O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Php women oficina iniciante de php

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 83 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Semelhante a Php women oficina iniciante de php (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

Php women oficina iniciante de php

  1. 1. Oficina PHP Nível Iniciante
  2. 2. http://bit.ly/2iu4Pl7
  3. 3. 1. Conhecendo a web
  4. 4. O que é a web? Podemos descrever a Web ou World Wide Web(WWW) como uma rede de computadores interligados que disponibilizam páginas web que podem ser acessadas por qualquer pessoa através de programas chamados navegadores.
  5. 5. Quando surgiu? O conceito de web surgiu em 1980 por Tim Berners-Lee que criou a primeira página web e a disponibilizou para ser acessada através do navegador que ele mesmo havia desenvolvido.
  6. 6. O que é uma página web? Imaginem um documento de texto do Word que, além de texto, você possa colocar também imagens, vídeos, formulários, links e etc, e que pode ser acessado por qualquer pessoa através de um navegador conectado à internet. Isso é uma página web.
  7. 7. E como escrevemos uma página web? Uma página web é escrita com a linguagem HTML(Hypertext Markup Language) que vai dizer ao navegador o que é cada elemento da página, como o que é o título, a imagem, o texto e etc, através de tags.
  8. 8. 2. Entendendo programação
  9. 9. O que é programação? Programar é você criar uma série de instruções lógicas e fazer com que o computador as execute.
  10. 10. O que é algoritmo? O algoritmo é justamente a série de instruções lógicas que criamos para dizer ao computador quais os passos que ele deve seguir para que ele faça o que queremos.
  11. 11. O que é linguagem de programação? É a linguagem que utilizamos para escrevermos os algoritmos para o computador.
  12. 12. 3. O PHP
  13. 13. O que é o PHP? O PHP (uma abreviação para PHP: Hypertext Preprocessor) é uma linguagem de programação bastante utilizada no desenvolvimento web e que podemos embutir no HTML.
  14. 14. E para que ele é utilizado? ▸ coletar dados de um formulário; ▸ para gerar páginas web com conteúdo dinâmico; ▸ Podemos gerar e ler arquivos como imagens; ▸ Mandar e enviar e-mails; ▸ Consulta em bancos de dados; ▸ Scripts para serem executados pelo computador;
  15. 15. Como funciona? Quando uma página web é requisitada ao servidor, ele procura essa página dentro do seu sistema de arquivos e se ela for PHP ele chama o PHP que vai interpretar o que foi escrito e vai devolver a página ao servidor.
  16. 16. Quem utiliza o PHP?
  17. 17. Documentação O PHP possui um Manual que você pode consultar sempre que quiser tirar dúvidas sobre a linguagem: http://php.net/manual/pt_BR/index.php
  18. 18. 4. Ambiente de desenvolvimento
  19. 19. Ambiente de desenvolvimento Para esta oficina nós vamos utilizar o Git, Github e o codeanywhere. ▸ Git: Sistema de controle de versão de arquivos. ▸ Github: Serviço web onde podemos hospedar nossos projetos de forma gratuita. ▸ Codeanywhere: Editor de código online e gratuito.
  20. 20. Passo a passo Vamos iniciar a criação do nosso ambiente de desenvolvimento pelo Github: ▸ Crie uma conta gratuita no Github https://github.com/
  21. 21. Passo a passo ▸ Entre no link do nosso kit de apoio https://github.com/phpwomenbr/oficina_php_iniciante e em seguida click no botão “fork”(isso irá criar uma cópia do nosso projeto no seu Github).
  22. 22. Passo a passo Agora vamos seguir para o Codeanywhere: ▸ Crie uma conta gratuita no Codeanywhere utilizando o seu login do seu Github https://codeanywhere.com/signup
  23. 23. Passo a passo Assim que a sua conta for criada você será redirecionado para a página do seu editor de código com uma janela aberta pedindo para você escolher o seu container. ▸ Escolha a opção Github e em seguida procure pela cópia que você fez do nosso kit de apoio que deve estar com o nome “oficina_php_iniciante” e clique em “next”.
  24. 24. Passo a passo Agora vamos selecionar a linguagem com a qual vamos trabalhar que será o PHP na sua versão mais atual a 7: ▸ Escreva PHP 7 e então o Codeanywhere mostrará essa opção para você selecionar e então clicar em “create”.
  25. 25. 5. Vamos Programar
  26. 26. Variáveis Variáveis são espaços reservados na memória para armazenar dados. O conteúdo atribuído a uma variável, como o próprio nome diz, pode mudar sempre que necessário. No PHP as variáveis são definidas por um nome precedido de $.
  27. 27. Constante Constante é um valor que não sofre alteração durante a execução do programa. Ela é representada por um identificador assim como as variáveis porém, não são precedidas de $ e geralmente escrevemos seu nome com letras maiúsculas.
  28. 28. Tipos de dados As variáveis e as constantes no PHP podem armazenar diversos tipos de dados e quem define qual é o tipo de dado é o PHP durante a execução do programa. Esse comportamento é chamado de tipagem dinâmica.
  29. 29. Tipos de dados ▸ Integer (números inteiros) ▸ float (número de ponto flutuante) ▸ string (texto que escrevemos entre aspas simples ou duplas) ▸ boolean (true ou false)
  30. 30. Tipos de dados ▸ boolean (true ou false) ▸ Integer (números inteiros) ▸ float (número de ponto flutuante) ▸ string (texto que escrevemos entre aspas simples ou duplas) ▸ array
  31. 31. Tipos de dados ▸ objeto ▸ resource ▸ Mixed ▸ callback ▸ NULL
  32. 32. Vamos programar? Vamos usar a função var_dump(não se preocupe em saber o que é função agora, isso será abordado mais à frente) para descobrir qual é o tipo de dado: ▸ var_dump(“Olá”); ▸ var_dump(34.344444); ▸ var_dump(array(“maçã”, “maracuja”));
  33. 33. Operadores Os operadores são o que utilizamos para manipular os dados ou expressões em um programa. Podemos ter operadores de atribuição ($var = 100), aritméticos (+, -) e entre outros.
  34. 34. Atribuição Ele é utilizado para definir o valor de uma variável. ▸ $a = “Hello world”;
  35. 35. Aritméticos São utilizados para realizar operações matemáticas. ▸ -$a // Negação ▸ $a + $b // Adição ▸ $a - $b // Subtração ▸ $a * $b // Multiplicação ▸ $a / $b // Divisão ▸ $a % $b // Módulo ▸ $a ** $b // Exponential
  36. 36. Concatenação A concatenação retorna a junção de strings e também de outros dados com uma string. ▸ $a = "Olá "; ▸ $b = $a . " mundo!"; // $b -> "Olá mundo!" ▸ $a = 12; ▸ $b = $a . " anos!"; // $b -> "12 anos"
  37. 37. Relacionais São utilizados para realizar comparações entre valores ou expressões. ▸ $a == $b // verifica se os valores são iguais ▸ $a === $b // verifica se os valores e os tipos são iguais ▸ $a != $b ou $a <> $b // verifica se os valores são diferentes
  38. 38. Relacionais ▸ $a !== $b -> verifica se os valores ou os tipos são diferentes ▸ $a < $b -> menor que ▸ $a > $b -> maior que ▸ $a <= $b -> menor ou igual ▸ $a >= $b -> maior ou igual
  39. 39. Lógicos São utilizados para fazer comparações lógicas retornando verdadeiro ou falso. ▸ $a and $b // E: retorna verdadeiro (TRUE) se tanto $a quanto $b são verdadeiros. ▸ $a or $b // OU: retorna verdadeiro se $a ou $b são verdadeiros.
  40. 40. Lógicos ▸ $a xor $b // XOR: retorna verdadeiro se $a ou $b são verdadeiros, mas não ambos. ▸ !$a // NÃO: retorna verdadeiro se $a não é verdadeiro. ▸ $a && $b // E: retorna verdadeiro se tanto $a quanto $b são verdadeiros. ▸ $a || $b // OU: retorna verdadeiro se $a ou $b são verdadeiros.
  41. 41. Vamos programar? Dada as variáveis $a=3 e $b=5 realize as operações abaixo e mostre os resultados utilizando o echo. ▸ + ▸ - ▸ * ▸ / ▸ %
  42. 42. Vamos programar? Vamos somar as variáveis $a=”1” e $b=”2” e mostrar o resultado utilizado o echo. O que acontece?
  43. 43. Estruturas de controle As estruturas de controle alteram o comportamento da execução do programa de acordo com as condições que colocamos. ▸ if e switch
  44. 44. if O if é uma estrutura de controle que insere um desvio na execução natural do programa. Caso a condição do if seja satisfeita o programa irá executar as instruções do seu bloco de comandos.
  45. 45. if if else e else Podemos também executar instruções de outro bloco de códigos caso a condição do if não seja satisfeita utilizando o else e também podemos criar várias condições usando if else. Podemos ter vários if else porém, só um else.
  46. 46. Vamos programar? Sendo as variáveis $a = 1 e $b = 3 utilize o if e o else para mostrar na tela as frases verdadeiro ou falso para as condições abaixo: ▸ $a > $b ▸ $a < $b ▸ $a == $b ▸ $a != $b
  47. 47. Estruturas de repetição As estruturas de repetição alteram o comportamento da execução do programa repetindo instruções de acordo com as condições que colocamos. ▸ while, for, foreach e do while.
  48. 48. while O while, assim como o if, também possui uma condição para poder ser executado porém, com a diferença de que ele estabelece um laço de repetição do seu bloco de comandos até que a condição seja satisfeita.
  49. 49. Vamos programar? Sendo “$i=1” faça um looping com o while que a cada interação some mais 1 ao valor de $i e mostre na tela se o número é par ou ímpar. Dica: Para descobrir se um número é par basta saber se a divisão desse número por 2 tem resto 0 ou seja utilize o operador “%” que aprendemos!
  50. 50. for O for é uma estrutura de controle de repetição parecido com o while porém, baseado em um contador. Ele é composto por um bloco com três expressões que estabelecem uma contagem.
  51. 51. Vamos programar? Reescreva o programa que fizemos anteriormente utilizando agora o for.
  52. 52. switch O switch é uma estrutura de controle que simula uma bateria de testes sobre uma variável. Geralmente utilizamos o switch quando precisamos testar várias vezes a mesma variável.
  53. 53. Vamos programar? Declare uma variável $cor que receba o nome de uma cor e utilizando o switch mostre na tela os resultados abaixo: ▸ $cor = “amarelo”: mostrar “carro amarelo”; ▸ $cor = “azul”: mostrar “carro azul”; ▸ Nenhuma das cores: mostrar “não temos essa cor de carro”;
  54. 54. Funções Uma função é um pedaço de código com um objetivo, esse código é encapsulado em uma estrutura que recebe um conjunto de valores que chamamos de parâmetros, os processa e retorna o seu resultado.
  55. 55. Vamos programar? Vamos escrever uma função que receba os números abaixo e mostre a sua soma. ▸ 1 + 5 ▸ 7 + 8 ▸ 10.2 + 6
  56. 56. Trabalhando com arrays A manipulação de arrays no PHP é sem dúvida um dos maiores recursos dessa linguagem, isso porque os arrays funcionam como grandes armazenadores de dados.
  57. 57. Criando um array Os valores em um array são acessados pela sua posição ou o nome da sua chave e podemos criar um array de duas formas: ▸ $cores = array(“vermelho”, “azul”); ▸ $cores = [“vermelho”, “azul”]; ▸ echo $cores[0] // vermelho
  58. 58. Arrays associativos Os arrays em que podemos acessar seus valores através do nome da sua chave são chamados de arrays associativos. ▸ $pessoa = array(); ▸ $pessoa[“nome”] = “Maria”; ▸ echo $pessoa[“nome”] // Maria
  59. 59. Manipulando Arrays Existem algumas funções já definidas no PHP que nos ajudam a trabalhar com os arrays. Abaixo algumas delas: ▸ array_pop: Remove o ultimo item do array. ▸ array_push: Adiciona um item ao final do array.
  60. 60. Manipulando Arrays ▸ count: Retorna quantos itens tem o array. ▸ array_count_values: Retorna quantas vezes cada item aparece no array. ▸ array_rand: Retorna um item aleatório do array. ▸ array_sum: Calcula a soma dos itens de um array.
  61. 61. foreach O foreach é um laço de repetição utilizado para iterações com arrays. Ele decompõe o array em cada um de seus elementos.
  62. 62. Vamos programar? Crie um array com os nomes de suas comidas preferidas e: ▸ Mostre cada item usando o foreach ▸ Agora adicione “Sopa de cebola” ▸ Agora retire o último item ▸ Mostre o resultado novamente com o foreach
  63. 63. FIM Por enquanto ;)

×