o Time de Dev o que
fazer
§  Planning 2: O time de Dev planeja como será
desenvolvido
§  Backlog Refinament
§  Conhecimento mais amplo das metas que estão por vir
§  Pré-Game (http://pt.slideshare.net/SimonePittner/pregame-by-canvas)
Utilizando técnicas de Pré-Game na
Planning
2	
  
1	
  
3	
  
4	
  
5	
  
6	
  
Esforço
Valor
O	
  PO	
  ordena	
  as	
  US	
  
no	
  quadro	
  por	
  
ordem	
  de	
  prioridade	
  
1	
  
3	
  
4	
  
O	
  Time	
  ordena	
  as	
  
histórias	
  por	
  esforço	
  
Agora	
  é	
  só	
  parAr	
  da	
  premissa	
  de	
  queremos	
  entregar	
  
valor	
  rápido	
  e	
  priorizar	
  seguindo	
  essa	
  ordem.	
  
Utilizando técnicas de Pré-Game na
Planning
Ordem	
  de	
  
priorização	
  da	
  
Sprint:	
  
2	
  -­‐>	
  3	
  -­‐>	
  1	
  -­‐>	
  4	
  -­‐>	
  5	
  -­‐>	
  6	
  
“É uma reunião curta realizada
diariamente pelo Time. Acontece
preferencialmente no mesmo local e na
mesma hora
Proporciona visibilidade ao trabalho
realizado, promove comunicação sobre
esse trabalho e da visibilidade sobre quais
obstáculos atrapalharam desde a última
daily”
Daily Scrum ou Stand Up
Daily Scrum ou Stand Up
§  Responder as três perguntas básicas:
§  O que eu fiz ontem?
§  O que eu fiz hoje?
§  Tenho algum impedimento?
Daily Scrum ou Stand Up
•  Walk the wall
Daily Scrum ou Stand Up
•  Walk the wall
Daily Scrum ou Stand Up
•  Sinalizadores
Daily Scrum ou Stand Up
“Obter feedback sobre o incremento do Produto
desenvolvido no Sprint (inspeção e adaptação do
Produto)”
Sprint Review
Imagens:	
  hKp://www.portalsac20.com.br/category/comportamento/	
  
§  Preparar o ambiente de apresentação
para o cliente
§  O feedback é do cliente
§  Deixar o cliente interagir com o
produto
Sprint Review
O Time precisa se sentir à vontade com o Cliente
“Queremos errar mais cedo possível”
Sprint Review
Como se preparar para receber o cliente?
Sprint Review
Sprint X – De 03/08 a 07/08
Objetivos:
-  Objetivo 1
-  Objetivo 2
-  Objetivo 3
Resultados:
-  Objetivo 1
-  Objetivo 2
-  Objetivo 3 Repriorizado – Trocado por item do
backlog
-  Item do backlog
	
  
E o mais importante:
Sprint Review
Deixar o cliente
usar livremente o
produto!
Imagem:	
  hKp://blogdoexpert.com.br/	
  
“Em intervalos regulares a equipe reflete sobre
como se tornar mais efetiva e ajusta seu
comportamento de acordo”
Ela não é uma reunião. É mais informal.
Sprint Retrospectiva
Sprint Retrospectiva
à Queremos melhorar
Sprint Retrospectiva
O objetivo da retrospectiva é a melhoria contínua
do time.
	
  
Sprint Retrospectiva
Sprint Retrospectiva
Dinâmica dos 4 L’s
Sprint Retrospectiva
Sprint Retrospectiva
Plano de Ação...
§  Dinâmicas
–  Analise como foi o perfil da Sprint e relacione a uma
dinâmica
•  Sprint de entrega de release
•  Sprint tensa
•  Sprint de “Começamos um novo projeto”
•  Sprint de chegada de novos membros
•  Sprint “Quebra Gelo”
Sprint Retrospectiva
•  Dinâmica dos
Chapéus
Sprint Retrospectiva
•  Brainstorming
Sprint Retrospectiva
Dinâmica de hoje...
§  Agenda ou Pauta
Apoiadores
§  Acordo do Time
Apoiadores
§  Time keeper
Apoiadores
§  Sempre diga o “Porquê” das coisas estarem
acontecendo
Apoiadores
§  E, por último e mais importante, tenha sempre em
mente que, não importa os métodos que você use,
nada vai funcionar se sua equipe não estiver
engajada e motivada.
§  De todas essas coisas, o mais importante é reconhecer
o valor do trabalho em equipe.
Ninguém faz nada sozinho!
Apoiadores
Obrigada!
joyce.csb@gmail.com trise.cris@gmail.com
Cerimônias sem cerimônias
Como deixar o Planning, a Review, a Retrospectiva e a Daily
mais objetivas?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Workshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horasWorkshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horasWise Systems
 
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMWorkshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMElumini Outdoing IT
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumMarcos Garrido
 
STATIK para facilitadores
STATIK para facilitadoresSTATIK para facilitadores
STATIK para facilitadoresNatalia Manha
 
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!Annelise Gripp
 
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream Kanban
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream KanbanAlinhando Discovery com Delivery usando Upstream Kanban
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream KanbanTaller Negócio Digitais
 
Kanban Avançado - Além de Visualizações e Limites
Kanban Avançado - Além de Visualizações e LimitesKanban Avançado - Além de Visualizações e Limites
Kanban Avançado - Além de Visualizações e LimitesRodrigo Yoshima
 
Palestra Business Agility: Escalando Agilidade em Toda Organização
Palestra Business Agility: Escalando Agilidade em Toda OrganizaçãoPalestra Business Agility: Escalando Agilidade em Toda Organização
Palestra Business Agility: Escalando Agilidade em Toda OrganizaçãoCarlos Silva Júnior
 
Treinamento de Scrum
Treinamento de ScrumTreinamento de Scrum
Treinamento de ScrumLuiz Duarte
 
Treinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumTreinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumEduardo Bregaida
 

Mais procurados (20)

Scrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutosScrum em 15 minutos
Scrum em 15 minutos
 
Workshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horasWorkshop Scrum - 8 horas
Workshop Scrum - 8 horas
 
Gestao Ágil do Backlog - Taskboards
Gestao Ágil do Backlog - TaskboardsGestao Ágil do Backlog - Taskboards
Gestao Ágil do Backlog - Taskboards
 
Gestão de Tempo
Gestão de TempoGestão de Tempo
Gestão de Tempo
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUMWorkshop Agilizando Projetos com SCRUM
Workshop Agilizando Projetos com SCRUM
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Metricas lean
Metricas leanMetricas lean
Metricas lean
 
Metricas (e previsões) acionáveis de projeto
Metricas (e previsões) acionáveis de projetoMetricas (e previsões) acionáveis de projeto
Metricas (e previsões) acionáveis de projeto
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
STATIK para facilitadores
STATIK para facilitadoresSTATIK para facilitadores
STATIK para facilitadores
 
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
 
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream Kanban
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream KanbanAlinhando Discovery com Delivery usando Upstream Kanban
Alinhando Discovery com Delivery usando Upstream Kanban
 
Agile Metrics 101
Agile Metrics 101Agile Metrics 101
Agile Metrics 101
 
Mapa Mental Scrum
Mapa Mental ScrumMapa Mental Scrum
Mapa Mental Scrum
 
Kanban Avançado - Além de Visualizações e Limites
Kanban Avançado - Além de Visualizações e LimitesKanban Avançado - Além de Visualizações e Limites
Kanban Avançado - Além de Visualizações e Limites
 
Palestra Business Agility: Escalando Agilidade em Toda Organização
Palestra Business Agility: Escalando Agilidade em Toda OrganizaçãoPalestra Business Agility: Escalando Agilidade em Toda Organização
Palestra Business Agility: Escalando Agilidade em Toda Organização
 
Treinamento de Scrum
Treinamento de ScrumTreinamento de Scrum
Treinamento de Scrum
 
Scrum training-manual 1
Scrum training-manual 1 Scrum training-manual 1
Scrum training-manual 1
 
Treinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrumTreinamento Agile com scrum
Treinamento Agile com scrum
 

Semelhante a Cerimônias ágeis de forma objetiva

Cerimônias sem cerimônias
Cerimônias sem cerimôniasCerimônias sem cerimônias
Cerimônias sem cerimôniasJoyce Bastos
 
Cerimônias sem cerimônias - ScrumRio 2015
Cerimônias sem cerimônias - ScrumRio 2015Cerimônias sem cerimônias - ScrumRio 2015
Cerimônias sem cerimônias - ScrumRio 2015Cristina Silveira Otto
 
Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...
Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...
Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...Joyce Bastos
 
Softdrops - Sprint Retrospective Meeting
Softdrops - Sprint Retrospective MeetingSoftdrops - Sprint Retrospective Meeting
Softdrops - Sprint Retrospective MeetingSheila Kimura
 
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivas
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas RetrospectivasTDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivas
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivastdc-globalcode
 
OKRs - Definindo Metas como no Silicon Valley : Caso Módulo
OKRs - Definindo Metas como no Silicon Valley : Caso MóduloOKRs - Definindo Metas como no Silicon Valley : Caso Módulo
OKRs - Definindo Metas como no Silicon Valley : Caso MóduloAlberto Caeiro, CSPO, CSM, PMP
 
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUM
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUMCompartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUM
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUMRobson David
 
[AgileTalk] Do Caos ao Resultado
[AgileTalk] Do Caos ao Resultado[AgileTalk] Do Caos ao Resultado
[AgileTalk] Do Caos ao ResultadoRoberto Brasileiro
 
Scrum - seminario
Scrum - seminarioScrum - seminario
Scrum - seminariorenatofabro
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumIgor Macaubas
 
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !Ari Amaral
 
Restrospectivas efetivas agile trends recife
Restrospectivas efetivas agile trends recifeRestrospectivas efetivas agile trends recife
Restrospectivas efetivas agile trends recifeSamuel Cavalcante
 
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean .add
 
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeis
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos ÁgeisCurso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeis
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeisagileembassy
 

Semelhante a Cerimônias ágeis de forma objetiva (20)

Cerimônias sem cerimônias
Cerimônias sem cerimôniasCerimônias sem cerimônias
Cerimônias sem cerimônias
 
Cerimônias sem cerimônias - ScrumRio 2015
Cerimônias sem cerimônias - ScrumRio 2015Cerimônias sem cerimônias - ScrumRio 2015
Cerimônias sem cerimônias - ScrumRio 2015
 
Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...
Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...
Cerimônias sem cerimônias: como deixar o planning, a review, a retrospectiva ...
 
Enter SCRUM
Enter SCRUMEnter SCRUM
Enter SCRUM
 
Treinamento - Scrum.pptx
Treinamento - Scrum.pptxTreinamento - Scrum.pptx
Treinamento - Scrum.pptx
 
Scrum Sprint Planning
Scrum Sprint PlanningScrum Sprint Planning
Scrum Sprint Planning
 
Softdrops - Sprint Retrospective Meeting
Softdrops - Sprint Retrospective MeetingSoftdrops - Sprint Retrospective Meeting
Softdrops - Sprint Retrospective Meeting
 
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivas
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas RetrospectivasTDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivas
TDC2016POA | Trilha Dinamica - Conhecendo e criando novas Retrospectivas
 
7 dicas para "turbinar" seu Scrum
7 dicas para "turbinar" seu Scrum7 dicas para "turbinar" seu Scrum
7 dicas para "turbinar" seu Scrum
 
OKRs - Definindo Metas como no Silicon Valley : Caso Módulo
OKRs - Definindo Metas como no Silicon Valley : Caso MóduloOKRs - Definindo Metas como no Silicon Valley : Caso Módulo
OKRs - Definindo Metas como no Silicon Valley : Caso Módulo
 
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUM
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUMCompartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUM
Compartilhando Conceitos Desenvolvimento Ágil e SCRUM
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
[AgileTalk] Do Caos ao Resultado
[AgileTalk] Do Caos ao Resultado[AgileTalk] Do Caos ao Resultado
[AgileTalk] Do Caos ao Resultado
 
Scrum - seminario
Scrum - seminarioScrum - seminario
Scrum - seminario
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com Scrum
 
Palestra: Scrum e seus papéis
Palestra: Scrum e seus papéisPalestra: Scrum e seus papéis
Palestra: Scrum e seus papéis
 
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
Palestra : Scrum : A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo !
 
Restrospectivas efetivas agile trends recife
Restrospectivas efetivas agile trends recifeRestrospectivas efetivas agile trends recife
Restrospectivas efetivas agile trends recife
 
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
Circuito de treinamento: Gestão Ágil e Lean
 
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeis
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos ÁgeisCurso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeis
Curso de Pós-Graduação FUCAPI - Módulo: Métodos Ágeis
 

Mais de tdc-globalcode

TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidadeTDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidadetdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...tdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de SucessoTDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucessotdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPATDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPAtdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVinoTDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVinotdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...tdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devicesTDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devicestdc-globalcode
 
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca PublicaTrilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publicatdc-globalcode
 
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case EasylocusTDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocustdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em GolangTDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golangtdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QATDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QAtdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendenciaTDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendenciatdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR ServiceTDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Servicetdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NETTDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NETtdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net CoreTDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Coretdc-globalcode
 

Mais de tdc-globalcode (20)

TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidadeTDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
 
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
 
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de SucessoTDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
 
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPATDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
 
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVinoTDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
 
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
 
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devicesTDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
 
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca PublicaTrilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
 
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
 
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case EasylocusTDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
 
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
 
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em GolangTDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
 
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QATDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
 
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendenciaTDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR ServiceTDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NETTDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
 
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net CoreTDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Core
 

Último

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 

Último (20)

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 

Cerimônias ágeis de forma objetiva

  • 1. Cerimônias sem cerimônias Como deixar o Planning, a Review, a Retrospectiva e a Daily mais objetivas? Porto Alegre - 2015
  • 2. Cerimônias sem cerimônias Quem somos nós? Cristina Otto Twitter: @TriseCris LinkedIn: cristinaotto trise.cris@gmail.com Ø  Professora, programadora, gerente de projeto e agilista; Ø  Apaixonada por música, séries e chimarrão; Ø  Praticante do sincericídio e romântica alienada nas horas vagas.   Ø  Analista de Qualidade e Scrum Master Ø  Adoro conhecer pessoas e novas culturas Ø  Desafios me motivam Ø  Não dispenso uma boa conversa e uma tigela de açaí   Joyce Bastos Twitter: @Joyce_bs LinkedIn: joycebastos joyce.csb@gmail.com
  • 3. Agenda §  O que e quais são as cerimônias abordadas §  Quais são os problemas mais comuns nas cerimônias §  Referências §  Visão geral, boas práticas e o que deu certo pra gente §  Dinâmica §  Apoiadores – Itens que podem ajudar em qualquer cerimônia
  • 4. O que são cerimônias? “São reuniões formais, ou não, que acontecem em momentos distintos da Sprint”. Nessa palestra serão abordadas: §  Sprint Planning §  Daily Scrum §  Sprint Review §  Sprint Retrospective
  • 6. Como deixar as cerimônias mais objetivas? Paulo Caroli Ester Lima Jorge Audy Luiz Parzianello
  • 7. O que seria uma cerimônia objetiva? Mas espera um pouco, pra você...
  • 8. Pra você, o que seria uma cerimônia objetiva? Objetivo/Subjetivo ≠ Eficiente/Eficaz
  • 9. Deixar sempre claro o que estamos fazendo e por que. Muitas pessoas participam das cerimônias sem realmente entender o objetivo de cada uma delas.
  • 10. Cerimônias sem cerimônia Visão geral, boas práticas e o que deu certo pra gente
  • 11. “É uma reunião de planejamento de um ciclo de desenvolvimento de uma Sprint. É realizada no primeiro dia e tem como objetivo sair com as metas da Sprint e o Backlog” Sprint Planning
  • 12. Sprint Planning §  PO §  Deixar claro para o time o propósito da Sprint §  O que iremos alcançar? §  Ele diz “O que” §  Time de Desenvolvimento §  Ele defini o “Como” §  Ele quebra em tarefas
  • 13. Sprint Planning §  Com a ajuda do Scrum Master, sempre reforçar se os valores entre PO e DEV estão alinhados §  Dividir o Planning em duas partes §  Planning 1: O PO comunica para o Time de Dev o que fazer §  Planning 2: O time de Dev planeja como será desenvolvido §  Backlog Refinament §  Conhecimento mais amplo das metas que estão por vir §  Pré-Game (http://pt.slideshare.net/SimonePittner/pregame-by-canvas)
  • 14. Utilizando técnicas de Pré-Game na Planning 2   1   3   4   5   6   Esforço Valor O  PO  ordena  as  US   no  quadro  por   ordem  de  prioridade   1   3   4   O  Time  ordena  as   histórias  por  esforço   Agora  é  só  parAr  da  premissa  de  queremos  entregar   valor  rápido  e  priorizar  seguindo  essa  ordem.  
  • 15. Utilizando técnicas de Pré-Game na Planning Ordem  de   priorização  da   Sprint:   2  -­‐>  3  -­‐>  1  -­‐>  4  -­‐>  5  -­‐>  6  
  • 16. “É uma reunião curta realizada diariamente pelo Time. Acontece preferencialmente no mesmo local e na mesma hora Proporciona visibilidade ao trabalho realizado, promove comunicação sobre esse trabalho e da visibilidade sobre quais obstáculos atrapalharam desde a última daily” Daily Scrum ou Stand Up
  • 17. Daily Scrum ou Stand Up §  Responder as três perguntas básicas: §  O que eu fiz ontem? §  O que eu fiz hoje? §  Tenho algum impedimento?
  • 18. Daily Scrum ou Stand Up
  • 19. •  Walk the wall Daily Scrum ou Stand Up
  • 20. •  Walk the wall Daily Scrum ou Stand Up
  • 22. “Obter feedback sobre o incremento do Produto desenvolvido no Sprint (inspeção e adaptação do Produto)” Sprint Review Imagens:  hKp://www.portalsac20.com.br/category/comportamento/  
  • 23. §  Preparar o ambiente de apresentação para o cliente §  O feedback é do cliente §  Deixar o cliente interagir com o produto Sprint Review
  • 24. O Time precisa se sentir à vontade com o Cliente “Queremos errar mais cedo possível” Sprint Review
  • 25. Como se preparar para receber o cliente? Sprint Review Sprint X – De 03/08 a 07/08 Objetivos: -  Objetivo 1 -  Objetivo 2 -  Objetivo 3 Resultados: -  Objetivo 1 -  Objetivo 2 -  Objetivo 3 Repriorizado – Trocado por item do backlog -  Item do backlog  
  • 26. E o mais importante: Sprint Review Deixar o cliente usar livremente o produto! Imagem:  hKp://blogdoexpert.com.br/  
  • 27. “Em intervalos regulares a equipe reflete sobre como se tornar mais efetiva e ajusta seu comportamento de acordo” Ela não é uma reunião. É mais informal. Sprint Retrospectiva
  • 29. Sprint Retrospectiva O objetivo da retrospectiva é a melhoria contínua do time.  
  • 34. §  Dinâmicas –  Analise como foi o perfil da Sprint e relacione a uma dinâmica •  Sprint de entrega de release •  Sprint tensa •  Sprint de “Começamos um novo projeto” •  Sprint de chegada de novos membros •  Sprint “Quebra Gelo” Sprint Retrospectiva
  • 38. §  Agenda ou Pauta Apoiadores
  • 39. §  Acordo do Time Apoiadores
  • 41. §  Sempre diga o “Porquê” das coisas estarem acontecendo Apoiadores
  • 42. §  E, por último e mais importante, tenha sempre em mente que, não importa os métodos que você use, nada vai funcionar se sua equipe não estiver engajada e motivada. §  De todas essas coisas, o mais importante é reconhecer o valor do trabalho em equipe. Ninguém faz nada sozinho! Apoiadores
  • 43. Obrigada! joyce.csb@gmail.com trise.cris@gmail.com Cerimônias sem cerimônias Como deixar o Planning, a Review, a Retrospectiva e a Daily mais objetivas?