Analise de riscos_nr10

1.011 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Analise de riscos_nr10

  1. 1. Segurança e Saúde AES Eletropaulo ARMS – ANÁLISE DE RISCOS E MEDIDAS DE SEGURANÇA APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
  2. 2. Técnicas de ANÁLISE DE RISCO
  3. 3. Riscos –De origem elétrica; –De queda; –Transporte e com equipamentos; –Ocupacionais; –Ergonômicos.
  4. 4. Definições –Risco: capacidade de uma grandeza com potencial para causar lesões ou danos à saúde das pessoas. Os riscos podem ser eliminados ou controlado. –Perigo: situação ou condição de risco com probabilidade de causar lesão física ou dano à saúde das pessoas por ausência de medidas de controle.
  5. 5. •Alto Risco,Risco presente. Controle do Risco, Risco ainda presente. Eliminação/controle do risco,“Risco isolado” risco ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO (APR)
  6. 6. Definições –Causa de acidente é a qualificação da ação, frente a um risco/perigo, que contribuiu para um dano seja pessoal ou impessoal. Ex.: A avenida com grande movimento não constitui uma causa do acidente, porém o ato de atravessá-lá com pressa, pode ser considerado como uma das causas. –Controle é uma ação que visa eliminar/controlar o risco ou quando isso não é possível, reduzir a níveis aceitáveis o risco na execução de uma determinada etapa do trabalho, seja através da adoção de materiais, ferramentas, equipamentos ou metodologia apropriada.
  7. 7. Segurança do Trabalho LEGISLAÇÃO 10.2 - MEDIDAS DE CONTROLE 10.2.1 Em todas as intervenções em instalações elétricas devem ser adotadas medidas preventivas de controle do risco elétrico e de outros riscos adicionais, mediante técnicas de análise de risco, de forma a garantir a segurança e a saúde no trabalho. 10.11.7 Antes de iniciar trabalhos em equipe os seus membros, em conjunto com o responsável pela execução do serviço, devem realizar uma avaliação prévia, estudar e planejar as atividades e ações a serem desenvolvidas no local, de forma a atender os princípios técnicos básicos e as melhores técnicas de segurança aplicáveis ao serviço. 10.11 - PROCEDIMENTOS DE TRABALHO
  8. 8. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO (APR) 1. Trata-se de uma técnica de análise prévia de riscos. 2. Análise Preliminar de Risco é uma visão do trabalho a ser executado, que permite a identificação dos riscos envolvidos em cada passo da tarefa, e ainda propicia condição para evita-los ou conviver com eles em segurança. 3. Por se tratar de uma técnica aplicável à todas as atividades, a técnica de Análise Preliminar de Risco
  9. 9. – O objetivo é criar o hábito de verificar os itens de segurança antes de iniciar as atividades, auxiliando na prevenção dos acidentes e no planejamento das tarefas, enfocando os aspectos de segurança. – Será preenchido de acordo com as regras de Segurança do Trabalho. “A Equipe somente iniciará a atividade, após realizar a identificação de todos os riscos, medidas de controle e após concluir o respectivo planejamento da atividade”. ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO (APR)
  10. 10. PLANEJAMENTO COM BASE NA ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO (APR) Antes da fase de execução, serão analisados os riscos potenciais.Este trabalho é realizado através da Análise Preliminar (prevencionista) de Risco – APR, no mínimo, as seguintes informações: 1. Descrição detalhada das etapas dentro de um serviço, operação ou atividade; 2. Identificação dos riscos existentes em cada etapa; 3. Medidas de segurança para a realização de todas as etapas dos serviços, no sentido de reduzir e/ou eliminar riscos existentes (técnicas de execução, equipamentos a serem utilizados, EPC, EPI, etc.); 4. Número de profissionais necessários para a execução dos serviços com segurança.
  11. 11. Segurança do Trabalho CONDIÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA APR Para as atividades de construção e manutenção aérea, poda, IP e corte/religa devem-se considerar o conceito: Construção e manutenção em rede energizada e desenergizada: A APR deve ser por setores visíveis. A avaliação deve ser feita em campo, em função do número de equipes, das atividades a serem realizadas e das distâncias. Os pontos não visíveis devem ter sua analise de risco pontual e com controle adicionais. Exemplo: Troca de cruzeta, CF, Pára raio em duas ou mais ruas distintas – mínimo de uma APR por rua conforme campo visual; Substituição de poste e recondutoramento em uma rua com grandes distâncias – definir setores visíveis a análise de risco e preencher uma APR para cada setor.
  12. 12. 1 - A turma/equipe conferiu o serviço a ser executado? ( ) Sim ( ) Não 1.1 - O serviço procede com a solicitação, pedido, etc? ( ) Sim ( ) Não 1.2- Descrição de atividade (específica) ( ) Sim ( ) Não 3 - Os riscos foram apontados? Quais? ( ) Sim ( ) Não ( ) Queda ( ) Arco Voltaico ( ) Ruído ( ) Choque elétrico ( ) Queimadura ( ) Atropelamento ( ) Projeção/Impacto ( ) Explosão ( ) Produtos químicos ( ) Animais ( ) Ergonômico ( ) Outros ___________________ 4 - Uso de equipamento de proteção? Quais? ( ) Sim ( ) Não ( ) Capacete ( ) Luva de Raspa ( ) Capacete com Viseira ( ) Luva Isolante ( ) Bota de Borracha ( ) Óculos ( ) Luva de Vaqueta ( ) Protetor Auricular ( ) Protetor Facial ( ) Máscara respiratória ( ) Botina de Segurança ( ) Bota de Segurança cano longo ( ) Manga Isolante ( ) Avental de couro ( ) Cinturão de Segurança ( ) Conjunto de chuva ( ) Perneira ( ) Conjunto Trava quedas ( ) Macacão Abelhas ( ) Luva nitrílica ( ) Outros ___________________ Se Não, justifique _____________________________________________________________________ 5 - O veículo deve ser calçado? ( ) Sim ( ) Não Se Não, justifique _____________________________________________________________________ 6 - O veículo deve ser aterrado? ( ) Sim ( ) Não Como? ( ) No neutro da rede ( ) Com trado no solo 7 - Este serviço requer desligamento e/ou bloqueio de equipamento? ( ) Sim ( ) Não 7.1 - Quais? 7.2 - Quem deve ser informado? _________________________________________________________ 8 - Este serviço requer sinalização? Quais? ( ) Sim ( ) Não ( ) Cone refletivo ( ) Giroflex ( ) Bastão luminoso ( ) Fita refletiva ( ) Etiqueta bandeira ( ) Grade de sinalização ( ) Bandeirola ( ) Pisca alerta ( ) Sinal luminoso de cone ( ) Placa de sinalização ( ) Outros ____________ Se Não, justifique _____________________________________________________________________ 9 - Este serviço requer uso de bastões isolantes? Quais? ( ) Sim ( ) Não ( ) Vara telescópica ( ) Vara manobra ( ) Bastão Manobra (Pega tudo) 10 - É necessário utilizar Dispositivo de abertura em carga - LB (Load Buster) ( ) Sim ( ) Não 11 - Necessita barreiras dielétricas? ( ) Sim ( ) Não 12 - Este serviço requer apoio do homem de solo? ( ) Sim ( ) Não 12.1 - Quais as suas atribuições? _______________________________________________________ 13 - Assegurar a distância de segurança? ( ) Sim ( ) Não Qual classe de tensão? ( ) 1 kV ( ) 5 kV ( ) 15 kV ( ) 23 kV ( ) 34 kV ( ) 88 kV ( ) 138 kV Qual distância mínima de segurança em metros para a tensão assinalada acima? Vide tabela 1 no verso. ( ) 0,20 ( ) 0,22 ( ) 0,25 ( ) 0,35 ( ) 0,38 ( ) 0,56 ( ) 0,58 ( ) 0,83 ( ) 1,00 ( ) 1,10 ( ) 1,20 14 - Necessário fazer teste de ausência ou verificação de tensão? ( ) Sim ( ) Não Se Não, justifique _____________________________________________________________________ 15 - Este serviço requer uso do aterramento temporário? ( ) Sim ( ) Não Quantos pontos serão necessários? PRIMÁRIO _______ SECUNDÁRIO ______ IP _______ ( )Primário ( )Secundário,IP E onde será instalado?Definir em croqui no verso deste. 16 - Este serviço requer que o empregado amarre a escada e amarre-se nela ou cesta aérea? ( ) Sim ( ) Não 17 - Este serviço necessita de revezamento? ( ) Sim ( ) Não ( ) 30 min ( ) 40 min 18 - Todos estão bem física e mentalmente? ( ) Sim ( ) Não Se Não, justifique _____________________________________________________________________ 18.1 - Preleção e/ou DDS - Diálogo Diário de Segurança 19 - Todos entenderam os requisitos de segurança? ( ) Sim ( ) Não 20 - Houve reavaliação das atividades? ( ) Sim ( ) Não Se Sim, preencher nova Análise Preliminar de Risco (APR) 21 - Todos estão de acordo para executar o serviço? ( ) Sim ( ) Não Registro VistoRegistro Visto Registro Visto 23. COMPONENTES DA EQUIPE Registro Visto Registro Visto Registro Visto · Caso seja constatado evidências de riscos graves e iminentes para a segurança e saúde dos trabalhadores ou de outras pessoas, os mesmos podem e · A responsabilidade pela segurança da equipe em campo é do trabalhador com maior senioridade. Quando o trabalhador de maior senioridade for o exe 22. TRABALHADOR DE MAIOR SENIORIDADE Nome Registro Visto Planejamento 2 - A condição das estruturas (condutores, postes, equipamentos, cruzetas) foi avaliada? OBS.: Local Atividade Tipo e Nº documento Despachador Análise Preliminar de Risco (APR) - Distribuição Aérea Identificação Turma/Equipe Hora Área Data
  13. 13. ARMS - ANÁLISE DE RISCOS E MEDIDAS DE SEGURANÇAARMS - ANÁLISE DE RISCOS E MEDIDAS DE SEGURANÇA Auxiliar as equipes no planejamento das atividades, quando não existirem manuais de procedimentos de trabalho ou qualquer instrução específica para executar o serviço. O planejamento contempla:O planejamento contempla: •Passo a passo da atividade; •Perigos e riscos; •Medidas de segurança Documentos Importantes que devemos considerar o preenchimento da ARMS: •PPRA- com foco em campo •LTCAT- com foco em campo •Laudo Ergonômico – com foco em campo •Prontuário das Instalações •Normas técnicas e procedimentos de manutenção que tenham interface na ARMS •Relatórios fotográficos e filmagens seqüências •Outras informações que se fizerem necessárias. A validação do formulário está sob responsabilidade de equipe multidisciplinar: – ELABORAÇÃO, REVISÃO, APROVAÇÃO, EXECUÇÃO e RESPONSÁVEL TÉCNICO COM RECOLHIMENTO DE ART INDIVIDUAL OU COLETIVA.
  14. 14. LTCAT Físico Químico Biológico Ergonômico Mecânico EquipamentosMétodos e Técnicas Normas e procedimentos Cronograma Segmentado Distr. AéreaDistr. Subterrânea LinhasManut. Estações Corrente Contínua 2º1º 5º4º3º Locais e ambientes Atividade 1 2 Agentes de Risco Qualificar Levantamento Local Ambiente Atividades Trab. Inventário Planilha Análise A.P.N.T.E. Análise Pré dos Riscos *Mecânico *Ergonômico Quantificar FísicoQuímico Biológico Medição Equipamento 27.000 Análise Resultado Ações Corretivas Acompanhamento P.D.C.A. Ações Administração 6º Desenvolvimentos de Ações Mitigadoras de Controle de Riscos: 1. De Engenharia 2. De Medicina 3. De Higiene Ocupacional 4. De Ergonomia 5. Doc. ARMS, MPT, APR, Padrões Operacionais etc. Desenvolvimentos de Ações Mitigadoras de Controle de Riscos: 1. De Engenharia 2. De Medicina 3. De Higiene Ocupacional 4. De Ergonomia 5. Doc. ARMS, MPT, APR, Padrões Operacionais etc. METODOLOGIA PPRAE 1- Riscos não reconhecidos 2- Riscos reconhecidos
  15. 15. LOCAL / OBRA/ ETD (2): INÍCIO (3): TÉRMINO (4): UNIDADE ( 5): Gerência (6): Contratada (7): (6)ELABORAÇÃO Serviço a ser executado: (8) Nº do PROJETO/SAT’S/PTE (9): Elaboração (10): REGISTRO (15): Ass. (17): REGISTRO: Ass.:. REGISTRO: Ass.:. Revisão (11): : REGISTRO): Ass.: REGISTRO: Ass.:. REGISTRO: Ass.:. Responsável Técnico (12): CREA/MTB (16): Ass.: CREA/MTB: Ass.:. CREA/MTB: Ass.:. Execução (13): REGISTRO: Ass.:. REGISTRO: Ass.:. REGISTRO: Ass.:. REGISTRO: Ass.:. REGISTRO: Ass.:. Aprovação (14): CREA/MTB: Ass.:. CREA/MTB: Ass.:. Nota: O local das atividades deverá estar sempre sinalizado, e os funcionários envolvidos fazendo uso de EPI’s e EPC’s designados na ARMS. Este documento só é considerado válido após todos os envolvidos na atividade receberem as informações em preleção, evidenciado em lista de presença.
  16. 16. ARMS - ANÁLISE DE RISCOS E MEDIDAS DE SEGURANÇA
  17. 17. ARMS - ANÁLISE DE RISCOS E MEDIDAS DE SEGURANÇA ARMS - ANÁLISE DE RISCOS E MEDIDAS DE SEGURANÇA
  18. 18. DATA: RESPONSÁVEL PELA EXECUÇÃO: REGISTRO LINHA-VIVA TLE Nº: CIRCUITO: QUANT. DE TURMAS/PESSOAS: ET: SIM ET: SIM ET: SIM ETIP: SIM BF: SIM BF: SIM CF: SIM CF: SIM EP: SIM EP: SIM Jumper: SIM 5 6 6) 7) 8) 9) 10) Quantidade de Conjunto de Aterramento Secundário: ______ Conjunto de Aterramento IP: SIM PLANEJAMENTO DOCUMENTADO SATr: UNIDADE/CONTRATADA: Verificar as condições do terreno; Manter os dedos afastados da parte móvel da escada; RESPONSÁVEL VERIFICACAO AÇÃO PREVENTIVA Sinalizar área de trabalho com cones e fitas; Impedir que veículos ou pessoas entrem no canteiro de trabalho. RESPONSÁVEL PELAS AÇÕES Sempre permanecer um homem na base na subida e descida; Transportar a escada sempre em dois homens; Equipamentos operados Segurar firmemente os montantes da escada; Não usar escadas rachadas ou trincadas. Usar a corda para prende-la e observar travamento; Observar o afastamento da base a 1/4 da altura; Amarrar a escada; Prender o talabarte no ponto de apoio e na escada; Abrir os trafos de Força; por fim abrir transformador de Luz; Montar vara de manobra e checar suas condições; Utilizar luva isolante classe 2 (15kV) ou classe 3 (23kV); Utilizar manga isolante e óculos de lente escura; Segurar vara de manobra sem encostar no corpo; Desconectar Grampo de Linha Viva Fechar as ETs de maneira inversa. TAREFA Sinalização e isolamento da área de trabalho Posicionamento, subida e retirada de escadas Manobra de Equipamentos PLANO Qtde cones Qtde escadas utilizadas Abrir a chave fusível na seguência FED Detecção de tensão ao contato Selecionar o nível de tensão do aparelho; Testar o aparelho; Acoplar o detector de tensão na vara de manobra; Detectar a existência de tensão na rede; Descrever os pontos da utlização do Detector Utilizar luva isolante classe 2 (15kV) ou classe 3 (23kV); Utilizar manga isolante e óculos de lente escura; Segurar vara de manobra sem encostar no corpo. 3 Conjunto de Aterramento Primário SIM Quantidade de Conjunto de Aterramento Primário: ______ Conjunto de Aterramento Secundário: SIM Quantidade de Conjunto de Aterramento IP: ______ NOME 5) 1 2 DESENERGIZADO O SERVIÇO SERÁ EXECUTADO EM: ITENS REPLANEJADOS OU PERIGOS ENCONTRADOS NA EXECUCAO Aterramento Temporário Instalação de aterramento temporário 2) 3) 4) 1) SEMPRE TRABALHAR ENTRE ATERRAMENTOS SEMPRE UTILIZAR TODOS OS EPI´s E EPC´s NECESSÁRIOS PARA AS TAREFAS SOMENTE ENERGIZAR O TRECHO APÓS CONFIRMAÇÃO QUE TODOS ESTÃO AFASTADOS DA REDE E QUE TODOS OS ATERRAMENTOS FORAM RETIRADOS SEMPRE INFORMAR AO COD, ANTES E DEPOIS DE OPERAR QUALQUER EQUIPAMENTO 4 10 7 9 8
  19. 19. MPT- MANUAL DE PROCEDIMENTO DE TRABALHO Os Manuais de Procedimentos de Trabalho(MPTs) foram concebidos e conceituados com o objetivo de padronizar os procedimentos de trabalho em toda a AES Eletropaulo. Essa ação possibilita que a execução dos serviços seja realizada de maneira uniforme, atendendo às normas e padrões de segurança estabelecidos. Os Manuais de Procedimentos de Trabalho(MPTs) são acondicionados em pastas específicas, por segmento. De porte obrigatório nos veículos, é usado no dia-a-dia como um guia de referência pelos nossos eletricistas.
  20. 20. CT- CARTÃO DE TRABALHO Os CTs, foram criados para que o profissional de solo observe, acompanhe, check e oriente(se necessário) o passo a passo de cada atividade, garantindo assim a execução do trabalho com segurança e qualidade. Uma análise geral dos principais acidentes ocorridos na Eletropaulo nos últimos anos nos ensina que uma das causas principais foi o desvio de procedimento, ou seja, pular etapas importantes, durante a execução da atividade. Os funcionários têm treinamento, equipamentos de proteção individual, equipamento de proteção coletiva, ferramenta, veículo, entre outros, da melhor qualidade. As tarefas são precedidas de planejamento de segurança e análise dos perigos, entretanto, os acidentes continuam a ocorrer.

×