Social TV

263 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
263
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Social TV

  1. 1. Cultura, mídia e configurações contemporâneas.
  2. 2. Social TV
  3. 3. TV e internet Assim como foi previsto que o advento da televisão mataria o rádio, pensou-se também que o desenvolvimento da internet, por sua vez, acabaria com a televisão. Porém, o cenário atual mostra que, não só a televisão e a internet possuem seu espaço, como também atuam, muitas vezes, de forma integrada, nos fazendo perceber que os conteúdos e informações podem permear ambos os espaços, assim como podem iniciar em um meio e invadir o outro.
  4. 4. Social TV “O crescimento da internet e seu uso simultâneo com a televisão tem estimulado nos brasileiros o hábito de comentar, online ou via celular, o conteúdo dos programas exibidos na TV enquanto os assistem. É nesta realidade que o estudo Social TV foi concebido: para entender como esse comportamento influencia o cenário midiático e as principais tendências” (IBOPE, 2013, online). http://www.ibope.com.br/pt-br/solucoes/analises/comportamentomidiatico/Paginas/Social%20TV.aspx
  5. 5. Social TV “Cesar e Gertz (2011) entendem como Social TV a interação existente entre um ou mais telespectadores que simultaneamente à apresentação de um programa de televisão comentam (postam) algo que acabou de ser apresentado – é uma interação e socialização de informações relativas a um programa de TV em tempo real para os usuários que participam da rede social virtual do telespectador” (CRUZ, 2012, online).
  6. 6. Social TV Co-criações também inserem-se neste contexto. (CRUZ, 2012, online).
  7. 7. Social TV Este fenômeno social, cultural e de consumo tem mudado a forma pela qual as pessoas interagem e socializam o conteúdo apresentado pelas emissoras de televisão [...]. (CRUZ, 2012, online).
  8. 8. Bessa, 2012, online
  9. 9. Avenida Brasil
  10. 10. Avenida Brasil
  11. 11. Avenida Brasil http://www.youtube.com/watch?v=8w9PXBOtG2s
  12. 12. Avenida Brasil http://www.youtube.com/watch?v=SIDBi5O7DgE
  13. 13. Avenida Brasil
  14. 14. Funk e Avenida Brasil http://www.youtube.com/watch?v=zCFuBDhx-rI
  15. 15. Capítulo 100 http://tvg.globo.com/novelas/avenida-brasil/capitulo/2012/7/19/carminha-descobre-que-nina-e-rita.html
  16. 16. No dia 19 de julho de 2012, data em que foi exibido o capítulo 100 da novela, que Avenida Brasil tomou conta das mídias sociais e “congelou a internet”. Clasen (2012, online) atribui à Nany Mata e Bic Miller, conhecidas twitteiras que já possuíam o “o hábito de flashmobear todo dia o Twitter no horário da novela com o tradicional hashtag #oioioi”, o sucesso da ação no microblog. Para comemorar o capítulo 100 da novela, elas organizaram o “congelamento coletivo de avatares”, e os usuários seguiram com entusiasmo a ação.
  17. 17. http://veja.abril.com.br/blog/gps/televisao/ave nida-brasil-assunto-mais-comentado-dotwitter-capitulo-100-nao-decepciona/
  18. 18. “Verifica-se a partir de „Avenida Brasil‟ que o fenômeno „Social TV‟ é o melhor indicador qualitativo da audiência em tempo real pois ali o telespectador apresenta seus sentimentos verdadeiros em relação ao programa que está assistindo” (CRUZ, online).
  19. 19. “No caso da novela „Salve Jorge‟, este fenômeno ajudou a emissora [...] a entender antes de seus tradicionais grupos de discussão com telespectadores problemas em relação ao enredo. Por exemplo, nas redes sociais muitas foram as críticas em relação à falta de criatividade da autora Glória Perez em sair do seu formato em abordar uma cultura de um país exótico” (CRUZ, online). A utilização da adoração de um santo também gerou motivo de boicote.
  20. 20. Amor à vida

×