O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Os Colégios de Aplicação e a mediação da leitura e da informação na biblioteca escolar

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 17 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (19)

Semelhante a Os Colégios de Aplicação e a mediação da leitura e da informação na biblioteca escolar (20)

Anúncio

Mais de Tatyanne Valdez (11)

Mais recentes (20)

Anúncio

Os Colégios de Aplicação e a mediação da leitura e da informação na biblioteca escolar

  1. 1. AS BIBLIOTECAS DOS COLÉGIOS DE APLICAÇÃO FEDERAIS: UM ESTUDO SOBRE A MEDIAÇÃO DA LEITURA E DA INFORMAÇÃO
  2. 2. Introdução Atuação da Biblioteca Escolar: Escola e Sociedade Processo Ensino - Aprendizagem Ações de Mediação da Leitura e da Informação
  3. 3. Bibliotecas dos Colégios de Aplicação das IFES • A importância dos Colégios de Aplicação para a comunidade acadêmica e a sociedade x O papel das bibliotecas escolares no cenário universitário; • Contribuição da biblioteca escolar no processo de aprendizagem por meio das ações de mediação da leitura e da informação.
  4. 4. Objetivo • Ressaltar as questões relativas às bibliotecas escolares que fazem parte do cotidiano das IFES brasileiras, a partir da criação dos Colégios de Aplicação (CAp) no que tange a mediação da leitura e da informação.
  5. 5. Questionamentos • Será que os Colégios de Aplicação das IFES desenvolvem ações de mediação da leitura e da informação? Quais atividades são realizadas por essas bibliotecas? • Os bibliotecários dos Colégios de Aplicação estão preocupados em discutir o referido assunto nos eventos científicos?
  6. 6. Metodologia • Fazer um levantamento bibliográfico sobre os conceitos de mediação da leitura , mediação da informação e biblioteca escolar; • Marconi e Lakatos (2010, p. 142) para o levantamento de dados utilizam como procedimento a pesquisa bibliográfica que é um “apanhado geral sobre os principais trabalhos já realizados, revestidos de importância, por serem capazes de fornecer dados atuais e relevantes relacionados ao tema”.
  7. 7. Metodologia • Buscar quais são os Colégios de Aplicação das Universidades Federais de Educação Superior ; • Verificar os trabalhos que tratam sobre a mediação da leitura e da informação no âmbito das bibliotecas das escolas das IFES nos anais dos seguintes eventos: - Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias (SNBU) - três últimas edições; - Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação (CBBD) - dois últimos anais; - 1º Fórum de Pesquisa em Biblioteca Escolar.
  8. 8. Lista de Colégios de Aplicação IFES Colégios Universidade Federal de Goiás Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação - CEPAE da UFG Universidade Federal de Juiz de Fora Colégio de Aplicação “João XXIII da UFJF Universidade Federal de Minas Gerais Escola Fundamental do Centro Pedagógico da UFMG Universidade Federal de Pernambuco Colégio de Aplicação da UFPE Universidade Federal de Roraima Colégio de Aplicação da UFRR Universidade Federal de Santa Catarina Colégio de Aplicação da UFSC Universidade Federal de Santa Catarina Núcleo de Desenvolvimento Infantil da UFSC Universidade Federal de Sergipe Colégio de Aplicação da UFS Universidade Federal de Uberlândia Escola de Educação Básica da UFU Universidade Federal de Viçosa Colégio de Aplicação - COLUNI da UFV Universidade Federal do Acre Colégio de Aplicação da UFAC Universidade Federal do Maranhão Colégio Universitário da UFMA (COLUN) Universidade Federal do Pará Escola de Aplicação da UFPA Universidade Federal do Rio de Janeiro Colégio de Aplicação da UFRJ Universidade Federal do Rio Grande do Norte Núcleo de Educação da Infância UFRN Universidade Federal do Rio Grande do Sul Colégio de Aplicação da UFRGS Universidade Federal Fluminense Colégio Universitário Geraldo Reis (Coluni) Fonte: CONDICAP (adaptado pelos autores)
  9. 9. * * * * * ** * * * * * * * * * * 3 CAp 4 CAp 1 CAp 6 CAp 3 CAp • 63 (4 novas) Universidades Federais de Educação Superior • 17 Colégios de Aplicação das Universidades Federais
  10. 10. Resultados • Autores que abordam as ações de mediação da leitura e da informação na biblioteca escolar: Kuhlthau (2004); Girotto e Souza (2009); Petit (2009); Almeida Júnior (2009); Bortolin e Almeida Júnior (2009); Campello (2013); Castro Filho (2013) dentre outros.
  11. 11. Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias (SNBU) • SNBU (2008) – 1 trabalho citou a biblioteca de um CAp • SNBU (2010) – nenhum trabalho • SNBU (2012) – 8 trabalhos abrangeram os Colégios de Aplicação, sendo que 2 trabalhos aprofundaram seus estudos sobre a mediação da leitura e da informação na biblioteca escolar: • Biblioteca do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro - pontuou o papel do bibliotecário como mediador da leitura; • Biblioteca do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - destacou algumas ações educativas da biblioteca, tais como: oferecer o acesso a informação para subsidiar o programa pedagógico da escola, incentivar a leitura, facilitar a busca e o uso de informações, desenvolver o senso crítico dentre outras.
  12. 12. Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação (CBBD) • CBBD (2011) – nenhum trabalho • CBBD (2013) – 1º Fórum Brasileiro de Biblioteconomia Escolar: pesquisa e prática – nenhum trabalho
  13. 13. 1º Fórum de Pesquisa em Biblioteca Escolar – 2012 (GEBE) • Quatro bibliotecas dos Colégios de Aplicação das IFES como um dado estatístico dos estudos apresentados, são elas: • Biblioteca do CAp – UFRJ; • Biblioteca do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação CEPAE – UFG; • Biblioteca do Colégio de Aplicação – UFSC; • Biblioteca da Escola de Educação Básica e Profissional – UFMG.
  14. 14. Considerações Finais • A análise demonstra que houve um aumento na incidência de trabalhos sobre os Colégios de Aplicação nas edições do SNBU. • A baixa produção de trabalhos aponta na direção da urgência da reflexão sobre as bibliotecas dos Colégios de Aplicação enquanto partícipes de uma estrutura composta por bibliotecas universitárias. • É possivel considerar que os profissionais das bibliotecas escolares dos Colégios de Aplicação ainda não perceberam o potencial de interlocução oferecido pelo SNBU, assim como outros eventos científicos, em especial o 1º Fórum Brasileiro de Biblioteconomia Escolar: pesquisa e prática que é um evento simultâneo ao CBBD.
  15. 15. Recomendação • Entende-se que a leitura é uma competência essencial para a formação de um indivíduo que precisa viver em uma sociedade cada vez mais informacional. Neste sentido, as bibliotecas dos Colégios de Aplicação das IFES devem se preocupar na construção de ações que favoreçam o estímulo da leitura e o desenvolvimento de habilidades informacionais.
  16. 16. Referências ALMEIDA JUNIOR, Oswaldo Francisco de. Mediação da informação e múltiplas linguagens. Pesq. Bras. Ci. Inf., Brasília, v.2, n.1, p.89-103, jan./dez. 2009. Disponível em: < http://www.brapci.ufpr.br/documento.php?dd0=0000007770&dd1=36548>. Acesso em: 10 abr. 2014. ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco; BORTOLIN, Sueli. Bibliotecário: um essencial mediador de leitura. In: SOUZA, R. J. (Org.). Biblioteca escolar e práticas educativa. Campinas: Mercado de Letras, 2009. p. 205-218. CAMPELLO, Bernadete Santos et al. Pesquisas sobre biblioteca escolar no Brasil: o estado da arte. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 18, n. 37, p. 123- 156, mai./ago., 2013. CASTRO FILHO, Cláudio Marcondes de. Roger Chartier e práticas de leitura: uma abordagem para o campo da informação. In: SEGUNDO, José Eduardo Santarem; SILVA, Márcia Regina da; MOSTAFA, Solange Puntel (Orgs). Os pensadores e a Ciência da Informação. Rio de Janeiro: E- papers, 2012. p. 25-36. GIROTTO, C. G. S.; SOUZA, R. J. de. A hora do conto na biblioteca Escolar: o diálogo entre leitura literária e outras linguagens. In: SOUZA, R. J. Biblioteca Escolar e práticas educativas: o mediador em formação. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2009. KUHLTHAU, Carol. Como usar a biblioteca na escola: um programa de atividades para o ensino fundamental. 2. Ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.
  17. 17. Obrigada!

×