Programa de ética e deontologia jornalística

260 visualizações

Publicada em

Programa de ética e deontologia de comunicação social.
objectivos, conteúdos, métodos e regime de avaliação da disciplina e referências bibliográficas.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
260
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Programa de ética e deontologia jornalística

  1. 1. Professor G. Tchingandu
  2. 2. Objectivo da disciplina Prever e solucionar os problemas ou conflitos éticos ligados à actividade mediática aplicando princípios e regras deontológicos. Discernir o que for conveniente e bom nas acções profissionais dos agentes de comunicação.
  3. 3. Conteúdo do Programa Noções gerais de ética, deontologia e profissão. Verdade, precisão e imparcialidade. Fontes, privacidade, intimidade e confidencialidade. Subornos, calúnia, difamação e injúrias. Estudos comparados de alguns
  4. 4. MÉTODOS DE ENSINO Para se alcançar os objectivos acima enunciados, perseguir-se-á o método de exposição sistemática dos princípios, normas e técnicas de Ética e Deontologia; far-se-á igualmente a análise crítica dalguns órgãos e matérias jornalísticas do ponto de vista ético- deontológico, fazendo ver como é que a ética do dever e responsabilidade funciona no exercício profissional. Trabalhos colectivos de recolha, selecção e análise de alguns casos mediáticos de calúnia, difamação, injúria, privacidade e intimidade serão realizados sob orientação do docente. Debate e discussão entre os estudantes sobre algumas condutas menos decorosas na profissão. 
  5. 5. REGIME DE AVALIAÇÃO Trabalhos em grupo e individuais sobre ética e deontologia jornalística em Angola, testes de resumos, sínteses e hermenêutica de códigos, textos e livros deontológicos e éticos; prova oral e escrita segundo as normas da FCS/UAN.
  6. 6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AUBERT, J. M. (1987), Manual da Moral Católica, Edições Paulista, Lisboa. BLANCO, Domingos (1997), Liberdade in «10 Palavras Chaves em Ética», Editora Verbo Divino, Navarra, pp. 197 - 263. BLÁZQUEL, Niceto (2002), La nueva ética en los medios de comunicación, BAC, Madrid. BRAJNOVIC, Luka (1978), Deontologia Periodista, EUNSA, Pamplona. CRUZ, João Cardoso (2002), Introdução ao estudo de Comunicação: Imprensa, Cinema,
  7. 7. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (continuação) CORNU, Daniel (1994), Jornalisme et verité. Pour une etique de l’information, Labor e Fides, Genève. DA CRUZ, João Cardoso (2002), Introdução ao estudo da comunicação: imprensa, cinema, rádio, tv, redes multimédia, S. Paulo: ISCSP MATEUS, Ismael (2002), Actuação responsável, in «Jornalismo Angolano-Contribuições», MCS, Luanda, pp. 97-103.
  8. 8. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (continuação) MCINTYRE, A., (1984), After Virtue. A Study in Morale Teory, Unviversity of Notre Dame Press, India; Traduzione: Dopo la Virtù. Saggio di Teoria Moral, Filtrinelli, Milano, 1988. TCHINGANDU, Gabriel (2012), Ética Profissional de Jornalismo, Mayamba, Luanda. WARREN, D. e BRANDEIS, L. D. (1890), The Right to Privacy, in Harvard Law Review, n. 4. BATUMENGA, Pedro (2013), Ética e deontologia professional in http://www.slideshare.net/batumenga/material-de-edp
  9. 9. CONFLITO NAS RELAÇÕES COMUNICATIVAS Jornalistas e empresas/instit uições Públicos com diversidade cultural em Angola.
  10. 10. CONFLITO NAS RELAÇÕES COMUNICATIVAS Jornalistas e empresas/instit uições Públicos com diversidade cultural em Angola.

×